Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Decisão clara e soberana

O Sporting é nosso e foi-nos pedido que decidíssemos o futuro dele. A resposta foi clara, inequívoca e soberana. Não estive presente mas fiquei satisfeito por ver o resultado que desejava.

Não fiquei feliz com a forma como as coisas tiveram de se resolver mas considero que não havia alternativa. Olhando hoje para trás, se Bruno de Carvalho queria ter hipóteses de ficar, deveria ter-se demitido e recandidatado logo, assim que estalou a crise. Arrastar a situação até às últimas consequências só lhe dificultou a vida e o desnorte e descontrolo demonstrado só deu mais certezas aos Sportinguistas sobre qual o caminho certo a escolher.

Um "sim ou não" não é o mesmo que um "este ou este". Sem o desgaste do último mês, Bruno teria hipóteses. Depois disso, só cavou a própria sepultura.

Talvez não merecesse sair assim, pela porta pequena mas, se assim foi, é ele o maior culpado.

 

Deixou-nos coisas boas do primeiro mandato, sobretudo na reposição do orgulho, mobilização e participação activa no Clube. Deixou património material e conquistas nas modalidades. Foi o ideal para aquele período de crise mas havia-se tornado nocivo para o clube.

Reinava a desunião e as guerras internas agudizaram-se, muito por culpa do próprio Bruno de Carvalho. Acabou por ser uma vítima de si próprio, com as consequências graves que se conhecem e não vale a pena voltar a rebater nada disso.

 

É tempo de lamber as feridas e seguir caminho. Temos hoje um Sporting melhor que o que ele encontrou em 2013. O nosso problema era muito mais de liderança do que de gestão. Com erros graves em qualquer dos domínios mais um clima de guerrilha dentro do Clube, nunca seríamos bem sucedidos no futebol.

Não que isso seja o mais importante. Não é. Mas os valores continuam intactos na maioria de nós. Se dúvidas houvessem, o dia de ontem acabou por desfazê-las.

Continuamos a ser o Sporting. Não o do Bruno, o dos croquetes ou outro qualquer. Simplesmente o Sporting.

 

Apresentem-se os candidatos que nós escolheremos o que melhor cativar a maioria. Queremos bons projectos, boas equipas, bons líderes e um debate rico. Se há mais uma coisa boa que Bruno de Carvalho trouxe, foi a capacidade de ler os sinais. Tenho a certeza que, agora, os Sportinguistas estarão ainda mais atentos a eles. Não tenho dúvidas que tudo faremos para evitar caminhos tumultuosos para o nosso grande amor. 

Viva o Sporting!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal