Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Joana Ramos de bronze, em Cancun

 

Joana Ramos não falhou a oportunidade de pontuar para o ranking mundial em mais uma prova internacional e conquistou a medalha de bronze no Grand Prix de Cancun.

 

A competição começou com uma vitória fácil e rápida na segunda ronda (ficou isenta na primeira, graças ao estatuto de cabeça de série) e respectivo apuramento para os quartos-de-final.

Nos quartos-de-final acabou por perder com a suíça Fabienne Kocher, que acabaria por perder os combates da meia-final e medalha de bronze.

Já a nossa Joana, seguiu o seu caminho com ambição e muita qualidade. Venceu na repescagem a vice-campeã europeia, Alesya Kuznetsova, num combate muito disputado, decidido com um waza-ari no ponto de ouro e encaminhou-se para a decisão pela medalha de bronze.

O combate pelo bronze foi igualmente difícil e disputado, com muita luta pela melhor pega. Joana Ramos aplicou toda a sua experiência e acabou por ganhar de forma autoritária, aproveitando a oportunidade que teve de acabar com o combate, primeiro com um waza-ari, seguido de uma imobilização no chão que valeu o ippon final, a cerca de meio minuto do final

.

Acredito que seja um bronze saboroso para a nossa Joana, que se comprometeu a fazer mais um ciclo olímpico, mesmo sabendo que terá 38 anos em 2020. Está, naturalmente, "obrigada" a competir menos do que as adversárias directas pelo apuramento olímpico e isso coloca em cima dela uma pressão muito maior para obter resultados.

Este bronze vem reforçar o seu estatuto na hierarquia mundial mas, mais ainda, a sua confiança. Serve ainda para mostrar que, aos 36 anos, consegue estar ao mesmo nível que atletas no pico das suas carreiras (a polaca Karolina Pienkowska, de 25 anos, com quem ontem disputou o bronze, vinha de 6 medalhas nas últimas 10 provas internacionais).

Muitos parabéns, Joana! Se tudo correr normalmente, lá estarás.

 

Deixo-vos o vídeo do combate pela medalha de bronze!

 

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

SportTV, respeitem os atletas! Sejam imparciais!

Agora que já vi os três blocos de notícias dos últimos três dias, na SPORT TV (Últimas Notícias), atrevo-me a mostrar a minha indignação para com o desconhecimento (ou parcialidade) revelados, tanto pelo jornalista como pelo comentador de serviço.
 
Desde o primeiro dia que Telma Monteiro era apontada por estes senhores como a grande esperança nacional por uma medalha.
Ora, ou isto demonstra desconhecimento da realidade actual do judo português ou parcialidade (quem sabe, motivada pelos clubes que esta e outros atletas representam).
 
O post pretende apenas defender a honra, dignidade e o respeito pelo percurso e currículo dos restantes portugueses em prova, embora me vá centrar nos do Sporting Clube de Portugal (com todo o respeito para os restantes). Para além disso, serve para mostrar que, num campeonato do Mundo onde Portugal está tão bem representado (em qualidade e quantidade), a SportTV opta por promover uma atleta (que nem precisava) em vez da modalidade.
 
Telma Monteiro tem um percurso impressionante no judo português mas há anos que não é a nossa única esperança de medalhas em todas as competições e este mito tem de acabar, sobretudo porque tem sido constantemente negado pela realidade.
 
Comecemos pelos rankings, que reflectem aquilo que foi a época dos atletas e definem quem são os cabeças de série nos sorteios.
Telma Monteiro era, à partida para o Campeonato do Mundo, a 16ª posicionada na sua categoria (-57kg). Quanto aos atletas do Sporting: Joana Ramos era 26ª do ranking mundial, em -52kg; Anri Egutidze era 10º do ranking mundial, em -81kg; Jorge Fonseca era 6º do ranking mundial, em -100kg.
 
Telma Monteiro e Joana Ramos têm tido problemas com lesões e, por isso, fizeram uma época irregular, com prejuízo para Joana Ramos, que praticamente não competiu em 2018.
Já no caso de Anri Egutidze e Jorge Fonseca, chegam a Baku no seu melhor, após épocas recheadas de resultados relevantes e muitas medalhas.
Egutidze esteve em dez decisões para medalha nos últimos dois anos, em grandes provas internacionais, tendo conquistado seis medalhas.
Fonseca esteve oito decisões para medalha nos últimos dois anos, em grandes provas internacionais, tendo conquistado seis medalhas.
 
Sendo justo, eram Egutidze e Fonseca as maiores probabilidades de medalha em Baku. Ambos têm mais medalhas nestes últimos dois anos do que Telma Monteiro (e Joana Ramos) tem competições relevantes disputadas. Ambos se encontram num melhor momento de forma e ambos são, neste momento, mais reputados que os restantes atletas nacionais. Recordo, Anri Egutidze e Jorge Fonseca são os únicos atletas portugueses no top 10 mundial, nas suas categorias. Os únicos! E, atenção, isto não invalida que Telma Monteiro e Joana Ramos sejam grandes atletas, candidatas a medalhas e respeitadas por qualquer das oponentes nas suas categorias.
 
Sendo que a maior esperança de medalha para a SportTV foi ontem eliminada (e isso não me dá prazer algum, visto que até costumo torcer pela Telma, em competições internacionais), esperava que a estação de desporto emendasse a mão e desse aos restantes atletas em competição a verdadeira relevância que mereciam mas assim não aconteceu, pois foram apenas indicados como os atletas nacionais a restar na competição (algo que até nem é verdade, pois Portugal tem mais atletas em prova). Talvez eles quisessem dizer que eram os que restavam com hipóteses de sucesso mas, dizer isso de forma clara, como antes tinham feito com Telma Monteiro, exigiria um esforço adicional ao qual não se prestaram.
 
Com a eliminação de hoje de Anri Egutidze que, tal como Joana Ramos e Telma Monteiro, ficou a uma vitória de poder lutar pelas medalhas, vamos esperar por um brilharete do MELHOR e MAIS REPUTADO atleta português da actualidade. Força, Jorge Fonseca! Força, Portugal!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados dos atletas do Sporting nos Jogos do Mediterrâneo (em actualização)

 ANDEBOL (Manuel Gaspar e Nuno Reis) 

Grupo B | Espanha 34-22 Portugal
Grupo B | Grécia 28-28 Portugal
1/4 Final | Turquia 31-29 Portugal
5º-8º Lugares | Argélia 32-33 Portugal
5º/6º Lugares | Portugal 25-31 Eslovénia / 5º Lugar

 

 ATLETISMO 

4x100m M | 3º Ancuiam Lopes -  MEDALHA DE PRATA 
Comprimento M | Miguel Marques qualificou-se para a final mas não alinhou no dia decisivo -  RECORDE PESSOAL (7,75m) 
200m F | 11º Filipa Martins
400m F | 5º Cátia Azevedo
5000m F | 2º Inês Monteiro -  MEDALHA DE PRATA 
400m barreiras F | 5º Andreia Crespo
4x400m F |
 5º Filipa Martins / Andreia Crespo / Cátia Azevedo
Disco F | 4º Irina Rodrigues
Comprimento F | 5º Evelise Veiga -  RECORDE PESSOAL (6,61m)  / MÍNIMOS EUROPEU SENIORES  / RECORDE NACIONAL SUB-23 
Vara F | 7º Marta Onofre
              7º Maria Leonor Tavares 
Triplo F | 6º Patrícia Mamona

 

 CICLISMO 

Prova de Fundo | 5º Mario Gonzalez m.t
                              6º Joni Brandão m.t
                              9º Frederico Figueiredo m.t
                            11º Alvaro Trueba m.t

 

 JUDO 

-81Kg / Quartos-de-Final | Anri Egutidze foi derrotado (ippon) pelo grego Alexios Ntanatsidis
-81Kg / Repescagem 1 | Anri Egutidze venceu Aristos Michael (Chipre) por ippon.
-81Kg / Repescagem 1 | Anri Egutidze venceu Ashraf Moutii (Marrocos) por ippon.
-81Kg / Combate Bronze | Anri Egutidze venceu Alfonso Solana (Espanha) por waza-ari -  MEDALHA DE BRONZE 

 

 NATAÇÃO 

200m livres M | 16º João Vital
1500m livres M | 6º Guilherme Pina
50m bruços M | 7º Alexis Santos
100m bruços M | 17º Alexis Santos
50m costas M | 7º Alexis Santos
100m costas M | 12º Francisco Santos 
200m costas M | 13º Francisco Santos
                            15º João Vital
200m estilos M | 3º Alexis Santos -  MEDALHA DE BRONZE 
400m estilos M | 3º João Vital -  MEDALHA DE BRONZE 
50m livres F | 22º Inês Fernandes
50m costas F | 12º Inês Fernandes
50m mariposa F | 17º Inês Fernandes
100m mariposa F | 14º Inês Fernandes
200m estilos F | 10º Inês Fernandes

 

 REMO 

LM 1x / Qualificação | Pedro Fraga apurado para as meias-finais
LM 1x / Meias-Finais | Pedro Fraga apurado para a final A
LM 1x / Final A | 2º Pedro Fraga -  MEDALHA DE PRATA 

 

 TÉNIS DE MESA 

Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 0-4 Alexandre Robinot (7-11; 4-11; 15-17; 8-11)
Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 4-0 Sadush Tosuni (11-8; 11-4; 11-7; 11-3)
Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 4-0 Kreshnik Mahmuti (11-5; 11-3; 11-6; 11-5)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 1-4 Omar Assar (7-11; 6-11; 7-11; 13-11; 5-11)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 4-1 Ibrahim Gunduz (6-11; 11-9; 11-8; 11-8; 11-9)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 4-2 Marios Yiangou (11-7; 9-11; 6-11; 12-10; 11-9; 13-11)
Individual - Quartos-de-Final | Diogo Carvalho 1-4 Alexandre Robinot (6-11; 5-11; 11-8; 6-11; 4-11)

Colectivo - 1ª Fase / Grupo B | Portugal 0-3 Eslovénia
                                                 Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 0-3 Jorgic / Tokic (5-11; 7-11; 9-11)
Colectivo - 1ª Fase / Grupo B | Portugal 3-1 Grécia
                                         Singulares | Diogo Carvalho 1-3 Konstantinos Angelakis (4-11; 10-12; 11-9; 6-11)
                                                 Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 3-1 Konstantinopoulos / Sgouropoulos (11-4; 4-11; 11-9; 11-7)
                                         Singulares | Diogo Carvalho 3-1 Sgouropoulos (9-11; 11-8; 11-8; 11-6)
Colectivo - Quartos-de-Final | Portugal 3-1 Itália

Colectivo - 3º / 4º Lugares | Portugal 3-2 Espanha -  MEDALHA DE BRONZE 
                                   Singulares | Diogo Carvalho 1-3 Machado Sobrados (11-5; 8-11; 10-12; 6-11)
                                           Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 3-1 Franco Medina / Machado Sobrados (7-11; 11-4; 11-8; 11-3)
                                   Singulares | Diogo Carvalho 0-1 Cantero Juncal (6-11; 11-7; 7-11; 11-7; 11-6)

 

 TIRO 

P10m | 3º João Costa -  MEDALHA DE BRONZE 

 

 TIRO COM ARCO 

Individual | 17º Jorge Alves (Eliminado nos 16avos-de-final por 0-6, frente ao esloveno Rok Bizjak)
Colectivo | 5º Portugal (Jorge Alves) - Eliminado nos Quartos-de-Final por 4-5, por um ponto, frente à Eslovénia, que viria a vencer a medalha de prata

 

 VOLEIBOL DE PRAIA 

1ª Fase / Grupo A | Kibinho / Roberto Reis 2-0 Berisha / Mustafa (21-11; 21-12)
1ª Fase / Grupo A | Kibinho / Roberto Reis 0-2 Rossi / Caminati (15-21; 13-21)
Oitavos-de-Final | Kibinho / Roberto Reis 0-2 Gauthier / Thiercy (14-21; 19-21)

 

Live Streaming (link)

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Destaques do fim-de-semana

SENIORES MASCULINOS SÃO TRI-CAMPEÕES NACIONAIS DE JUDO POR EQUIPAS (SÉTIMO TÍTULO NOS ÚLTIMOS OITO ANOS)

Foto de Anri Egutidze.

 

ATLETAS DO SPORTING SOBEM AO PÓDIO UMA DEZENA DE VEZES NAS SUPER-FINAIS (TRAMPOLINS) DE GINÁSTICA

Foto de Sporting Olympics - Gabinete Olímpico do Sporting Clube de Portugal.

DIOGO ABREU e DIOGO GANHINHO campeões nacionais elite, em trampolim sincronizado
DIOGO ABREU campeão nacional elite, em trampolim individual
ANDRÉ NUNES vice-campeão nacional sénior, em trampolim individual
RAFAEL DOMINGUES vice-campeão nacional elite, em duplo mini trampolim (DMT)
INÊS MARTINS vice-campeã nacional elite, em DMT
MIGUEL MAGALHÃES e DUARTE FERNANDES 3º lugar em trampolim sincronizado - elite
BRUNA LI e TATIANA LI 3º lugar em trampolim sincronizado - elite
JOÃO DUARTE campeão nacional juniores elite, em trampolim sincronizado
BRUNA LI 3º lugar sénior, em DMT
DIOGO MARTINS e AFONSO FERNANDES campeões nacionais seniores, em trampolim sincronizado

 

EVELISE VEIGA E EDUJOSE LIMA CONQUISTAM TRÊS MEDALHAS NOS CAMPEONATOS DO MEDITERRÂNEO, EM ATLETISMO

Veiga Lima.png

EVELISE VEIGA (Medalha de ouro no salto em comprimento e Medalha de prata no triplo-salto)
EDUJOSE LIMA (Medalha de bronze no lançamento do disco)

 

INICIADOS SÃO CAMPEÕES NACIONAIS DE FUTEBOL

Image result for sporting campeão iniciados

 

JUVENIS SÃO BI-CAMPEÕES NACIONAIS DE FUTSAL (6º TÍTULO NACIONAL CONSECUTIVO, A CONTAR COM AS 4 TAÇAS NACIONAIS ENTRE 2013 E 2016)

Foto de Sporting Clube de Portugal - Futsal.

 

CADETES FEMININAS SÃO CAMPEÃS NACIONAIS DE JUDO, POR EQUIPAS

Foto de Judo Sporting Clube de Portugal.

 

SUB-14 MASCULINOS VENCEM A TAÇA DISTRITAL DE BASQUETEBOL

Foto de Sporting Clube de Portugal - Basquetebol.

 

TRÊS PÓDIOS NOS NACIONAIS INDIVIDUAIS DE JUDO, EM CADETES

Foto de Judo Sporting Clube de Portugal.

NINI VARZDUKASHVILI (-63kg) - Medalha de Prata
EDUARDO SIMONETTA (-60kg) - Medalha de Bronze
MARIA VITÓRIA (-44kg) - Medalha de Prata

 

LUÍS COSTA SOBE DUAS VEZES AO PÓDIO NA SUIÇA, EM PROVAS C1 DA UCI (2º NO CONTRA-RELÓGIO INDIVIDUAL E 3º NA PROVA EM LINHA, EM H5)

Foto de Luis Costa - Paraciclista.

 

DIOGO RIBEIRO VENCE PROVA DE CICLISMO - JUNIORES - DO LVIII CIRCUITO SAN ANTONIO DE BOLLULLOS PAR DEL CONDADO, EM HUELVA (ESPANHA)

 

SALOMÉ AFONSO BATE O SEU RECORDE PESSOAL DOS 800M, NO MEETING IBEROAMERICANO DE ATLETISMO, EM HUELVA (ESPANHA)

Salomé Afonso.png

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados do fim-de-semana (outros destaques)

MIGUEL ALVES CONQUISTA MEDALHA DE BRONZE NA TAÇA DA EUROPA DE JUNIORES (CORUÑA, ESPANHA) EM JUDO

 

SETE MEDALHAS DE OURO NO CAMPEONATO NACIONAL DE TRAMPOLIM INDIVIDUAL E SINCRONIZADO

ELITES MASCULINOS EQUIPAS
ELITES FEMININOS EQUIPAS
SENIORES MASCULINOS EQUIPAS
JUVENIS FEMININOS EQUIPAS
INICIADOS FEMININOS EQUIPAS
MATILDE MOURÃO - JUVENIS FEMININOS INDIVIDUAL
CATARINA ANTUNES - INICIDOS FEMININOS INDIVIDUAL

TRÊS APRESENTAÇÕES APURADAS PARA AS APRESENTAÇÕES DE INTERIOR DA GYMNAESTRADA MUNDIAL (GINÁSTICA)

SPORTING CP - Movement through the ages
SPORTING CP - The Colors of Queen
SPORTING CP - High School Musical

 

FILIPA MENDONÇA VENCE OPEN HOSPITAL SANTA MARIA, EM PADEL

 

"RASTAARTUR" VENCEU A TAÇA DE PORTUGAL 1VS1, NO E-SPORTS

 

SPORTING CP LIDERA 6ª PROVA NACIONAL DE CAMPO (TIRO COM ARCO), COM SETE MEDALHAS

OURO: DUARTE FERREIRA (RECURVO CADETES); MARIA JOÃO ZAGALO (RECURVO SENIORES);
PRATA: LILIYA DUBYEY (RECURVO JUNIORES); 
BRONZE: ANTÓNIO FERREIRA (RECURVO VETERANOS); INÊS CUNHA (RECURVO JUNIORES); HENRIQUE RIBEIRO (RECURVO JUNIORES); MARIA PAULA CATITA (RECURVO SENIORES).

 

FREDERICO FIGUEIREDO E ALEXANDER GRIGOREV NO PÓDIO DO GRANDE PRÉMIO ANICOLOR, EM CICLISMO

FREDERICO FIGUEIREDO (M.T)
ALEXANDER GRIGOREV (M.T)

 

FRANCISCO MOURA VENCE AOS PONTOS NA II GALA BELOURA CAR, UMA DAS MAIS IMPORTANTES DO BOXE NACIONAL

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Notas soltas do fim-de-semana

Começando pelo futebol; não estamos na fase da época em que me preocupem as exibições. É importante ganhar, com maior ou menor dificuldade.

Estamos na fase decisiva e já passou há muito o tempo de exigir boas exibições com resultados a condizer. É tempo de nos contentarmos com o resultado, sabendo que a equipa está muito desgastada, deu tudo e conseguiu, mesmo que a custo, o objectivo.

Impressionante a capacidade de Bruno Fernandes, que resolveu o encontro com dois golos de excelente execução, não ao alcance de qualquer um.

O fim-de-semana futebolístico quase esteve para ser muito bom, não fosse aquele golo de Marega no final do encontro na Madeira. Seja como for, temos o segundo lugar na nossa mão e compete-nos garantir essa posição, ganhando os dois encontros que restam do campeonato, que estará entregue. Parabéns ao Porto que, a confirmar-se, será um justo campeão.

 

As vitórias no futsal, andebol, hóquei em patins e futebol feminino mantêm as equipas na frente e na luta pelos títulos nacionais, enquanto que a derrota do voleibol adiou a decisão para amanhã, no Pavilhão João Rocha.

Prestação meritória, embora inglória dos nossos judocas no Europeu de Judo, em Tel Aviv, com resultados interessantes mas que certamente não deixaram alguns dos atletas satisfeitos. Podemos fazer melhor mas a concorrência é sempre forte neste tipo de eventos.

 

Tentarei fazer o post com os resultados até final do dia. Este fim-de-semana foi puxadinho e a família, desta vez, teve mesmo de estar primeiro.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

À conquista da Europa

Foto de Judo Sporting Clube de Portugal.

 

Respeitando a ordem da foto: Anri Egutidze, Jorge Fonseca, Joana Ramos e Sergiu Oleinic são os representantes do Sporting nos campeonatos da Europa de judo, que hoje começam a disputar-se em Tel Aviv (Israel).

A prova disputa-se até sábado, com Joana Ramos e Sergiu Oleinic a estrearem-se hoje, no primeiro dia de provas, nas cetegorias de -52kg e -66kg, respectivamente.

Sexta-feira será a vez de Anri Egutidze se fazer aos tatamis, na categoria -81kg, enquanto que, para sábado, fica reservado a Jorge Fonseca o último dia de competição, nos -100kg.

