Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Jorge, é só imitar estes rapazes

Temos de recuar ao dia 26 de Agosto de 2010 para encontrarmos a única ocasião da história do Sporting nas competições europeias em que uma derrota em casa acabou em qualificação numa eliminatória a duas mãos.

Na verdade, nem estávamos bem numa competição europeia. Esta era uma ronda preliminar da Liga Europa, onde o Sporting viria a vencer o grupo com 6 vitórias em 6 jogos para depois se deixar eliminar em casa por um Rangers fraco num dos jogos mais patéticos de que me lembro.

Depois de uma derrota em casa por 2-0 frente ao Brondby, o Sporting arrancou no último minuto uma vitória fora por 3-0 com uma chapelada fantástica de Yannick Djaló.

Será preciso jogar um pouco mais do que fizemos nesse jogo (do qual me recordo muito bem), onde foi a sorte e o desnorte dos dinamarqueses que nos fizeram acreditar na vitória.

Hoje nem é necessário fazer tanto. Basta vencer 2-0 ou marcar dois ou mais golos e sofrer menos um.

Óbvio que o Brondby em nada se compara ao Bayer Leverkusen mas, se hoje conseguirmos carimbar o passaporte para os oitavos-de-final da Liga Europa, mataremos dois borregos: o de não vencer na Alemanha e o de virar uma eliminatória em fases finais de competições europeias.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    GAG 25.02.2016 11:05

    Somos mais ou menos da mesma opinião e acho que o que mais nos 'limita' são os campos 'inclinados' que encontramos na nossa Liga. Não basta que estejamos a 100% para vencer os nossos jogos, enquanto que os outros passam o campeonato a levar empurrões em campos que já são a descer.
    Não gosto da Liga Europa mas depois recordo aquela eliminatória com o Newcastle, o AZ ou o City...da jogatana do André Martins em Karkiv, com o Metalist, das defesas decisivas do Patrício, daquele golaço do Pinilla e dos muito que o Liédson marcou...e depois recordo que não são assim tantas as nossas glórias europeias para que estejamos a 'abdicar' de ser felizes.
    Também eu percebo que se concentrem forças no campeonato mas exijo que a entrega em prol da qualificação seja notória, jogue quem jogar. Não peço mais do que isto.
    A minha fé diz-me que vamos ganhar e, pelo menos eu, ainda não penso em Guimarães.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Blogs Portugal