Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Tudo sobre a Gamebox 2018/19

Gamebox 2018-19.png

 

A Gamebox deste ano reflecte ainda aquilo que era a política idealizada pela anterior direcção, que resolveu manter o preço na maior parte dos sectores do estádio.

Importa relevar que estes preços não sofrerão qualquer alteração com a mudança de conselho directivo, visto que o período de renovação já se iniciou no passado dia 20, estendendo-se até dia 4 de julho. A partir de 7 de julho e após libertados os lugares dos sócios que não renovarem o seu lugar, seguirão as vendas para novos compradores.

A Gamebox deste ano inclui menos um jogo do que a da temporada passada mas tem a particularidade de poder dar acesso a mais dois (que poderão fazer com que acabe por ter mais um jogo do que em 2017/18). Refiro-me a jogos da Liga Europa, que estarão incluídos até aos oitavos-de-final, em caso de qualificação.

Os únicos sócios que terão de pagar mais em relação à temporada passada serão aqueles que tiverem os seus lugares na bancada B, nos sectores laterais ou superiores. A central (A e B), lateral A e Superior A mantêm exactamente o mesmo preço. Desta forma, ainda que hajam sócios de categoria A com lugar nestes sectores, julgo que a ideia seria que a maioria de sócios de categoria B suportassem esse aumento, visto que pagam uma quota inferior e só podem ocupar a bancada B do Estádio José Alvalade sendo, por isso, os principais interessados nesses lugares (as mais elevadas e afastadas do relvado).

 

Assim sendo, a Gamebox 2018/19 inclui:

- Jogo de Apresentação;
- Troféu “Cinco Violinos”;
- 17 Liga NOS;
- 2 Taça da Liga;
- Fase de Grupos Liga Europa;
- 16-Avos e Oitavos Liga Europa; *em caso de sucesso

 

Aos adeptos que apoiam incondicionalmente o Sporting não devem deixar de mostrar a sua vontade, comprando a Gamebox e mantendo assim as excelentes médias de assistência no nosso estádio nas últimas temporadas.

Quanto a mim, depois de dois anos em que o nascimento de mais um filho me impediu de ir a Alvalade com regularidade devido aos constrangimentos familiares que daí advêm, estarei de regresso esta temporada ao convívio dos nossos e ao apoio à nossa equipa.

 

Qualquer dúvida, não hesitem em consultar a página para o efeito, no site oficial do Sporting Clube de Portugal (link). Para o caso de quererem uma análise comparativa mais detalhada, relativamente à temporada passada, fica aqui o link do post respectivo.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

8 comentários

  • Imagem de perfil

    GAG 26.06.2018 09:34

    Porra, Moura, estás deprimido?
    Depois do que vocês correram atrás do Sporting e, acredito eu, apenas e só pelo Sporting, nada vos deve impedir de continuar.
    As coisas terminaram mal desportivamente e não só mas o Sporting é maior do que o A ou o B.
    O passado fica onde deve estar, lá atrás. O Sporting precisa de nós e nós dele. Esta é a realidade dos factos.
    E tu precisas de festejar os golos do Sporting. Era o que faltava...
    Abraço e SL
  • Sem imagem de perfil

    Moura 26.06.2018 10:05

    Não direi propriamente deprimido mas decepcionado muito.
    Claro que foi só pelo Sporting que corremos este ano e com muitos sacrifícios... e isto não tem nada a ver com resultados desportivos, pois isso nunca foi razão para alguma vez pensar sequer não renovar o lugar, visto que sempre o fiz desde à 14 anos.
    Mas como dizes o passado fica lá atrás, mas o presente é o que é e é tudo isto que nos faz pensar no futuro.

    Abraço e SL
  • Imagem de perfil

    GAG 26.06.2018 11:38

    Se foi só pelo Sporting e não tem nada a ver com resultados desportivos, não pode ser a saída de um presidente a determinar a tua lealdade ao Clube. Isto sem qualquer tipo de julgamento.
    Daqui a pouco mais de um mês, lá estaremos
    Abraço
  • Sem imagem de perfil

    Moura 26.06.2018 12:30

    A minha lealdade com o clube continua, até porque em nenhum momento ponderei sequer deixar alguma vez de ser sócio e só deixaria de o ser se não me fosse possível mesmo. O meu compromisso/disponibilidade para com o clube sim, mudou... O que se passou nos últimos tempos não foi só a saída de um presidente, isso foi só o culminar de tudo e esse todo é que me faz estar decepcionado. E esse todo inclui, jogadores, dirigentes e sócios. Mas vamos ver o que os próximos dias/meses nos aguardam.

    Abraço.
  • Imagem de perfil

    GAG 26.06.2018 12:58

    Mas não é afastando-te que mudamos isso. A união tem de partir de nós, também, que "temos" andado às turras uns com os outros só porque não concordamos em determinados pontos. Isso também não pode continuar.
  • Sem imagem de perfil

    Moura 27.06.2018 10:16

    Eu não me vou afastar do processo decisório, estou a afastar-me do apoio ao "relvado". Perdi o encanto pelo futebol e espero voltar a ganhá-lo. Mas hoje há coisas bem mais importantes.

    Tal como dizes sem a união não o vamos conseguir e o que me disseste fez-me pensar muito... Discordo de algumas coisas que dizes nos últimos tempos, mas sei que na mais importante concordamos e ambos sabemos qual é e nem preciso de dizer. Tanto tu como eu, nunca fomos desses de entrar em turras e sempre mantivemos o respeito e a amizade e por isso tenho muito em conta a tua opinião. Como já vimos e com base nas muitas pessoas que conhecemos nos últimos tempos e que hoje estão totalmente divididas, é muito difícil haver uma base de concordância naquilo que queremos, mas será assim tão difícil haver concordância no que não queremos? Achas que algum de nós quer voltar a ver o JM de volta? Tal como esta situação, de certeza que há muitas que sabemos que haverá concordância, porque não pegar nestas? O argumento de que pode ser carvão, para mim não pega, porque são preocupações que temos e mais importante é que este carvão nunca chegue sequer ao fogareiro... e se chegar que se saiba que a grande maioria é contra isso!
  • Imagem de perfil

    GAG 27.06.2018 11:04

    Moura, os Sportinguistas têm, acima de tudo, de voltar a respeitar-se mutuamente. O Sporting é mais importante do que o caminho que cada um acha melhor para o clube. É na pluralidade que o clube cresce. Mais importante do que escolher um líder que faça o queremos é escolher um líder que nos saiba ouvir a todos, acolhendo cada opinião como um contributo válido para o clube.
    É inegável que isso não acontecia e é um desejo meu que passe a acontecer.
    Ninguém quer de volta pessoas que desprezaram as modalidades ou que se serviram do Sporting para interesses próprios e/ou de terceiros.
    Ninguém quer de volta os empresários oportunistas mas também não podemos ignorá-los.
    Ninguém quer a situação dos jogadores que rescindiram resolvida com leviandade.
    Os interesses do Sporting têm de ser salvaguardados e para que isso aconteça não há apenas um caminho.
    Neste momento, fruto das nossas lutas internas, há muita contra-informação e é difícil filtrá-la. Nós temos receio e isso só acontece porque temos visto a nossa confiança consecutivamente traída pelos nossos líderes.
    Há muito para construir mas é muito mais o que nos une do que aquilo que nos separa. Nem todos entendem isto e eu tenho pena.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Blogs Portugal