 

Joana Ramos, nº 23 do ranking mundial e medalhada de bronze nos últimos campeonatos da Europa, há um ano, em Varsóvia (à qual junta a prata, em 2011), está de volta à competição após uma época, até ao momento, muito complicada.

A atleta do Sporting não compete desde Tóquio, em dezembro do ano passado e tem recuperado, desde então, de uma pneumonia. Previa-se que tivesse regressado à competição mas diria que guardou os trunfos todos para esta competição.

O seu momento de forma é uma completa incógnita para as adversárias, que certamente não deixarão de respeitar uma atleta do seu nível e com o seu currículo.

Joana Ramos começa frente à austríaca Agata Perenc, 20ª do ranking mundial e, naturalmente, não é uma das candidatas às medalhas.

 

Sergiu Oleinic, nº 17 do ranking mundial, é um atleta com prestações bastante consistentes mas que, por azar, não tem conseguido melhores resultados, dos quais, julgo eu, já seja merecedor.

O histórico de quintos e sétimos lugares é longo e há sempre a expectativa de ver qual a prova em que supera esses resultados e atinge o pódio, onde não está desde o Grand Prix de Zagreb, em setembro de 2017.

Desde então foram muitas as vezes que Oleinic não passou das rondas preliminares, embora mostrando-se sempre um osso duro de roer para todos os adversários, mesmo os mais fortes.

Entrará em competição frente ao espanhol Alberto Gaitero Martin, nº 21 mundial e acredito que, passando a primeira ronda, lutará até ao fim pelas medalhas. Embora não seja encarado como um sério candidato, diria que é um bom outsider em quem apostar.

 

Anri Egutidze, primeiro ano de sénior, vem de dois meses fantásticos em que competiu ao mais alto nível e nos quais conquistou duas medalhas (prata e bronze) em provas do circuito mundial. É 17º do ranking mundial na sua categoria e o outsider com maiores possibilidades de ser feliz em Tel Aviv, na prova de -81kg.

Pela frente terá o cipriota Phedias Konnaris (358º do mundo) que, se tudo correr normalmente, derrotará sem problemas, embora estejamos a falar da categoria mais competitiva e imprevisível do judo masculino

Embora como outsider, pelos seus resultados recentes, a sua ambição, potencial e capacidade, Egutidze é encarado como um dos mais fortes candidatos a furar o favoritismo de outros atletas.

 

Por fim, Jorge Fonseca, 7º da hierarquia mundial é, sem dúvida, um dos mais explosivos e tecnicamente desenvolvidos do Mundo, na sua categoria. O seu judo é entusiasmante e apreciado um pouco por toda a parte.

As múltiplas medalhas em competições do circuito mundial impõem respeito e é rara a competição em que não o vemos no top 5.

Não há dúvidas que Fonseca é um dos mais fortes candidatos às medalhas, não só entre os Sportinguistas como em toda a comitiva nacional e é inegável que essa expectativa existe, mais ainda no próprio Jorge, sempre ambicioso e muito seguro de si e da sua qualidade.

Pela frente, na primeira ronda, terá Laurin Boehler, austríaco e 17º do ranking Mundial. O caminho para as meias-finais não será, contudo, tranquilo. Na final de poule espera-se um electrizante embate com um de dois gigantes da categoria; o húngaro Miklos Cirjenics e o francês Cyrille Maret.

 

A competição terá total cobertura da European Judo Union, no seu canal de youtube (link), os resultados têm actualização em directo (link) e a prova começa hoje, às 10 horas.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Grandes? Enormes!

Ninguém duvida que é o futebol que move multidões, que é o grande motor do nosso Clube mas, no fim de contas, é apenas uma pequena (embora significativa) percentagem daquilo que é o Mundo Sporting.

O nosso grande Clube tem 55 modalidades, 13 delas de desporto adaptado. Temos um gabinete olímpico que apoia e integra mais de 70 atletas em 10 modalidades distintas. Um projecto ambicioso que tem melhorado as condições dos nossos "olímpicos" com vista à obtenção de melhores resultados desportivos que preencham o currículo dos atletas e orgulhem e prestigiem toda uma nação leonina.

 

Temos atletas top 10, 20, 30 mundial. Todos sentem o Sporting, todos o vivem dia após dia. A maior parte dá ao clube mais títulos do que aqueles que temos festejado no futebol mas, ainda assim, nem sempre se sentirão apoiados e acalorados pela nossa massa adepta, que é fantástica mas pode sempre fazer melhor.

Temos na nossa história, no futebol e nas modalidades atletas que são autênticas lendas, exemplos de competidores natos que ainda hoje inspiram gerações, umas a seguir às outras.

 

Temos neste momento a competir pelo clube alguns atletas de topo mundial nas suas disciplinas. Pessoas que se esforçam e dedicam, obtendo resultados mesmo que defrontem os melhores do Mundo em cada prova que disputam.

Muitos deles não têm a sorte de apanhar uns "clubes pequenos" pelo caminho, não disputam provas de regularidade, não têm margem de erro, é sempre ganhar ou perder. Mesmo assim, obtêm resultados.

 

Exemplos como temos no atletismo, no judo, como a nossa equipa de futsal, ténis de mesa ou goalball, entre outros.

Aos que acompanham sobretudo o futebol, experimentem ver algumas competições de outros atletas, de outras modalidades. Vejam as dificuldades que enfrentam e os bons resultados que obtêm, mesmo que estejam sempre no fio da navalha.

No atletismo, excepto nas provas de fundo, são escassos os minutos (por vezes segundos) que um atleta tem para mostrar o que vale e o mesmo vale para a natação ou para a canoagem. No judo tudo se pode ganhar ou perder em apenas quatro minutos...

 

Bem sei que a indústria paga aos seus intervenientes algo equivalente àquilo que o espectáculo gera. É inevitável que no futebol os jogadores ganhem mais dinheiro. Talvez por isso, seja também inevitável a pressão extra a que estão sujeitos, a exigência. Por outro lado, disputam as competições sob olhar atento de milhares (milhões, através da televisão).

Não é isso que acontece nas restantes modalidades e, no entanto, continuamos a ganhar medalhas em competições ao mais alto nível nas várias modalidades já mencionadas e não só. Temos atletas que estão entre os melhores do Mundo e se batem com outros do mesmo nível em cada competição.

 

Só no judo temos o Fonseca, o Anri, o Sergiu, a Joana, a Taciana e a Siderot. Temos o Évora, a Mamona, Jessica e a Sara (atletismo), o Emanuel e a Francisca (canoagem), o João Costa (tiro), o Monteiro e o Quadri (ténis de mesa), o Diogo Abreu (ginástica - trampolins), o Alexis (natação) e é natural que muitos outros me faltem com estatuto semelhante (as minhas desculpas a todos eles).

Temos o atletismo, actual campeão da Europa de clubes feminino ao ar livre e já este ano campeão da Europa de clubes em corta-mato (em ambos os géneros).

O goalball, com uma jornada por disputar, é já campeão europeu de clubes e judo masculino foi, pelo segundo ano consecutivo, medalha de bronze na Golden League (a maior competição de clubes a nível europeu).

O futsal está na meia-final da UEFA Futsal Cup, o ténis de mesa na meia-final da Champions League,  o hóquei em patins nos quartos-de-final da Liga Europeia, o futebol disputa hoje o acesso aos quartos-de-final da Liga Europa e o andebol é, por enquanto, o detentor da taça Challenge em andebol.

 

Motivos mais do que suficientes para que levemos a sério a frase; "o Sporting é muito mais do que um clube de futebol". Na verdade, o Sporting é um Clube desportivo que tem futebol, num país onde reina a bola no pé e onde somos campeões da Europa de selecções em futebol e futsal, tendo nas nossas equipas vários dos intervenientes nessas conquistas.

No entanto, como se pode constatar, há muito mais para além do futebol de que nos devamos orgulhar e que devemos seguir, acompanhar e apoiar.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Anri Egutidze vence bronze no Grand Prix de Agadir (melhores momentos)

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Jorge Fonseca de ouro

O "engano" do título foi propositado. Não tive a oportunidade de acompanhar a prova de Jorge Fonseca em directo e foi com grande satisfação que só esta noite soube de mais uma medalha, um ano após a última em provas do World Tour (Paris, a 12 de fevereiro de 2017).

A medalha foi de bronze mas a prestação foi de ouro. Com Jorge Fonseca há sempre espectáculo garantido. Não sou um expert em judo mas sou um apaixonado pela técnica que a modalidade exige e o espectáculo que nos proporciona. Neste aspecto, arrisco dizer que nenhuma prova de Jorge Fonseca defrauda as expectativas que a espectacularidade da modalidade sempre mantém elevadas.

 

Foram quatro vitórias, todas por ippon em cinco combates, sendo que o combate perdido nos quartos-de-final foi o mais equilibrado, onde Fonseca dominou a maior parte do tempo, tendo perdido por um waza-ari, a menos de trinta segundos do final.

O resto? Bem, o resto foi espectáculo puro e duro do melhor judoca português da actualidade. Atenção que Fonseca não é um "tipo" qualquer no panorama do judo internacional. Fecha o top 10 da sua categoria (-100kg) e é um orgulho que seja português (nasceu em São Tomé e Príncipe), mais ainda por representar o Sporting Clube de Portugal que, recordo, é medalha de bronze nos campeonatos europeus de clubes (Golden League).

 

Voltando à prova em questão, o Grand Slam de Düsseldorf, na Alemanha, Fonseca venceu o primeiro combate em 2'50'', após uma verdadeira perseguição constante ao romeno Ionut Vasian. O segundo combate terminou em apenas 13 segundos, sendo que o atleta do Sporting levou o italiano Giuliano Loporchio duas vezes ao tapete em tão curto período de tempo. O terceiro combate é o dos quartos-de-final, já acima relatado e que levou Jorge Fonseca para a luta pelo bronze, via repescagem.

Apenas o ucraniano Anton Savytskiy separava o português do combate pelo bronze e, após algumas dificuldades com a "pega", assim que conseguiu apanhar o adversário, seguiu-se mais um espectacular ippon.

O combate pela medalha de bronze traria pela primeira vez nesta competição um adversário mais cotado. O belga Toma Nikiforov é 8º do ranking mundial e Jorge Fonseca precisou apenas de 1'01'' para dar por terminado o combate, arrebatando a medalha de bronze com mais um ippon pleno de técnica e força.

 

Parabéns ao Jorge, parabéns a Portugal e parabéns ao Sporting que, embora não vá representado nestas competições, sempre sai prestigiado com a prestação dos nossos atletas.

Recordo que Anri Egutidze foi 5º em -81kg, depois de ter perdido os dois combates do final round, após uma fase preliminar perfeita, com três vitórias, uma delas sobre o nº 3 mundial. O combate da meia-final é crucial e Anri podia ter fechado com um ippon, que acabou por ser apenas waza-ari, tendo depois sofrido um ippon a menos de um minuto do fim.

Sergiu Oleinic (que julgo ter estado lesionado até há pouco tempo) não passou do primeiro combate (2ª ronda, em -66kg), onde teve o azar de ser emparelhado com o líder da hierarquia mundial, o israelita Tal Flicker, que só conseguiu levar a melhor no ponto de ouro, com um waza-ari, 6'42'' após o início do combate.

 

Fiquem com os combates dos nossos leões:

JORGE FONSECA (Medalha de Bronze)

2ª Ronda

3ª Ronda

Quartos-de-Final

Repescagem

Medalha de Bronze

 

ANRI EGUTIDZE (5º Lugar)

2ª Ronda

3ª Ronda

Quartos-de-Final

Meia-Final

Medalha de Bronze

 

SERGIU OLEINIC (Eliminado na 2ª Ronda)

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Judo do Sporting novamente de bronze

EJU-European-Club-Championships-Golden-League-Anka

A equipa masculina de judo, presente pelo terceiro ano consecutivo na Golden League (campeonato da Europa de clubes) conseguiu subir novamente ao pódio, averbando a terceira medalha de bronze.

A competição começou com uma vitória fácil por 5-0, frente aos montenegrinos do JC Akademik.

Na meia-final, não conseguimos contrariar os russos do New Stream. Perdemos por 4-1 mas ficou a ideia que podíamos ter marcado presença na nossa primeira final.

Assim sendo, caímos para a luta pelo bronze, onde derrotámos o Estrela Vermelha de Belgrado por 3-2, com Jorge Fonseca a desempatar a contenda, vencendo o último combate.

 

Parabéns ao judo do Sporting por mais uma medalha numa competição europeia de clubes!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Parabéns, MG!

Maria Siderot era uma das favoritas à conquista do ouro em Podgorica (Montenegro), mas uma coisa é sê-lo, outra é confirmá-lo.

As coisas não começaram fáceis, com duas vitórias sofridas na 2ª eliminatória e nos quartos-de-final. Por ser uma das mais cotadas, Siderot não competiu na 1ª ronda, passando imediatamente à fase seguinte, onde a romena Catalina Schiopu se revelou um osso bem duro de roer. A vitória surgiu no ponto de ouro, após quase 6 minutos de combate e apenas com a romena a acumular três penalizações, que automaticamente dão a vitória por ippon ao adversário.

 

Nos quartos-de-final, a bielorussa Anfisa Kapayeva também deu luta, mas um waza-ari no primeiro minuto do ponto de ouro colocou Maria Siderot na rota do ouro.

 

A semi-final foi frente à britânica Kelly Staddon e a portuguesa despachou o serviço em pouco mais de um minuto com uma vitória clara por ippon, embora o árbitro não tenha indicado a vantagem máxima numa primeira instância. A prata estava garantida mas não era suficiente.

 

Na final, esperava-a a sérvia Andrea Stojadinov, de apenas 17 anos mas que, com apenas 16 já tinha ganho a sua primeira (e única, até ao momento) prova internacional de seniores (uma taça da Europa, em casa - Belgrado).

A sérvia chegava ao derradeiro combate com mais dois minutos no total dos combates e ainda enfrentava Siderot, mais experiente e favorita.

A judoca do Sporting não tardou a mostrar que estava ali para ganhar e, sensivelmente a meio do combate, já havia marcado waza-ari por três ocasiões.

Apesar das investidas da sérvia, a experiência e calma de Siderot foram fundamentais para levar o combate até final, permitindo apenas um waza-ari, garantindo assim o título europeu de sub-23, com um ippon em cima do último segundo do combate.

 

Muitos parabéns à nossa MG e já agora, também à Joana Diogo, que não veste as nossas cores mas também subiu ao pódio para receber uma medalha de bronze.

 

Vídeo da final (começa aos 5h09'00''):

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

JUDO (Mundial Juniores) - Link

TÉNIS DE MESA (Mundial) - Link

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

 

BOXE - Live Streaming (link)

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Judo (LINK)

Triatlo (LINK)

Rugby (LINK)

Futebol Feminino (LINK)

Andebol (LINK)

Ténis de Mesa (LINK)

Sigam-me no facebook e no twitter.

Maria Siderot de ouro!

Avisem aí os meios de comunicação social portugueses que o judo feminino não é só a Telma Monteiro (Parabéns, Telma!...e já agora à Joana Diogo, que roubou o bronze à Taciana Lima, judoca do Sporting).

Prova a roçar a perfeição de Maria Siderot. Passou ambas as rondas preliminares com vitórias incontestáveis por ippon e, depois, soube ter sangue frio e maturidade (apesar dos 21 anos acabados de fazer) para fechar a prova com duas vitórias por waza-ari.

De realçar que a final foi apenas e só frente à 5ª do ranking mundial e bi-campeã da Europa sub-23, a sérvia Milica Nikolic. 

O golpe da vitória veio já dentro do minuto final, o que facilitou a gestão do que faltava do combate, visto que ainda não tinha tido penalizações.

Por fim, evidencio o judo muito positivo e ofensivo praticado pela nossa judoca, que em muito beneficia o espectáculo.

Parabéns, Maria!

(fiquem com o vídeo da final da prova - aos 7h21.11m)

Joana Ramos (-57kg), Sergiu Oleinic (-66kg) e Luís Carmo (-73kg) não foram além das eliminatórias mas estão, também eles de parabéns.

Hoje entrarão em prova Diogo Lima (-81kg) e Jorge Fonseca (-100kg). Força, leões!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Entre os melhores da Europa

Mais uma época se aproxima e, no ano de estreia do Pavilhão João Rocha, teremos o futebol e as três principais modalidades nas maiores competições da Europa.

 

FUTEBOL

A equipa de Jorge Jesus lutará no playoff pelo acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões e, previsivelmente, terá pela frente adversários como o Sevilha (Espanha), Dínamo Kiev (Ucrânia), Ajax (Holanda), Liverpool (Inglaterra) e Nápoles (Itália). Isto no pior dos cenários, tendo em conta que o mais provável é que não sejamos cabeças-de-série.

Há uma possibilidade remota de evitarmos as equipas mais fortes mas, para isso, será necessário que, de entre Dínamo Kiev, Ajax, Viktoria Plzen e CSKA Moscovo, três caiam na terceira pré-eliminatória.

 

FUTEBOL FEMININO

A equipa de Nuno Cristóvão terá pela frente um grupo com adversários fortes, que obrigarão as nossas leoas a superarem-se, caso queiram passar esta fase de qualificação da Liga dos Campeões feminina.

Os três jogos serão disputados em casa do MTK de Budapeste, na Hungria. Curiosamente, um estádio que o Sporting inaugurou no ano passado.

 

FUTSAL

Enquanto nº 3 do ranking europeu de clubes, o Sporting será cabeça de série na Main Round da UEFA Futsal Cup, a fase que antecede a Elite Round, evitando assim a fase preliminar, a sortear já no próximo dia 6.

Com uma equipa novamente forte e o estatuto de vice-campeão europeu, o Sporting voltará a encarar a competição com o desejo de a conquistar e juntar ao museu do Clube o único título que falta ao nosso futsal.

 

ANDEBOL

Mais de uma década depois, o Sporting regressa à maior competição do andebol europeu. Para alcançar a fase de grupos, teremos de vencer as meias-finais e depois a final da fase de qualificação, pois só uma das quatro equipas avança para a fase seguinte da competição. Os restantes, integrarão (em fases diferentes) a EHF Cup.

O Tatran Presov integrou a fase de grupos da passada edição da Liga dos Campeões e o Cocks ficou pelo caminho na fase de qualificação. Teremos, por isso, pela frente, adversários habituados a estas andanças.

 

HÓQUEI EM PATINS

Tal como na temporada passada, o Sporting qualifica-se para a Liga Europeia, novamente fruto de um 4º lugar no campeonato nacional.

Para além dos candidatos nacionais à vitória na prova (Porto, Benfica e Oliveirense), poderemos ter pela frente os espanhóis do Barcelona (campeão espanhol), Reus (campeão europeu), Liceo da Corunha, Vic e ainda o campeão italiano Amatori Lodi, que destronou em 5 jogos o anterior campeão e adversário do Sporting na Liga Europeia do ano passado, Forte dei Marmi, entre outras equipas de menor dimensão.

 

TÉNIS DE MESA

Se não estou em erro, é o regresso após mais de duas décadas ausentes da prova máxima do ténis de mesa de clubes. O regresso de João Monteiro permitiu ao Sporting apresentar uma candidatura à prova, cumprindo assim com os requisitos mínimos, que nos obrigam a inscrever dois atletas do top 100 mundial (a João Monteiro junta-se Aruna Quadri). Bode Abiodun e Diogo Carvalho, também ele de regresso ao Sporting, completam a equipa que terá certamente dificuldades na fase de grupos.

O Sporting enfrentará o campeão europeu em título (Fakel-Gazprom Orenburg, da Rússia) e um dos semi-finalistas do ano passado (AS Pontoise Cergy, de França). De realçar que estas duas equipas têm dominado completamente o panorama europeu de clubes. Nos últimos seis anos, os russos venceram a prova por quatro vezes e os franceses duas. A outra equipa do grupo são os polacos do Bogoria Grodzisk, que na temporada passada falharam a passagem aos quartos-de-final por um ponto.

 

OUTRAS MODALIDADES

É de esperar que o Sporting se apresente ainda nas maiores provas europeias em Atletismo (os campeonatos nacionais realizam-se entre 22 e 23 deste mês e o Sporting é o grande favorito no género feminino e tentará destronar o Benfica em masculinos), Judo (estaremos na Golden League, no escalão masculino), Futebol de Praia (onde estarão as melhores equipas da divisão de elite nacional) e Goalball (onde o Sporting é campeão da única competição europeia existente, integrada por convite, embora não homologada oficialmente).

 

Esperam-se por isso novos feitos europeus, sendo que esta temporada o nível subiu e, por isso, a glória se nos afigura mais distante. Nada que nos impeça de sonhar e lutar por mais páginas douradas na nossa história.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados do fim-de-semana (com vídeos)

FUTEBOL

SENIORES

Liga NOS | SPORTING CP 1-3 Belenenses / 3º lugar (-11 pontos) Resumo

EQUIPA B

Ledman LigaPro | SPORTING CP 2-2 Benfica B / 14º lugar (+7 pontos que os lugares de descida) Resumo

JUNIORES

Campeonato Nacional (Fase Final) | Académica 0-3 SPORTING CP / 1º lugar (+6 pontos)

JUVENIS

Campeonato Nacional (Fase Final) | Não jogou / 2º lugar (-2 pontos)

JUVENIS B

Campeonato Distrital (Div. Honra) | SPORTING CP 2-0 Oeiras B / 3º lugar (-11 pontos)

INICIADOS

Campeonato Nacional (Fase Final) | P. Ferreira 0-5 SPORTING CP / 2º lugar (-3 pontos)

INICIADOS SUB-14

Campeonato Distrital (Div. Honra) | Mafra 0-4 SPORTING CP / 2º lugar (-10 pontos)

INICIADOS SUB-14 B

Campeonato Distrital (1ª Divisão) | Águias Musgueira 0-2 SPORTING CP / 1º lugar (+9 pontos)

INICIADOS SUB-14 C (Terminado)

Campeonato Distrital (3º e 4º lugar) | 4º lugar (Derrota em duas mãos por 1-5)
Campeonato Distrital (2ª Fase) | 2º lugar (= pontos)
Campeonato Distrital (1ª Fase) | 1º lugar (= pontos)

INFANTIS SUB-13 (FUTEBOL 11)

Campeonato Distrital (Fase Final) | Benfica 2-2 SPORTING CP / 1º lugar (+2 pontos)

INFANTIS SUB-13 (FUTEBOL 9)

Campeonato Distrital (Fase Manutenção) | Arsenal 72 1-6 SPORTING CP / 1º lugar (+11 pontos)

INFANTIS SUB-13 (FUTEBOL 9 "B")

Campeonato Distrital (Fase Final) | SPORTING CP 6-1 Agualva / 2º lugar (= pontos)

INFANTIS SUB-12 (FUTEBOL 7)

Campeonato Distrital (Fase Final) | SPORTING CP 2-3 Alverca / 6º lugar (-12 pontos)

BENJAMINS SUB-11

Campeonato Distrital (2º Apuramento) | SPORTING CP 4-2 Tenente Valdez / 2º lugar (= pontos)

BENJAMINS SUB-11 "B"

Campeonato Distrital (Fase Final) | Benfica 2-7 SPORTING CP / 1º lugar (= pontos)

ESCOLAS SUB-10 "B"

Campeonato Distrital (Fase Final) | Fund. Salesianos 2-14 SPORTING CP / 2º lugar (-3 pontos)

ESCOLAS SUB-10 "C"

Campeonato Distrital (2º Apuramento) | SPORTING CP 9-0 Ericeirense / 1º lugar (+8 pontos)

 

FUTEBOL FEMININO

SENIORES

Campeonato Nacional Allianz | SPORTING CP 1-0 Valadares Gaia / 1º lugar (+3 pontos) Resumo

JUNIORES

Campeonato Nacional (Final Série Sul) | A-dos-Francos 1-6 SPORTING CP / Apurado para a final nacional, frente ao Vilaverdense

JUVENIS (Terminado)

Campeonato Distrital (Fase Final) | 1º lugar (+4 pontos) Campeão distrital
Campeonato Distrital (1ª Fase) | 1º lugar (+6 pontos)

 

FUTSAL

SENIORES

Liga SportZone | Rio Ave 1-3 SPORTING CP / 1º lugar (+7 pontos) Vencedor da fase regular Resumo

SUB-20

Campeonato Nacional (Fase Final) | Leões P. Salvo 0-5 SPORTING CP / 2º lugar (-1 pontos) Apurado para o playoff

JUVENIS

Campeonato Nacional (Fase Final) | Moradores da Granja 1-10 SPORTING CP / 1º lugar (+15 pontos) Apurado para o playoff

INICIADOS

Campeonato Distrital (Final Playoff) | SPORTING CP 2-2 (1-3 g.p) Benfica / Benfica lidera por 0-1 (melhor de 3)

INICIADOS "B"

Campeonato Distrital (2ª Divisão) | Arsenal Alverca 1-5 SPORTING CP / 1º lugar (+2 pontos)

INFANTIS

Campeonato Distrital (Fase Final) | Benfica 2-4 SPORTING CP / 1º lugar (+2 pontos)

INFANTIS "B"

Campeonato Distrital (2º Apuramento) | Futsal Oeiras 1-4 SPORTING CP / 1º lugar (+12 pontos)

BENJAMINS

Campeonato Distrital (Fase Final) | CPCD 2-4 SPORTING CP / 1º lugar (+3 pontos)

 

FUTSAL FEMININO

SENIORES

Campeonato Nacional (Fase Final) | Não jogou / 1º lugar (= pontos)

JUNIORES

Campeonato Nacional (2ª Fase) | NS Pombal 2-9 SPORTING CP / 1º lugar (= pontos) 

JUVENIS

Campeonato Distrital | SPORTING CP 8-1 Atl. Povoense / 1º lugar (+15 pontos) Campeão Distrital

 

ANDEBOL

SENIORES

Campeonato Andebol 1 (Fase Final) | Não jogou / 2º lugar (-5 pontos - 1 jogo a menos)

JUNIORES

Campeonato Nacional (Fase Final) | Não jogou / 4º lugar (-8 pontos)

JUVENIS

Campeonato Nacional 1ª Div. (Fase Final) | Alto Moinho 15-28 SPORTING CP / 1º lugar (= pontos)

JUVENIS "B"

Campeonato Nacional 2ª Div. (2ª Fase) | SPORTING CP 38-21 Serpa / 2º lugar (-5 pontos - 1 jogo a menos)

INICIADOS

Campeonato Nacional 1ª Div. (2ª Fase) | Benavente 26-29 SPORTING CP / 3º lugar (-6 pontos) Fora da fase final

INICIADOS "B"

Campeonato Regional (Fase Final II) | Odivelas 42-31 SPORTING CP / 1º lugar (+1 pontos)

INFANTIS

Apuramento Encontro Nacional (Fase Final) | Passos Manuel 18-38 SPORTING CP / 1º lugar (= pontos)

INFANTIS "B"

Apuramento Encontro Nacional (Fase Final II) | UJ Alverca 43-32 SPORTING CP / 6º lugar (-6 pontos)

 

HÓQUEI EM PATINS

SENIORES

Campeonato Nacional 1ª Div. | Não jogou / 4º lugar (-9 pontos)

EQUIPA B

Campeonato Nacional 3ª Div. | Não jogou / 1º lugar (+8 pontos) Apurado para o apuramento de campeão

SUB-20

Campeonato Nacional (Fase Final) | Infante Sagres 2-7 SPORTING CP / 1º lugar (+1 ponto)

JUVENIS

Campeonato Nacional (2ª Fase) | SPORTING CP 5-1 HC Sintra / 1º lugar (= pontos)

INICIADOS

Campeonato Nacional (2ª Fase) | SPORTING CP 6-3 Alenquer e Benfica / 1º lugar (+9 pontos) Apurado para a fase final

INFANTIS

Campeonato Nacional (2ª Fase) | SPORTING CP 5-2 Alenquer e Benfica / 1º lugar (+9 pontos) Apurado para a fase final

 

BASQUETEBOL

SUB-16

Campeonato Distrital (6ª Fase) | SPORTING CP 56-54 Salesianos / 1º lugar (+1 ponto)

SUB-14

Taça Nacional (Zona Sul) | GC Olhanense 47-52 SPORTING CP
                                         | Imortal 55-76 SPORTING CP / 2º lugar (= pontos)

SUB-14 "B"

Campeonato Distrital (6ª Fase) | SPORTING CP 45-68 Basket Queluz / 5º lugar (-6 pontos)

SUB-13

Campeonato Distrital (2ª Fase) | Estoril BC 24-54 SPORTING CP / 4º lugar (-6 pontos)

 

BASQUETEBOL FEMININO

SUB-16

Torneio Interassociações (2ª Fase) | Benfica B 52-40 SPORTING CP / 6º lugar (-3 pontos - um jogo a menos)

SUB-14

Campeonato Distrital (5ª Fase) | SPORTING CP 35-42 Algés / 3º lugar (-3 pontos - um jogo a menos)

 

POLO AQUÁTICO

SENIORES

Campeonato Nacional 1ª Div. (Série 1ºs) | SPORTING CP 8-15 Fluvial Portuense / 3º lugar (-13 pontos)

SUB-17

Extra Competição | Benfica (Seniores Fem) 11-9 SPORTING CP

 

TÉNIS DE MESA

JUNIORES (Campeonato Nacional Equipas)

1ª Jornada | SPORTING CP 3-0 CTM Taipas
2ª Jornada | SPORTING CP 3-0 AR Novelense
3ª Jornada | SPORTING CP 3-0 SBR 1º Janeiro
1/4 Final | SPORTING CP 3-1 Ala Nun'Álvares
1/2 Final | SPORTING CP 3-1 Top Spin
Final | SPORTING CP 1-3 CD São Roque / 2º lugar

JUNIORES FEMININOS (Campeonato Nacional Equipas)

1ª Jornada | SPORTING CP 0-3 GDCS Juncal
2ª Jornada | SPORTING CP 3-1 Boa Hora FC
3ª Jornada | SPORTING CP 1-3 CTM Mirandela
4ª Jornada | SPORTING CP 0-3 CTM Chaves
5ª Jornada | SPORTING CP 1-3 CTM Ponta do Sol / 5º lugar (-8 pontos)

INFANTIS (Campeonato Nacional Equipas)

1ª Jornada | SPORTING CP 3-0 Boa Hora FC
2ª Jornada | SPORTING CP 3-1 GDCS Juncal
3ª Jornada | SPORTING CP 3-0 Ala Nun'Álvares
1/4 Final | SPORTING CP 3-0 GDCAAA Guilhabreu
1/2 Final | SPORTING CP 3-0 AD Galomar
Final | SPORTING CP 3-0 CTM Mirandela / Campeão Nacional

 

TRIATLO

SENIORES (Challenge Lisboa - Half Distance)

19º Geral (3º Escalão 35-39) ANA LOPES 5h12'19''

SENIORES (Challenge Lisboa - Battle of Sexes)

2º Geral (2º Feminino) KATARINA LARSSON 2h22'58''
10º Geral (6º Masculino) RUI DUARTE 2h49'11''
17º Geral (12º Masculino) JOÃO GÓIS 2h54'00''
20º Geral (14º Masculino) HUGO FONSECA 2h54'28''

SENIORES (Prova Aberta - 5º Triatlo de Amora)

7º GUILHERME LOPES +2'19''

CADETES (Prova de Observação - 5º Triatlo de Amora)

31º PEDRO MATOS +4'15''

CADETES FEMININOS (Prova de Observação - 5º Triatlo de Amora)

5º LÚCIA VERA CRUZ +2'54''

JUVENIS (5ª Etapa Campeonato Nacional Jovem - 5º Triatlo de Amora)

11º TOMÁS NUNES +2'20''
15º JOSÉ FERNANDES +3'02''
17º VASCO LEITÃO +3'13''
30º MIGUEL CATARINO +4'13''
33º BERNARDO LOPES +4'21''
42º GUILHERME ROCHA +5'11''
45º ANDRÉ ESTEVES +5'17''
47º GUSTAVO SANTOS +5'59''
50º JOÃO DIAS +6'10''
DANIEL ALCÂNTARA (Desistiu)

JUVENIS FEMININOS (5ª Etapa Campeonato Nacional Jovem - 5º Triatlo de Amora)

27º JOANA RAÍNHO +7'45''

INICIADOS (5ª Etapa Campeonato Nacional Jovem - 5º Triatlo de Amora)

21º AFONSO COSTA +2'33''
44º VASCO SIMÕES +4'26''
57º GUILHERME DINIS +5'54''

 

RÂGUEBI

SENIORES FEMININOS (Etapa Final do Campeonato Navional de Sevens)

1ª Jornada | SPORTING CP 50-5 São Miguel / Jogo
2ª Jornada | SPORTING CP 40-5 Bairrada / Jogo
3ª Jornada | SPORTING CP 21-12 Agrária Coimbra / Jogo
Final | SPORTING CP 21-5 Benfica / Jogo / 1º lugar e Campeões Nacionais / Reacções e Festa do Título

 

JUDO

SUB-23 (Campeonato Nacional Individual)

-60kg | 5º VASCO REVÉS
-66kg | 3º FRANCISCO COSTA
-73kg | 1º DAVID REIS / Campeão Nacional
          | Eliminatórias MANUEL RAMOS 
-81kg | 1º ANRI EGUTIDZE / Campeão Nacional
          | 2º MIGUEL ALVES
          | 3º MARCO PEREIRA

SUB-23 FEMININO (Campeonato Nacional Individual)

-63kg | 3º WILSA GOMES

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal