Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Já me imagino lá

Numa altura em que dou comigo a imaginar o ambiente que se viverá no interior do Pavilhão João Rocha, imagino também a quantidade de Sportinguistas que, como eu, passarão a ser espectadores frequentes das nossas modalidades.

Imagino o pavilhão frequentemente lotado pois calculo que a maioria das 12627 pessoas que já contribuíram com o seu donativo para a Missão Pavilhão o tenham feito com o intuito de ajudar o Sporting mas também com a ânsia de poder ter uma casa com que se identifiquem e onde possam marcar presença com maior frequência.

Penso depois na Gamebox Modalidades e imagino o impulso que o novo pavilhão dará à mesma.

Hoje, não sabendo números exactos, imagino que serão muito poucas as Gameboxes vendidas. O pavilhões situam-se na periferia de Lisboa e não ajudam à movimentação em massa dos Sportinguistas. Os próprios horários, por vezes, coincidem, muitas vezes por indisponibilidade das próprias infra-estruturas, que não são de uso exclusivo do Sporting.

Dou comigo a pensar que 3000 lugares poderão ser pouco para o frenesim Sportinguista que se viverá a partir de Dezembro de 2016.

O ecletismo voltará em força e o misticismo de outrora voltará às imediações do Estádio de Alvalade, onde está já incluído o Multidesportivo, espaço onde se vive e respira Sporting.

Voltando à Gamebox Modalidades. Não sei se dará para manter os actuais moldes do produto, vendido em pack para futsal, hóquei em patins e andebol ou individualmente para cada uma das três modalidades citadas mas tenho a certeza que Bruno de Carvalho e as áreas de marketing e financeira do Sporting já estarão a pensar neste assunto.

Arrisco dizer que a adesão vai ser tal que o produto terá mesmo de ser apenas vendido individualmente para cada modalidade. Não sei se será possível manter os actuais 30€ época (é previsível que o valor suba ligeiramente - digo eu) mas, se for, arrisco dizer que esgotaremos a lotação do pavilhão apenas com os lugares anuais.

Felizmente poderei viver o início desta nova era de perto e não vou deixar de comprar o meu lugar, nem no Estádio José Alvalade nem no Pavilhão João Rocha.

Eu vou lá estar, para assistir em primeiro plano ao ressurgimento do Sporting, ecléctico e vencedor!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal