Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Empate com estrelinha

Diz-se habitualmente que a 'estrelinha' da sorte protege aqueles que estão destinados ao sucesso. Se assim for, grandes feitos esperam esta equipa portuguesa de sub-21.

José Sá e a ineficácia transalpina foram garante de um ponto e da manutenção no primeiro lugar do grupo.

Foram utilizados 6 dos 7 leões em competição (apenas Tobias Figueiredo não saiu do banco de suplentes).

PAULO OLIVEIRA

Mais um jogo praticamente perfeito. Formou boa dupla com Ilori e, quando não foi Sá a brilhar, Paulo Oliveira esteve lá.

RICARDO ESGAIO

Apesar da sua versatilidade, nunca pensei que Esgaio se fixasse em definitivo na lateral defensiva. O empréstimo à Académica revelou-se acertado. Permitiu-lhe ganhar rotinas no lugar e parece cada vez melhor. Apenas uma falha já nos descontos que nos podia ter sido fatal, mas o italiano falhou.
Para mim, está pronto para se assumir como concorrente sério ao lugar na época que se avizinha.

WILLIAM CARVALHO

Não foi aquele William demolidor. Parece desgastado e acho mesmo que devia ter sido substituído para não forçar uma lesão.
No entanto, não deixou de ser o esteio do nosso 'miolo' e teve laivos dignos de Sir. King Carvalho.

JOÃO MÁRIO

Mesmo que descaíndo para a direita, tal qual extremo, João Mário foi competente e podia, novamente, ter sido ele a resolver o encontro. Falhou de forma incrível por não ser dos mais competentes naquela zona, onde se esquivou de usar o pé esquerdo.
Tem tudo para melhorar e a finalização é aspeto a rever se quer subir um patamar em termos de qualidade.

CARLOS MANÉ

Exibição apagada e, na minha óptica, devia ter sido substituído (só não o foi por gestão física de outros elementos da equipa). Teve um rasgo à Mané mas falhou no remate.

IURI MEDEIROS

O açoriano começa a pedir a titularidade. Entrou bem mas algo precipitado. Agitou as águas mas nem sempre tomou as melhores decisões numa altura em que, com Gonçalo Paciência em campo, se pedia mais a sua presença na área. Em cima do minuto 90, obrigou o redes italiano a uma boa defesa.

Nota de destaque para José Sá, Tiago Ilori e Bernardo Silva.

Inacreditável como um guarda-redes da qualidade e fiabilidade de José Sá passou uma época completa na 2ª Liga!

Tenho mais pena da saída de Ilori do que de Dier. Seguro, tem complexão física invejável, aliada a uma excelente flexibilidade, agilidade e bom jogo aéreo. Pena que tenha dado primazia ao dinheiro.

Bernardo Silva é um craque. Relação excelente com bola. Não é um Messi mas tem um controlo de bola em progressão fantástico. No dia em que decidir melhor o tempo de largar a bola, será top mundial.

Mais sobre mim

imagem de perfil