Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

O jogador "à Sporting"

Não sei se isto é feito na Academia Sporting, em Alcochete, mas era o que eu queria que se fizesse.

O jogador formado no Sporting deve ter apenas um objetivo: chegar à equipa principal.
Depois de chegar à equipa sénior deve: defender com orgulho e garra o Sporting em todos os campos onde envergar a mais bonita camisola do mundo, sem pensar no próximo passo.

Vejo jogadores formados no Sporting (e outros não formados mas que por cá passam) sair para o estrangeiro, grande parte das vezes para clubes de estatuto inferior (ainda que lhes paguem melhor) e terem carreiras opacas, sem qualquer brilho (apesar de rechearem a conta bancária todos os meses).

Os miúdos da Academia têm de saber quem fundou o Sporting, quem são os Cinco Violinos, Fernando Peyroteo, Morais, Damas e tantos outros (se continuasse, faria o post mais longo da história). Têm de ser educados com sportinguismo, com amor à camisola.

Se é verdade, que desde muito cedo, os empresários se acercam dos jovens da nossa academia a pensar no rechear das próprias contas bancárias, com promessas de futuros brilhantes que, na maior parte das vezes, não se concretizam, também é verdade que, quem os acompanha em Alcochete e paga a sua formação desportiva, deve mostrar que fazer carreira no Sporting é um caminho, tão ou mais brilhante que outros.

Pegue-se num bom exemplo: Rui Patrício! É já um dos símbolos do clube (daqueles que a história não apagará), mas todos os anos se fala na sua saída. Na minha opinião Rui Patrício só devia sair do Sporting para clubes como o Barcelona, Real Madrid, Juventus, AC Milan, Manchester United ou Bayer de Munique, pois são clubes de topo, com história, tal como o Sporting. Nunca será melhor ir para a Rússia esfolar uns milhões, quando se pode ser o jogador com mais jogos da história do Sporting e não se é mal pago por cá! Por cá continuar (e acredito que já teve boas propostas para sair) o Rui é um exemplo a seguir.

É nisto que Bruno de Carvalho tem de trabalhar, pois para integrar novos jogadores (sejam eles estrangeiros ou da formação) é necessário ter no balneário símbolos do clube, que sabem como passar a mensagem num clube centenário, como o Sporting Clube de Portugal!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal