Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Le Tour 2014 - Etapa 17

Que etapa fantástica de alta montanha, nos pirinéus. Fazer um filme da mesma torna-se difícil e, como tal, limito-me a apontar dois nomes: Rafal Majka e Jean-Christophe Péraud que foram para mim os vencedores do dia. 
Rafal Majka foi a estrela maior na chegada a Saint-Lary Pla d'Adet e fez história para o ciclismo polaco com a segunda vitória nesta semana do Tour e a consolidação da liderança da camisola da montanha. Apenas por uma vez, e já já 21 anos atrás, um polaco tinha vencido uma etapa no Tour e curiosamente tinha acontecido numa chegada a esta mesma localidade onde hoje terminava a 17ª etapa. Juntando ao 'bis' de vitórias em etapas, agarra-se com unhas e dentes à camisola das bolinhas, que nunca nenhum polaco levou para casa no final da volta a França.

O jovem polaco não integrou a fuga do dia, mas alcançou os fugitivos na última subida do dia, num momento em que o italiano Giovanni Visconti liderava isolado a etapa. Majka deixou para trás os ex-fugitivos (já bastante desgastdos) e mais importante ainda, libertou-se de Joaquín Rodriguez (o seu principal adversário na classificação que elege o 'rei da montanha'), partindo em busca de Visconti. O italiano ainda aguentou o ritmo do polaco por um par de quilómetros mas, no final da subida, 50 pontos para a classificação da montanha esperavam Majka e este não facilitou, vencendo Visconti com uma vantagem de 29 segundos.

Um pouco mais atrás, dois ataques consecutivos de Vincenzo Nibali deixaram a concorrência para trás, sendo Jean-Christophe Péraud o único a seguir a roda do italiano (ambos chegaram à meta 46 segundos depois do vencedor).

Alejandro Valverde perdeu 51 segundos para Péraud, mas ganhou 5 a Pinot e Bardet num último esforço nos últimos metros da subida. Os franceses querem o segundo lugar do espanhol, mas o espanhol mostra que com 34 anos ainda está para as curvas (que serão muitas na estapa de amanhã, novamente nas montanhas dos pirinéus e com passagem pelo mítico Tourmalet).

Hoje sentiu-se que os portugueses quiseram aparecer. Sérgio Paulinho e Tiago Machado ainda integraram a fuga, mas não se conseguiram manter por lá até à fase decisiva da etapa e Nélson Oliveira fez uma etapa fantástica, estando com o mini-pelotão, onde seguia o camisola amarela até à entrada da subida decisiva, mostrando que não é apenas um rolador e contra-rologista. Machado e Oliveira chegaram a 14.17 minutos do vencedor e Paulinho a 16.49 minutos. José Mendes fez uma etapa tranquila e passou despercebido, chegando a 25.59 minutos de Majka.

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1. ITANIBALI 41 ASTANA 76h 41' 28''  
2. ESPVALVERDE 11 MOVISTAR 76h 46' 54'' + 05' 26''
3. FRAPINOT 127 FDJ.FR 76h 47' 28'' + 06' 00''
4. FRAPÉRAUD 81 AG2R 76h 47' 36'' + 06' 08''
5. FRABARDET 82 AG2R 76h 49' 02'' + 07' 34''
75 PORMACHADO Tiago 206 NETAPP-ENDURA 79h 17' 40'' + 02h 36' 12''
89 PORPAULINHO Sergio 36 TINKOFF-SAXO 79h 40' 14'' + 02h 58' 46''
90 POROLIVEIRA Nelson 116 LAMPRE - MERIDA 79h 41' 12'' + 02h 59' 44''
129 PORMENDES José 207 NETAPP-ENDURA 80h 18' 28'' + 03h 37' 00''

Mais sobre mim

imagem de perfil