Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Crescimento sustentado

É inegável o crescimento do futebol profissional do Sporting nestes 3 anos.

Leonardo Jardim restituiu o orgulho, Marco Silva recolocou-nos na rota dos títulos e Jorge Jesus devolveu-nos a nossa identidade, lutando até ao fim pelo título nacional, depois de ter entrado a vencer a Supertaça.

Três bons treinadores permitiram ao Sporting crescer e reerguer-se, aumentado sustentadamente a sua competitividade e melhorando o rendimento global.

Jardim teve o plantel menos apetrechado mas gozou de um calendário menos apertado, sem competições europeias e com eliminações precoces nas taças. Silva viu aumentada a competitividade, aliada ao crescimento de alguns dos jovens da casa e fez quase 20 jogos a mais que Jardim. Jesus teve o melhor dos 3 plantéis e, quanto a mim, implementou a mentalidade imprescindível ao regresso do "Crónico".

Gráfico 1.png

Hoje, o Sporting vence mais do que vencia antes e é a essa mentalidade que hoje se encontra implementada que isso se deve.

Gráfico 2.png

Fruto de um estilo de jogo mais atractivo e ofensivo, marcamos hoje mais golos que antes.

Gráfico 3.png

O equilíbrio conseguido hoje entre a vertigem ofensiva e as transições defensivas, permite-nos também sofrer menos golos que no passado recente (Jardim sofre menos golos no total mas mais para a Liga num registo ainda assim assinalável e bem próximo do de Jesus).

Gráfico 4.png

Estes dados estatísticos, embora não nos tenham permitido melhorar ao ponto de vencer a principal competição nacional, deixam clara a melhoria em termos de percentagem pontual na Liga. Jesus conseguiu a 7ª melhor percentagem de pontos de sempre, a melhor desde 1979/80, onde curiosamente também fomos segundos classificados. Acabámos com um título ganho, tal como no ano passado, igualando a 2ª posição de Leonardo Jardim e com um passo em frente rumo à reafirmação definitiva no panorama futebolístico nacional.

Gráfico 5.png

É importante materializar na próxima época (a última do mandato de Bruno de Carvalho) o crescimento que se vem verificado com o mais importante título nacional, se possível, com uma boa campanha europeia, que faça subir mais um patamar neste trajecto ascendente.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal