Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Inacreditável

Como ontem já vos havia dito, esperava com alguma expectativa pelo teste às segundas linhas nacionais no jogo com Cabo Verde.

O rescaldo não podia ser mais negativo!

Esperava que os mais experientes e mais familiarizados com o peso da camisola das quinas pudessem ser um bom suporte para os que ontem se estrearam.

Hugo Almeida foi ineficaz e todos sabemos a tranquilidade que golos trariam a jogadores inexperientes. Exibição negativa e totalmente desinspirada.

Antunes não foi suficientemente consistente e mostrou mais debilidades que alguns debutantes.

Vieirinha foi dos mais experientes o menos mau, mas mesmo assim não passou de esforçado.

Do grupo dos internacionais menos experientes mas, ainda assim, mais familiarizados com este tipo de andanças faziam parte Cédric, João Mário, Adrien e André Gomes. Se o trio do Sporting se comportou num plano aceitável (apesar de terem sido dos primeiros a ser subtituídos), todos até uns furos acima dos restantes, o mesmo não se pode dizer de André Gomes, a quem se pedia que fosse o pêndulo do meio-campo. A função não lhe parece adequada mas a exibição foi tão fraca que nem deu para mascarar debilidades ou falta de rotinas para a posição. Demasiado mau para ser verdade.

Dos estreantes, nota positiva para Bernardo Silva e Paulo Oliveira que, não tendo sido brilhantes, cumpriram.

No global, foi mau demais para ser verdade num jogo em que Cabo Verde fez dois golos sem ter sequer mostrado volume ofensivo para que tal acontecesse.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal