Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Queremos o tri

Foto de Sporting Clube de Portugal - Futsal.

 

Hoje à tarde, a equipa de futsal do Sporting fará o 52º jogo oficial da temporada. As 45 vitórias averbadas nos 51 jogos anteriores podem culminar hoje no terceiro título da temporada, lembrando que o Sporting foi novamente vice-campeão europeu.

Os playoff foram introduzidos em Portugal na temporada 2004/2005 e, desde então, o Sporting juntou sete títulos aos sete que já tinha antes. Hoje poderemos atingir o 15º título nacional em 27 temporadas no topo do futsal português.

 

Sempre que saiu vencedor da fase regular, o Sporting foi campeão nacional mas nunca conseguiu vencer uma final a 5 jogos.

Curiosamente, na única ocasião em que disputou uma final até ao derradeiro encontro, perdeu o título para o Benfica depois de ter estado na frente da final por 2-1 e de um jogo 4 em que os encarnados venceram em casa do Sporting no desempate através de pontapés de penalti.

Hoje a história pode inverter-se, com o Sporting a manter a tradição de vencer sempre que ganha a fase regular, quebrando a "malapata" de ter saído derrotado na única final disputada a 5 jogos (o Benfica havia ganhado outra em 5 encontros, ao Belenenses).

 

Em 2011/2012, na tal final perdida no jogo 5, o título decidiu-se em casa do rival, com uma vantagem tangencial no prolongamento.

Hoje temos um trunfo importante que se tem revelado talismã. O Pavilhão João Rocha tem sido casa de vitórias e todos quantos lá jogaram foram campeões nacionais.

Juntando a isso a qualidade, entrega e união dos nossos jogadores e a simbiose perfeita com os adeptos, temos a fórmula perfeita para mais uma tarde de glória que pode fechar a temporada da melhor forma para os comandados de Nuno Dias, que não poderá hoje estar no banco, devido a castigo.

 

Deo e Djô são também baixas confirmadas para o encontro, por castigos decorrentes dos jogos 3 e 4 e João Matos, lesionado, também não fará parte das contas para o jogo decisivo. Espera-se que Cavinato regresse, após não ter alinhado no jogo da Luz e espera-se um Pavilhão João Rocha em ebulição, a empurrar os rapazes de verde-e-branco, rumo à vitória.

Com o trio de pivots novamente disponível, é um Sporting mais perto da máxima força, o que se apresentará hoje. Divanei tem mostrado que quer mais uma saída em grande e tem elevado o seu nível nos jogos da final, onde apontou 2 dos seus 5 golos na Liga SportZone.

Espera-se sangue, suor e lágrimas...de alegria.

Força, Sporting! Que possamos dedicar este título ao nosso capitão.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal