Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Tetracampeões!

A equipa masculina do Sporting terminou o Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão, que se realizou durante o fim-de-semana nas Piscinas do Jamor, no primeiro lugar, assegurando assim o tetracampeonato nacional.

Resultados completos

A equipa feminina do Sporting terminou o Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão no terceiro lugar, conquistando a medalha de bronze na prova colectiva.

Resultados completos

No rescaldo, Carlos Cruchinho, responsável pela secção de natação do Sporting Clube de Portugal, disse:

“Um título muito difícil. Fomos arrasadores, não demos a mínima hipótese. Os atletas superaram-se e a prova disso é que acabaram uma competição destas com o recorde nacional (4x200 metros livres). Estou muito contente, soube melhor que o primeiro campeonato que vencemos porque foi muito difícil e muito bem conseguido”;

“Tínhamos alguns trunfos, nomeadamente colocar o Alexis aos 100 metros livres. Corríamos alguns riscos ao fazê-lo mas felizmente correu bem. Os atletas deram tudo. Não é fácil competir durante três fins-de-semana consecutivos como o Alexis e fazer a estafeta em 1 minuto e 50, ou como o Pinotes que conseguiu dois mínimos B para os Jogos Olímpicos. Isto revela a vontade que tinham para ganhar. Estou muito orgulhoso dos atletas”;

“Tínhamos a esperança que poderíamos surpreender aí (referindo-se aos 100 metros livres). Mas a prova dos 400 metros estilos do Pedro Pinotes, logo a abrir, também foi muito importante. O tempo que fez e a classificação que obteve arrasou os nossos adversários e é um factor sempre importante nas contas finais”.

Vicente Moura, Vice-Presidente do Sporting para as modalidades, também se pronunciou:

“Foi uma participação muito bem conseguida. No conjunto, o Sporting demonstrou que continua a ser uma potência de primeira água na natação nacional”;

“Discordo completamente destas decisões sobre essa matéria ( sobre o facto de outros clubes terem contratado atletas internacionais exclusivamente para o evento). Equipas sem formação contratam jogadores e alteram por completo o trabalho dos Clubes realizado durante o ano. Não é uma modalidade única neste tipo de procedimentos mas, seja como for, discordo e tenciono levar esta problemática até às mais altas instâncias nacionais. O nível dos resultados não aumenta e ao mesmo tempo faz com que se desinvista na formação de novos atletas”.

“A preparação olímpica dos nadadores é da total responsabilidade da Federação. No entanto, recordo que o nosso técnico Carlos Cruchinho é também o técnico nacional dos nossos atletas e portanto terá uma palavra a dizer nesse sentido. O Sporting irá fazer todos os esforços para ajudar os atletas na sua preparação. Havendo responsabilidades ao nível dos Clubes, damos desde logo a prioridade à preparação dos atletas para os Jogos Olímpicos em detrimento das competições nacionais em que participamos, por forma a não prejudicar uma evolução favorável para os Jogos. Os atletas alcançaram os mínimos e agora têm um ano e meio para fazer uma preparação cuidada, com pontos de controlo da sua forma física ao longo dos 12 meses que restam e isso não deve ser alterado por conveniências clubísticas. Estou pronto para “prejudicar” a participação do Sporting em termos nacionais para potenciar a preparação dos nossos atletas olímpicos. É muito importante que o façamos e infelizmente alguns clubes não fazem o mesmo, fazendo com que os atletas paguem um preço alto nos Jogos”.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal