Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Artistas e Goleadores

Com os campeonatos na sua recta final, é tempo de fazer o devido update relativamente aos nossos melhores marcadores, assistentes e mais influentes das principais modalidades.

Devido ao acesso aos diferentes dados, apenas no futebol, no futsal e no hóquei os dados dos melhores marcadores são relativos a todas as competições (no andebol apenas são contabilizados os golos no campeonato nacional).

O critério das assistências é definido por mim e, por isso, pode diferir de outros sites ou blogs. Apenas no futebol profissional (equipa principal e B) este dado será apresentado.

A influência será apresentada também apenas nas equipas profissionais e foi calculada da seguinte forma: 1 ponto por golo marcado e 0.5 pontos por assistência para golo.

 

MARCADORES, ASSISTENTES E INFLUÊNCIA (EQUIPA PRINCIPAL)

Goleadores A.pngArtistas A.png

Influentes A.png

 

MARCADORES, ASSISTENTES E INFLUÊNCIA (EQUIPA B)

Goleadores B.png

Artistas B.png

Influentes B.png

 

MELHORES MARCADORES (JUNIORES)

Marcadores Juniores.png

 

MELHORES MARCADORES (JUVENIS)

Marcadores Juvenis.png

 

MELHORES MARCADORES (INICIADOS)

RUI REIS - 20 GOLOS

T. GOUVEIA - 15 GOLOS

B. SANTOS - 9 GOLOS

 

MELHORES MARCADORES (FUTSAL)

Marcadores Futsal.png

 

MELHORES MARCADORES (ANDEBOL)

Marcadores Andebol.png

 

MELHORES MARCADORES (HÓQUEI EM PATINS)

Marcadores Hóquei.png

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

 

 

 

 

 

 

Coates mais um ano

O Sporting já prepara atempadamente a próxima temporada e, na semana em que se discute o título, está já garantida a continuidade de Coates por mais uma temporada.

Bruno de Carvalho tinha em mão dois cenários para o mesmo fim. Renovava o empréstimo por mais uma temporada, mantendo a cláusula de opção de compra de 5 milhões de euros ou adquiria já em definitivo o central uruguaio.

Na minha opinião, tomou-se a melhor decisão. O Sporting tem de apresentar um resultado financeiro positivo e, depois da provisão criada para o caso "Doyen", gastar mais 5 milhões nesta fase podiam comprometer o exercício final da época 2015/16.

Além disso, Alan Ruiz e Spalvis parecem estar mesmo contratados e foi feito um investimento considerável em ambos.

Assim, renovou-se o empréstimo, garantindo a continuidade de um dos esteios da defesa e, para o ano, mais desafogados financeiramente, o investimento não pesará tanto nas contas.

Tudo no negócio foi bem delineado. O empréstimo com a continuidade acautelada e a possibilidade de abortar a transferência por três períodos de transferência caso o jogador não correspondesse.

Coates não só correspondeu como 'pegou de estaca' e, assim, está acautelada a sua continuidade de leão ao peito.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal