Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

A época de futsal do leão

SENIORES

2014/15 - 2º / Vencedores da Supertaça

2015/16 - Campeões Nacionais / Vencedores da Taça de Honra, Taça da Liga e Taça de Portugal

SENIORES FEMININOS

2014/15 - Campeões Distritais / Vencedores da Taça Nacional

2015/16 - 2º no Campeonato Nacional

JUNIORES

2014/15 - Campeões Nacionais

2015/16 - Campeões Nacionais

JUNIORES FEMININOS

2014/15 - 3º no Distrital

2015/16 - 2º no Distrital / 3º na Taça Nacional

JUVENIS

2014/15 - 2º no Distrital / Vencedores da Taça Nacional

2015/16 - Campeões Distritais / Vencedores da Taça Nacional

JUVENIS FEMININOS

2014/15 - 4º

2015/16 - Campeões Distritais

INICIADOS

2014/15 - Campeões Distritais

2015/16 - Campeões Distritais

INFANTIS

2014/15 - 3º

2015/16 - 2º

BENJAMINS

2014/15 - Campeões Distritais

2015/16 - Campeões Distritais

 

Foram 10 títulos em 14 possíveis. Um ano de luxo para o nosso futsal que conseguiu melhorar os resultados da época passada em todos os escalões.

 

Apenas os infantis masculinos e as juniores femininas não venceram qualquer título, tendo os infantis perdido o campeonato distrital pela diferença de golos e as juniores perdido o distrital na 'negra' e a Taça Nacional apenas por 2 pontos.

 

Guardo o destaque especial para o que fez a equipa de Nuno Dias, conquistando todas as competições em que entrou.

 

A menção honrosa vai para todas as equipas femininas do Clube, em especial para a equipa sénior que, em 3 anos atinge o topo do futebol nacional. Depois de vencer a 1ª divisão distrital de Lisboa no 1º ano, em que chegou também aos 1/4 final da taça de Portugal, subiu a fasquia e, no segundo ano, venceu a Divisão de Honra de Lisboa, a Taça Nacional e chegou só caiu na 1/2 final da taça de Portugal. Este ano fomos quem mais luta deu ao Vermoim, na disputa do título nacional, e jogamos duas finais (a da taça de honra e a da taça de Portugal), embora tenhamos perdido ambas. Quanto às juniores e às juvenis, apenas no segundo ano de existência, melhoraram as suas performances, tendo mesmo as juvenis alcançado o título distrital.

 

Será difícil fazer melhor na próxima época mas a secção liderada por Miguel Albuquerque há muito que nos habituou a exigência máxima e cultura de vitória transversal a todos os escalões.

Espera-se o título nunca antes alcançado (depois da presença em várias final-four), a UEFA Futsal Cup e, já agora, a estreia das seniores femininas como campeãs nacionais.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

A época de futebol do leão

SENIORES

2014/15 - 3º (76 pontos) / Vencedor da Taça de Portugal

2015/16 - 2º (86 pontos) / Vencedor da Supertaça

EQUIPA B

2014/15 - 5º (78 pontos)

2015/16 - 10º (65 pontos)

JUNIORES

2014/15 - 2º (27 pontos)

2015/16 - 2º (28 pontos)

JUVENIS

2014/15 - Fora da fase final

2015/16 - Campeões Nacionais (13 pontos)

JUVENIS B

2014/15 - Campeões Distritais (84 pontos)

2015/16 - 2º (71 pontos)

INICIADOS

2014/15 - Campeões Nacionais (15 pontos)

2015/16 - 3º (7 pontos)

INICIADOS B

2014/15 - 2º (78 pontos)

2015/16 - Campeões Distritais (83 pontos)

INICIADOS C

2014/15 - 2º (10 pontos)

2015/16 - 3º (39 pontos)

INFANTIS

2014/15 - Campeões Distritais (83 pontos)

2015/16 - Campeões Distritais (36 pontos)

INFANTIS B

2014/15 - 2º

2015/16 - 5º

BENJAMINS

2014/15 - 2º

2015/16 - 2º

ESCOLAS

2014/15 - 3º

2015/16 - 2º

 

Depois de feito o levantamento global daquilo que foi a época de todos os escalões de formação, diria que nada se alterou de 2014/15 para 2015/16.

Vencemos o mesmo número de títulos nacionais e distritais, embora em escalões etários diferentes do ano passado.

 

Os iniciados, campeões nacionais em 2014/15, passaram o título aos juvenis em 2015/16.

O Sporting venceu apenas um título nacional (juvenis), enquanto que Benfica (seniores e iniciados) e Porto (equipa b e juniores) venceram dois cada um.

 

Nos títulos distritais, foram os iniciados b (sub-14) que receberam dos juvenis (sub-16) o estatuto de campeões, enquanto que os infantis revalidaram o título.

Curioso o facto de apenas o Sporting disputar o campeonato distrital de infantis em futebol de 11 e de 7, enquanto que o Benfica só disputa o de 7 (onde o campeão foi o Belenenses e o Sporting não foi além do 5º lugar, após ter vencido a fase regular na mesma série do Benfica).

 

Nos dois escalões mais baixos, o Benfica domina por completo, mesmo que depois se tenham vindo a verificar vitórias leoninas em importantes torneios nacionais e internacionais (a verdade é que, nestas idades, os 'ovos' ainda são como os kinder - só depois de abertos é que sabemos se a surpresa é boa ou má, e ainda faltam uns anos para abrir estes).

 

As épocas de 2014/15 e 2015/16 equivaleram-se e espera-se, naturalmente, uma melhoria para o ano, de preferência com o título de futebol sénior, que há tanto tempo nos foge.

 

Em jeito de introdução a 2016/17, sinto que temos qualidade para vencer em todos os escalões que competem nos campeonatos nacionais, mas prevejo maiores dificuldades para a equipa B (que terá uma equipa muito jovem mas que será interessante de seguir) e para os juvenis (que embora mantenham alguns dos actuais campeões nacionais, verão subir de escalão uma 'fornada' muito forte do rival que actua no Seixal).

 

Farei hoje e amanhã um resumo idêntico para as restantes modalidades colectivas mais importantes, bem como o respectivo balanço e lançamento da nova época.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal