Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

A mensagem do Presidente

Confesso a minha surpresa relativamente a esta mensagem do presidente e ao momento em que é proferida. Podem lê-la na totalidade aqui.

Isso não quer dizer que discorde do conteúdo da mesma. Na generalidade concordo com aquilo que consta na mensagem, que o presidente comunicou no Auditório Artur Agostinho.

Não acho que se justifique uma "readmissão" dos poderes da direcção, mas entendo o porque de Bruno de Carvalho querer sondar o universo leonino, num momento em que se ouvem mais do que anteriormente as vozes criticas.

Após comunicada a intenção de marcar uma Assembleia Geral extraordinária para Janeiro (em data ainda a definir), para aferir a vontade dos sócios acerca do rumo traçado para o clube, seguiu-se uma análise em quatro pontos.

Necessidade de criar uma cultura de exigência:

Para além dos pontos que realçam a necessidade de defesa do clube por parte dos sportinguistas há uma mensagem para os atletas do clube:

"Criar atletas comprometidos com o Clube. Como consequência, iremos perder os que não estão comprometidos com o Clube, seja qual for a sua valia técnica ou a sua idade, e isto irá acontecer até se ter promovido uma profunda mudança de atitude e mentalidade. Vai demorar anos a conseguir."

Criar estruturas profissionais:

Podemos preparar-nos para mais despedimentos, desta vez fora do âmbito da reestruturação de pessoal e serviços externos. Estes acontecerão pois a administração não vê em alguns a necessária competência para os cargos que ocupam. Estes serão substituídos por elementos em que seja reconhecida essa mesma competência. Como consequência, podem esperar-se novos focos de desestabilização.

É preciso mudar as mentalidades:

Este ponto visa um pedido aos Sportinguistas para que se assumam, sem medos. Que todos assumamos a nossa grandeza e lutemos para a justificar. Mais uma vez o enfoque na campanha de angariação de sócios.
Destaco mais uma vez uma frase que põe em cheque o comprometimento de Sportinguistas, em todos os sectores:
"É preciso deixar de ter medo de verificar de forma constante o grau de comprometimento ao projecto e caminho do Sporting Clube de Portugal por parte de todos os envolvidos desde os órgãos sociais aos colaboradores, atletas e adeptos, tomando sem receios as decisões necessárias quando o mesmo não se verifique."

É preciso lutar por valores:

Assumimo-nos como diferentes, mas muitos dos que o dizem não lutam pelos valores que preconizamos. "O Sporting tem de lutar pelo rigor, pela transparência, pela verdade desportiva e, com isso, exigir constantemente a todos os intervenientes no mundo desportivo, do Governo à Federação, à Liga, aos clubes e aos demais agentes desportivos, uma alteração de legislação, de regulamentos e de comportamentos."

Foi focada também neste ponto a constante falta de destaque dado a tudo o que de positivo tem a ver com o Sporting. Foram dados os exemplos da recepção por parte dos presidentes da FIFA e UEFA, o sucesso da reestruturação financeira e o congresso Future Of Football, factos completamente ignorados por toda a imprensa nacional. Há que lutar contra esta campanha dos meios de comunicação social que visa desestabilizar constantemente o clube, inventando factos negativos e ignorando os positivos.

"Neste momento o nosso sentimento não é de alegria perante as últimas exibições da equipa. Como responsável máximo pelo Clube, pela SAD e pelo futebol, na análise imperativa do caminho percorrido, assumo a minha responsabilidade. É necessário que os demais envolvidos assumam com a mesma frontalidade a sua quota-parte. É necessário deixarmos de ter medo de dar a cara e de justificar cada mau resultado ou má exibição com chavões ou filosofias românticas."

O parágrafo acima transcrito foi o único de toda a mensagem que me desagradou. Não são colocados os nomes nos "bois" mas, a mim, parece-me que o referido é o treinador da equipa principal. Se assim for, Marco Silva está neste momento numa posição fragilizada. Espero que os dois (ou os três, caso Inácio seja tido e achado em tudo isto) se sentem e resolvam as diferenças.

Para terminar, umas palavras sobre a possível abordagem ao mercado. Falam Sportinguistas, Marco Silva já deu a entender e fala-se na comunicação social que o Sporting precisa de se reforçar.
Bruno de Carvalho não se desvia do caminho traçado nem um milímetro. Os jogadores contratados no início da temporada foram os possíveis e os que se acharam competentes para vestir as nossas cores. São eles os reforços de inverno: os que ainda não tiveram uma oportunidade e os da equipa B.

Veremos se isto é só para acalmar os pasquins ou se é mesmo uma intransigência.

Possa eu estar presente na AG e, sem hesitações, levantarei o meu braço!

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal