Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Sporting CP 4 Braga 1

Foi um bom teste, embora enganador.

Não que isto retire algum do mérito da vitória e da exibição, bem pelo contrário.

Houve bom futebol, intensidade q.b e alguma passividade do adversário, que se apresentou na expectativa e a jogar apenas no erro, embora sem o forçar.

Em todo o caso, acredito que não será este o Braga que se apresentará no Jamor.

Depois de uma boa entrada no jogo, acabou por ser o adversário a adiantar-se no marcador, através de um penalti discutível, cometido por Tobias, onde não é possível afirmar convictamente que toca no adversário.

O golo não abanou os leões que, embalados pela classe de Montero, criavam com alguma facilidade boas jogadas de entendimento e lances de perigo.

Ainda antes do empate, é dos pés de Montero que surge o 'golo' do jogo. Sim, eu sei que a bola não entrou...mas devia. Lance genial de Freddy: recebe, roda e 'saca' um chapéu monumental que só a barra e o azar não quiseram que se tornasse num dos golos deste campeonato.

Montero é classe pura e qualidade e será um crime retirá-lo da equipa no momento de forma e de confiança em que se encontra.

Xistra descortina um penalti sobre Carrillo que, no estádio, não me pareceu existir e, nas imagens, volta a não me convencer.

Adrien não desperdiça e vamos para o intervalo com um empate.

45 minutos de domínio total a que se seguiriam os outros 45 idênticos.

Canto de Nani, cabeceamento de William, defendido pelo redes bracarense, e recarga de raiva de Tobias. Estava operada a reviravolta.

Sai Montero para dar minutos a Slimani.

Tempo ainda para um belo golo de Adrien, num remate de fora da área, sem hipóteses para o guarda-redes.

Entrávamos nos últimos minutos e faltava dar a Nani uma despedida digna de Alvalade. Marco Silva acedeu, o público levantou-se das cadeiras e ovacionou de pé um ídolo que quis voltar a casa e nos deslumbrou por, pelo menos, meia época.

Faltava completar o ramalhete. Carrillo fez o ramo e Slimani atou o laço. Mais uma assistência para o peruano e um aporte de confiança para o argelino.

Excelente despedida de Alvalade, onde voltarei na próxima época. 

Vou sentir saudades de casa!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal