Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

O que andam eles a fazer? (Rescaldo final)

JEFFERSON (Sp. Braga) - 1988-07-05 (29 anos) - Defesa Esquerdo

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 45M€

Jefferson aproveitou bem as oportunidades que teve no Braga e após um início de época em que foi suplente de Sequeira, agarrou o lugar na sequência de lesão grave do lateral vindo do Nacional da Madeira.
O brasileiro conseguiu, após um início algo intermitente, atingir um patamar exibicional que fez lembrar aquilo que já havia mostrado no Estoril e sobretudo na primeira temporada em Alvalade.
Fez, indiscutivelmente, uma das melhores épocas da carreira, que terminou com 12 passes para golo (fonte: transfermarkt).
Estatisticamente, teve um WhoScored rating que o coloca no top 3 entre os laterais da Liga NOS, se excluirmos jogadores como Battaglia, Acuña ou Ricardo Esgaio, que ocuparam a posição pontualmente. A pontuação obtida (7.36) deixa-o apenas atrás de Alex Telles e Ricardo Pereira, ambos do FC Porto.
Em termos de mercado, Jefferson terá valorizado e chamado novamente a atenção de outros clubes. É natural que o Sporting procure reintegrá-lo (tem contrato até junho de 2020) ou vendê-lo, aproveitando a valorização recente.
Na minha opinião, devemos aproveitar para vender o jogador por um valor entre os 3/5 milhões de euros, valor justo e que nos permitiria atacar o mercado por uma solução que faça companhia a Lumor, por agora, o único lateral esquerdo do plantel.
Melhores Momentos

Jogos - 39

Minutos - 3540

Golos - 0

Assistências - 12

Classificação - 4º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

MAMA BALDÉ (Desp. Aves) - 1995-11-06 (22 anos) - Defesa Direito

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 45M€

Mama Baldé chegou à Vila das Aves já com a pré época a decorrer. Visto como opção para a lateral direita, fruto da adaptação bem sucedida na equipa B leonina, preconizada por João de Deus. Baldé enfrentou inicialmente as dificuldades de apanhar o comboio em andamento, em conjunto com a preparação da primeira jornada do campeonato, na qual não poderia jogar devido às regras dos jogadores emprestados (o Aves estreou-se com o Sporting, no campeonato). 
Fez quatro jogos consecutivos como lateral titular, entre a quinta e a oitava jornada mas a saída precoce de Ricardo Soares do comando técnico travou a sua evolução na equipa. Chegou Lito Vidigal que apostou em Pedrinho para a lateral direita e só dois meses depois deu uma oportunidade ao jovem emprestado pelo Sporting, que apenas cumpriu um jogo como titular no campeonato, sob ordens do angolano, que haveria de sair à 19ª jornada. Aí foi a vez de José Mota assumir as rédeas dos avenses e não mais Baldé foi opção para o sector defensivo, fixando-se como extremo e fazendo os melhores jogos da temporada. Não foi sempre titular mas foi quase sempre aposta do experiente treinador que viria a guiar o Aves à final da Taça de Portugal, onde derrotaram o Sporting.
Apresentou números interessantes, quer como defesa, quer em posições mais adiantadas (WhoScored rating) e terá atingido o seu pico de valorização (fonte: transfermarkt).
Mama Baldé é um jogador interessante, com atributos físicos impressionantes. Tem um contrato de longa duração mas o seu futuro dificilmente passará pelo Sporting. Será para emprestar e vender oportunamente, após uma época mais regular e em que se destaque mais.

Jogos - 17

Minutos - 1066

Golos - 3

Assistências - 2

Classificação - 13º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Vencedor da Taça de Portugal

* * *

RYAN GAULD (Desp. Aves) - 1995-12-16 (22 anos) - Médio Centro / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

Ryan Gauld era uma das maiores esperanças para esta temporada, entre os jogadores emprestados. Acabou por fazer um percurso mais ou menos inverso ao de Mama Baldé. Foi aposta consistente (mesmo que na maior parte das vezes a partir do banco) de Ricardo Soares e Lito mas perdeu espaço com a chegada de José Mota.
Ainda assim, o seu rendimento em campo nunca pareceu bater certo com as oportunidades que advinham de cada intervenção do jovem escocês.
Por norma apresentou bom rendimento, foi peça importante na chegada da equipa às meias-finais da taça de Portugal mas não voltou a ser opção nas derradeiras etapas da prova.
Fica um amargo de boca por não ver aquilo que se esperava mas Gauld não me parece o maior culpado de uma época em que não jogou tanto quanto se esperava. A maior desilusão será mesmo do próprio mesmo que, ainda assim, nunca tenha parecido frustrado ou desmotivado nas parcas oportunidades que teve neste final de época.
Atingiu o valor de mercado mais baixo desde 2014 (fonte: transfermarkt) e impõe-se um bom 2018/19 se queremos recuperar o jogador ou o dinheiro.
Não apresentou estatísticas por aí além (WhoScored rating) mas com uma média de 33 minutos por jogo, apenas 5 jogos como titular no campeonato e 7 encontros onde jogou menos de 10 minutos, não seria fácil fazer mais. Há que considerar também que teve um ou dois problemas físicos que atrapalharam a sua afirmação. Ainda assim, teve um dos melhores rácios da Liga em passes para ocasião por cada 90 minutos (3.2/90min).
Espero que acertemos de vez com um empréstimo (integrar os sub-23 não me parece a melhor opção) e o possamos fazer regressar como reforço em janeiro. Seria um óptimo sinal.
Fiquem com a forma como, na Escócia, vêem o desenvolvimento da carreira de um dos maiores talentos dos últimos anos (link).

Jogos - 23

Minutos - 756

Golos - 1

Assistências - 2

Classificação - 13º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Vencedor da Taça de Portugal

* * *

DOMINGOS DUARTE (Desp. Chaves) - 1995-03-10 (23 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 45M€

Domingos Duarte não é o tipo de defesa exuberante. Não dá muito nas vistas mas é tremendamente eficaz. Fez uma época de grande nível, apoiada numa ideia de jogo que encaixa que nem uma luva nas suas características. Foi um dos 10 defesas centrais da Liga com mais tentativas de passe (1358), parâmetro no qual apresentou uma eficácia global de 86% (92% no passe curto e 58% no passe longo) - superior a Coates e apenas a dois pontos percentuais de Mathieu.
Também nos roubos de bola o jogador emprestado pelo Sporting ao Chaves se destacou, aparecendo em 9º lugar entre os colegas de sector com mais desarmes.
Mas há coisas que a estatística e o WhoScored rating não mostram, como o seu espírito de liderança e a tranquilidade que transfere para todo o sector defensivo. Domingos Duarte assumiu-se como uma das vozes de comando dos flavienses, mostrando que a maturidade e experiência estão ligeiramente acima da idade que apresenta.
Aos 23 anos, parece-me pronto para ser opção para o Sporting. Tem mais 4 anos de contrato e está mais valorizado que nunca (fonte: transfermarkt). Eu teria dispensado a contratação de Marcelo ao Rio Ave e apostaria em Domingos Duarte como opção para o eixo da defesa mas certamente o jovem português terá oportunidade para mostrar o que vale na pré-época.
Análise Táctica

Jogos - 32

Minutos - 2857

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 6º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

MATHEUS PEREIRA (Desp. Chaves) - 1996-05-05 (22 anos) - Extremo Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 60M€

A época não começou "famosa" para Matheus Pereira. Teve uma primeira metade difícil, onde pairou alguma desilusão sobre as suas prestações. Apenas dois golos e uma assistência até janeiro fizeram com que muitos adeptos, em Chaves, questionassem a sua qualidade e utilidade.
No final de novembro a exibição (com um golo) frente ao Belenenses atirou para trás das costas os fantasmas que pareciam começar a cair sobre o brasileiro.
Deixou de andar entre o onze e o banco e cimentou-se como titular indiscutível. A partir daí foi sempre a subir, tendo acabado a época como o jogador mais influente na manobra ofensiva dos flavienses e aquele a quem todos recorriam na hora de resolver os problemas ofensivos.
Acabou a época como um dos melhores marcadores e assistentes da equipa e com o mais elevado WhoScored rating, afirmando-se ainda como um dos melhores extremos da Liga, na sua época de estreia. Perdeu apenas para Brahimi na pontuação estatística e foi um dos elementos ofensivos (entre médios ala, extremos e médios ofensivos) com mais passes para ocasião da Liga (52, apenas atrás de Nakajima, Cervi e Raphinha) e dribles bem sucedidos (76, atrás de Brahimi e Gelson). Aos olhos do Mundo, Matheus deixou de ser um desconhecido e acredito que na próxima actualização de valor de mercado (em julho - fonte: transfermarkt) o seu valor venha revisto em alta.
Os 4 golos e 2 assistências nos últimos 4 jogos da Liga impressionam e, aqui, não há qualquer dúvida: Matheus tem de fazer parte do plantel do Sporting em 2018/19.
Melhores Momentos

Jogos - 30

Minutos - 2397

Golos - 8

Assistências - 5

Classificação - 6º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

LEONARDO RUIZ (Boavista) - 1996-04-18 (22 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 60M€

Não era dos que tinha grandes esperanças em Leonardo Ruiz. A época começou sob o comando de Daniel Ramos, que ofereceu a Ruiz a titularidade nos três primeiros jogos da época. As três derrotas, um penalti falhado nos descontos, na recepção ao Rio Ave, e a fraca produção ofensiva da equipa rapidamente o retiraram do onze e, daí para a frente, poucas foram as oportunidades para jogar a titular de que dispôs. Perdeu algum espaço com a chegada de Jorge Simão e as movimentações do mercado de janeiro.
Sempre que chamado, pouco mais deixou em campo do que uma imagem de um jogador esforçado, que marcou um golo em 1000 minutos de futebol. O WhoScored rating prova o fraco rendimento e a valorização não aconteceu (fonte: transfermarkt).
Acabará por reforçar a equipa sub-23 ou um outro projecto, novamente por empréstimo. Eu emprestava-o com uma opção de compra convidativa.

Jogos - 21

Minutos - 1017

Golos - 1

Assistências - 1

Classificação - 8º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

FRANCISCO GERALDES (Rio Ave) - 1995-04-18 (23 anos) - Médio Centro / Ofensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

Depois de meia época (interrompida com um regresso precipitado, em janeiro) em Moreira de Cónegos, era esperado que Chico desse continuidade aos bons momentos passados no Minho.
Com um bom treinador e uma ideia de jogo que beneficiava o seu estilo de jogo, Geraldes não teve problemas em se adaptar e se impor. 
33 dos 28 jogos disputados foram como titular, em quase 3000 minutos de utilização, com 4 golos e 11 assistências (fonte: transfermarkt). Uma época de grande nível a que a estatística não consegue fazer juz (WhoScored rating). Ofensivamente, Chico faz tudo com qualidade. Talvez falte crescer um pouco no capítulo do posicionamento defensivo, já que nunca será muito forte nos duelos, devido à sua fisionomia.
Vejo-lhe apontado um defeito com demasiada frequência que, na minha opinião não se trata de um problema. Erra muitos passes, diz-se. A percentagem de eficácia de 76% não é fantástica mas é fruto, sobretudo do risco constante do seu jogo. Chico nem sempre procura a solução mais óbvia e vejo-o frequentemente a pensar "fora da caixa". O insucesso de algumas das suas acções ofensivas prende-se com a incapacidade dos colegas em acompanhar a sua criatividade. Sendo um defeito (de enquadramento), não deixa de ser uma qualidade que pode ser valorizada noutro contexto, com colegas mais evoluídos a esse nível.
Fez meia época no plantel do Sporting, sem qualquer intenção de o utilizarmos e isso deixou-me fulo. Espero que, para o ano, seja aposta forte da nossa parte. Geraldes vale agora mais do dobro do que valia há dois anos. Uma boa época no Sporting poderá fazer com que passe a valer dez vezes mais.
Melhores Momentos

Jogos - 38

Minutos - 2935

Golos - 4

Assistências - 11

Classificação - 5º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

GELSON DALA (Rio Ave) - 1996-07-13 (21 anos) - Avançado / Ponta de Lança

Contrato (Junho 2019  + 3 épocas opção) Cl. Rescisão 60M€

Um golo e uma assistência (fonte: transfermarkt) em seis jogos, alguns problemas físicos e menos utilização do que eu esperava, sobretudo tendo em conta que Guedes era a opção principal para a frente de ataque.
Não vou mentir; achava que Dala pegaria de estaca no Rio Ave. Pela sua qualidade individual e poder de finalização. Entrou com o gás todo, a manter o Rio Ave na luta pela Taça (marcou, mas acabariam por "cair" nos penaltis, frente ao Aves) mas não deu continuidade a esse bom momento.
Foi sempre suplente utilizado e raramente passou a fasquia de um agitador que precisava de mais tempo de jogo. Não fez um único remate nos cinco jogos em que foi utilizado na Liga NOS e fica a ideia que podia ter sido melhor aproveitado por Miguel Cardoso. Posto isto, o WhoScored rating não podia ser famoso. Manteve a valorização intacta e deve voltar a ser emprestado na próxima época. 
Na minha opinião, dependendo das entradas e saídas, pode até vir a ser útil como opção no plantel do Sporting mas é inegável que precisa de jogar para se afirmar.
Golo ao Aves

Jogos - 6

Minutos - 140

Golos - 1

Assistências - 0

Classificação - 5º na Liga NOS / Eliminado da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

ANDRÉ GERALDES (Belenenses) - 1991-05-02 (27 anos) - Defesa Esquerdo / Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

André Geraldes chegou tarde ao Restelo mas pegou de estaca no onze de Domingos Paciência. No seu estilo, cumpriu sempre sem dar nas vistas. Não é um jogador que se destaque por mais do que a sua fiabilidade. Não faz nada de forma extraordinária mas também não compromete. Perdeu espaço com a entrada de Silas no comando técnico dos azuis e passou a opção esporádica.
Estatisticamente, não se destacou em nenhum dado específico (WhoScored rating) e tem hoje um valor de mercado (fonte: transfermarkt) inferior àquele que tinha quando se vinculou ao clube. A entrar no último ano de contrato, está na hora de vender, tentar a desvinculação ou simplesmente voltar a emprestar. Nunca nos será útil.

Jogos - 26

Minutos - 1814

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 12º na Liga NOS / 2º na fase de grupos da Taça CTT / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

HÉLDON (Vitória SC) - 1988-11-14 (29 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Héldon saiu para o Vitória SC nos últimos dias do mercado de verão e não tardou a ganhar o seu espaço. Pedro Martins sempre confiou nele, dando-lhe lugar em qualquer das alas e até mesmo como referência ofensiva, gozando de mais liberdade e amplitude de movimentos.
Mostrou-se mais decisivo na primeira metade da época do que na segunda, talvez fruto da instabilidade da própria equipa, que se foi eclipsando com o passar dos meses e o esfumar dos objectivos traçados no início da época. 
Pedro Martins haveria mesmo de deixar vaga a cadeira de treinador, que viria a ser ocupada por José Peseiro. Héldon continuou a ser uma peça importante do "puzzle" e foi apresentando, aqui e ali, algum rendimento, mesmo que não consubstanciado em golos e assistências.
Concretizou um número de passes para ocasião interessante (32), não muito longe do top 10 da Liga, entre posições semelhantes à que ocupa em campo, sendo que tem uma particularidade interessante para a posição que ocupa e os dribles que tenta; perde poucas bolas (WhoScored rating).
A um ano do final do contrato e valorizado num valor aproximado ao que pagámos por ele há quatro anos (fonte: transfermarkt), está na hora de vender e recuperar parte do investimento. O Vitória SC tinha opção de compra na ordem do milhão de euros.

Jogos - 37

Minutos - 2580

Golos - 6

Assistências - 11

Classificação - 9º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

MATTHEUS OLIVEIRA (Vitória SC) - 1994-07-07 (23 anos) - Médio Ofensivo

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 60M€

Mattheus chegou a Guimarães na última semana do mês de janeiro, para reforçar a zona intermediária. Revelou-se um jogador muito útil, tanto para Pedro Martins como para José Peseiro, tendo sido titular em todos os 14 encontros em que esteve disponível.
Fez três assistências para golo e revelou sempre apetência para a marcação de bolas paradas. A falta de intensidade foi sempre compensada com um bom posicionamento que lhe permitiu ser eficaz nos processos defensivos, estando sempre preparado para ajudar ofensivamente, com preponderância no o ataque posicional e nos lançamentos longos, onde revelou uma eficácia de 66% (WhoScored ratings).
Foi, sobretudo, meia época para ganhar minutos, jogar e não desvalorizar (fonte: transfermarkt).
Admito que possa fazer parte do plantel da próxima época mas sempre com a premissa que será um elemento de cobertura, para dar profundidade ao plantel. Não sendo nunca um elemento fundamental, optaria pela sua saída, por empréstimo, com opção de compra.

Jogos - 13

Minutos - 1115

Golos - 0

Assistências - 3

Classificação - 9º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

WALLYSON MALLMANN (Vitória FC) - 1994-02-16 (24 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

A ida de Wallyson para o Vitória FC ficou decidida no último dia do mercado de janeiro. José Couceiro preocupou-se inicialmente em perceber a condição física do brasileiro, dando-lhe apenas tempo de jogo residual. Depois de algum tempo em que jogou pouco, apareceu a jogar de forma regular no mês de abril, com bons indicadores.
Wallyson é um caso especial. O longo período de lesão e as complicações da mesma fizeram com que me contentasse em saber que pode ainda ter condições para jogar futebol.
Com três anos de contrato mas sem capacidade para apanhar, no imediato, o comboio do Sporting, espero que o emprestemos a um clube onde possa jogar a um nível mais elevado, de preferência com competições europeias, com vista a uma futura venda ou eventual recuperação do jogador.
WhoScored rating / Valor de Mercado

Jogos - 6

Minutos - 380

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 14º na Liga NOS / Finalista da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

PEDRO EMPIS (Académica) - 1997-02-01 (21 anos) - Defesa Esquerdo / Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Época de altos e baixos para a Briosa, com alguma instabilidade provocada pelas mudanças no comando técnico. Ivo Vieira poucas oportunidades lhe deu e o jovem jogador do Sporting encontrou em Ricardo Soares (substituto do anterior treinador, que saiu para o Estoril) alguém disposto a deixá-lo lutar pelo lugar. Nunca se demonstrou inferior a Nélson Pedroso, opção prioritária para a lateral esquerda, mas sofreu com o maior estatuto do oponente, que era um dos capitães de equipa e peça importante na marcação de bolas paradas da equipa.
Com a entrada de Quim Machado para o lugar de Ricardo Soares, voltou a perder espaço e somou apenas 45 minutos em 270 possíveis.
Apesar de tudo, Empis deixou boa imagem entre os adeptos da Académica que, na grande maioria reclamou mais oportunidades para o jovem lateral. Valeu pela experiência, a primeira enquanto sénior, fora da Academia e espera-se agora para ver se fará parte do projecto sub-23, se integrará outra equipa por empréstimo ou sairá em definitivo, visto estar a um ano do final do contrato.
Valor de Mercado / Melhores Momentos

Jogos - 12

Minutos - 733

Golos - 0

Assistências - 1

Classificação - 4º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

RICARDO GUIMARÃES "GUIMA" (Académica) - 1995-11-14 (22 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019)

Apesar de jovem, Guima tem experiência na 2ª Liga. Integrou-se bem em Coimbra e teve um rendimento razoável e relativamente consistente ao longo da temporada. Teve a sua melhor fase (onde marcou um golo e assistiu para outro) no início do ano civil, entre janeiro e fevereiro mas foi-se notando o desgaste físico e mental da luta pela subida e dos vários desaires. Mostrou-se mais apagado no final da época e regressará a Alcochete sem que a Académica tenha regressado ao primeiro escalão.
Com apenas um ano de contrato, o ideal é que se trate de uma saída em definitivo.
Valor de Mercado

Jogos - 35

Minutos - 2396

Golos - 1

Assistências - 2

Classificação - 4º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

FABRICE FOKOBO (Real SC) - 1994-01-25 (24 anos) - Defesa Central / Médio Defensivo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Num Real que cedo se afundou na tabela classificativa (6 derrotas nos primeiros 10 jogos) e verdadeiro interesse era ver se Fokobo conseguira ultrapassar dois anos repletos de problemas físicos. Foi utilizado em 20 dos 40 jogos da temporada, tendo falhado uns por lesão e outros por opção.
O Real acabou mesmo por descer de divisão, em último lugar e Fokobo, a um ano do final do contrato fica dependente daquilo que a sua empresária lhe arranje. No Sporting parece-me certo que não ficará.
Valor de Mercado

Jogos - 20

Minutos - 1679

Golos - 0

Assistências - 1

Classificação - 20º na Ledman LigaPro / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

LUÍS ELÓI (Sintrense) - 1996-03-10 (22 anos) - Extremo Esquerdo / Direito

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 45M€

Luís Elói era um dos maiores talentos de uma das gerações de juniores com menos talento de que me lembro. Apesar de cedo se ter percebido que o seu futuro não passaria pelo Sporting, não quer isso dizer que não se faça carreira. 
Num ano muito difícil em Sintra, Elói fez pela vida e foi, sem dúvida, um dos elementos em maior destaque da sua equipa. 
Importa dizer que a equipa tinha aspirações à subida mas acabou a época a assegurar a manutenção na recta da meta, depois de ter conhecido quatro treinadores.
Elói acabou como o melhor marcador do Sintrense e, aos 22 anos, aguarda agora para saber o que o espera no futuro. Há a hipótese de integrar a equipa sub-23 mas acredito mais num novo empréstimo ou numa saída em definitivo.
Valor de Mercado

Jogos - 25

Minutos - 1446

Golos - 5

Assistências - 0

Classificação - 10º na Série D do Campeonato de Portugal / Eliminado do Torneio de Abertura da AFL / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

JEFFERSON ENCADA (Olhanense) - 1998-04-17 (20 anos) - Extremo Esquerdo / Direito

Contrato (Junho 2022)

Jefferson Encada fez um grande início de temporada, com três golos nos primeiros quatro jogos disputados. Apresentou-se em grande nível na 4ª eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Benfica, e manteve um bom rendimento no primeiro terço da época.
A goleada sofrida em casa do Farense (4-1) culminou com o despedimento de Bruno Saraiva, que cedeu o seu lugar a Nilton Terroso. No primeiro jogo com o novo treinador, Encada marcou um golo e acabou expulso na derrota frente ao Pinhalnovense.
Os dois jogos de castigo, coincidentes com duas vitórias, relegaram o jogador emprestado pelo Sporting para o banco por um período de três jogos e, daí para a frente, não mais o rendimento foi tão constante e positivo. Fechou a época a ser pouco utilizado e regressará à Academia para integrar certamente os trabalhos da equipa sub-23. Parece-me a melhor opção.

Jogos - 22

Minutos - 1316

Golos - 4

Assistências - 2

Classificação - 3º na Série E do Campeonato de Portugal / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

BRUNO FERNANDES (AD Oliveirense) - 1997-06-30 (20 anos) - Avançado / Ponta de Lança

Contrato (Junho 2021)

Bruno Fernandes preparava-se para um novo começo, depois de duas lesões complicadas, com recuperações prolongadas. Foi aposta do treinador no início da época e bisou na 1ª eliminatória da Taça de Portugal mas o azar voltou a bater à porta e uma nova lesão grave acabou com a sua época quando ainda decorria o mês de outubro. Em 2018/19 teremos um novo recomeço. 

Jogos - 6

Minutos - 346

Golos - 2

Assistências - 0

Classificação - 7º na Série A do Campeonato de Portugal / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

GONÇALO VIEIRA (GDC Montalegre) - 1998-01-31 (20 anos) - Defesa Central

Contrato e Cláusula de Rescisão Descohecidos

Sem espaço na equipa B do Sporting, Gonçalo Vieira chegou a Montalegre no mercado de janeiro mas teve poucos minutos de utilização. Foi titular nos dois últimos jogos da época, numa altura em que os objectivos da equipa estavam já atingidos e não deslumbrou, comprometendo mesmo em alguns lances.
Desconhecendo a situação contratual do jogador, presumo que acabe por sair do Sporting na próxima época. Nem todos podem ficar...

Jogos - 2

Minutos - 43

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 9º na Série A do Campeonato de Portugal / Eliminado da Taça de Portugal

* * *

CARLOS MANÉ (Stuttgart) - 1994-03-11 (24 anos) - Extremo / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

A época começou com Mané a recuperar ainda de uma lesão contraída a meio da época anterior. A recuperação decorreu dentro do tempo e percorrendo as etapas previstas. Semanas depois do regresso ao trabalho integrado com o plantel, Mané voltou a lesionar-se e terminou a época sem qualquer minuto de competição.
2018/19 terá de trazer uma nova vida para o atleta e o Sporting poderá (e deverá) ter um papel importante na sua reabilitação enquanto jogador.
Valor de Mercado

Jogos - 0

Minutos - 0

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 8º na Bundesliga / Eliminado da DFB Pokal

* * *

LUC CASTAIGNOS (Vitesse) - 1992-09-27 (25 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2019 + 2 épocas opção) Cl. Rescisão 60M€

Castaignos teve a oportunidade de jogar num clube que, devido à quantidade de competições que disputava, lhe poderia dar bastantes minutos de jogo. Não foi o que acabou por acontecer, em boa parte porque o jogador emprestado pelo Sporting nunca correspondeu às expectativas, acabando mesmo como um dos ódios de estimação dos adeptos, com os quais teve uma relação tensa.
Acabou com uma média de apenas 35 minutos por jogo e menos de um remate tentado por cada encontro disputado (26, em 35 jogos). O WhoScored rating foi dos mais baixos entre todos os avançados da Liga holandesa e o seu valor de mercado é agora mais de três vezes inferior do que lhe atribuíam aos 18 anos de idade (fonte:transfermarkt).
Com apenas um ano de contrato com o Sporting, o mais certo é que acabe por sair por empréstimo ou em definitivo, mesmo que sem qualquer compensação financeira. Atirámos literalmente mais de 2 milhões de euros ao lixo.

Jogos - 35

Minutos - 1223

Golos - 3

Assistências - 1

Classificação - 6º na Eredivisie (Vencedor do playoff de acesso à Liga Europa) / Derrotado na Supertaça Holandesa / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça da Holanda

* * *

SIMEON SLAVCHEV (Lechia Gdansk) - 1993-09-25 (24 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Nada fazia prever uma época com tantas dificuldades, após o Lechia ter lutado pelo título na temporada passada. Os verdes-e-brancos não conseguiram ficar na metade superior da tabela e foram relegados para a luta pela manutenção, que atingiram com dificuldade, apenas três pontos acima da "linha de água".
Numa temporada onde era suposto que jogassem as provas europeias, tal acabou por não acontecer, pelos mesmos motivos pelos quais o Aves não jogará na Liga Europa em 2018/19.
Slavchev foi sempre uma peça importante da equipa, tendo sido titular em 22 dos 27 jogos que realizou. Não fez uma época tão boa como a anterior mas é, neste momento, um jogador com estatuto no campeonato polaco.
As suas prestações oscilaram bastante, acompanhando o nível geral da equipa, que foi este ano bem abaixo daquilo que os valores existentes no plantel faziam prever.
É de esperar que Slavchev saia em definitivo do Sporting. Caso ninguém esteja disposto a pagar pelo seu passe, acredito que o voltemos a emprestar. Parece que o Lampard da Bulgária não confirmou credenciais.
Valor de Mercado

Jogos - 27

Minutos - 2003

Golos - 1

Assistências - 2

Classificação - 5º na Ekstraklasa - Manutenção / 14º na Ekstraklasa / Eliminado da Taça da Polónia

* * *

IURI MEDEIROS (Genoa) - 1994-07-10 (23 anos) - Extremo / Médio Ofensivo

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 60M€

Sem espaço nas opções de Jorge Jesus, a saída para Itália foi a solução encontrada para Iuri Medeiros prosseguir a carreira. Com um empréstimo até junho de 2019, Iuri não perdeu tempo e mostrou serviço no imediato. Marcou dois golos e fez uma assistência em onze oportunidades, sete delas como titular no centro do terreno, no apoio ao ponta de lança.
Marcou na estreia, dando três pontos ao Génova em período de descontos e caiu de imediato no "goto" dos adeptos, que o comparam a Suso, internacional espanhol do Milan.
Destacou-se sobretudo pela capacidade criativa e terminou a época com uma média de 2.2 passes para ocasião de golo por 90 minutos (WhoScored rating), um número superior a nomes como Callejón ou Dybala.
Medeiros tem tudo para dar certo em Itália e tenho imensa pena que não possamos contar com ele na próxima temporada. Com um valor de mercado cifrado nos 4.5 milhões de euros em fevereiro deste ano (fonte: transfermarkt), os italianos terão uma cláusula de compra a rondar os 10 milhões.
Golo ao Cagliari

Jogos - 11

Minutos - 641

Golos - 2

Assistências - 1

Classificação - 12º na Serie A / Eliminado da Taça de Itália

* * *

JONATHAN SILVA (AS Roma) - 1994-06-29 (23 anos) - Defesa Esquerdo

Contrato (Junho 2022) Cl. Rescisão 45M€

O empréstimo de Jonathan Silva à Roma surge em dezembro mas com a próxima época em equação. Os romanos pagaram 500 mil euros para "observar" Jony, afim de aferir a sua contratação em definitivo mas, a verdade, é que o argentino jogou muito pouco, mesmo com a brilhante carreira na Champions (onde não pôde participar por já o ter feito pelo Sporting), que podia ter aberto espaço para competir na Serie A.
Foi utilizado em dois encontros, um deles como titular e até deu conta do recado mas os ecos vindos de Itália dão conta de um regresso do lateral a Lisboa, não accionando assim a opção de compra.
Com contrato revisto há pouco tempo, acredito que venha a fazer parte do plantel do Sporting, caso se efective o regresso.
WhoScored rating / Valor de Mercado

Jogos - 2

Minutos - 110

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 3º na Serie A / Eliminado da Liga dos Campeões / Eliminado da Taça de Itália

* * *

ALAN RUIZ (Colón) - 1993-08-19 (24 anos) - Médio Ofensivo / Avançado

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

Alan Ruiz regressou a "casa" em janeiro depois de não ter vingado em Alvalade. A sua chegada teve impacto imediato e, nos primeiros encontros, pareceu que nunca tinha saído dali. Apresentou-se confiante, disposto a tomar a iniciativa e com vontade de mostrar que era o mesmo que tinha saído do Colón, há 18 meses. 
Marcou dois golos, fez uma assistência e apresentou o seu estilo de jogo habitual, abusando da longa distância e misturando a técnica individual com as tentativas de servir os companheiros para situações de finalização, sendo pouco interventivo nas acções defensivas.
Perdeu fulgor nos últimos jogos e o Colón acabou por não atingir o principal objectivo, que passava pela qualificação para a Copa Libertadores, assegurando o último dos lugares de acesso à Copa Sudamericana.
Em julho cá teremos novamente Alan Ruiz, sem saber bem o que fazer com ele. Eu vendia-o, mesmo que em saldo.
WhoScored rating / Valor de Mercado

Jogos - 15

Minutos - 953

Golos - 2

Assistências - 1

Classificação - 13º na Primera División / Na 2ª Eliminatória da Copa Sudamericana

 

Tobias Figueiredo e Lukas Spalvis assinaram em definitivo por Nottingham Forest e Kaiserslautern, respectivamente, cessando assima ligação com o Sporting. Tobias rendeu aos cofres do Sporting 2.3 milhões de euros. Spalvis assinou com os alemães após desvinculação do Sporting (que tinha mais dois anos de contrato opcionais mas não os accionou).

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

O Sportinguista

Está alguém a olhar para mim. Sentado, quase em posição fetal, ao canto da sala. Noto que quer falar-me mas tem um ar cansado, desolado, resignado.

Estou tentado a ir falar com ele mas sinto-me tal e qual me parece que ele se sente. Desesperado!

Sei que é Sportinguista pelo mesmo motivo que o leva a olhar-me. Vestir a verde-e-branca e sentir o Rampante passou a ser a única coisa que nos faz lembrar o velho Sporting. O que nos fazia vibrar todos os dias, todo o dia.

 

Voltou a olhar para mim. Não sei se me aproxime. Será que apoia ou é contra? Será que quer que a Assembleia Geral, se está disposto a tudo para que esta não se realize ou se, havendo ou não, nem pondera meter lá os pés?

 

Hoje tudo se resume a isto. Escolher um lado e acusar o outro, sendo que raramente vejo alguém escolher o lado do Sporting.

Onde fica o Sporting no meio disto tudo?

No meio do "não saio", do "não sais a bem, sais a mal", digam-me! ... Onde fica o Sporting?!

 

Estou cansado de guerras, de pessoas sem dignidade, sem coragem e sem respeito por nós. Nós que pagamos quotas, apoiamos, rimos, choramos... Nós que sofremos e exultamos mas que, no fim de cada jogo, nos voltamos a lembrar que continuamos num impasse, entre o "eu" e "tu", enquanto ninguém pensa no Sporting. Nem no Sporting nem em nós.

 

Ganhei coragem e perguntei-lhe como estava? A resposta foi clara, mesmo que só tenha encolhido os ombros. Abracei-o. Disse-lhe que o Sporting não é isto mas que também não passaria a ser só isto. 

"O Sporting não éramos nós?", perguntou-me.

Encolhi os ombros e disse: "Devia ser. Tomara que ainda seja."

 

Quero voltar a viver o meu Clube, voltar a falar dele com orgulho. Discutir tudo, das coisas mais pequenas às mais importantes mas começo a perder esse prazer. Farto de comunicados, ditos, não ditos e desmentidos. Farto de mentiras e manipulação. Cansado de ser instrumentalizado. 

Se o Sporting somos nós, ganhem coragem e devolvam-nos a voz! Parem de nos amarrar! Não tenham medo!

 

Sporting Sempre

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Os maiores destaques do fim-de-semana

ATLETISMO DO SPORTING CP É NOVAMENTE CAMPEÃO DA EUROPA DE CLUBES FEMININO EM PISTA


Foto de Sporting Clube de Portugal.

 

RUGBY FEMININO É BI-CAMPEÃO NACIONAL DE SEVENS

 

Foto de Sporting Rugby.

 

FUTEBOL FEMININO JUNTA TAÇA DE PORTUGAL AO CAMPEONATO E À SUPERTAÇA

 

Foto de Sporting Clube de Portugal - Futebol Feminino.

 

VOLEIBOL FEMININO SAGROU-SE CAMPEÃO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO, NO ANO DE ESTREIA

 

Foto de Federação Portuguesa de Voleibol.

 

O BILHAR TEVE UM FIM-DE-SEMANA VITORIOSO. JOÃO GRILO VENCEU INDIVIDUALMENTE O CAMPEONATO E A TAÇA DE PORTUGAL 

 

Foto de Federação Portuguesa de Bilhar.

 

A EQUIPA DE JUVENIS B SAGROU-SE CAMPEÃ DA DIVISÃO DE HONRA DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA

 

 

INFANTIS FEMININAS VENCEM FESTA DO FUTEBOL FEMININO, DEPOIS DE UMA ÉPOCA DE APRENDIZAGEM ENTRE RAPAZES

 

 

NO FUTSAL, AS INICIADAS FEMININAS JUNTARAM O TORNEIO EXTRAORDINÁRIO À CONQUISTA DO CAMPEONATO DISTRITAL


Foto de Sporting Clube de Portugal - Futsal.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting campeão da Europa de atletismo feminino em pista

O Sporting partia para o dia de hoje a treze pontos da liderança, ocupada pela equipa turca do ENKA (fruto da desqualificação na estafeta de 4x100m).

Duas vitórias nas primeiras duas provas do dia recolocaram o Sporting na luta e acabámos por chegar à prova decisiva em igualdade pontual.

A estafeta de 4x400 metros desfez as dúvidas e fez do Sporting novamente campeão europeu, depois do título em Mersin, há dois anos (no ano passado, por questões políticas e de segurança, a prova não se realizou).

Atletismo 2018.png

 

Vídeo retirado do blog O Artista do Dia

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Um universo paralelo

Foto de Sporting Rugby.

 

As modalidades do Sporting continuam a prosperar e a vencer competições, umas atrás das outras, demonstrando viver num universo paralelo e distante daquele em que habita o futebol profissional.

Modalidades que não dependem de departamentos de comunicação e onde o investimento normalmente aproxima a equipas das vitórias, alicerçado na qualidade dos intervenientes, independentemente do grau de profissionalismo das estruturas.

 

Ontem o Sporting voltou a ser campeão nacional de râguebi feminino, na vertente de sevens, repetindo a conquista da época passada.

Apenas em 24 horas, o nosso judo voltou a mostrar estar ao mais alto nível mundial (Anri Egutidze foi 5º, na China), o atletismo feminino vai lutando (embora em dificuldades) por mais um título europeu, o hóquei em patins venceu na Luz e é líder a duas jornadas do fim do campeonato, o futsal masculino e feminino continuam a sua luta pelos títulos nacionais, o andebol carimbou a presença na final da taça de Portugal e o voleibol feminino está a uma vitória do título nacional da 3ª divisão, no ano de estreia na competição.

Tudo isto apenas ontem e sabendo que o Sporting é já campeão de voleibol, andebol e ténis de mesa masculinos, entre muitos outros títulos nacionais em várias modalidades.

 

Isto prova que o investimento na qualidade e na competência dá frutos e o que difere do futebol é o número de variáveis a ponderar para obter o sucesso.

Acertar agulhas e equilibrar a competência nessas várias áreas será a chave do sucesso no futebol...pelo menos no masculino já que, no feminino, voltámos a ser campeãs nacionais e nos preparamos hoje para disputar, no Jamor, mais uma final da taça de Portugal.

Enquanto isto, no Peso da Régua, o andebol lutará também pela dobradinha e o voleibol estará em Paços de Ferreira para levantar o caneco da 3ª divisão de voleibol feminino.

 

Vamos lá a mais um dia de Sporting. Agenda Leonina para hoje (link).

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Voz aos sócios

A minha vontade é pedir a todos os Sportinguistas que se respeitem neste mês e que, no dia 23 de junho, todos, mas mesmo todos, se apresentem na AG para dar a sua opinião.

Eu sei que ninguém se vai respeitar e isso entristece-me. Sei que vai ser um mês de palhaçada, de informação e contra-informação. De manipulação da nossa opinião. Tentem filtrar da melhor forma que possam ou entendam e votem em consciência. É o futuro do Sporting que está em jogo.

Sejam a favor ou contra a continuidade de Bruno de Carvalho, é importante que todos marquem na agenda a ida à Assembleia Geral Destitutiva. O clima não vai ser o melhor, é certo, mas que ninguém tenha medo de se apresentar para exercer o seu direito, enquanto sócio. 

Lá estarei.

Sporting Sempre!

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Uma competição sem campeão e um título para revalidar

Realizou-se anteontem o sorteio da taça nacional de juvenis em futebol feminino. Uma competição que junta os vencedores dos campeonatos regionais, com vista a encontrar a melhor equipa nacional do escalão.

Estarão representados os campeões das associações do Porto, Viana do Castelo, Vila Real, Braga, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Leiria, Setúbal e Beja. Mas não só...

A competição juntará onze campeões distritais e cinco equipas convidadas, quando no ano passado a competição se circunscreveu a nove equipas (a intenção seria alargar para doze, este ano).

Porque é que isto acontece? Conheçam a história...

 

A equipa de juvenis do Sporting estava a disputar o título de campeão distrital, taco a taco, com o Casa Pia mas o jogo decisivo entre ambas as equipas foi adiado duas vezes e continua sem marcação à vista após um mês.

Tudo isto aconteceu porque o Sporting jogou o jogo da primeira volta, em Pina Manique, sob protesto.

O motivo? 

O Casa Pia incluiu treze jogadoras na ficha de jogo, quando o regulamento só permitia a presença de doze.

O árbitro deu ordens para se jogar e o Sporting, que acabaria por perder 2-0, formalizou o protesto já anunciado antes do encontro, entregando o processo ao gabinete jurídico do Clube.

 

Passado um mês, a Associação de Futebol de Lisboa (AFL) resolveu arquivar o processo por falta de aprovação do dito regulamento em assembleia geral, ficando a regra das doze jogadoras sem efeito, passando a ser permitidas quinze, como acontece nas competições masculinas.

Isto pode parecer preciosismo da nossa parte mas, tendo em conta que sempre se pôde jogar com quinze jogadoras, o Sporting passou toda a temporada a deixar de fora três que poderiam ter jogado mais e evoluído.

Este regulamento havia sido decidido uma semana antes do início das competições, pelo que o Sporting o tomou como válido.

 

Voltando ao jogo em falta, o Sporting tudo fez para o disputar, mesmo sabendo que teria de vencer por três golos de diferença para se sagrar campeão distrital.

Importa realçar que o Casa Pia se alheou de todo o processo, não fazendo qualquer esforço para encerrar um campeonato que poderia ter vencido mesmo que perdesse o jogo que falta disputar.

Neste momento, devido ao calendário já definido da festa do futebol feminino e da taça nacional, o mais provável é que o jogo nunca se realize e não seja atribuído o título de campeão distrital.

 

A solução encontrada pela Federação Portuguesa de Futebol passou por convidar ambas as equipas (Sporting e Casa Pia) a participar na Taça Nacional, estendendo o convite a três equipas das associações de Porto, Braga e Viseu, formando assim quatro grupos em vez de três.

 

Primeira conclusão: há cinco equipas que podem vencer uma competição para a qual não se apuraram;

Segunda conclusão: o Sporting viu-se privado de defender o título distrital alcançado no ano passado;

Terceira conclusão: o Casa Pia preferiu a decisão fácil de ganhar o direito a competir na taça nacional sem ter de disputar um jogo decisivo;

Quarta conclusão: os objectivos desportivos das equipas foram completamente desprezados pela AFL, que chutou para canto uma decisão que se limitava à marcação de um jogo que estava calendarizado e em atraso.

 

Que isto sirva de exemplo e não se volte a passar no futuro (consta que não foi a primeira vez).

Quanto ao Sporting, começará dia 31 a disputar a primeira fase da Taça Nacional e a lutar por revalidar o título alcançado no ano passado.

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Dr. Frederico Varandas é candidato

 

Sportinguistas, Hoje entreguei ao presidente do nosso Clube, Dr. Bruno de Carvalho, uma carta comunicando a minha saída do Departamento Médico da Sporting SAD. Tenho a honra de ter crescido numa família de dedicados sportinguistas e tenho estado ativamente ligado às atividades do Sporting. Sinto e vivo Sporting desde os 3 anos e até hoje, mesmo nos momentos mais críticos da minha vida, como na comissão de serviço militar no Afeganistão, nunca deixei de respirar “Sporting”. Tive com o atual presidente, desde que ele confirmou a minha colaboração ao tomar posse no seu primeiro mandato, a máxima lealdade e revejo-me em grande parte no património material e imaterial que ele deixa ao nosso Clube. Revejo-me na valorização dada às Modalidades, no aumento de exigência e ambição competitiva do Futebol Profissional, na concretização do projeto do Pavilhão João Rocha, na atenção aos Núcleos, na dinamização dos Associados e Adeptos. E revejo-me na capacidade demonstrada nos primeiros anos de presidência de convocar os Sócios a participar na vida do nosso Clube. Infelizmente, os acontecimentos dos últimos meses sublinharam a faceta autocrática e sectária do Dr. Bruno de Carvalho, tornando impossível a minha permanência sob pena de faltar ao meu superior dever de Lealdade para com o Sporting. No momento em que se produzem sucessivos episódios desviantes deste nosso Património comum, faço questão de ficar completamente livre para participar numa solução de governação do SCP que respeite os princípios democráticos, éticos e competitivos que marcam a nossa História. Esta minha demissão não deve, pois, ser vista como um afastamento da Vida do SCP. Constitui, na realidade, um primeiro passo para liderar uma solução de Direção do nosso Clube que seja convergente com o nosso desígnio histórico, respeitando os nossos fins, os nossos valores, a nossa identidade, visando a harmonia entre associados e a projeção ambiciosa no futuro que todos queremos. Viva o Sporting Clube de Portugal.

Uma publicação partilhada por Frederico Varandas (@frederico_varandas) a

 

Coragem e determinação do Dr. Frederico Varandas que, espero, consiga constituir uma lista orientada pelos valores enunciados, com um programa ambicioso e de acordo com aquilo que são os pergaminhos do nosso Clube.

Merecerá da minha parte toda a atenção.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Inácio e o momento actual

Ponto prévio: Bruno de Carvalho não tem, para mim, condições para continuar, muito menos a longo prazo. O histórico de eventos preocupantes é já vasto e nada me garante que estes não se repitam ou até se agravem.

 

Posto isto, admitindo que não se demite e que os sinais passados pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral não me pareceram indicativos de uma tentativa de avançar para a destituição dos órgãos sociais nem para a marcação de eleições antecipadas, a inclusão de Augusto Inácio novamente como parte da estrutura do futebol parece-me um passo positivo no meio do caos que foi este final de época.

 

Naturalmente é uma medida de contenção de danos, de recurso, mas que finalmente afastará Bruno de Carvalho do futebol profissional e o entregará às suas funções institucionais.

Teoricamente é uma boa medida mas só terá efeitos práticos se Augusto Inácio tiver efectivamente poderes e autonomia dentro da estrutura do futebol profissional. 

A sua função imediata passará por juntar os cacos que sobraram desta época desportiva e com eles tentar criar uma base minimamente sólida, que dê para safar a planificação da próxima.

 

O regresso à matriz original do projecto, como diz no comunicado, exige quase um regresso ao passado. Reviver 2013 ajudará a perceber o caminho próspero que se trilhou mas também os erros que se cometeram.

Não tenho grandes esperanças que corrijamos todos mas exige-se bom senso e equilíbrio, se é que Bruno de Carvalho quer efectivamente terminar o mandato para o qual foi legitimado há pouco mais de um ano.

Este será o verdadeiro teste de fogo desta direcção; é urgente devolver a paz ao Sporting.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Resultados do fim-de-semana (outros destaques)

MIGUEL ALVES CONQUISTA MEDALHA DE BRONZE NA TAÇA DA EUROPA DE JUNIORES (CORUÑA, ESPANHA) EM JUDO

 

SETE MEDALHAS DE OURO NO CAMPEONATO NACIONAL DE TRAMPOLIM INDIVIDUAL E SINCRONIZADO

ELITES MASCULINOS EQUIPAS
ELITES FEMININOS EQUIPAS
SENIORES MASCULINOS EQUIPAS
JUVENIS FEMININOS EQUIPAS
INICIADOS FEMININOS EQUIPAS
MATILDE MOURÃO - JUVENIS FEMININOS INDIVIDUAL
CATARINA ANTUNES - INICIDOS FEMININOS INDIVIDUAL

TRÊS APRESENTAÇÕES APURADAS PARA AS APRESENTAÇÕES DE INTERIOR DA GYMNAESTRADA MUNDIAL (GINÁSTICA)

SPORTING CP - Movement through the ages
SPORTING CP - The Colors of Queen
SPORTING CP - High School Musical

 

FILIPA MENDONÇA VENCE OPEN HOSPITAL SANTA MARIA, EM PADEL

 

"RASTAARTUR" VENCEU A TAÇA DE PORTUGAL 1VS1, NO E-SPORTS

 

SPORTING CP LIDERA 6ª PROVA NACIONAL DE CAMPO (TIRO COM ARCO), COM SETE MEDALHAS

OURO: DUARTE FERREIRA (RECURVO CADETES); MARIA JOÃO ZAGALO (RECURVO SENIORES);
PRATA: LILIYA DUBYEY (RECURVO JUNIORES); 
BRONZE: ANTÓNIO FERREIRA (RECURVO VETERANOS); INÊS CUNHA (RECURVO JUNIORES); HENRIQUE RIBEIRO (RECURVO JUNIORES); MARIA PAULA CATITA (RECURVO SENIORES).

 

FREDERICO FIGUEIREDO E ALEXANDER GRIGOREV NO PÓDIO DO GRANDE PRÉMIO ANICOLOR, EM CICLISMO

FREDERICO FIGUEIREDO (M.T)
ALEXANDER GRIGOREV (M.T)

 

FRANCISCO MOURA VENCE AOS PONTOS NA II GALA BELOURA CAR, UMA DAS MAIS IMPORTANTES DO BOXE NACIONAL

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil