Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Sir Steven Gerrard

Ontem, José Mourinho homenageou Steven Gerrard na conferência de antevisão do jogo que irá opor o Chelsea, novo campeão inglês, ao Liverpool.

Dou destaque a isto porque Gerrard é um dos meus jogadores favoritos mas, sobretudo, porque Mourinho soube enumerar as qualidades de Gerrard, como jogador e como pessoa.

A fidelidade e o amor à camisola ainda existem e gostava de ter homens destes no meu Sporting!

"Falando do Liverpool e falando de honrar campeões, chegou a minha vez de falar de um campeão e de honrar Steven Gerrard.

Devo dizer, que é graças a oponentes como ele que eu sou o treinador que sou. Porque aprendo com os meus jogadores e com os meus melhores oponentes.

Aprendo com os problemas, dúvidas e qualidades dos meus jogadores e aprendo com os meus melhores oponentes e com os problemas que eles me dão.

Pela forma como eles me fazem pensar e pela forma como me obrigam a analisá-los e a estudar a melhor forma de jogar contra eles.

E o Steven Gerrard, é de certeza um dos meus inimigos favoritos...

Inimigo com tudo o que a palavra possa expressar de bom em termos futebolísticos.

Podem ter a certeza, que em Inglaterra ele foi o meu querido inimigo.

Em Inglaterra, foi de certeza aquele que fez de mim um melhor treinador. Pará-lo ou tentar pará-lo, foi muito difícil...

Eu perdi contra ele, ganhei, empatei...Fui feliz, fiquei triste...

Joguei contra o Liverpool com ele a trinco, como número 8, como número 10 e até o vi jogar por alguns momentos a extremo num destes últimos jogos.

Estou muito triste por ser a última vez que vou jogar contra ele...

Porque eu preciso de pessoas como ele para ser um melhor treinador.

Tenho de honrá-lo, dizendo que estou muito triste que ele esteja de saída do futebol inglês.

Tenho de honrá-lo dizendo, que tentei contratá-lo para o Chelsea, para o Inter de Milão, para o Real Madrid, mas ele quis ser sempre um querido inimigo...

Espero que Stamford Bridge tenha o mesmo sentimento que eu tenho e perceba que nós precisámos mais pessoas como ele.

Estou muito feliz por ele nunca ter saído do Liverpool...

Ele teve uma carreira espantosa e junto da gente dele. Recusou-se a jogar por outros grandes clubes, recusou-se a jogar em grandes Ligas, só para jogar pelo Liverpool!

Acho que é um sentimento que vai ficar para sempre...

Mas quem sabe?! Talvez um dia o reencontre e jogue contra o Steven, com ele sendo o treinador do Liverpool...".

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados