Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

A festa foi bonita, pá

Graças ao meu puto, que demorou uma boa hora e meia para adormecer, perdi a parte mais importante e interessante da gala (ainda que tenham havido alguns motivos de interesse antes disso).

Venceram quase todos em que votei e gostei de ver reconhecido o esforço e sucesso de todo o hóquei em patins.

Foi merecido e um indicador importante para todas as modalidades: quem se esforçar ao máximo, quem der tudo pelo Clube, quem atingir o sucesso será reconhecido por todos nós.

Ver quase todos com um discurso alinhado, a remar para o mesmo lado e com conhecimento e respeito pela nossa história enquanto clube, enche-me de orgulho.

Corro o risco de ser injusto para outros mas, Nuno Lopes, é neste momento o meu preferido de todos os nossos treinadores. O homem é Sporting dos pés à cabeça e sente o Clube de uma forma muito intensa.

Gostei da festa em geral. Não faltou humor, boa disposição e uma ou outra falha. Tudo normal demonstrando que, em todas as áreas, podemos e devemos ainda crescer.

Como disse acima, perdi a parte das homenagens, dos equipamentos e das surpresas. Já só apanhei o discurso do presidente e a marcha do Sporting, cantada pela inevitável Maria José Valério.

Interessante a 'aposta' em Martunis. Não só realizamos um sonho como podemos contribuir para a formação pessoal do jovem indonésio, aproveitando para penetrar num dos mais populosos países do Mundo. Pode ser uma boa jogada de marketing mas, se não resultar, fica a iniciativa de contribuir para o enriquecimento pessoal de um jovem em formação, bem como o realizar do seu maior sonho.

Não sei dizer se gostei ou não dos regressos de Manuel Fernandes e Octávio Machado. Vêm ocupar cargos naquilo que agora chamamos de 'estrutura' e se o presidente e o treinador acham por bem o seu regresso, têm o meu apoio.

Por fim, gostei de ver após a gala, nas redes sociais, que os rivais não resistiram ao exultar da nossa grandeza. Mais uma vez, foram aquilo que são e perderam uma noite a destilar azia, tentando ser jocosos. É um bom sinal. Somos importantes. Incomodamos. Estamos vivos e eles reconhecem isso, embora não o admitam.

É-me, ainda assim, difícil compreender este comportamento. Nada neste mundo me faria perder tempo a ver uma qualquer gala ou iniciativa de um rival, muito menos no canal do próprio clube. Mas isso sou eu.

O leão já não está adormecido. Na verdade, já não estava. Falta-lhe ginásio, desentorpecer os músculos e voltar à caça.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal