Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Queremos o tri

Foto de Sporting Clube de Portugal - Futsal.

 

Hoje à tarde, a equipa de futsal do Sporting fará o 52º jogo oficial da temporada. As 45 vitórias averbadas nos 51 jogos anteriores podem culminar hoje no terceiro título da temporada, lembrando que o Sporting foi novamente vice-campeão europeu.

Os playoff foram introduzidos em Portugal na temporada 2004/2005 e, desde então, o Sporting juntou sete títulos aos sete que já tinha antes. Hoje poderemos atingir o 15º título nacional em 27 temporadas no topo do futsal português.

 

Sempre que saiu vencedor da fase regular, o Sporting foi campeão nacional mas nunca conseguiu vencer uma final a 5 jogos.

Curiosamente, na única ocasião em que disputou uma final até ao derradeiro encontro, perdeu o título para o Benfica depois de ter estado na frente da final por 2-1 e de um jogo 4 em que os encarnados venceram em casa do Sporting no desempate através de pontapés de penalti.

Hoje a história pode inverter-se, com o Sporting a manter a tradição de vencer sempre que ganha a fase regular, quebrando a "malapata" de ter saído derrotado na única final disputada a 5 jogos (o Benfica havia ganhado outra em 5 encontros, ao Belenenses).

 

Em 2011/2012, na tal final perdida no jogo 5, o título decidiu-se em casa do rival, com uma vantagem tangencial no prolongamento.

Hoje temos um trunfo importante que se tem revelado talismã. O Pavilhão João Rocha tem sido casa de vitórias e todos quantos lá jogaram foram campeões nacionais.

Juntando a isso a qualidade, entrega e união dos nossos jogadores e a simbiose perfeita com os adeptos, temos a fórmula perfeita para mais uma tarde de glória que pode fechar a temporada da melhor forma para os comandados de Nuno Dias, que não poderá hoje estar no banco, devido a castigo.

 

Deo e Djô são também baixas confirmadas para o encontro, por castigos decorrentes dos jogos 3 e 4 e João Matos, lesionado, também não fará parte das contas para o jogo decisivo. Espera-se que Cavinato regresse, após não ter alinhado no jogo da Luz e espera-se um Pavilhão João Rocha em ebulição, a empurrar os rapazes de verde-e-branco, rumo à vitória.

Com o trio de pivots novamente disponível, é um Sporting mais perto da máxima força, o que se apresentará hoje. Divanei tem mostrado que quer mais uma saída em grande e tem elevado o seu nível nos jogos da final, onde apontou 2 dos seus 5 golos na Liga SportZone.

Espera-se sangue, suor e lágrimas...de alegria.

Força, Sporting! Que possamos dedicar este título ao nosso capitão.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados dos atletas do Sporting nos Jogos do Mediterrâneo (em actualização)

 ANDEBOL (Manuel Gaspar e Nuno Reis) 

Grupo B | Espanha 34-22 Portugal
Grupo B | Grécia 28-28 Portugal
1/4 Final | Turquia 31-29 Portugal
5º-8º Lugares | Argélia 32-33 Portugal
5º/6º Lugares | Portugal 25-31 Eslovénia / 5º Lugar

 

 ATLETISMO 

4x100m M | 3º Ancuiam Lopes -  MEDALHA DE PRATA 
Comprimento M | Miguel Marques qualificou-se para a final mas não alinhou no dia decisivo -  RECORDE PESSOAL (7,75m) 
200m F | 11º Filipa Martins
400m F | 5º Cátia Azevedo
5000m F | 2º Inês Monteiro -  MEDALHA DE PRATA 
400m barreiras F | 5º Andreia Crespo
4x400m F |
 5º Filipa Martins / Andreia Crespo / Cátia Azevedo
Disco F | 4º Irina Rodrigues
Comprimento F | 5º Evelise Veiga -  RECORDE PESSOAL (6,61m)  / MÍNIMOS EUROPEU SENIORES  / RECORDE NACIONAL SUB-23 
Vara F | 7º Marta Onofre
              7º Maria Leonor Tavares 
Triplo F | 6º Patrícia Mamona

 

 CICLISMO 

Prova de Fundo | 5º Mario Gonzalez m.t
                              6º Joni Brandão m.t
                              9º Frederico Figueiredo m.t
                            11º Alvaro Trueba m.t

 

 JUDO 

-81Kg / Quartos-de-Final | Anri Egutidze foi derrotado (ippon) pelo grego Alexios Ntanatsidis
-81Kg / Repescagem 1 | Anri Egutidze venceu Aristos Michael (Chipre) por ippon.
-81Kg / Repescagem 1 | Anri Egutidze venceu Ashraf Moutii (Marrocos) por ippon.
-81Kg / Combate Bronze | Anri Egutidze venceu Alfonso Solana (Espanha) por waza-ari -  MEDALHA DE BRONZE 

 

 NATAÇÃO 

200m livres M | 16º João Vital
1500m livres M | 6º Guilherme Pina
50m bruços M | 7º Alexis Santos
100m bruços M | 17º Alexis Santos
50m costas M | 7º Alexis Santos
100m costas M | 12º Francisco Santos 
200m costas M | 13º Francisco Santos
                            15º João Vital
200m estilos M | 3º Alexis Santos -  MEDALHA DE BRONZE 
400m estilos M | 3º João Vital -  MEDALHA DE BRONZE 
50m livres F | 22º Inês Fernandes
50m costas F | 12º Inês Fernandes
50m mariposa F | 17º Inês Fernandes
100m mariposa F | 14º Inês Fernandes
200m estilos F | 10º Inês Fernandes

 

 REMO 

LM 1x / Qualificação | Pedro Fraga apurado para as meias-finais
LM 1x / Meias-Finais | Pedro Fraga apurado para a final A
LM 1x / Final A | 2º Pedro Fraga -  MEDALHA DE PRATA 

 

 TÉNIS DE MESA 

Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 0-4 Alexandre Robinot (7-11; 4-11; 15-17; 8-11)
Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 4-0 Sadush Tosuni (11-8; 11-4; 11-7; 11-3)
Individual - 1ª Fase / Grupo G | Diogo Carvalho 4-0 Kreshnik Mahmuti (11-5; 11-3; 11-6; 11-5)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 1-4 Omar Assar (7-11; 6-11; 7-11; 13-11; 5-11)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 4-1 Ibrahim Gunduz (6-11; 11-9; 11-8; 11-8; 11-9)
Individual - 2ª Fase / Grupo I | Diogo Carvalho 4-2 Marios Yiangou (11-7; 9-11; 6-11; 12-10; 11-9; 13-11)
Individual - Quartos-de-Final | Diogo Carvalho 1-4 Alexandre Robinot (6-11; 5-11; 11-8; 6-11; 4-11)

Colectivo - 1ª Fase / Grupo B | Portugal 0-3 Eslovénia
                                                 Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 0-3 Jorgic / Tokic (5-11; 7-11; 9-11)
Colectivo - 1ª Fase / Grupo B | Portugal 3-1 Grécia
                                         Singulares | Diogo Carvalho 1-3 Konstantinos Angelakis (4-11; 10-12; 11-9; 6-11)
                                                 Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 3-1 Konstantinopoulos / Sgouropoulos (11-4; 4-11; 11-9; 11-7)
                                         Singulares | Diogo Carvalho 3-1 Sgouropoulos (9-11; 11-8; 11-8; 11-6)
Colectivo - Quartos-de-Final | Portugal 3-1 Itália

Colectivo - 3º / 4º Lugares | Portugal 3-2 Espanha -  MEDALHA DE BRONZE 
                                   Singulares | Diogo Carvalho 1-3 Machado Sobrados (11-5; 8-11; 10-12; 6-11)
                                           Pares | Diogo Carvalho / Diogo Chen 3-1 Franco Medina / Machado Sobrados (7-11; 11-4; 11-8; 11-3)
                                   Singulares | Diogo Carvalho 0-1 Cantero Juncal (6-11; 11-7; 7-11; 11-7; 11-6)

 

 TIRO 

P10m | 3º João Costa -  MEDALHA DE BRONZE 

 

 TIRO COM ARCO 

Individual | 17º Jorge Alves (Eliminado nos 16avos-de-final por 0-6, frente ao esloveno Rok Bizjak)
Colectivo | 5º Portugal (Jorge Alves) - Eliminado nos Quartos-de-Final por 4-5, por um ponto, frente à Eslovénia, que viria a vencer a medalha de prata

 

 VOLEIBOL DE PRAIA 

1ª Fase / Grupo A | Kibinho / Roberto Reis 2-0 Berisha / Mustafa (21-11; 21-12)
1ª Fase / Grupo A | Kibinho / Roberto Reis 0-2 Rossi / Caminati (15-21; 13-21)
Oitavos-de-Final | Kibinho / Roberto Reis 0-2 Gauthier / Thiercy (14-21; 19-21)

 

Live Streaming (link)

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Tudo sobre a Gamebox 2018/19

Gamebox 2018-19.png

 

A Gamebox deste ano reflecte ainda aquilo que era a política idealizada pela anterior direcção, que resolveu manter o preço na maior parte dos sectores do estádio.

Importa relevar que estes preços não sofrerão qualquer alteração com a mudança de conselho directivo, visto que o período de renovação já se iniciou no passado dia 20, estendendo-se até dia 4 de julho. A partir de 7 de julho e após libertados os lugares dos sócios que não renovarem o seu lugar, seguirão as vendas para novos compradores.

A Gamebox deste ano inclui menos um jogo do que a da temporada passada mas tem a particularidade de poder dar acesso a mais dois (que poderão fazer com que acabe por ter mais um jogo do que em 2017/18). Refiro-me a jogos da Liga Europa, que estarão incluídos até aos oitavos-de-final, em caso de qualificação.

Os únicos sócios que terão de pagar mais em relação à temporada passada serão aqueles que tiverem os seus lugares na bancada B, nos sectores laterais ou superiores. A central (A e B), lateral A e Superior A mantêm exactamente o mesmo preço. Desta forma, ainda que hajam sócios de categoria A com lugar nestes sectores, julgo que a ideia seria que a maioria de sócios de categoria B suportassem esse aumento, visto que pagam uma quota inferior e só podem ocupar a bancada B do Estádio José Alvalade sendo, por isso, os principais interessados nesses lugares (as mais elevadas e afastadas do relvado).

 

Assim sendo, a Gamebox 2018/19 inclui:

- Jogo de Apresentação;
- Troféu “Cinco Violinos”;
- 17 Liga NOS;
- 2 Taça da Liga;
- Fase de Grupos Liga Europa;
- 16-Avos e Oitavos Liga Europa; *em caso de sucesso

 

Aos adeptos que apoiam incondicionalmente o Sporting não devem deixar de mostrar a sua vontade, comprando a Gamebox e mantendo assim as excelentes médias de assistência no nosso estádio nas últimas temporadas.

Quanto a mim, depois de dois anos em que o nascimento de mais um filho me impediu de ir a Alvalade com regularidade devido aos constrangimentos familiares que daí advêm, estarei de regresso esta temporada ao convívio dos nossos e ao apoio à nossa equipa.

 

Qualquer dúvida, não hesitem em consultar a página para o efeito, no site oficial do Sporting Clube de Portugal (link). Para o caso de quererem uma análise comparativa mais detalhada, relativamente à temporada passada, fica aqui o link do post respectivo.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Um dos maiores escândalos de sempre do futsal nacional

Espero que alguém tenha gravado o jogo para compilar todos os lances polémicos do mesmo. Este entra directo para o top dos maiores escândalos de sempre do futsal português.

Só recordo uma coisa: quando a quatro minutos do final do encontro o Benfica reduz para 5-3, o resultado devia ser de 5-1. Os erros graves são incontáveis.

Isto não pode passar impune!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Decisão clara e soberana

O Sporting é nosso e foi-nos pedido que decidíssemos o futuro dele. A resposta foi clara, inequívoca e soberana. Não estive presente mas fiquei satisfeito por ver o resultado que desejava.

Não fiquei feliz com a forma como as coisas tiveram de se resolver mas considero que não havia alternativa. Olhando hoje para trás, se Bruno de Carvalho queria ter hipóteses de ficar, deveria ter-se demitido e recandidatado logo, assim que estalou a crise. Arrastar a situação até às últimas consequências só lhe dificultou a vida e o desnorte e descontrolo demonstrado só deu mais certezas aos Sportinguistas sobre qual o caminho certo a escolher.

Um "sim ou não" não é o mesmo que um "este ou este". Sem o desgaste do último mês, Bruno teria hipóteses. Depois disso, só cavou a própria sepultura.

Talvez não merecesse sair assim, pela porta pequena mas, se assim foi, é ele o maior culpado.

 

Deixou-nos coisas boas do primeiro mandato, sobretudo na reposição do orgulho, mobilização e participação activa no Clube. Deixou património material e conquistas nas modalidades. Foi o ideal para aquele período de crise mas havia-se tornado nocivo para o clube.

Reinava a desunião e as guerras internas agudizaram-se, muito por culpa do próprio Bruno de Carvalho. Acabou por ser uma vítima de si próprio, com as consequências graves que se conhecem e não vale a pena voltar a rebater nada disso.

 

É tempo de lamber as feridas e seguir caminho. Temos hoje um Sporting melhor que o que ele encontrou em 2013. O nosso problema era muito mais de liderança do que de gestão. Com erros graves em qualquer dos domínios mais um clima de guerrilha dentro do Clube, nunca seríamos bem sucedidos no futebol.

Não que isso seja o mais importante. Não é. Mas os valores continuam intactos na maioria de nós. Se dúvidas houvessem, o dia de ontem acabou por desfazê-las.

Continuamos a ser o Sporting. Não o do Bruno, o dos croquetes ou outro qualquer. Simplesmente o Sporting.

 

Apresentem-se os candidatos que nós escolheremos o que melhor cativar a maioria. Queremos bons projectos, boas equipas, bons líderes e um debate rico. Se há mais uma coisa boa que Bruno de Carvalho trouxe, foi a capacidade de ler os sinais. Tenho a certeza que, agora, os Sportinguistas estarão ainda mais atentos a eles. Não tenho dúvidas que tudo faremos para evitar caminhos tumultuosos para o nosso grande amor. 

Viva o Sporting!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Que ganhe o Sporting

A minha posição é conhecida de quem segue o blog e me segue nas redes sociais. Hoje, infelizmente, não poderei estar presente na Assembleia Geral mas desejo que tudo corra com tranquilidade, sem desacatos ou eventos que envergonhem a nação leonina.

Espero que o "sim" vença e possamos avançar para eleições em todos os órgãos sociais mas, naturalmente, respeitarei uma decisão contrária.

Independentemente do resultado, espero a marcação de eleições para o mais breve possível, sejam elas para todos os órgãos sociais ou apenas para o Conselho Fiscal e Disciplinar e Mesa da Assembleia Geral.

Caso se verifique a destituição de Bruno de Carvalho e restantes elementos da sua equipa, espero que os Sportinguistas com capacidade de gestão e liderança posicionem as suas candidaturas com vista a uma campanha rica no debate, nas opções de voto e participação de todos nós, posteriormente, nas eleições.

No caso de Bruno de Carvalho e a sua equipa continuarem em funções, espero que toda esta convulsão dos últimos meses sirva de lição, aprendizagem e preconize uma mudança de comportamento, em vez de uma carta branca.

Em ambos os casos, espero que sejam enterrados os machados de guerra e seja respeitada a vontade soberana dos sócios. Não quero que se arrastem acções judiciais de nenhum dos lados. 

 

Por fim, e porque ontem vi um "especial AG", na TVI 24, onde ouvi coisas de que não gostei nada, não posso deixar de pedir que pensem no Sporting em vez de na pessoa "A" ou "B".

O Sporting será aquilo que nós quisermos mas, para construir um futuro melhor, é essencial que não reneguemos a nossa essência. O Sporting foi fundado com valores fortes e imutáveis, ainda antes de se tornar vencedor por natureza e construir uma história riquíssima, quer em património material, quer imaterial.

Há coisas de que não abdico. O Sporting do meu avô, das conquistas no futebol, dos cinco violinos e do ecletismo é exactamente o mesmo que o meu, que aprendi a amar praticamente sustentado apenas nos nossos valores superiores e na crença em vitórias que raramente se materializaram. Parece-me evidente que não são as vitórias que nos definem enquanto clube. São e serão sempre os valores que manterão o Sporting tal qual ele era aquando da sua fundação. A história que está escrita, escrita está. Escrevamos mais, sempre sem nos esquecermos de onde viemos e daquilo que somos feitos.

Siga quem seguir ao leme do barco, é importante não esquecer isto. Primeiro estará sempre o que nos define como clube. O resto será consequência disso.

Viva o Sporting!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

Agenda 10.png

 

O Torneio Centenário do Clube Desportivo Feirense disputa-se durante todo o dia de sábado e a tarde de domingo e o Sporting participará com uma equipa de infantis A. Fiquem com o calendário:

Centenário Feirense.png

De hoje até dia 1 de julho, realizam-se em Terragona (Espanha) os Jogos do Mediterrâneo. Há dezenas de atletas leoninos em prova mas devido à complexidade dos calendários e ao tempo que levaria a compilar toda a informação, limitar-me-ei a acompanhar as provas, divulgando os resultados dos atletas do Sporting. (Página da ProvaLive Stream - a partir do dia 23)

O Braga vs Sporting CP, em juvenis (futebol), terá transmissão em directo na Braga TV (link).

O Mundialito de Cesaz terá transmissão em directo de todas as finais na Cesarense TV (link).

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Carlos Nascimento voa para o Europeu

 

Carlos Nascimento foi a figura em destaque do Meeting de São João em Braga, ao vencer os 100 metros com 10.13 segundos, marca de qualificação A para o Campeonato da Europa de Berlim, ascendendo também ao quarto lugar na lista de portugueses de todos os tempos na disciplina, atrás do recordista Francis Obikwelu (9.86 segundos), de David Lima (10.05 segundos) e Carlos Calado (10.11 segundos).


Nascimento tirou 20 centésimos de segundo ao seu recorde pessoal, que datava de 19 de junho de 2016. Este é o segundo recorde pessoal do pupilo de José Silva esta época, depois de a 18 de fevereiro se ter tornado o terceiro português de sempre nos 200 metros em pista coberta, com 21.25 segundos.


Carlos Nascimento é agora o 14º no ranking europeu de 2018, numa lista liderada pelo britânico Zharnel Hughes com 9.91 segundos.

Para além deste registo, caíram mais 10 recordes pessoais, que evidenciam a progressão dos nossos atletas na mais variadas disciplinas. Fiquem com os resultados dos atletas do Sporting no meeting de S. João:

 

100m M (Final) - 1º Carlos Nascimento - 10,13'' Novo Recorde Pessoal / Mínimos Campeonato Europa
                            6º Francis Obikwelu - 10,60''
                            Elim - Miguel Tapadas - 11,16''

100m barr (Final) - 3º Catarina Karas - 14,40'' Novo Recorde Pessoal

Salto Altura M (Final) - 3º Francisco Barreto - 1,98m
                                       6º Tiago Boucela - 1,98m

Triplo Salto F (Final) - 3º Anabela Neto - 12,69m

100m F (Final) - 4º Carla Gama - 12,02''
                           6º Catarina Karas - 12,23'' 

400m F (Série) - 1º Dorothé Évora - 54,94m

400m M (Série) - 2º Tiago Horta - 48,09'' Novo Recorde Pessoal
                            3º Soufiane Bouhadda - 48,14''

400m barr F (Série) - 1º Andreia Crespo - 58,47''
                                    6º Cíntia Silvestre - 1'07,25''

400m barr M (Série) - 6º Martim Faustino - 56,09''

800m M (Série) - 6º António Rodrigues - 1'52,50''
                            9º Filipe Magalhães - 1'54,72''

Lançamento Peso M (Final) - 1º Marco Fortes - 17,37m

5000m F (Série) - 1º Catarina Ribeiro - 15'51,05'' Novo Recorde Pessoal 
                              6º Ana Ferreira - 16'42,28''
                            10º Sara Duarte - 17'52,68''
                            12º Catarina Guerreiro - 18'19,69''

Salto Comprimento M (Final) - 6º Marcos Caldeira - 7,44m
                                                    7º Bruno Costa - 7,44m

Salto Altura F (Final) - 1º Anabela Neto - 1,74m

1500m F (Série) - 6º Beatriz Rodrigues - 4'33,23''
                            11º Lília Martins - 4'40,95'' Novo Recorde Pessoal
                            12º Sandra Teixeira - 4'44,71''

1500m M (Série B) - 1º Martim Monteiro - 3'53,99'' Novo Recorde Pessoal
                                  3º Jorge Moreira - 3'58,31'' Novo Recorde Pessoal

1500m M (Série A) - 1º Paulo Rosário - 3'44,13''
                                10º Rúben Sousa - 3'48,99''
                                14º Luís Monteiro - 3'52,27'' Novo Recorde Pessoal

5000m M (Série A) - 2º Bruno Albuquerque - 14'04,03''
                                  3º Miguel Marques - 14'04,35'' Novo Recorde Pessoal 
                                  4º Hugo Correia - 14'16,53'' Novo Recorde Pessoal 
                                  5º Fernando Serrão - 14'18,90'' Novo Recorde Pessoal 

 

* * *

 

Também ontem, realizou-se o Meeting José Custódio, em Lisboa, na Pista Professor Moniz Pereira. Ficam abaixo os resultados:

 

800m F (Final) - 3º Daniela Godinho - 2'25,98''

Lançamento Peso F (Final) - 1º Jéssica Inchude - 17,11m
                                                 3º Francislaine Serra - 15,03m

Lançamento Disco M (Final) - 2º Mykyta Sudashov - 45,19m
                                                   4º Francisco Fernandes - 36,06m

Lançamento Disco F (Final) - 2º Jéssica Inchude - 48,33m

Salto Vara F (Final) - 1º Cátia Pereira - 4,20m

Lançamento Dardo M (Final) - 1º Tiago Aperta - 68,93m
                                                   4º Francisco Fernandes - 50,84m
                                                   5º Ilírio Nazaré - 50,81m

Lançamento Peso M (Final) - 3º Mykyta Sudashov - 14,42m

Lançamento Disco F (Final) - 1º Cleide Lopes - 44,36m (Juniores)

Lançamento Peso M (Final) - 2º Tiago Silva - 14,67m (Juniores)

Lançamento Disco M (Final) - 1º André Carvalho - 39,71m (Juvenis)

Lançamento Peso M (Final) - 2º André Carvalho - 11,32m (Juvenis)

Lançamento Dardo F (Final) - 3º Inês Ferrinho - 19,63m (Iniciados)
                                                  4º Lara Silva - 15,22m (Iniciados)
                                                  5º Margarida Diniz - 12,70m (Iniciados)
                                                  6º Mariana Ribeiro - 11,31m (Iniciados)

Estafeta 4x80m M (Final) - 2º Sporting CP (José Sacadura, Francisco Miguel, Diogo Pontes e Haivan Almeida) - 39,01'' (Iniciados)

Estafeta 4x80m F (Final) - 2º Sporting CP (Maria Silva, Margarida Diniz, Mariana Ribeiro e Inês Ferrinho) - 45,12'' (Iniciados)

Lançamento Martelo M (Final) - 1º Rodrigo Rocha - 21,35m (Infantis)
                                                      2º João Penacho - 20,33m (Infantis)

Lançamento Martelo F (Final) - 3º Leonor Filipe Rocha - 25,01m (Infantis)

Lançamento Dardo M (Final) - 1º Eduardo Cabral - 21,19m (Infantis)
                                                    2º Rodrigo Rocha - 20,68m (Infantis)

Lançamento Dardo F (Final) - 3º Marta Alves - 14,22m (Infantis)

Estafeta 4x60m M (Final) - 1º Sporting CP (Eduardo Cabral, Dinis Morgado, Rodrigo Ramos e João Penacho) - 31,66'' (Infantis)

Estafeta 4x60m F (Final) - 2º Sporting CP (Marta Alves, Diana Sousa, Leonor Rocha e Alice Fonseca) - 32,84'' (Infantis)

Lançamento Disco M (Final) - 1º Herédio Costa - 41,02m (Veteranos 45)

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Hoje é um dia importante para muitos atletas do Sporting, em duas modalidades históricas e habitualmente vitoriosas.

Em Braga, disputa-se o primeiro Meeting S. João de atletismo, englobado nos festejos populares da cidade. Esta prova está inserida no circuito nacional de meetings, disputar-se-á no Estádio 1º de Maio e tem como principal objectivo ajudar os atletas nacionais a fazer as melhores marcas possíveis com vista aos campeonatos da Europa em pista, a disputar a partir de 7 de agosto, em Berlim.

A prova tem início às 19 horas e disponibilizo abaixo os horários e atletas do Sporting envolvidos em cada prova.

 

Meeting S João.png

 

19:00h | 100m barr (Final) - Catarina Karas

19:00h | Salto Altura M (Final) - Tiago Boucela; Francisco Barreto

19:00h | Triplo Salto F (Final) - Anabela Neto

19:00h | Lançamento Dardo M (Final) - Luís Almeida

19:15h | 100m F (Elim.) - Carla Gama; Catarina Karas; Carina Pereira (Final às 21:10h)

19:35h | 100m M (Elim.) - Carlos Nascimento; Francis Obikwelu; Ricardo Ribeiro (Final às 21:20h)

20:00h | 400m F (Série) - Andreia Crespo; Patrícia Lopes; Cíntia Silvestre

20:10h | 400m M (Série) - Jardim Andrade; Martim Faustino

20:20h | 800m M (Série) - António Rodrigues; Filipe Magalhães

20:30h | Lançamento Peso M (Final) - Marco Fortes

20:30h | 5000m F (Série) - Susana Godinho; Ana Ferreira; Catarina Guerreiro; Sara Duarte; Salomé Rocha; Catarina Ribeiro

20:30h | Salto Comprimento M (Final) - Bruno Costa; Marcos Caldeira; Francisco Barreto

20:50h | Lançamento Disco F (Final) - Jéssica Inchude

20:50h | Salto Altura F (Final) - Anabela Neto

21:30h | 400m F (Série) - Dorothé Évora; Filipa Martins; Carina Pereira

21:40h | 400m M (Série) - Ricardo Ribeiro; Soufiane Bouhadda; Tiago Horta

21:55h | 1500m F (Série) - Beatriz Rodrigues; Sandra Teixeira: Lília Martins

22:05h | 1500m M (Série B) - Martim Monteiro; Jorge Moreira

22:15h | 1500m M (Série A) - Paulo Rosário; Rúben Sousa; Luís Monteiro

22:30h | 5000m M (Série A) - Miguel Marques; Tiago Costa; Andralino Furtado; Hugo Correia; Bruno Albuquerque; Rui Pedro Silva; Hélder Santos; Fernando Serrão; Rúben Pessoa

 

* * *

 

No futsal disputa-se hoje o jogo 2 da final da Liga SportZone. Vencendo o jogo de hoje daremos um passo gigante rumo ao tri-campeonato, obrigado assim o Benfica a vencer dois jogos no Pavilhão João Rocha para poder roubar o título aos leões.

A esta hora não foi ainda divulgada a convocatória mas não é expectável que o Sporting possa contar com os atletas lesionados (Diogo, Dieguinho e Cardinal). Baixas de peso que retiram profundidade à nossa equipa mas não diminuem drasticamente as nossas possibilidades de vitória, dada a competência e qualidade dos restantes elementos.

Nuno Dias, que já viu confirmada publicamente por Miguel Albuquerque a sua continuidade no clube, certamente saberá surpreender os encarnados e assim inclinar a final para o nosso lado.

 

SLB vs SCP.png

 

Força, leões! Que seja um grande #DiaDeSporting.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Um exemplo

15 de Maio de 1977; a equipa de hóquei em patins do Sporting regressa a Lisboa depois de uma derrota por 5-2 em casa do Voltregá, em jogo a contar para a primeira mão das meias-finais da taça dos campeões europeus.

À espera da equipa estava João Rocha, à época, Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Quem nos conta a história é José Garrido, jogador da primeira equipa nacional de hóquei em patins a vencer a maior prova de clubes da Europa, fez ontem 41 anos.

 

«Em Voltregá, chovia copiosamente. Os directores tentaram adiar o jogo para mais tarde, a ver se parava a chuva. Eles não quiseram. Naquela altura os espanhóis mandavam, tinham a sua influência. Era o peso do domínio espanhol. Perdemos 5-2. A bola praticamente não rolava (...) não podíamos sequer patinar e eles, habituados, num ringue ainda de cimento... Foi muito complicado. Mas não esmorecemos. Em casa, o nosso Presidente, João Rocha, que nos acompanhou sempre, disse-nos logo; "Não há problema. Nós vamos virar isto. Vocês fizeram um bom jogo, as condições do jogo não proporcionaram um resultado melhor, mas vamos virar isto". Foi muito importante. Interiorizamos aquelas palavras de forma imediata.»

 

Na segunda mão, com a nave de Alvalade completamente cheia, o Sporting deu aquele que ainda hoje é reconhecido como "o recital". Venceu 8-3 e avançou para a final onde, também a duas mãos, derrotou o Vilanova e levantou o troféu da taça dos campeões europeus.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

É Mundial

Já vi, ouvi e li de tudo nos últimos dias. Desde os que dizem não querer saber da selecção, aos que desejam que tudo corra mal aos jogadores que rescindiram e até mesmo alguns que afirmam apoiar todos os adversários de Portugal.

Não sou o maior dos entusiastas pela selecção nacional mas acabo sempre por vibrar com as fases finais das grandes competições.

Agradeço por haver algo que me distraia daquilo que tem sido o dia-a-dia do Sporting e acompanharei o Mundial a par e passo. 

Torcerei por Portugal da mesma forma que sigo torcendo pelo bem do Sporting. Porque umas coisas não têm de "pagar" pelas outras.

Força, Portugal!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Só na playstation

O Sporting eSports apurou-se ontem para a terceira final da época. Depois da final da Taça da Liga e da Taça de Portugal, ambas perdidas para o Grow Up eSports, chega a vez de disputar a final da Liga Portuguesa.

Foi uma noite de emoções fortes, com ambas as meias-finais dos playoff disputadas a três jogos. Na "negra", levaram a melhor o Sporting CP e a For The Win Legacy, 2º e 1º classificados da Liga, em igualdade pontual.

A final será disputada à melhor de cinco jogos, tendo o Sporting CP desvantagem à partida, por ter sido 2º classificado da fase regular. Essa desvantagem será reflectida na necessidade de vencer três jogos para nos sagrarmos campeões nacionais, visto que os empates valerão como vitória para o nosso adversário, fruto da melhor performance na fase regular, onde o confronto directo acabou com um empate e uma vitória para a For The Win Legacy.

A final disputa-se hoje, às 21:30h, com transmissão em directo na RTP Arena (link 1 / link 2).

Boa sorte, Sporting CP eSports!

Fiquem com a acção da noite passada, onde se disputaram seis grande jogos.

 

 

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Um surrealismo abstracto

 "O surrealismo propõe a valorização da fantasia, da loucura e a utilização da reacção automática."

 

Esta é um definição simplista de uma das vanguardas artísticas europeias que surgiu em Paris no início do século XX. Propunha-se algo criativo, arrojado. Que podia ter um plano mas que não saberíamos se o resultado final seria produto desse plano ou um desvio do mesmo.

Um estilo que dá azo a várias interpretações e liberta a mente de quem o admira ou critica. Será, eventualmente, frequente haver quem pense uma coisa ou o seu contrário. Quem goste e quem não goste. Quem aprecie ou deteste. 

Um pouco como o Sporting de hoje. Disperso, desunido, nada unânime. Pode ter momentos de rara beleza ou genialidade, por vezes pode até fazer sentido mas o resultado final vai sempre ser passível das mais variadas interpretações que impedem o estilo de se impor de forma marcada.

 

Um surrealismo (e aqui desvio-me ainda mais das questões artísticas) que roça o abstracto, tal é a minha incapacidade de seguir a linha de raciocínio do "artista".

Propôs-se a fazer uma obra, o plano para a mesma parecia excelente mas exigia-se uma linha mais rígida e estruturada. Valorizou em demasia a fantasia e deixou-se levar. Passou a reagir em vez de agir racionalmente, revelando momentos de loucura. A definição perfeita do surrealismo adaptada a um clube desportivo.

 

Felizmente propunha-se um restauro. O quadro era antigo, gasto mas com uma identidade forte. Com história. Vincada mas perdida no tempo. Com traços já gastos mas indeléveis. Uma identidade que parecia recuperada mas acabou por se deixar levar pela loucura.

O quadro não está perdido. Não irremediavelmente. O restauro continuará. Não sabemos quanto será necessário retroceder para que volte ao plano exigido mas voltará. 

Assim todos o queiramos e façamos por isso. Exige-se dignidade e respeito por quem pintou a mais linda tela de Portugal e do Mundo; o Sporting Clube de Portugal.

SCP..png 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Destaques do fim-de-semana

SENIORES MASCULINOS SÃO TRI-CAMPEÕES NACIONAIS DE JUDO POR EQUIPAS (SÉTIMO TÍTULO NOS ÚLTIMOS OITO ANOS)

Foto de Anri Egutidze.

 

ATLETAS DO SPORTING SOBEM AO PÓDIO UMA DEZENA DE VEZES NAS SUPER-FINAIS (TRAMPOLINS) DE GINÁSTICA

Foto de Sporting Olympics - Gabinete Olímpico do Sporting Clube de Portugal.

DIOGO ABREU e DIOGO GANHINHO campeões nacionais elite, em trampolim sincronizado
DIOGO ABREU campeão nacional elite, em trampolim individual
ANDRÉ NUNES vice-campeão nacional sénior, em trampolim individual
RAFAEL DOMINGUES vice-campeão nacional elite, em duplo mini trampolim (DMT)
INÊS MARTINS vice-campeã nacional elite, em DMT
MIGUEL MAGALHÃES e DUARTE FERNANDES 3º lugar em trampolim sincronizado - elite
BRUNA LI e TATIANA LI 3º lugar em trampolim sincronizado - elite
JOÃO DUARTE campeão nacional juniores elite, em trampolim sincronizado
BRUNA LI 3º lugar sénior, em DMT
DIOGO MARTINS e AFONSO FERNANDES campeões nacionais seniores, em trampolim sincronizado

 

EVELISE VEIGA E EDUJOSE LIMA CONQUISTAM TRÊS MEDALHAS NOS CAMPEONATOS DO MEDITERRÂNEO, EM ATLETISMO

Veiga Lima.png

EVELISE VEIGA (Medalha de ouro no salto em comprimento e Medalha de prata no triplo-salto)
EDUJOSE LIMA (Medalha de bronze no lançamento do disco)

 

INICIADOS SÃO CAMPEÕES NACIONAIS DE FUTEBOL

Image result for sporting campeão iniciados

 

JUVENIS SÃO BI-CAMPEÕES NACIONAIS DE FUTSAL (6º TÍTULO NACIONAL CONSECUTIVO, A CONTAR COM AS 4 TAÇAS NACIONAIS ENTRE 2013 E 2016)

Foto de Sporting Clube de Portugal - Futsal.

 

CADETES FEMININAS SÃO CAMPEÃS NACIONAIS DE JUDO, POR EQUIPAS

Foto de Judo Sporting Clube de Portugal.

 

SUB-14 MASCULINOS VENCEM A TAÇA DISTRITAL DE BASQUETEBOL

Foto de Sporting Clube de Portugal - Basquetebol.

 

TRÊS PÓDIOS NOS NACIONAIS INDIVIDUAIS DE JUDO, EM CADETES

Foto de Judo Sporting Clube de Portugal.

NINI VARZDUKASHVILI (-63kg) - Medalha de Prata
EDUARDO SIMONETTA (-60kg) - Medalha de Bronze
MARIA VITÓRIA (-44kg) - Medalha de Prata

 

LUÍS COSTA SOBE DUAS VEZES AO PÓDIO NA SUIÇA, EM PROVAS C1 DA UCI (2º NO CONTRA-RELÓGIO INDIVIDUAL E 3º NA PROVA EM LINHA, EM H5)

Foto de Luis Costa - Paraciclista.

 

DIOGO RIBEIRO VENCE PROVA DE CICLISMO - JUNIORES - DO LVIII CIRCUITO SAN ANTONIO DE BOLLULLOS PAR DEL CONDADO, EM HUELVA (ESPANHA)

 

SALOMÉ AFONSO BATE O SEU RECORDE PESSOAL DOS 800M, NO MEETING IBEROAMERICANO DE ATLETISMO, EM HUELVA (ESPANHA)

Salomé Afonso.png

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil