Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Grandes? Enormes!

Ninguém duvida que é o futebol que move multidões, que é o grande motor do nosso Clube mas, no fim de contas, é apenas uma pequena (embora significativa) percentagem daquilo que é o Mundo Sporting.

O nosso grande Clube tem 55 modalidades, 13 delas de desporto adaptado. Temos um gabinete olímpico que apoia e integra mais de 70 atletas em 10 modalidades distintas. Um projecto ambicioso que tem melhorado as condições dos nossos "olímpicos" com vista à obtenção de melhores resultados desportivos que preencham o currículo dos atletas e orgulhem e prestigiem toda uma nação leonina.

 

Temos atletas top 10, 20, 30 mundial. Todos sentem o Sporting, todos o vivem dia após dia. A maior parte dá ao clube mais títulos do que aqueles que temos festejado no futebol mas, ainda assim, nem sempre se sentirão apoiados e acalorados pela nossa massa adepta, que é fantástica mas pode sempre fazer melhor.

Temos na nossa história, no futebol e nas modalidades atletas que são autênticas lendas, exemplos de competidores natos que ainda hoje inspiram gerações, umas a seguir às outras.

 

Temos neste momento a competir pelo clube alguns atletas de topo mundial nas suas disciplinas. Pessoas que se esforçam e dedicam, obtendo resultados mesmo que defrontem os melhores do Mundo em cada prova que disputam.

Muitos deles não têm a sorte de apanhar uns "clubes pequenos" pelo caminho, não disputam provas de regularidade, não têm margem de erro, é sempre ganhar ou perder. Mesmo assim, obtêm resultados.

 

Exemplos como temos no atletismo, no judo, como a nossa equipa de futsal, ténis de mesa ou goalball, entre outros.

Aos que acompanham sobretudo o futebol, experimentem ver algumas competições de outros atletas, de outras modalidades. Vejam as dificuldades que enfrentam e os bons resultados que obtêm, mesmo que estejam sempre no fio da navalha.

No atletismo, excepto nas provas de fundo, são escassos os minutos (por vezes segundos) que um atleta tem para mostrar o que vale e o mesmo vale para a natação ou para a canoagem. No judo tudo se pode ganhar ou perder em apenas quatro minutos...

 

Bem sei que a indústria paga aos seus intervenientes algo equivalente àquilo que o espectáculo gera. É inevitável que no futebol os jogadores ganhem mais dinheiro. Talvez por isso, seja também inevitável a pressão extra a que estão sujeitos, a exigência. Por outro lado, disputam as competições sob olhar atento de milhares (milhões, através da televisão).

Não é isso que acontece nas restantes modalidades e, no entanto, continuamos a ganhar medalhas em competições ao mais alto nível nas várias modalidades já mencionadas e não só. Temos atletas que estão entre os melhores do Mundo e se batem com outros do mesmo nível em cada competição.

 

Só no judo temos o Fonseca, o Anri, o Sergiu, a Joana, a Taciana e a Siderot. Temos o Évora, a Mamona, Jessica e a Sara (atletismo), o Emanuel e a Francisca (canoagem), o João Costa (tiro), o Monteiro e o Quadri (ténis de mesa), o Diogo Abreu (ginástica - trampolins), o Alexis (natação) e é natural que muitos outros me faltem com estatuto semelhante (as minhas desculpas a todos eles).

Temos o atletismo, actual campeão da Europa de clubes feminino ao ar livre e já este ano campeão da Europa de clubes em corta-mato (em ambos os géneros).

O goalball, com uma jornada por disputar, é já campeão europeu de clubes e judo masculino foi, pelo segundo ano consecutivo, medalha de bronze na Golden League (a maior competição de clubes a nível europeu).

O futsal está na meia-final da UEFA Futsal Cup, o ténis de mesa na meia-final da Champions League,  o hóquei em patins nos quartos-de-final da Liga Europeia, o futebol disputa hoje o acesso aos quartos-de-final da Liga Europa e o andebol é, por enquanto, o detentor da taça Challenge em andebol.

 

Motivos mais do que suficientes para que levemos a sério a frase; "o Sporting é muito mais do que um clube de futebol". Na verdade, o Sporting é um Clube desportivo que tem futebol, num país onde reina a bola no pé e onde somos campeões da Europa de selecções em futebol e futsal, tendo nas nossas equipas vários dos intervenientes nessas conquistas.

No entanto, como se pode constatar, há muito mais para além do futebol de que nos devamos orgulhar e que devemos seguir, acompanhar e apoiar.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Guia para os Jogos Paralímpicos do Rio 2016

Celebra-se hoje, às 22.30h, a Cerimónia de Abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016.

A comitiva nacional é comporta por 37 atletas, 4 deles do Sporting Clube de Portugal.

Luís Gonçalves (atletismo), Simone Fragoso (natação), Joana Calado (natação) e Luís Costa (ciclismo) são os nomes portugueses a seguir. Mas nem só de portugueses se faz a missão leonina no Rio. Leomon Moreno (Brasil) e Genrik Pavliukianec (Lituânia) aumentam a missão verde-e-branca para 6 elementos e serão os nossos representantes no Goalball, onde participarão integrados nas equipas dos respectivos países.

 

Luís Gonçalves (28 anos), medalhado de prata nos 400m dos jogos de Pequim 2008, apresenta-se este ano para competir nas provas de 200 e 400 metros - T12.

Estará no dia de estreia dos Jogos (8), correndo as eliminatórias (15.56h) e as meias-finais (em caso de passagem, às 22.32h) dos 400 metros. A final será disputada no dia 9, às 23.31h.

Os 200 metros serão disputados nos dias 16 (eliminatórias a partir das 22.39h) e 17 (meias-finais a partir das 15.59h e final às 22.57h).

A sua história pode ser conhecida AQUI.

 

Simone Fragoso (36 anos) é uma força da natureza. Vai já para a sua terceira olimpíada e, embora nunca tenha subido ao pódio, fê-lo por 3 vezes em Mundiais (prata) e Europeus (prata e bronze).

Fará 4 provas no Rio. 50m mariposa - S5, no dia 10 (eliminatórias a partir das 14.11h e final às 22.03h). 50m livres - S5, nos dias 12 e 13 (eliminatórias a partir das 16.01h e final às 00.35h). 200m estilos - SM5 no dia 15 (eliminatórias a partir das 14.33h e final às 22.42h). 50m costas - S5, no dia 16 (eliminatórias a partir das 15.24h e final às 23.58h).

A sua história pode ser conhecida AQUI.

 

Joana Calado (23 anos) foi a "benjamim" de Pequim 2008, onde participou com apenas 15 anos. Não esteve em Londres e volta agora ao palco maior do desporto paralímpico.

Participará apenas na prova de 100m bruços - SB8, no dia 14, com eliminatórias a partir 13.30h e a final às 21.36h.

Podem consultar AQUI o seu currículo.

 

Luís Costa (43 anos) é o líder do ranking Mundial H5 e parte para o Rio com expectativas elevadas nas provas de estrada de ciclismo. 

Estará no contra relógio - H5, no dia 14, às 9.40h e na prova em linha, no dia 15, às 9.30h.

A sua história pode ser conhecida AQUI.

 

Leomon Moreno (23 anos) vai ser o único dos leões em prova a jogar em casa. O brasileiro vai tentar voltar a subir ao pódio com a equipa de Goalball do seu país, medalhada de prata em Londres 2012.

O Brasil está integrado no grupo A e jogará nos dias 8 (13h vs Suécia), 9 (17.15h vs Canadá), 11 (13h vs Argélia) e 13 (14.15h vs Alemanha). A fase final joga-se nos dias 14, 15 e 16.

A sua história pode ser conhecida AQUI.

 

Genrik Pavliukianec (40 anos), considerado o melhor jogador de Goalball do Mundo, estará no Rio a defender as cores da Lituânia. Medalhado olímpico de bronze (2000) e prata (2008), estará no Rio em busca de novo feito.

A Lituânia está integrada no grupo B e jogará nos dias 8 (21.30h vs Finlândia), 10 (17.15h vs Estados Unidos), 12 (18.15h vs China) e 14 (00.45h vs Turquia). A fase final joga-se nos dias 14, 15 e 16.

A sua história pode ser conhecida AQUI.

 

Desejo a todos os atletas portugueses os maiores sucessos, em especial aos 6 atletas do Sporting. Que todos se superem e façam tão bem ou melhor que aquilo que perspectivam.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Posts mais comentados