Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Entre Montero, Slimani e Tanaka

Mesmo sendo evidente que Montero e Tanaka não são pontas de lança puros, ao contrário de Slimani, não é menos evidente que conseguem, pelo menos, ter eficácia idêntica à do argelino.

Sou confesso admirador de Montero e não aprecio muito Slimani a quem, mais do que tudo o resto, gabo a entrega ao jogo.

Não me conformo com o endeusamento a Slimani e as tentativas de fazer crer que é mais matador que o 'cafetero', sobretudo porque não o é.

É pena não haver quem faça uma estatística detalhada da Liga Portuguesa e a publique sem filtros. É impossível saber a quantidade de ocasiões claras de golo concretizadas por cada um dos avançados do Sporting mas arrisco dizer que Slimani não lidera esse dado estatístico e, se liderar, não o fará com grande vantagem para os seus concorrentes directos no plantel do Sporting.

Na última década, só dois avançados apresentaram números de respeito de leão ao peito; Liédson e Ricky van Wolfswinkel.

Vejamos:

LIÉDSON

Total: 313 jogos (304 titular; 9 suplente) - 172 golos (média de 0.55 golos p/ jogo) - 27062 minutos (1 golo a cada 157 minutos)

2 primeiras épocas: Total: 83 jogos (80 titular; 3 suplente) - 54 golos (média de 0.65 golos p/ jogo) - 7154 minutos (1 golo a cada 132 minutos)

VAN WOLFSWINKEL

Em duas épocas: 88 jogos (82 titular; 6 suplente) - 45 golos (média de 0.51 golos p/ jogo) - 7400 minutos (1 golo a cada 164 minutos)

Nenhum dos avançados do plantel actual dista muito dos dois supracitados no que aos minutos para marcar diz respeito. Já o mesmo não se pode dizer dos golos marcados e à respectiva média por jogo. Isto acontece porque nenhum foi consistente o suficiente para se afirmar como titular indiscutível. Nem Slimani nem Montero somam sequer 70 jogos em duas épocas, com a agravante de terem muito menos minutos jogados, fruto da alternância entre o 'onze' e o banco de suplentes.

Vamos comparar:

SLIMANI

Total: 61 jogos (35 titular; 26 suplente) - 23 golos (média de 0.38 golos p/ jogo) - 3491 minutos (1 golo a cada 152 minutos)

2013/2014: 31 jogos (13 titular; 18 suplente) - 10 golos (média de 0.32 golos p/ jogo) - 1429 minutos (1 golo a cada 143 minutos)

2014/2015: 30 jogos (22 titular; 8 suplente) - 13 golos (média de 0.43 golos p/ jogo) - 2062 minutos (1 golo a cada 159 minutos)

MONTERO

Total: 66 jogos (44 titular; 22 suplente) - 28 golos (média de 0.42 golos p/ jogo) - 4218 minutos (1 golo a cada 151 minutos)

2013/2014: 33 jogos (24 titular; 9 suplente) - 16 golos (média de 0.48 golos p/ jogo) - 2351 minutos (1 golo a cada 147 minutos)

2014/2015: 33 jogos (20 titular; 13 suplente) - 12 golos (média de 0.36 golos p/ jogo) - 1867 minutos (1 golo a cada 156 minutos)

TANAKA

2014/2015: 25 jogos (11 titular; 14 suplente) - 7 golos (média de 0.28 golos p/ jogo) - 1035 minutos (1 golo a cada 148 minutos)

Talvez nenhum dos avançados das últimas duas épocas se aproximem dos 45 e 54 golos de Liédson e Wolfswinkel porque não foram aposta clara na grande maioria dos jogos. Talvez a gestão anímica e de forma não tenha permitido que um deles se fixasse como indiscutível, tendo assim a confiança necessária para apresentar melhores números.

A verdade é que Slimani não demonstra ser mais matador do que qualquer um dos outros avançados do plantel e os números estão aí para o provar. Se aliarmos a isso a menor capacidade de construção de jogo ofensivo (embora tenha vindo a melhorar nesse capítulo) e a tendência para emperrar as jogadas de ataque, parecem-me motivos mais do que suficientes para que o considere o mais dispensável (ainda por cima tem mercado e, ao que parece, vontade de ganhar dinheiro que não lhe podemos pagar), investindo a verba com ele angariada para alguém de características semelhantes (se isso, de facto, for importante para o plantel) ou que garanta maior número de golos (porque não o regresso de Ricky?!).

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal