Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Nota 10

sub 21.jpg

A selecção nacional sub-21 venceu a Holanda por 5-4 num daqueles jogos que deixa os treinadores à beira de um ataque de nervos.

A concentração necessária para encarar um jogo desta importância só durou 13 minutos, altura em que Rúben Vezo inaugurou o marcador.
Portugal perdeu a concentração, pois achou que estava tudo decidido e a Holanda deixou de estar concentrada pois a urgência de marcar era tanta que deixou de haver qualquer tipo de discernimento na abordagem à maioria dos lances.

Todo o jogo foi jogado numa toada de parada e resposta que acabava por dar obrigatoriamente golos em ambas as balizas, tal era a desconcentração defensiva que ambas as equipas apresentavam.

Aos 20 minutos, Rúben Neves respondeu ao golo do empate holandês com um belo golpe de cabeça, na sequência de um canto cobrado por Tozé (que já tinha assistido para o primeiro golo).

O jogo acabaria por ir para o intervalo empatado a 2 bolas com o golo dos holandeses a ser marcado já em período de descontos.

No reinício do jogo, voltou a ser Portugal a adiantar-se, com um belo golo de Ricardo Pereira, concretizando uma belíssima jogada individual.

A Holanda voltou a responder com um golo na sequência de um canto, em que os portugueses se limitaram a ver jogar. Estavam decorridos 64 minutos.

No entanto, Portugal tinha um objectivo bem definido: vencer os 10 jogos da fase de qualificação. Assim sendo, aos 66 minutos, Ricardo bisou e devolveu Portugal à dianteira do marcador.

Aos 87 minutos, Bernardo Silva viria a selar a vitória que ainda seria reduzida à margem mínima com um golo holandês de grande penalidade a um minuto dos 90.

O jogo acabou por brindar o público que lotou o estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira que não pagou bilhete e ainda viu 9 golos.

Irrepreensível o trabalho de Rui Jorge e de todos os jogadores que participaram nesta caminhada que culminará com a presença na República Checa para disputar o título de campeão europeu.

Os apurados para a competição são, para além de Portugal: República Checa (organizador), Itália, Alemanha, Inglaterra, Sérvia, Dinamarca e Suécia.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil