Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Depois da demissão, a revolução

Confesso que não esperava tamanha revolução encetada por Fernando Santos, o novo seleccionador nacional. Para já gabo-lhe a coragem de convocar jogadores que estão a jogar nos seus clubes, sem ligar a estatutos e fazendo aquilo que eu faria: convocar aqueles que são os melhores do momento!

Nem vou questionar se estes eram ou não os meus escolhidos, mas constato que alguns dos nomes que já aqui tinha mencionado, constam na lista do engenheiro.

Estes foram os convocados para a dupla jornada que se avizinha, com jogos com a França (amigável) e com a Dinamarca (qualificação):

Guarda-Redes: Rui Patrício; Beto; Anthony Lopes

Defesa Direito: Cédric Soares; Ivo Pinto

Defesa Central: Bruno Alves; Pepe; Ricardo Carvalho; José Fonte

Defesa Esquerdo: Fábio Coentrão; Eliseu; Antunes

Médio: William Carvalho; Adrien Silva; Tiago; André Gomes; João Moutinho; João Mário

Extremos: Vieirinha; Ricardo Quaresma; Nani; Danny

Avançados: Cristiano Ronaldo; Éder

Um dos seleccionados ficará de fora das opções em dia de jogo e arrisco numa das opções para a lateral esquerda.

Os meus destaques vão para as chamadas de Danny (acrescenta inegável qualidade), José Fonte (que já merecia esta chamada), João Mário (é de aproveitar o seu momento de forma) e Cédric (finalmente alguém com coragem de o chamar). A minha surpresa para os regressos de Ricardo Carvalho e Tiago, que já não julgava que fossem chamados, mas podem ajudar com a sua experiência e ainda jogam ao mais alto nível.

Espero que possamos iniciar esta nova fase com Fernando Santos da melhor forma e, para isso, nada melhor que uma vitória na Dinamarca, por forma a recuperar do desaire em casa com a Albânia.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal