Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Saudades de casa

Domingo faz um mês que não vou a nossa casa.

Tenho saudades de Alvalade, de ir com o meu pai e encontrar os amigos nas roulottes, entrar no Estádio e sentir aquele arrepio, de ver os rapazes de verde-e-branco...

É um sentimento estranho...quase como quando sinto saudades da família.

Na verdade, é isso que o Sporting é...uma família gigante da qual se sente saudades, mesmo que se vá ao Estádio a cada quinze dias.

Como não pude ir com o Wolfsburgo e o Penafiel faz no domingo exactamente um mês que não piso solo sagrado.

Sinto-me ansioso.

Nem é apenas pelo jogo, por querer ver uma boa exibição e uma vitória a condizer...

É por ir a um local que tanto me diz e onde me sinto bem. Estar com pessoas que, algumas nem conhecendo verdadeiramente, são minhas amigas. Companheiros de luta que choram e riem comigo. Que me abraçam ao festejar um golo.

Parece estúpido dizer isto quando há Sportinguistas que vivem apaixonadamente o Clube mas, por se encontrarem no estrangeiro, raramente sentem in loco o arrepio que é pisar o Estádio do Maior do Mundo e eu, estou aqui a lamentar-me porque não lá vou há um mês.

Para eles é como um namoro à distância. Com a grande vantagem de saber que o amor nunca esmorecerá e que a noiva nunca fugirá.

Assim são os amores eternos.

Domingo eu vou lá estar e vou gritar por ti que não podes ir e sofres à distância.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal