Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Bruno de Carvalho põe os pontos nos iii

A entrevista estratégicamente dada hoje pelo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho veio esclarecer alguns pontos sobre a atualidade do futebol profissional.

Em traços gerais foi isto:

- A preparação da temporada decorreu como previsto e as vitórias e derrotas só têm verdadeiro efeito a partir de sábado
- Marco Silva deu aval às contratações, mas não me parece que tenha pedido jogadores específicos

- A política de contratações (jogadores jovens e com margem de progressão) é explicada pela necessidade de estar atento a oportunidades de negócio e pela falta de capacidade financeira para contratar jogadores feitos. São jovens mas têm qualidade e estão no sítio ideal para aprender.

- Equipas A e B só existem na prática. Ambas são apenas uma e tudo o que é feito nas equipas A e B é igual.

- Eric Dier estava em negociações para renovar o contrato com o Sporting e a surpresa revelada no comunicado não foi pela existência da cláusula, mas sim pelo accionar da mesma. O jogador teve má conduta, mas foi "desculpado" pela idade e falta de maturidade na esperança de que daqui a 2 ou 3 anos perceba a realidade dos factos que deturpou na entrevista ao Record.

- Ryan Gauld é um jovem e terá sido decisão de Marco Silva que este fosse integrado na equipa B para ajudar à sua integração e ajudar naquela que deve ser a atitude competitiva do prodígio escocês. Será natural a sua presença na A, provavelmente numa fase mais adiantada da temporada.

- Rojo e Slimani estão sob alçada disciplinar da SAD, por desrespeito ao regulamento interno do clube. Aceitaram pressionar o clube por forma a rever contratos ou a sair do clube, provavelmente a pedido dos seus representantes e no caso de Rojo até a Doyen Sports manda recados. Não há previsão para terminarem os castigos e para já há uma certeza: no sábado não jogam e a equipa B também não será o destino.

- O Sporting não cederá a pressões, independentemente da sua origem, nem para renovar contratos nem para transferir jogadores e muito menos o fará consoante as espectativas dos jogadores ou de quem os representa. 

- Shikabala ficou no Egipto por falta do "tal carimbo", mas estão a apurar-se responsabilidades. Foi dito que é bom que a culpa seja do ministro egípcio.

- A posição da Sporting TV sai reforçada com o presidente a falar na primeira pessoa e a descascar na comunicação social, com especial incidência para o Record e para o grupo a que pertence (Cofina) dizendo aquilo que muitos sportinguistas já sabem: o que se escreve diariamente nos nossos jornais desportivos não é fruto de jornalismo sério, mas sim de especulação e mentiras.

- Bruno de Carvalho terminou apelando aos adeptos para prolongar a onda verde que na época passada começou e garantiu que a equipa estará preparada para o desafio com a Académica em que, obviamente, os 3 pontos são o objetivo.

Na minha opinião foi a altura certa para por tudo em pratos limpos. Estamos no início da semana e o campeonato começa no sábado. Além disso, estamos a pouco mais de 15 dias de fechar o mercado de transferências (exceto raras exceções).

Na minha prespetiva são Bruno de Carvalho e Inácio que tratam das contratações e a Marco Silva "apenas" é pedida opinião sobre as mesmas. O treindor contratado ao Estoril tem a liberdade de comandar a equipa A e de gerir a equipa técnica que orienta a equipa B, para que todos trabalhem da mesma forma, o que dilui certas diferenças no comportamento de ambas as equipas. Parece-me que é desta forma que Bruno de Carvalho quer ver trabalhadas as equipas A e B e poderá estar nesta temática o motivo da saída de Abel. Barão continua a ser um adjunto na pele de treinador principal.

Ryan Gauld precisa de se adaptar jogando. Se não dá para o fazer na equipa principal, fá-lo na B. É o melhor para todas as partes.

Rojo e Slimani desiludiram-me, em especial o argentino. Julgo que nenhum ficará no Sporting e ambos servirão de exemplo para os que ficam.

Shikabala pode ter responsabilidades no 'caso do atraso' e Bruno de Carvalho está a apurar responsabilidades. Eu também espero que a culpa seja do ministro, pois tenho fé no egípcio. Se a culpa não for do ministro vão haver problemas para o Shika e talvez ganhe uma guia de marcha de volta para o Egipto.

Excelente a tomada de posição do nosso presidente e se estivesse na pele dele, certamente não faria melhor.

Agora que role a bola e que ganhe o Sporting!

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal