Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

SPORTING CP 2-0 Qarabag: Três pontos, sem sobressaltos

 

O Sporting venceu o Qarabag e assume assim a liderança repartida do grupo E da Liga Europa, em igualdade pontual com o Arsenal.

São três pontos muito importantes, numa competição curta e que nos obriga à máxima competência nos jogos em casa, esperando depois pela conquista de alguns pontos fora que nos garantam o apuramento. Se vencermos os três jogos no nosso reduto, teremos meio caminho andado para os 16avos-de-final da Liga Europa.

 

Tão ou mais importantes do que os três pontos, foram os sinais positivos que a equipa voltou a revelar. A consistência defensiva é maior, a coesão também e, aos poucos, a equipa expressa-se melhor na hora de atacar.

Já se notam alguns dos princípios que identificam a ideia de jogo de José Peseiro, que confirmam assim a ideia do técnico ribatejano, que tinha afirmado que o conservadorismo inicial era transitório.

 

O jogo foi difícil mas o Sporting nunca perdeu o norte, assumindo sempre uma postura agressiva defensivamente, a pressionar alto sempre que possível. Foram sempre os leões quem mais oportunidades criaram e mais envolvimento ofensivo demonstraram. 

Foi evidente a tentativa dos azeris de defender também de forma agressiva, muitas vezes recorrendo à falta. A ideia seria intranquilizar o Sporting na sua fase inicial de construção, aproveitando um ou outro erro para materializar em golo mas os leões mostraram-se muito fortes e unidos, não entrando nunca em desespero.

 

O golo de Raphinha, que encostou ao segundo poste um cruzamento milimétrico de Nani, trouxe algum alívio e o golo tardio (mas rápido) de Jovane trouxe ao resultado alguma justiça.

O Sporting foi melhor e ganhou com naturalidade, evitando sobressaltos de maior, apesar das tentativas do adversário e arranca assim da melhor forma nas provas europeias, onde parte com natural ambição.

Interessante o facto de me ser novamente difícil nomear "um" man of the match, factor indicativo importante de que o que está a funcionar é o colectivo, sendo as individualidades potenciadas em seu benefício.

 

De resto, foi um dia de Sporting cheio de bons momentos, com boas prestações de Diogo Carvalho e Daniela Dodean, que se mantêm em prova nos Europeus de Ténis de Mesa, de Tiago Santos, que sábado lutará pelo título mundial WAKO, em kickboxing, na vertente lowkick (63,5kg) e da equipa de andebol, que venceu mais um jogo antecipado do campeonato, antes de mais uma jornada europeia.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal