Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Rinaldo Nocentini vence Troféu Joaquim Agostinho

Foi uma etapa muito difícil. Tive uma grande equipa, que trabalhou muito e bem. A dada altura fiquei sozinho, mas já perto da subida final dois colegas juntaram-se à frente e puderam ajudar. Esta vitória é muito importante para mim, por que é a primeira em seis anos, e é muito importante para a equipa, por ser a primeira da época. Tem sabor especial vencer a prova que lembra Joaquim Agostinho, que era um símbolo do Sporting”, afirmou Nocentini após a vitória no 39º Troféu Joaquim Agostinho.

 

Não podia ter sido de outra forma. Muito esforço, dedicação e devoção, antes da merecida glória.

 

Rinaldo Nocentini, numa demonstração de classe e sangue frio, controlou os adversários, sendo o sétimo classificado tirada, um resultado suficiente para ganhar a corrida. O torriense Hernãni Broco (LA Alumínios-Antarte) foi o segundo classificado, a 24 segundos, e o espanhol Raul Alarcón (W52-FC Porto) fechou o pódio, a 26 segundos.

 

Seguem as classificações da etapa e da geral individual, que actualizarei mais tarde com os restantes atletas do Sporting:

 

ETAPA

1.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), 3h48m41s (Média: 38,569 km/h)
2.º Guillaume Almeida (Rádio Popular-Boavista), +00'05''
3.º Aldemar Reyes (Manzana Postobon), +00'07''
4.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), +00'07''
5.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'07''
6.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'09''
7.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), +00'09''
8.º Thomas Lebas (Bridgestone Anchor), +00'11''
9.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), +00'11''
10.º Henrique Casimiro (Efapel), +00'14''

 

GERAL INDIVIDUAL

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 13h00m18s
2.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'24''
3.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), +00'26''
4.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'26''
5.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), +00'54''
6.º Mikel Bizkarra (Euskadi Basque Country-Murias), +00'59''
7.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), +00'59''
8.º Henrique Casimiro (Efapel), +01'01''
9.º José de Segóvia (Louletano-Hospital de Loulé), +01'02''
10.º Aldemar Reyes (Manzana Postobon), +01'54''

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Troféu Joaquim Agostinho: Nocentini segura a amarela

Dia complicado para o pelotão do Sporting/Tavira. Numa etapa com muitas mexidas no pelotão, os ciclistas leoninos foram obrigados a muito e desgastante trabalho para não deixar fugir a amarela do seu líder.

Rinaldo Nocentini mostrou-se satisfeito com a prestação dos companheiros e revelou-se confiante para a etapa final de amanhã: "Hoje foi difícil controlar a corrida, mas a equipa trabalhou bem. Estou convencido de que a etapa de amanhã será mais fácil de controlar. Só espero que a equipa recupere do esforço de hoje, porque eu sinto-me bem e a meta em alto favorece-me".

 

Seguem as classificações da etapa e geral:

 

ETAPA

1.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), 4h00m56s
2.º António Barbio (Efapel), +00'05''
3.º Sergey Shilov (Lokosphinx), +00'05''
16.º Rinaldo Nocentini (Sporting/Tavira), +00'05''
53.º David de la Fuente (Sporting/Tavira), +05'22''
65.º Jesus Esquerra (Sporting/Tavira), +08'54''
79.º Hugo Sabido (Sporting/Tavira), +14'06''
80.º Mario Gonzalez (Sporting/Tavira), +14'41''
93.º Shaun-Nick Bester (Sporting/Tavira), +24'14''
94.º Júlio Gonçalves (Sporting/Tavira), +24'14''

 

GERAL INDIVIDUAL

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 9h11m28s
2.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'26''
3.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'26''
4.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), +00'28''
5.º José de Segóvia (Louletano-Hospital de Loulé), +00'39''
36.º David de la Fuente (Sporting/Tavira), +08'02''
48.º Jesus Esquerra (Sporting/Tavira), +12'42''
67.º Hugo Sabido (Sporting/Tavira), +18'13''
78.º Mario Gonzalez (Sporting/Tavira), +23'12''
87.º Júlio Gonçalves (Sporting/Tavira), +28'34''
88.º Shaun-Nick Bester (Sporting/Tavira), +30'04''

 

Na classificação geral por equipas, o Sporting/Tavira abdicou de fazer um melhor resultado em prol da manutenção da camisola amarela, que poderá dar à equipa a primeira vitória individual desde o seu regresso e logo numa prova tão emblemática, que homenageia o maior símbolo da modalidade e um dos maiores do Sporting Clube de Portugal. Descemos para a 11ª posição da geral.

 

Com a chegada em alto de amanhã, Nocentini poderá, para além da manutenção da tão ambicionada amarela, conquistar a azul da montanha. Na ligação de 147 quilómetros entre Atougia da Baleia e o Parque Eólico da Carvoeira, a meta coincide com uma contagem de montanha de terceira categoria, mas antes de ali chegarem os corredores terão de ultrapassar outras duas subidas pontuáveis para a classificação dos trepadores.

 

Uma vitória amanhã pode mesmo ser um excelente prenúncio para a Volta a Portugal que se avizinha.

 

Fiquem com o resumo da etapa:

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Nocentini 'saca' a amarela no alto de Montejunto

Tal como eu havia previsto ontem, o bom momento de Rinaldo Nocentini confirma-se. O italiano, líder da equipa do Sporting/Tavira, foi o 2º a cortar a meta, a 4 segundos de João Benta, o vencedor da etapa e vencedor desta prova no ano passado e alcançou assim a liderança da classificação geral, partindo amanhã de amarelo vestido.

Queria ganhar a etapa para conseguir a primeira vitória da época. Não foi possível, mas a camisola amarela é muito importante. Represento o Sporting e o Joaquim Agostinho é um símbolo do clube. É uma motivação acrescida. Vou tentar manter a liderança até ao fim”, disse o transalpino.

 

Na geral por equipas, o Sporting/Tavira desceu à 5ª posição e está neste momento a 2.31 minutos do líder, a LA Alumínios/Antarte.

 

Seguem as classificações do dia e da geral:

 

ETAPA

1.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), 4h59m54s
2.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), +00'04''
3.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'16''
19.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), +01'29''
32.º Júlio Gonçalves (Sporting-Tavira), +02'51''
43.º Hugo Sabido (Sporting-Tavira), +03'41''
45.º Jesus Esquerra (Sporting-Tavira), +03'41''
51.º Shaun-Nick Bester (Sporting-Tavira), +05'08''
71.º Mario Gozalez (Sporting-Tavira), +08'21''

GERAL

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 5h10m27s
2.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'26''
3.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'26''
26.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), +02'45''
33.º Jesus Esquerra (Sporting-Tavira), +03'53''
39.º Hugo Sabido (Sporting-Tavira), +04'12''
41.º Júlio Gonçalves (Sporting-Tavira), +04'25''
54.º Shaun-Nick Bester (Sporting-Tavira), +05'55''
69.º Mario Gozalez (Sporting-Tavira), +08'36''

 

Amanhã disputa-se a única etapa propícia aos sprinters, no já tradicional circuito de Torres Vedras, que permitirá aos espectadores ver a passagem dos ciclistas várias vezes, terminando bem junto à estátua de Joaquim Agostinho.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Bons sinais, dados no prólogo do GP Joaquim Agostinho

GP Joaquim Agostinho.pngRinaldo Nocentini foi 3º no prólogo do Turcifal e deu mostras de estar "fresco", ficando a apenas 16 segundos de Rafael Reis, o melhor contra-rologista do pelotão nacional que ainda por cima está num grande momento de forma.

 

Amanhã será um dia importante para ver como se comporta o nosso chefe de fila numa exigente etapa de montanha, que acaba a subir, no alto de Montejunto. Espero que tenha a ajuda necessária do resto da equipa e que ataque a amarela, para se ir habituando.

Estes foram os resultados do prólogo:

 

1º Rafael Reis (W52/FC Porto) 10'19''

2º Gustavo Veloso (W52/FC Porto) +00'15''

3º RINALDO NOCENTINI (SPORTING/TAVIRA) +00'16''

4º Alejandro Marque (LA Alumínios/Antarte) +00'20''

5º Mikel Bizkarra (Euskadi Basque Country - Murias) +00'24''

8º JESUS EZQUERRA (SPORTING/TAVIRA) +00'26''

13º MARIO GONZALEZ (SPORTING/TAVIRA) +00'29''

29º HUGO SABIDO (SPORTING/TAVIRA) +00'45''

54º SHAUN-NICK BESTER (SPORTING/TAVIRA) +01'01''

89º DAVID DE LA FUENTE (SPORTING/TAVIRA) +01'30''

103º JÚLIO GONÇALVES (SPORTING/TAVIRA) +01'48''

 

O Sporting/Tavira é 2º da geral por equipas, a 29 segundos da W52/FC Porto.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Homenagear o Rei com a verde-e-branca de volta à estrada

Entre hoje e domingo disputa-se o 39º Grande Prémio Internacional de Torres Vedras. O tradicionalmente conhecido como Grande Prémio Joaquim Agostinho, todos os anos homenageia o falecido ciclista português, o maior símbolo do ciclismo português e um dos maiores do Sporting Clube de Portugal.

 

Este ano, com a participação especial da equipa do Sporting / Tavira, em preparação acelerada para a Volta a Portugal. Digo especial, sobretudo para os Sportinguistas que, devido a Agostinho desenvolveram amor ao Sporting e ao ciclismo.

 

Não sou desse tempo, mas desde sempre fui confrontado com as memórias do "Quim Cambalhotas", que depressa se converteu num "monstro" das bicicletas.

 

Dotado de uma força fora do normal, espero que o espírito de Agostinho transmita a que os atletas do Sporting / Tavira precisarão para vencer a tão ambicionada volta a Portugal.

 

Vidal Fitas convocou Hugo Sabido, Rinaldo Nocentini, Shaun Nick Bestler, David de La Fuente, Júlio Gonçalves, Mário González e Jesús Ezquerra. Provavelmente aquele que será o núcleo duro para a prova rainha do ciclismo nacional.

 

A prova terá em competição mais de uma dezena de equipas continentais, entre elas as nossas principais adversárias na Volta a Portugal. Enfrentaremos por isso um teste sério à capacidade da equipa.

 

Segue a descrição das etapas:
Prólogo: Turcifal – Turcifal, 8 km. Partida 1.º corredor: 17h00
1.ª etapa: 11h45, Ventosa (Adega Cooperativa) – Alto de Montejunto, 16h05 | 179 km
2.ª etapa: 12h45, Palhagueiras (Santos & Santos) - Torres Vedras (circuito), 16h30 | 154,3 Km
3.ª etapa: 12h15, Atougia da Baleia – Carvoeira (parque eólico), 15h50 | 147 km

 
 
Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal