Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Hoje joga o Sporting

É um jogo decisivo. Claro que, se por acaso não conseguirmos vencer não será um drama mas será um misto de orgulho e desilusão. O bom futebol praticado por este conjunto de jogadores que tem integrado os jogos da Taça da Liga merece o prémio de passar ás meias-finais da competição e, consequentemente, a possibilidade de sonhar em vencê-la.

Infelizmente não poderei estar em Alvalade no último jogo em casa a contar para a Taça da Liga (recordo que, em caso de passagem o jogo será no Estádio da Luz e a final está marcada para o Estádio Cidade de Coimbra) e gostava que pudessem marcar presença mais adeptos que aqueles que estiveram no jogo com o Boavista (apenas 9035).

Os jogadores merecem receber o apoio dos Sportinguistas pelo rendimento que vêm demonstrado, deixando-nos a todos completamente tranquilos quanto ao futuro da nossa equipa.

Infelizmente, parece que Ryan Gauld ficará de fora, por forma a debelar um pequeno traumatismo. O facto do empréstimo de Ricardo Esgaio só começar amanhã leva-me a acreditar que fará hoje o ultimo jogo da época com a camisola do Sporting. Acarinhem-no para que vá com ainda mais motivação para Coimbra, equipa que já não defrontamos esta época.

O Vitória de Setúbal deu-se bem com a 'chicotada psicológica'. O saldo após a saída de Domingos Paciência não podia ser mais positivo: 2 vitórias consecutivas frente a duas boas equipas (V. Guimarães e Rio Ave), feito inédito em toda a temporada.

Claro que isso não belisca em nada a nossa vontade de vencer e só a vitória nos garante já a passagem à fase seguinte. Um empate pode ser suficiente mas deixaremos de depender de nós, ficando à mercê do que Belenenses e V. Setúbal possam vir a fazer na última jornada.

Quero ganhar e, como sempre faço, vou lançar-vos a minha equipa.

SCP - VITS.png

No banco estariam: Luís Ribeiro, Nuno Reis, Mauro Riquicho, Francisco Geraldes, Gelson Martins, Dramé e Diego Rubio

No caso de estarem a ser ponderados os empréstimos de Sarr e Slavchev - aproveito para dizer que, na minha opinião, no caso do búlgaro apenas dois cenários fazem sentido: jogar com regularidade na equipa B afim de acelerar a adaptação ou o regresso à Bulgária, onde pode limpar a cabeça e regressar mais forte em 2015/2016 - deviam jogar nos seus lugares Nuno Reis e Francisco Geraldes (Geraldes avançaria no terreno, sendo Wallyson a ocupar a posição '8'.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal