Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Obrigado, Diego!

A foto tinha de ser desta época. Do tempo em que os longos cabelos de Capel eram amparados por uma fita verde envolvendo a cabeça do 'mochilas'.

Não sais como querias nem como a maioria de nós desejava.

Não levas muitos títulos mas levas o leão tatuado no coração, indelével, como tu próprio afirmaste.

Levarás, com certeza, um vasto conjunto de boas recordações.

Acredito que as melhores estejam associadas aos primeiros dois anos, onde foste sempre fundamental e mostraste o porquê de teres tido o privilégio de vestir o verdadeiro manto sagrado, a inesquecível camisola verde-e-branca que ostenta no peito o símbolo do leão rampante do melhor Clube de Portugal.

Desde a estreia com o Olhanense, estragada pelo mais velho dos irmãos Eduardo, passando pelo primeiro golo, que nos deu a vitória em Guimarães, muitos são os momentos que guardarás para sempre.

A eliminatória com o Manchester City, aquele golo que deu a vitória em casa frente ao Bilbao, seguido do azar que nos tirou de mais uma final europeia de que merecias ter feito parte.

A primeira época foi mesmo a melhor, individual e colectivamente.

A partir daí nada foi como antes... Um clube a afundar-se, sem liderança no campo e fora dele...

Mas tu foste sempre um leão. Sempre lutaste heroicamente naquele teu estilo inconfundível.

Fizeste-nos felizes e emocionaste-nos, sobretudo porque nos respeitaste sempre, a nós, adeptos, e ao Sporting Clube de Portugal.

Por isso, gritámos o teu nome. Fizeste por merecê-lo.

Boa sorte, Diego e, mais uma vez, obrigado!

Mais sobre mim

imagem de perfil