Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Bom dia

Iniciados Campeões1.jpg

"Depois da vitória no terreno do Benfica e na altura de comemorar o título de campeão nacional de iniciados, o técnico Pedro Venâncio recordou as últimas partidas frente aos ‘encarnados’. “Já tinham sido muitos jogos a perder com eles no último lance e já tínhamos demonstrado ser a melhor equipa. Restava-nos acreditar que um dia as coisas virariam a nosso favor e hoje foi o dia”, afirmou o ‘leão’, visivelmente satisfeito com a conquista alcançada.

“São sempre sensações muito boas quando se consegue conquistar um título no final de uma época cansativa. Este título é bom para os miúdos e para nós, treinadores, apesar de a nossa maior alegria ser vê-los, um dia, na equipa A, a ajudar a equipa principal a conseguir os seus objectivos”, confessou Pedro Venâncio, que revela a chave da vitória: “Esforço, dedicação, devoção. É muito trabalho, muita dedicação, muito rigor, muitas chatices, muitas azias, muitos castigos quando se comportam mal. Temos de educá-los ao longo do ano. São sempre épocas de trabalho, mas acreditando no trabalho deles e na qualidade deles, corre bem. Eles têm de perceber que estar num Clube como o Sporting é um privilégio enorme. Treinam numa Academia que lhes dá tudo e eles só têm de fazer isto aos domingos: dar tudo em campo com uma camisola que tem um grande passado, ostentada por jogadores de enorme nome. Eles sabem isso e sabem que se quiserem fazer parte da história do Clube têm de trabalhar muito”, afirmou.

A formação do Sporting não se mede pelos seus títulos, mas formar e ganhar, se puderem rimar, melhor. “Se pudermos juntar as duas coisas, óptimo. Interessa formar e a Academia é conhecida pelos jogadores que deu. A nossa Academia está no topo do Mundo é pelos jogadores que formou e não pelos títulos alcançados. Somos bons a formar jogadores de qualidade. O título é uma recompensa para os miúdos. Claro que para nós é um orgulho, mas a medalha que eu quero receber é, daqui a seis anos, aplaudi-los quando eles entrarem na equipa principal”, explicou o técnico ‘leonino’.

Alvo das típicas ‘bocas’ vindas do público ‘encarnado’ durante grande parte da partida, Pedro Venâncio salientou o espectáculo dentro de campo, desvalorizando os habituais excessos e picardias no que à mais antiga rivalidade nacional diz respeito: “Em 1986 vim tirar titulo ao Benfica no Estádio da Luz. Ganhámos 2-1, mas quem foi campeão foi o FC Porto. Agora foi melhor, fomos nós campeões. A rivalidade é normal, mas não passa de um jogo de futebol. É uma paixão e tem de ser vivida como tal. Tudo o que transcenda essa paixão normal, fora do espectáculo no campo, é só para estragar. Isto é que é bonito, é os miúdos fazerem o que gostam e cá fora aplaudir-se”, concluiu o técnico campeão nacional de iniciados pelo Sporting."

Fonte: Jornal Sporting

"É injusto!"; "Acontece!"; "Faz parte da etapa de crescimento dos jogadores."; "Vão ter mais derrotas nas suas carreiras, seguramente."

Fonte: Comentadores aziados da BTV

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal