Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Um capitão com classe

Não sei qual é a ideia que a generalidade dos sportinguistas tem acerca de Pedro Barbosa e gostava que enchessem a caixa de comentários com a vossa opinião acerca da passagem de uma década como jogador ao serviço do enorme Sporting Clube de Portugal.

Barbosa.jpg

Pedro Barbosa era um génio! É essa a ideia que tenho dele e digo sem problemas que foi um dos meus preferidos durante muito tempo e um dos que mais gostei de ver com a verde e branca vestida.

Barbosa era um excelente profissional e chegou ao Sporting numa altura em que embora se vivesse uma crise de resultados (apesar de ter chegado num ano em que a equipa tinha acabado de vencer uma Taça de Portugal), não se vivia uma crise de valores e, como tal, bebeu sportinguismo que baste para que um dia, mais tarde, acabasse por ser ele a transmiti-lo aos restantes. Chegou ao Sporting com a difícil tarefa de substituir Luís Figo e embora nunca tenha atingido o nível do seu antecessor, dedicou-se ao Sporting até ao fim da sua carreira onde venceu vários títulos e espalhou magia pelos relvados nacionais e não só.

Dono de uma finta curta e imprevisível, Barbosa fazia aquilo que eu mais adoro num bom driblador: por vezes o drible era tão desconcertante que o que fazia ao adversário era algo perto da humilhação (só os grandes craques o fazem de forma natural sem essa intenção adjacente, pois fazem-no por ser a melhor forma de ultrapassar o adversário).

Barbosa 2.jpg

Ao serviço do Sporting venceu todos os títulos nacionais e jogou uma final europeia:
- Campeonato Nacional - 1999/2000 e 2001/2002
- Taça de Portugal - 2001/2002
- Supertaça - 1995/1996 e 200/2001
- Finalista vencido da Taça UEFA em 2005

Em 352 jogos oficiais marcou 52 golos e enquanto esteve no Sporting foi internacional A por 15 vezes, tendo apontado 4 golos e estando presente nas fases finais do Euro 96 e do Mundial 2002.

Era um líder no balneário, respeitado pelos colegas e isso valeu-lhe o usufruto do estatuto de capitão de equipa durante largos anos, após a saída do búlgaro Iordanov.

Barbosa Iorda.jpg

Exerceu ainda cargos directivos no Sporting e embora durante esse período a equipa tenha vencido duas Taças de Portugal e duas Supertaças, nunca foi visto como um grande dirigente, sobretudo pela sua postura algo passiva e pouco participativa.

Hoje faz parte da redacção do site maisfutebol e participa como comentador do programe televisivo com o mesmo nome, na TVI24. Nesta função assume normalmente uma postura e opinião politicamente correctas com o intuito claro de não ferir susceptibilidades. Sem defender sempre o Sporting (pois também não é essa a sua função) é um Sportinguista de corpo e alma (embora tenha nascido no Porto e se tenha formado no maior clube da cidade e grande rival do Sporting) que demonstra sempre enorme gratidão, orgulho e respeito pelo Sporting e mais não lhe posso pedir.

Obrigado por tudo capitão Barbosa!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal