Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Arouca 0-1 SPORTING CP: Arrancada a ferros

Recepção sublime de Montero, após não menos sublime passe de Ruiz. O toque que retira da jogada o defensor do Arouca só podia ter saído daqueles pés mas o remate foi tão mau que não podia ser melhor...Slimani estava lá, no sítio certo, como em tantas outras vezes, a mostrar porque deve estar sempre em campo.

Curioso que nem um nem outro fizeram um bom jogo. Slimani fez um jogo fraco e Montero nunca conseguiu acrescentar aquilo que se esperava. No entanto, um porque tem grande classe e enorme qualidade técnica e o outro porque tem um enorme coração e não dá um lance por perdido, estavam lá para nos dar os três pontos.

Ruiz...foi talvez o melhor em campo. Sempre tranquilo, escolheu quase sempre a melhor opção de passe, mesmo que isso implicasse ter de recuar e construir de novo. O costa-riquenho parece fazer quase tudo devagar mas faz tudo bem!

O jogo teve tudo o que se esperava: intensidade, um Arouca em bloco baixo e um Sporting com dificuldades em penetrar nesse bloco.

Só muito crer e, porque não, a estrelinha de campeão que há anos não nos acompanha tornaram possível mais uma vitória na qual, confesso, acreditei sempre.

Jogo difícil para Cosme Machado. O relvado em péssimas condições tornou ainda mais intensos os duelos e nem sempre esteve bem no capítulo técnico. Foram várias as faltas não assinaladas, sobretudo a favor do Sporting mas há também um lance que me suscita dúvidas na grande área do Rui Patrício: Naldo derruba inadvertidamente um jogador do Arouca que me parece aproveitar-se da escorregadela do defesa brasileiro. Confesso que permaneço com dúvidas mas, pelo que já li, a maior parte das opiniões de árbitros é favorável à decisão de Cosme Machado. Aceito a decisão, como aceitaria caso fosse assinalada a grande penalidade que, convenhamos, ainda teria de ser convertida para que tivesse influência no resultado final. No capítulo disciplinar, também me parece errada a expulsão de Naldo, que o afastará do jogo da Taça de Portugal.

Espero que Jefferson recupere a tempo do próximo jogo mas tenho confiança em Jonathan.

No final, mantivemos a distância para os mais directos perseguidores e continuamos firmes e fortes na frente.

Muitos ou poucos, os adeptos fizeram-se ouvir desde o primeiro ao último minuto e ajudaram a empurrar a equipa para a frente. Esta vitória também é deles...nossa!

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal