Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Hoje joga o Sporting

Hoje joga-se no Pavilhão João Rocha a primeira mão das meias-finais da Champions League de ténis de mesa. O encontro disputa-se à mesma hora do futebol, que na República Checa tentará carimbar a passagem aos quartos-de-final da Liga Europa. Espero que os Sportinguistas não neguem apoio à nossa equipa de ténis de mesa, que precisa de um apoio massivo para bater o bi-campeão europeu em título, que tem entre as suas fileiras dois jogadores top 15 mundial. Um apoio entusiástico pode fazer a diferença, algo que nenhum de nós conseguirá fazer sentado no sofá. Quem puder, faça o favor de se deslocar ao Pavilhão João Rocha. A entrada é livre.

 

TTC Fakel Gazprom é o bi-campeão europeu em título e tinha, aquando da inscrição, três atletas entre os melhores 12 do Mundo. 

Ovtcharov (alemão) era 5º mas chegou a ser líder do ranking mundial, posição que perdeu entretanto para o compatriota Boll. Mizutani (japonês) era 6º e hoje encontra-se no 14º posto. Samsonov (bielorrusso) era o 12º da hierarquia mundial e está hoje no 24º posto.

Muitas vezes o ranking pouco significa, pois só reflecte a participação do atletas em provas do circuito ITTF mas não deixa de ser um indicador da valia de cada um.

 

Do nosso lado teremos Aruna Quadri (22º do Mundo), João Monteiro (55º) e Diogo Carvalho (245º e bi-campeão nacional individual).

Temos argumentos para, num dia bom, em que tudo nos saia bem, levar a melhor sobre a equipa russa.

Um resultado de 3-1 já seria suficiente para aumentar a ansiedade do adversário para a segunda mão. Um 3-2, apesar de posítivo, já dificulta bastante a nossa tarefa mas tudo é possível.

Na fase de grupos perdemos 3-1 na Rússia, com João Monteiro a ser o único a superiorizar-se a um adversário (Ovtcharov). Aruna e Carvalho perderam ambos 3-1 com Mizutani e Samsonov, respectivamente.

Em casa ganhámos 3-1 na última jornada da fase de grupos mas defrontámos outros jogadores, visto que os russos já estavam apurados para os quartos-de-final.

 

Volto a frisar que a presença massiva dos Sportinguistas no Pavilhão João Rocha é fundamental para levar de vencido o TTC Fakel Gazprom.

 

Enquanto isto, estarei com meio olho na SIC, no jogo da República Checa, onde o futebol pode atingir os quartos-de-final da Liga Europa, fase onde não marcamos presença desde 2012, quando atingimos as meias-finais (eliminados pelo Athletic Bilbao).

Jesus já convocou alguns dos recuperados de lesões e castigos, que estarão escudados por três jogadores da equipa B, convocados à condição, para precaver alguma indisponibilidade. Ivanildo Fernandes, Rafael Barbosa e o repetente Ronaldo Tavares acompanharam os restantes jogadores da equipa principal.

 

A vitória por 2-0 na primeira mão dá algum conforto mas não nos transmite nenhum descanso. É importante entrar bem no jogo, marcar cedo e depois, aí sim, gerir o jogo e o agregado da eliminatória.

Temos tudo na nossa mão e a obrigação de passar aos quartos-de-final, evitando sobressaltos e ataques cardíacos à nação leonina.

 

Vamos lá, leões!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil