Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Hoje joga o Sporting

Diz que é um dia de Sporting à antiga. Infelizmente temos de usar esta expressão, tal é a distância no tempo que temos de recuar para nos lembrar-mos destes dias de Sporting, da Nave ao velhinho José Alvalade. Já o sentimos este ano, mas queremos mais.

Hoje a nave é mais moderna e o José Alvalade diferente. Ambos procuram construir a aura de sucesso dos antecessores.

Muitos dos que viveram, em tempos, esses dias de Sporting vão hoje com filhos e netos e vislumbram o regresso do Sporting pujante dos anos 80 e início dos anos 90, que ganhava em todas as modalidades, cá e lá fora.

O "crónico", como lhe chamam alguns, disputará partidas em voleibol e futsal, antes do futebol. Ontem já o hóquei entrou a vencer na Liga Europeia e o voleibol venceu mais um jogo do campeonato, num dia em que Montpellier sentiu um "cheirinho" do poder e valor do Sporting.

Passo a passo, retomamos o nosso lugar entre os melhores da Europa, sabendo que o topo não nos é facilmente acessível mas sentindo que aos poucos nos aproximamos dele.

Precisamos de todos para sermos ainda mais fortes.

 

Esperam-se vitórias fáceis em ambos os jogos no João Rocha. O voleibol recebe o Clube K e o futsal o Burinhosa. 

Um bom aperitivo para o prato forte do dia. No Estádio José Alvalade o Sporting recebe o Sporting de Braga e só os três pontos interessam, num momento em que o Porto se distanciou, fruto de dois golos marcados e dois penaltis não assinalados a favor dos azuis do Restelo. Caso para perguntar: "Onde estava o VAR?"

 

Jorge Jesus confirmou o regresso de Alan Ruiz aos convocados mas espera-se que seja Podence a voltar a fazer companhia a Bas Dost na frente de ataque.

Jogue quem jogar, o foco nos três pontos tem de ser total, num dia de regressos a Alvalade da parte dos bracarenses.

O treinador, Abel Ferreira, regressa após ter jogado no Clube e ter treinado os juniores e a equipa B, João Carlos Teixeira regressa após ter saído antes de tempo e Ricardo Esgaio virá matar saudades de tempos recentes. Desejo sorte para as carreiras de todos, sobretudo os dois últimos, mas hoje só pode dar Sporting, só vai dar Sporting.

 

Depois do jogo de hoje, o campeonato só regressará lá para o final do mês e, também por isso, manter distâncias é imperativo, por forma a facilitar o foco nos próximos objectivos: a fase seguinte da Taça de Portugal e a continuidade na Europa do futebol.

Espera-se Alvalade a rebentar pelas costuras e um ambiente efervescente, num jogo em que normalmente somos felizes.

Apesar da derrota no ano passado, já com Abel no comando técnico dos bracarenses, são apenas sete as derrotas do Sporting em casa em 61 jogos para o campeonato.

Bas Dost ainda não se estreou a marcar ao Braga em Alvalade mas já mostrou na cidade dos arcebispos que é temível. Está a chegar aquela fase da época em que o holandês não passará mais de um jogo sem marcar. Hoje vai voltar a "picar o ponto".

 

Ganhar, ganhar, ganhar e depois preparar bem os jogos com o Famalicão (em casa para a Taça) e com o Olympiacos (também em casa, para a Champions).

A eles, leões!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal