Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

O leão entrou com o pé direito

O JOGO

É inequívoco: o Sporting foi melhor e venceu com justiça.

Um golo de diferença parece até curto para a superioridade demonstrada mas, ainda assim, satisfatório.

Afinal, só a vitória interessava e o objectivo foi conseguido.

O Sporting, assente num processo defensivo muito bem assimilado foi, tal como Jesus disse no final do jogo, prefeito defensivamente e só duas ou três desatenções nos deram alguns calafrios. Rui Patrício não fez uma defesa difícil.

Visto que o processo ofensivo apresenta ainda falhas, foi benéfico enfrentar uma linha defensiva sem rotinas onde três dos quatro elementos não eram habitualmente titulares.

Não fossem os dois tampões defensivos do adversário e a mobilidade dos jogadores do Sporting tinha feito mais mossa.

Só um golo mal anulado a Teo Gutiérrez impediu o Sporting de ir em vantagem para a segunda parte e depois de um reinício onde o Sporting voltou a assumir o domínio acabou por marcar após desvio de Teo a remate de Carrillo. Tudo isto depois de uma expulsão perdoada a Sílvio.

Tempo de Jorge Sousa errar ao não marcar um penalti sobre Gaitán, ainda que não tenha invertido a tendência de prejudicar os verde-e-brancos.

Seguiram-se 10 minutos onde entregámos a iniciativa de jogo ao adversário e, não fosse a clara falta de ideias dos encarnados, podíamos ter sofrido.

Jorge Jesus percebeu isso e lançou Mané para o lugar de Teo, desviando Ruiz para o centro do terreno. O Sporting recuperou a posse de bola e a iniciativa de jogo.

Já com Mitrioglu em campo, a entrada de Semedo foi importante para estancar o jogo directo do adversário. Gelson Martins estreou-se nos descontos para queimar tempo num período em que o Sporting geriu muito bem a vantagem e a posse de bola.

Primeiro título da época e segundo consecutivo. Agora, é só manter o ritmo.

O HOMEM DO JOGO

Que bom que é ter dificuldades em nomear um só jogador. Para mim foi João Mário mas podia ser qualquer outro.

OS TREINADORES

Jesus foi inteligente quando 'atacou' Vitória com a colagem do mesmo ao seu modelo de jogo.

Colocou o adversário sobre brasas e o menos experiente Vitória tremeu.

Não acho que o Benfica deste ano tenha grande coisa de Jorge Jesus e acho que Jesus sabia isso quando proferiu as declarações, três dias antes do jogo.

Mind game puro com os resultados que se pretendiam.

O ESTILO DE JJ

Não gosto especialmente do seu egocentrismo mas adoro a sua genuinidade e transparência.

Jesus é claro nas declarações, não envia mensagens cifradas, não é mesquinho, não manda recados e recadinhos e recusa-se ao politicamente correcto.

Aliando a isto uma qualidade inquestionável enquanto treinador, é um claro upgarde relativamente ao passado recente.

Hoje joga o Sporting...e há uma Taça para ganhar!

Nada no dia de hoje é definitivo. É o primeiro jogo oficial da época que coincide com a disputa de um título. E ainda bem! Pois isso só é possível quando o que o antecedeu significou a conquista de outro.

O Sporting, actual detentor da Taça de Portugal, defronta o Benfica, campeão nacional (na verdade, bi-campeão nacional).

Claro que, volto a repetir, o jogo de hoje nada define no que à nossa época diz respeito. Não será o início nem o fim de nada mas, porra, é um derby. E quem é que não se importa de perder um derby?!

Ninguém gosta de perder no mais emocionante jogo deste país. Na verdade, todos querem vencer o derby dos derbies. Aquele jogo que define uma semana. Se ganhamos, passamos 7 dias de sorriso nos lábios…se perdemos ninguém nos vê os dentes!

Jorge Jesus sabe disto. Conhece o adversário como poucos alguma vez conheceram um. Sabe as suas forças e fraquezas e, se tiver a capacidade de o analisar friamente, passará à nossa equipa as sensações certas para levar a Supertaça para o Museu Mundo Sporting.

Não estou extremamente confiante mas sinto-me motivado. Motivado a apoiar a equipa e a, também eu, fazer bem o meu trabalho. Incentivarei e vibrarei com o jogo. Sentirei cada emoção como as de um derby devem ser vividas e tenho as melhores sensações para o jogo de hoje, mesmo sabendo que o adversário tem valor.

Devo confessar que tenho um bom feelling para esta época e, agora sim, acho que começar com um título pode ser o tónico ideal. Porque a cara de quem vence não é igual à de quem perde. Porque a moral dos vencedores contrasta com o desânimo dos vencidos.

Há que prolongar ao máximo as boas sensações deste início de temporada e, mais do que um feelling, sinto algo premonitório que se apressa para fazer justiça, para nos fazer felizes, para mostrar a Portugal e ao Mundo a verdadeira essência de um Clube, grande e vencedor, tão grande como os maiores da Europa.

A Supertaça verde-e-branca

Supertaças.png

Amanhã o Sporting Clube de Portugal disputará a sua 9ª Supertaça e procurará alcançar o 8º título.

Só na primeira participação não saímos vencedores e vencemos todas as que se disputaram em apenas um jogo.

Só por duas vezes disputámos o troféu com o Benfica e teremos amanhã a possibilidade de um tira-teimas. Até ao momento, em duas disputas, uma vitória para cada lado, ambas com o troféu a disputar-se a duas mãos.

O Benfica, em 16 presenças, conseguiu apenas 5 vitórias.

Aproveito para revisitar os números do derby dos derbies.

Derby dos derbies.png

Em relação ao comunicado sobre a Supertaça de Andebol

"A Supertaça de Andebol em seniores masculinos é uma das competições mais relevantes desta importante modalidade. A realização da sua final requer um conjunto de condições condignas com o seu elevado estatuto que devem ser estritamente observadas, permitindo assim, prestigiar todos os seus intervenientes, constituindo-se numa jornada ímpar de promoção e divulgação da modalidade.

No entanto, a Federação de Andebol de Portugal, decidiu agendar a final da referida Supertaça, que opõe o Sporting Clube de Portugal frente ao FC Porto, para as 18 horas, do dia 20 de Dezembro, para o Pavilhão do Águas Santas, na Maia (Porto). Quer o desportivismo, quer o bom senso, requeriam que uma prova desta envergadura se realizasse num pavilhão equidistante dos locais de proveniência dos participantes, Lisboa e Porto e não a poucos quilómetros deste último.

Acresce que o pavilhão, não reúne as necessárias condições técnicas e de segurança, e deste facto o Sporting Clube de Portugal, em devido tempo alertou a Federação de Andebol de Portugal. Contudo a Federação manteve o local do evento, assumindo assim, as respectivas responsabilidades.

Respeitando a determinação da Federação de Andebol de Portugal, o Sporting Clube de Portugal irá disputar a Supertaça nas condições que lhe foram impostas. Mantendo a sua equipa em prova, cumprindo assim os regulamentos, o Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal entendeu não se fazer representar neste evento.

Naturalmente, a nossa equipa tudo fará para no rectângulo do jogo conquistar a Supertaça. Caso a segurança esteja em risco a equipa tem instruções para regressar de imediato aos balneários."

Vamos ser honestos e realistas! Todos sabemos como o Porto se mexe nos bastidores do desporto nacional!

Alguém acha que, depois de nos últimos três anos o Sporting ter vencido 1 Supertaça e 3 taças de Portugal (3 destes troféus foram ganhos frente aos dragões), nos iam deixar jogar com as mesmas armas?!

Vamos estar em minoria no pavilhão (quase de certeza) e isso vai ser um factor que pode desequilibrar.
Eu disse que pode, não disse que vai, pois eu lembro-me de 3 mil leões que silenciaram 30000 dragões há bem pouco tempo.
Espero que em termos de segurança, tudo corra dentro da normalidade, tal como dentro do pavilhão, onde o Sporting normalmente tem vencido, quando de finais se tratam!

Deixem passar o campeão

A equipa de futsal do Sporting Clube de Portugal, bi-campeã em titulo atropelou hoje, sem qualquer misericórdia, o vencedor da taça de Portugal e vice-campeão nacional AD Fundão por um concludente 7-0. Venceu justamente e mais golos ficaram por marcar.
O campeão voltou e está pronto para revalidar o título, com a qualidade, competência, garra, esforço, dedicação e devoção habituais. Com esta atitude, a glória é uma consequência natural. Isto é o Sporting!

Amanhã é dia de pôr mais uma no Museu

Depois da vitória no campeonato nacional e da conquista do bi-campeonato, deixo-vos um 'cheirinho de uma reportagem a exibir brevemente na Sporting TV.

Amanhã, às 17.15h no Pavilhão de Desportos Municipal do Entroncamento, disputa-se a supertaça de Futsal. O adversário é novamente Fundão e, como é óbvio, é para trazer o 'caneco'.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal