Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Goed voetbal les

Hoje usei o tradutor da google para fazer o título do post em holandês. O significado é: lição de bom futebol. Foi isso que aplicámos hoje aos sub-21 holandeses, juntamente com uma boa dose de maturidade (algo quase impossível de detectar em selecções anteriores) para a qual deve ter contribuído o facto das nossas 'esperanças' terem hoje mais minutos de jogo que as suas antecessoras.

Para começar, Rui Jorge mostra que é um grande treinador. Sabe seleccionar, escolher um onze e corrigir o que não corre bem durante o jogo. Excelente!

O jogo foi de domínio quase total dos portugueses. Boa circulação de bola, com objectividade e sem nunca tirar os olhos da baliza holandesa. O resultado peca até por escasso, face ao número de oportunidades claras de golo criadas.

Acabámos por trazer da Holanda uma vantagem de dois golos, fruto da frieza de Sérgio Oliveira (convertendo um penalti cometido sobre Bernardo Silva após excelente combinação com Raphaël Guerreiro) e da qualidade individual de Carlos Mané (que surgiu isolado na cara do guarda-redes depois de excelente iniciativa na qual retirou do caminho dois holandeses antes de enviar a bola para o fundo das redes).

A equipa funcionou no seu todo e pode até ser injusto fazer destaque individuais, mas não resisto:
- Sérgio Oliveira é um excelente médio e transmite aos colegas segurança e tranquilidade. Foi sempre ele que recebeu a bola quando era necessário 'meter gelo' ou pensar mais o jogo.
- Bernardo Silva é um desequilibrador e os seus dribles desconcertantes tiram adversários da frente com uma facilidade que lhe permite ser quase sempre certeiro na tomada de decisão.
- Raphaël Guerreiro pode ser um caso sério. Passou o jogo a 'fazer piscinas' e foi sempre certeiro a apoiar o ataque sem descurar as tarefas defensivas.
- Carlos Mané fez mais em trinta minutos de jogo do que Ivan Cavaleiro numa hora e Rui Jorge detectou isso antes do meio da segunda parte. Mané não se escondeu e apareceu sempre bem em zonas de finalização e podia até ter feito mais golos.

Será necessária concentração máxima para o jogo de terça-feira em Paços de Ferreira. Um golo cedo seria o ideal para matar à nascença as esperanças com que os holandeses possam vir.
9 jogos de qualificação e 9 vitórias. Seria um 'crime' não estarmos presentes no Euro 2015.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil