Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Equipa B: o balanço

Depois de levar a equipa à melhor pontuação de sempre na 2ª Liga, João de Deus teve uma época complicada à frente da equipa B do Sporting.

Embora tenha revelado mais uma vez bons valores individuais, a equipa não correspondeu colectivamente e bateu todos os recordes negativos.

Não fosse o bom final de época, ao nível das melhores equipas da 2ª Liga, e teríamos terminado a lutar pela manutenção.

O excesso de jogadores na primeira fase da época e a necessidade de dar visibilidade aos 'proscritos' por forma a arranjar-lhes colocação no mercado de janeiro prejudicou sobretudo a dinâmica de grupo.

Os inverno foi penoso e em quase três meses a equipa apenas ganhou uma vez.

Após a reestruturação do plantel na reabertura do mercado, a equipa soube encontrar-se e arrancar um final de temporada razoável.

Voltando aos recordes...pior percentagem pontual (47%), pior percentagem de vitórias (39%), pior registo defensivo (59 golos sofridos), pior pontuação (65 pontos) e pior classificação (10º).

Tudo isto com as 15 jornadas finais ao nível das equipas do top 5 da Liga (apenas 4 equipas do top 10 fizeram mais do que os 25 pontos acumulados pela equipa leonina).

Depois da saída de Matheus para a equipa principal, passaram a ser Podence, Geraldes e Gauld os que mais deram nas vistas.

Para mim, o principal destaque vai mesmo para Podence, que com 6 golos e 7 assistências dinamitou todos os seus registos da época passada e surpreendeu-me, ao contrário de Geraldes e Gauld, que fizeram exactamente aquilo que esperava deles.

Kikas foi importante para o equilíbrio da equipa nas transições, sobretudo defensivas e mostrou que alguma experiência ajuda sempre ao crescimento dos mais novos.

Baldé revelou-se um lateral direito fiável, após o revés que foi a lesão grave de Riquicho.

Perspectivam-se mudanças na estratégia da equipa B, que será maioritariamente composta por elementos sub-21.

Isto significa que veremos outros crescer ou eclipsar-se em empréstimos que, espero, revelarão mais 2/3 reforços importantes para 2017/18.

Sendo certo que muitos sairão, é importante formar um grupo equilibrado e fiável para uma competição longa, com mais de 40 jogos.

Acredito que João de Deus voltará a conseguir mostrar resultados e potenciar jogadores para a equipa principal.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal