Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Agora é que começa a doer

Acabou ontem a fase regular do Campeonato Nacional Fidelidade Andebol 1. 

Terminou da melhor forma, com uma vitória em casa do velho rival, nos últimos segundos do jogo. Vitória esta que só não foi mais saborosa porque quase nos escapou entre os dedos quando chegou a estar segura por uma diferença de 3 golos e escassos minutos do final do encontro.

Esta tendência para relaxar nos minutos finais dos encontros tem algo de suicida e Zupo ainda não conseguiu encontrar o antídoto para o mal. E se ele já cá estava desde o ano passado, pareceu agudizar-se este ano.

A equipa parece mais intranquila e tem mais dificuldades em controlar os jogos.

O resultado foi uma fase regular ligeiramente mais fraca (menos dois pontos que no ano passado), num ano em que dois dos rivais mais directos subiram o seu nível.

O Porto fez o pleno na fase regular e limitou-se a passear classe pelos pavilhões do país. É múltiplo campeão e o novo campeão anunciado (espero que isto acabe por jogar contra os dragões).

O ABC conseguiu fazer mais três pontos que na época passada e acabou a fase regular em 2º, evitando assim o Porto antes da final dos play-off.

O Benfica manteve a performance da época passada e fez os mesmos pontos, copiando quase na perfeição até o registo de golos.

Se o ataque do Sporting parece mais forte, o mesmo não se pode dizer da defesa. Foram mais 54 golos marcados mas mais 11 golos sofridos. Claro que o nosso goal average melhorou mas é nos jogos decisivos que continuamos a facilitar. Acredito que seremos, juntamente com ABC e Porto, os mais fortes candidatos ao título e, com estes dois, averbámos 4 das 5 derrotas em toda a fase regular.

Os jogos de play-off têm outra carga emocional. São decisivos e os jogadores tendem a manter os níveis de concentração e competitividade mais elevados. É isso que espero deste grupo, onde Zupo Equisoain parece ainda não ter conseguido dar a estabilidade necessária por ser, ele próprio, instável.

Zupo protesta demasiado com a arbitragem e parece desconcentrar-se em demasia. Os timeout's parecem às vezes inócuos e vazios de ideias, quando se pretende que sejam o oposto.

Espero que esta paragem sirva para a equipa se focar nos play-off e na tarefa de recuperar um título que nos foge há 14 épocas.

O próximo adversário será o Águas Santas, equipa tradicionalmente difícil, sobretudo no seu reduto. Na fase regular vencemos ambos os jogos e, por isso, nada menos do que isso nos compete fazer numa fase a eliminar, de preferência, também em dois jogos.

Fora isto, há também uma Taça de Portugal para vencer, depois de termos eliminado o ABC, detentor da prova.

É tempo de arregaçar as mangas porque a época, a doer, começa agora.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal