Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Super CR7

Aos 29 anos, depois de uma lesão complicada e de praticamente não fazer pré-época. Depois de um primeiro jogo oficial com bons indicadores e uma lesão na Supercopa Espanhola, já se previa o pior. Era o declínio do 'monstro' previsto por muitos e desejado por outros.

Ao fim de 11 jogos oficiais, Cristiano Ronaldo está a fazer o início de época mais produtivo da sua carreira (sim, ouviram bem...de toda a carreira!). Foram 17 golos marcados em 11 jogos (12 deles nos últimos 5)!

Se o início de carreira de CR7 não fazia prever que estivéssemos na presença de um goleador, as últimas têm confirmado que Cristiano tem sido um jogador em construção e em constante evolução.

Os números não mentem e são assombrosos:

2002/2003 (Sporting CP) - 33 jogos / 5 golos

2003/2004 (Manchester United) - 40 jogos / 6 golos

2004/2005 (Manchester United) - 50 jogos / 9 golos

2005/2006 (Manchester United) - 47 jogos / 12 golos

2006/2007 (Manchester United) - 53 jogos / 23 golos

2007/2008 (Manchester United) - 49 jogos / 42 golos

2008/2009 (Manchester United) - 53 jogos / 26 golos

2009/2010 (Real Madrid) - 35 jogos / 33 golos

2010/2011 (Real Madrid) - 54 jogos / 53 golos

2011/2012 (Real Madrid) - 55 jogos / 60 golos

2012/2013 (Real Madrid) - 55 jogos / 55 golos

2013/2014 (Real Madrid) - 47 jogos / 51 golos

2014/2015 (Real Madrid) - 11 jogos / 17 golos

No Sporting e em Manchester, Ronaldo era acima de tudo um jogador que entusiasmava pelo desequilíbrio em transporte de bola, que muitas vezes iniciava as jogadas de ataque e que levantava da cadeira até o mais letárgico dos espectadores com os seus dribles estonteantes. Faltava-lhe alguma objectividade, mas sobrava-lhe talento que lhe permitiu vencer tudo na estadia em Manchester e levá-lo ao Real Madrid numa mega-operação financeira e de marketing que cedo teve o retorno, tanto na vertente financeira, quanto na desportiva.

Em Madrid têm sido sucessivamente montadas equipas à volta de Cristiano Ronaldo. Ele é a estrela da companhia, o centro do negócio e da equipa. E não defrauda as expectativas.
Deixámos de ver um extremo desequilibrdor para vermos um avançado mortífero com lampejos de magia. Desde que aterrou em Madrid, Cristiano marcou 269 golos em 257 jogos oficiais.

A prova de que nada o faz parar nem abranda a sua ambição de continuar a escrever a sua página dourada no futebol mundial é este início de temporada. A equipa foi reforçada com novos estrategas e novas estrelas e Ronaldo continua igual a si próprio. Marca a sua posição e reforça o seu estatuto todos os dias. Nunca se senta à sombra e parte à procura da sua 'sorte'.
Bale tem sido um excelente apoio para o português e têm sabido intrepertar na perfeição o seu papel de segundo plano, sendo um dos que mais vezes assiste o português, não se tentando sobrepôr a ele. Atitude que demoststra grande inteligência e vaticino-lhe grande futuro no Real, fazendo o papel que hoje é do madeirense.

Dizem alguns que lhe falta conquistar algo pela selecção. Claro que falta. Mas não faltará a todos os que o antecederam?!
Ronaldo teve o azar de no topo da sua carreira ter um conjunto de seleccionáveis de qualidade mediana que, ainda assim obtiveram bons resultados. Em 2004 e 2006 fizémos grandes resultados, mas Ronaldo era um 'menino' e não a super-estrela que é hoje. Mesmo que nunca ganhe nada pela selecção será sempre um dos maiores de sempre do futebol mundial!

Tenho pena que em Portugal não seja suficientemente valorizado. As constantes comparações com Eusébio são apenas uma forma de parte da nação benfiquista tentar massajar o ego. Ronaldo é, tal como Eusébio o foi no seu tempo, um dos melhores de sempre. Não me custa admitir a grandeza de Eusébio, embora nunca o tenha visto jogar, mas a pobreza de espírito de muitos não lhes deixa ver a realidade, apenas porque Cristiano Ronaldo nunca vestiu o vermelho dos 6 milhões e em vez disso foi criado no reino do leão.

Cristiano Ronaldo é hoje o maior símbolo nacional! Será recordado no futuro pelos sportinguistas e por muitos portuguses como hoje recordamos e ouvimos falar de Eusébio. Para os pobres de espírito, que não conseguem ver para além da cor clubística, Ronaldo será o melhor...depois de Eusébio. Para o mundo será um dos melhores de sempre!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil