Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

A prova rainha a premiar a medíocridade

Todos sabemos que a FPF não prima pela capacidade organizativa e que, mais do que tudo, interessa reunir apoios juntos das associações para que os interesses comuns não deixem de o ser.

Não sei o motivo pelo qual se resolveu estipular no regulamento da competição para esta temporada que haveriam clubes eliminados na 1ª eliminatória a ser repescados para a 2ª, afim de acertar o número de equipas necessárias à continuação da prova.

Agora, pergunto eu: Qual é a lógica de passarem à fase seguinte equipas que perderam, algumas delas com derrotas copiosas como, por exemplo, o Clube Desportivo Amiense, o clube da minha terra?

Isto não faz o mínimo sentido e, perdoem-me as pessoas da minha terra que, este fim-de-semana, receberão o Portimonense para mais um jogo da 'festa da Taça', depois de uma derrota por 9-0 na 1ª eliminatória.

Isto não faz sentido nenhum e devia ter sido acautelado desde o início que o número de clubes apurados batesse certo nem que, para isso, tivessem de ser feitas pré-eliminatórias.

Fazendo sentido premiar as equipas que venceram as taças distritais, qual é o motivo de apurar para a 1ª eliminatória os clubes que se classificaram em 2º nos respectivos campeonatos distritais?

Se os campeões de cada campeonato distrital já disputarão a prova, visto que se encontram a competir no CNS, porquê a necessidade de premiar quem ficou em 2º?

Tudo isto são perguntas sem resposta e que deixam bem patente a exigência que se vive nas competições nacionais (Liga de Clubes incluída), onde a mediocridade é tão ou mais premiada do que a excelência.

Isto entronca e muitas outras questões que me deixariam aqui a escrever horas a fio.

Por exemplo:

Porque é que as competições profissionais têm tantos clubes?

Porque se premeiam os piores e não descem mais equipas para que outras possam ter oportunidade de mostrar valor?

Porque não se criam estímulos ao futebol espectáculo? 

Porque não se estimula a competitividade positiva, aliada ao espectáculo e não à simples disputa de pontos?

Porque se continua a premiar a mediocridade?

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal