Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Por cada leão que cair...

Foi quase acidentalmente que há pouco mais de um mês o recordei (LINK)...

Fernando Mendes faleceu hoje.

Mais do que um verdadeiro líder em campo, que em Antuérpia festejou o único título europeu do nosso futebol, Fernando Mendes era, dizem, um excelente condutor de homens.

Foi graças a essa capacidade de liderança que se tornou num dos poucos a festejar um título nacional enquanto treinador e jogador.

Foi enquanto treinador que o relembrei, quando em 79/80 guiou a equipa à conquista do campeonato numa das melhores épocas de sempre, onde o aproveitamento de quase 85% dos pontos faz com que tenha o melhor registo desde 1970.

Será sempre relembrado pelos feitos mas sobretudo pela grande pessoa, que Bruno de Carvalho fez questão de relembrar na sua página de facebook.

Até sempre!

Fernando Mendes.png

«Iuri Medeiros vai ter o mesmo destino de João Mário»

Rafael Martins é o goleador-mor do Moreirense e cliente habitual do pé esquerdo de Iuri Medeiros. Os dois jogadores são responsáveis por grande parte da produção ofensiva da equipa minhota.

Desafiado pelo Maisfutebol a descrever o jovem que atua a seu lado por empréstimo do Sporting, Rafael Martins não faz por menos e atira, sem que a questão tinha sido colocada dessa forma, com outro nome para cima da mesa: João Mário.

O ponta-de-lança brasileiro jogou com João Mário na época 2013/14, no Vitória de Setúbal, e percebeu desde cedo que estava perante um talento de qualidade superior. Aliás, traçou-lhe o destino rapidamente.

«Quando estávamos os dois no Vitória, eu via a enorme qualidade do João Mário e dizia-lhe que seria uma questão de tempo até estar no onze do Sporting. Agora, acredito que o Iuri Medeiros vai ter o mesmo destino.»

Iuri Medeiros destacou-se nos meses de empréstimo ao Arouca e tem subiu de produção camisola do Moreirense. 9 golos na temporada 2015/16, acompanhados por várias assistências.

O jogador nascido nos Açores, há 21 anos, vai fazer a pré-época com o plantel do Sporting e tem boas possibilidades de ficar no plantel às ordens de Jorge Jesus.

Rafael Martins diz que Iuri Medeiros tem caraterísticas únicas, que podem ser extremamente úteis ao Sporting.

«O Iuri é um grande jogador, que em espaços curtos te pode colocar na cara do guarda-redes contrário. Tem um pé esquerdo fabuloso. Acho que o Sporting tem de aproveitar essas caraterísticas rapidamente.»

O máximo goleador do Moreirense salienta a capacidade que o jovem dos quadros leoninos tem para decidir jogos num abrir e fechar de olhos.

«Por vezes parece que está desaparecido no relvado mas é daqueles talentos que em dez minutos resolve um jogo. Penso que ele mudou um pouco a sua forma de estar em campo e nos últimos jogos têm feito ainda melhores exibições.»

 

Palhinha: o touro do meio-campo que é mão de vaca

Iuri Medeiros tem maior protagonismo que o outro jogador cedido pelo Sporting ao Moreirense. De qualquer forma, Jorge Jesus parece ser um grande apreciador de João Palhinha e Miguel Leal aprecia a sua qualidade para ditar leis no setor intermediário.

Não se deixem enganar: o nome Palhinha pode levar os menos atentos a imaginar um jogador diminuto, sem expressão física. Pelo contrário. Com 189 centímetros e 82 quilos, o médio defensivo é sinónimo de força e capacidade de choque.

«O João Palhinha é um jogador alto e muito forte fisicamente. É uma torre, um touro! Tem sido muito importante para nós.»

Mais novo que Iuri Medeiros e a cumprir a primeira época no escalão principal, o jogador de 20 anos pode ver a sua integração no plantel leonino adiada. A pré-época será importante nesse aspeto. E Rafael Martins acredita que tudo não passa de uma questão de tempo.

«O Iuri Medeiros está mais maduro, já vai no segundo empréstimo e penso que está completamente preparado para entrar no plantel do Sporting. Para o João Palhinha é o primeiro empréstimo, não sei o que os responsáveis do clube pretendem, mas tem sido dos mais utilizados aqui e, se não for este ano, acredito que passará por outro empréstimo e irá voltar ao Sporting na época seguinte. Mas para mim a qualidade é clara.»

João Palhinha fez 23 jogos na Liga Portuguesa e adaptou-se com naturalidade ao Moreirense. Aliás, percebe-se que gera empatia no balneário do clube minhoto. Em diálogo com o Maisfutebol, o seu companheiro de equipa revela uma particularidade extremamente curiosa.

«Costumámos brincar com o Palhinha porque ele é muito mão de vaca, como se diz no Brasil. Diz-se forreta aqui, não é? É isso. Se lhe disseres para ir lanchar contigo, ele diz que está com dores de cabeça e que vai direto para casa. É mesmo mão de vaca. Com o Iuri Medeiros não brincámos tanto, ele é mais quieto, fica no seu canto. Mas são dois grandes jogadores.»

O que andam eles a fazer?

ANDRÉ GERALDES (Belenenses) - 1991-05-02 (24 anos) - Lateral Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 33

Minutos - 2925

Golos - 0

Assistências - 1

Classificação - 11º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

HELDON (Rio Ave) - 1988-11-14 (27 anos) - Extremo Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

26/03/2016 (Qual. CAN 2017) - CABO VERDE - Marrocos (0-1) Heldon foi titular mas não teve um jogo feliz. Teve dificuldades em dar criatividade, profundidade e velocidade ao jogo da sua selecção mas os companheiros não ajudaram a que as coisas corressem melhor. Cabo Verde praticou um futebol desgarrado, com poucas trocas de bola de qualidade e perdeu, comprometendo assim o apuramento para a CAN 2017. Jogou 60 minutos e falhou uma das melhores ocasiões do encontro.
Resumo do Jogo

29/03/2016 (Qual. CAN 2017) - Marrocos - CABO VERDE (2-0) Heldon não saiu do banco de suplentes.
Resumo do Jogo

Jogos - 20

Minutos - 1229

Golos - 4

Assistências - 2

Classificação - 6º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

MIGUEL LOPES (Granada) - 1986-12-19 (29 anos) - Defesa Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2018)

Jogos - 23

Minutos - 1710

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 18º na Liga BBVA / Eliminado da Taça do Rey

 * * *

SIMEON SLAVCHEV (Apollon Limassol) - 1993-09-25 (22 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

25/03/2016 (Amigável) - Portugal - BULGÁRIA (0-1) Mesmo não tendo jogado os últimos dois jogos pelo seu clube, Ivaylo Petev não prescindiu de Slavchev na convocatória da selecção. O jogador do Sporting não foi titular mas entrou aos 65 minutos com o intuito de reforçar o trio de meio-campo. Cumpriu defensivamente e ainda revelou um bom pormenor técnico. Acabou por ser substituído já em período de descontos, vítima da impetuosidade e poder físico de Cristiano Ronaldo. Uma cotovelada na zona da nuca e uma queda em que bateu com a cabeça no chão, fizeram com que tenha passado umas horas no hospital de Leiria. Acabou por assinar um termo de responsabilidade, teve alta e seguiu viagem com a equipa.
Resumo do Jogo

29/03/2016 (Amigável) - Macedónia - BULGÁRIA (0-2) Por precaução, Slavchev acabou por não ir a jogo depois do susto em Leiria.

Jogos - 24

Minutos - 1474

Golos - 3

Assistências - 0

Classificação - 3º na A Kategoria / Eliminado na 3ª pré-eliminatória da Liga Europa / Nas meias-finais da Taça do Chipre

 * * *

JOÃO PALHINHA (Moreirense) - 1995-07-09 (20 anos) - Médio defensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 23

Minutos - 1937

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

IURI MEDEIROS (Moreirense) - 1994-07-10 (21 anos) - Extremo Esquerdo/Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

24/03/2016 (Qual. Euro Sub-21 2017) - PORTUGAL - Liechenstein (4-0) Boa exibição de Iuri Medeiros. Titular a jogar em casa (Iuri é natural dos Açores e o jogo realizou-se em S. Miguel), colocado sobre a ala direita, Iuri foi aquilo que sempre tem sido no Moreirense: o principal municiador do ataque. Entre duas assistências, passes de morte para finalizações falhadas (Bruma falhou duas de forma escandalosa) e tentativas de golo, o jogo teve de tudo aquilo que normalmente tem quando está em campo. Saiu aos 66 minutos.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 7/10
Resumo do Jogo

28/03/2016 (Amigável Sel. Olímpica) - PORTUGAL - México (4-0) Mais uma exibição ao seu nível, desta vez no meio, como um verdadeiro '10'. Iuri jogou apenas os primeiros 45 minutos, esteve no lance do 2º golo e quase marcou num remate colocado em arco que por pouco não acertou no alvo.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
Resumo do Jogo

Jogos - 29

Minutos - 2097

Golos - 9

Assistências - 9

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

WALLYSON (Nice) - 1994-02-16 (21 anos) - Médio Centro / Ofensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 17

Minutos - 903

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 3º na Ligue 1 / Eliminado da Taça de França / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

LABYAD (Fulham) - 1993-03-09 (22 anos) - Médio Ofensivo / Extremo

Contrato (Junho 2017) Cl. Rescisão 50M€

Jogos - 2

Minutos - 54

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 21º no Championship / Eliminado da Taça de Inglaterra / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

ROSELL (Vitória SC) - 1992-07-07 (23 anos) - Médio Centro / Defensivo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 4

Minutos - 284

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 10º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Liga Europa

 * * *

JONATHAN SILVA (Boca Juniors) - 1994-06-29 (21 anos) - Defesa / Ala Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 9

Minutos - 810

Golos - 1 

Assistências - 0

Classificação - 8º na Primera División (Grupo B) / 3º na Fase de Grupos da Copa Libertadores

 * * *

LUÍS RIBEIRO (Feirense) - 1992-04-19 (21 anos) - Guarda-Redes

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

Jogos - 9

Minutos - 810

Golos sofridos - 7

Assistências - 0

Classificação - 4º na 2ª Liga / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * * 

SALIM CISSÉ (Vitória FC) - 1992-12-24 (23 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 60M€

Jogos - 6

Minutos - 408

Golos - 1

Assistências - 0

Classificação - 13º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

HADI SACKO (Sochaux) - 1994-03-24 (21 anos) - Extremo Direito / Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

Jogos - 6

Minutos - 437

Golos - 1

Assistências - 1

Classificação - 18º na Ligue 2 / Nas meias-finais da Taça de França / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

JUNYA TANAKA (Kashiwa Reysol) - 1987-07-15 (28 anos) - Avançado / Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 60M€

27/03/2016 (J-League Cup) - KASHIWA REYSOL - Vegalta Sendai (0-1) Tanaka foi titular na frente de ataque, desperdiçou uma das melhores oportunidades do jogo, atirando ao poste, e não conseguiu evitar uma derrota que compromete as aspirações da equipa na Taça. Jogou os 90 minutos.
Resumo do Jogo

Jogos - 5

Minutos - 284

Golos - 2

Assistências - 0

Classificação - 17º na J-League / 5º no Grupo B da J-League Cup

 * * *

SAMBINHA (New England Revolution) - 1992-09-23 (23 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

26/03/2016 (MLS) - New York City - NEW ENGLAND REVOLUTION (1-1) Sambinha estreou-se nas convocatórias mas não saiu do banco de suplentes.
Resumo do Jogo

Jogos - 0

Minutos - 0

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 7º na Conferência Este da MLS / Ainda não participou na MLS Cup

Vitória da união e objectivo alcançado

Para os menos atentos, certamente nem sabem que ontem ocorreu um jogo na Escola Secundária do Lumiar.

Para os menos atentos, o 7º lugar actual não impressionará.

Para os menos atentos pode até ser incompreensível que se festeje efusivamente uma manutenção quando estamos destinados a festejar títulos.

Os menos atentos, passaram ao lado de todas as dificuldades desta equipa ao longo da época.

A equipa feminina de basquetebol garantiu ontem a manutenção na Liga feminina e mantêm viva a esperança de marcar presença nos playoff.

Com uma jornada por jogar, e depois de uma temporada onde 'perdemos' jogadoras em plena pré-época, quase todas por lesão, a maioria delas graves, seguidas de intervenções cirúrgicas e com períodos de recuperação longos, eu diria que se fez o possível.

Podíamos ter feito melhor mas estamos ainda a tempo de terminar em grande.

A primeira metade da temporada foi penosa. As lesões, as saídas da equipa, a dificuldade de integração de algumas jogadoras e até a dificuldade das mesmas em formar um verdadeiro grupo levou à situação limite de mudar algo...o treinador foi o 'sacrificado', os resultados não ajudaram a segurá-lo.

A saída de Luís Abreu do comando técnico dá-se já depois do Clube assumir a modalidade como oficial e nomear Helena Duarte (ex-directora do andebol e pessoa muito experiente) como nova directora da modalidade.

Acabou por ser Inês Faustino, a capitã de equipa, na altura ainda a recuperar de lesão, a unir a equipa e inclusive a liderá-la nos treinos e um par de jogos, isto até à contratação de Ricardo Barata como novo treinador.

Com menos de metade da temporada por jogar, redefinimos objectivos. Lutaríamos pela manutenção, por fazer o melhor possível e formar um verdadeiro grupo com vista à obtenção de resultados e à formação do núcleo duro para a próxima temporada.

Falta talvez um pouco mais de apoio da nossa parte... Nota-se que a equipa cresce com o apoio dos adeptos e os jogos televisionados. Talvez lhes falte um pouco mais de calor humano e, com tudo para jogar na última jornada, em casa, com o actual 3º classificado, podemos almejar ainda a presença no playoff que apurará as 4 equipas que disputarão a final-four.

Ontem foi atingido o objectivo e as palavras de Sara Tavares (atleta ainda lesionada), que ontem comentou o encontro para a Sporting TV, confirmam que o principal está cumprido: temos um grupo unido, coeso, que se entrega e dará tudo pelo Sporting.

Saibamos nós retribuir...porque o Sporting não é só futebol. Força leoas!

O Sporting de Nuno Dias a caminho do seu melhor

Se não estou em erro, esta é a 12ª temporada em que o campeonato nacional de futsal de disputa entre fase regular e playoff.

Nuno Dias mostrou-nos nestes 12 anos a versão mais avassaladora deste Sporting, quando em 2012/13 se estreou pelo Clube.

Bateu o recorde de pontos na fase regular (75) e estabeleceu a maior diferença entre golos marcados e sofridos, tanto na fase regular (111) como no playoff (29). Só perdeu 2 jogos em toda a temporada e trouxe uma nova mentalidade para o Sporting (embora seja impossível ignorar o trabalho fantástico de Paulo Fernandes em 09/10 e 10/11).

Este ano é evidente o crescendo de forma deste Sporting e, não sendo já possível bater o recorde de pontos, podemos alcançar o melhor goal-average de sempre na fase regular e bateremos certamente o melhor registo defensivo de sempre (36 golos sofridos, também no 1º ano de Nuno Dias).

Tenho a certeza que o nosso 'mister' tem estes números em mente e quer fazer o melhor possível, ou seja, 15 pontos em 15 possíveis (73 pontos, a dois do melhor registo), se possível melhorando consideravelmente a diferença entre golos marcados e sofridos que é, neste momento, de 97 golos.

Este ano promete mais uma luta interessante com o Benfica pelo título nacional e o nosso Sporting parece estar a carburar para um final de época fantástico.

Deixo-vos o quadro com os registos das últimas 12 temporadas:

Prestações Futsal.png

Meritocracia ou propaganda

Foi já sem qualquer espanto que se assistiu à estreia de Renato Sanches na selecção nacional. Tem sido frequente esta tentativa de valorizar os poucos talentos nacionais emergentes na equipa do Benfica e, não discutindo o valor do jogador, é discutível a diferença de tratamento para jogadores do Sporting com rendimento ou utilização semelhantes.

O caso de Renato Sanches, de todos, nem é o mais escandaloso. Não podemos ignorar o facto do jogador se ter imposto em definitivo na equipa principal dos encarnados e de ser inclusive uma peça importante no onze.

Mas é fácil identificar aqui um padrão. Nélson Oliveira, Ivan Cavaleiro, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes e Renato Sanches. Por esta ordem os vimos estrear na principal equipa nacional. Todos com um propósito propagandístico de valorização no mercado ou 'justificação' a futuros investidores. Todos incluídos num complot financeiro que tem privilegiado nos últimos anos o Benfica e que conta com a missão propagandística da comunicação social, sobretudo a escrita que, "silenciosamente", vai montando o circo mediático com capas de jornais sucessivas como que na tentativa de justificar estas chamadas.

Ivan Cavaleiro foi vendido por 15M€ (mesmo que sejam dos da treta) depois duas internacionalizações incompreensíveis.

Nélson Oliveira foi convocado sem quase passar pelos sub-21, depois de "meia-dúzia" de jogos em competições secundárias e com um número de golos marcados ridículo para a posição que ocupa.

Nélson Semedo, Gonçalo Guedes e Renato Sanches fazem parte da vaga que tenta vender a ideia de aposta na formação para os lados da Luz (mesmo que Semedo não tenha sido lá formado). Todos foram chamados sem reservas e, nos casos de Semedo e Guedes, sem qualquer motivos que o justificassem.

Semedo não passou por nenhum dos escalões jovens nacionais. Bastou o agenciamento de Jorge Mendes (algo comum a todos estes casos) para lhe valer uma chamada.

Guedes tem quase tantas internacionalizações "A" como pelos sub-21 quando nada provou que justificasse queimar etapas, prova disso, são as poucas internacionalizações sub-21, onde sai maioritariamente do banco.

Renato Sanches foi convocado para justificar o alto valor pelo qual será vendido no final desta época (até porque as coisas estão complicadas em termos de finanças para os lados da Luz) e nem passou ainda pelos sub-21. Diria que estamos em frente de um fora de série...ou talvez não.

Volto a dizer, aceito até a chamada do Renato mas critico o tratamento diferenciado para com os jovens do Sporting na última década.

Vejam quantos jogos e minutos tiveram de fazer os jogadores do Benfica para se estrearem na selecção e a idade com que o fizeram:

Meritocracia vs Propaganda.png

Tal como no Benfica, também o Porto tem apostado muito pouco em jogadores portugueses nos últimos anos e, por isso, são poucos os exemplos de chamadas à selecção. Também aqui há casos paradigmáticos de valorização espontânea. 

Bastou a Licá aparecer no Porto para merecer uma internacionalização. Fenómeno idêntico para Josué, que acumulou 4 presenças na selecção nacional e até deu para Miguel Lopes também ser chamado.

Rúben Neves, fenómeno idêntico a Renato Sanches (ambos com qualidade e potencial imenso), precisou de participar em quase o dobro dos jogos para merecer uma chamada à selecção.

Vejam um quadro idêntico para os jogadores do Porto citados:

Meritocracia vs Propaganda 1.png

Depois, como é lógico, não posso criticar a falta de "renovação" da selecção (como já fiz) e castrar a entrada de todos os jovens só porque estes não jogam no Sporting. Não é isso que pretendo fazer.

Têm é de haver critérios claros. Principalmente qualidade, potencial. minutos e influência nas equipas onde actuam.

Assim sendo, assumo as chamadas de Renato Sanches e Rúben Neves como normais e naturais. Preenchem todos os requisitos e, embora tenham ainda imensos defeitos, não deixam de merecer uma chamada para um particular da selecção, até como forma de integração futura e motivação extra.

Curiosamente, parece que para os jogadores do Sporting há sempre algo mais a provar. E para sustentar esta "teoria" analisemos mais de duas dezenas de casos distintos.

Começo pelos que, embora não tenham justificado uma chamada, não fizeram no Sporting menos do que alguns supracitados nem apresentavam qualidade ou rendimento muito distintos dos mesmos (estes nunca chegaram a estrear-se na selecção):

Meritocracia vs Propaganda 2.png

Claro que podemos também alegar a maior competitividade e qualidade de selecções anteriores, que possam ter dificultado a entrada de algum dos que acabo de mencionar mas, recordo, só reclamo da chamada para um amigável, como foi concedido a outros, ressalvando que nenhum deles terá feito o suficiente para uma chamada.

No entanto, era Abel menos fiável que Miguel Lopes? Que terá faltado a Esgaio (titular em todo o Euro sub-21) para ser ultrapassado por Nélson Semedo? O que não tinha Mané que Cavaleiro mostrava? O que viram em Licá que Wilson não fazia? Comparem o rendimento de Saleiro com o de Nélson Oliveira (embora neste caso a concorrência que enfrentava o jogador do Sporting e os seus fracos atributos nem o considerem como equacionável na altura).

...

Sigo com alguns que são internacionais mas nunca foram chamados enquanto jogaram no Sporting:

Meritocracia vs Propaganda 3.png

Daniel Carriço mereceu amplamente uma chamada enquanto jogador do Sporting e Cristiano Ronaldo, pese embora o imenso talento para a sua posição quando apareceu em 2002/03, só foi chamado imediatamente depois de se transferir para Manchesterem 31 presenças na equipa do Sporting serviram para marcar presença num amigável. Olhem para cima e riam...

A última lista mostra os jogadores que justificadamente se estrearam na selecção enquanto serviam as cores do Sporting e vejam as diferenças:

Meritocracia vs Propaganda 4.png

Só João Mário e William Carvalho foram precoces mas ambos justificaram plenamente a aposta.

João Moutinho e Nani são os casos mais semelhante ao de Renato Sanches ou Rúben Neves, até pelas semelhanças na idade com que se estrearam.

André Martins, André Santos e Paulo Oliveira são casos de afirmação já em idade sub-23, pelo que me parece que as chamadas terão surgido na altura certa.

Tonel chegou ao Sporting mais velho, justificou a chamada, e foi chamado também ele quando foi possível, até porque sempre estivemos bem servidos de defesas centrais.

Todos os restantes casos demonstram jogadores que demoraram demasiado tempo a receber a merecida chamada à equipa que cada vez menos é a de todos nós.

Os casos de Adrien e Cédric são um escândalo. Adrien precisou mesmo de duas convocatórias para se estrear, visto que na 1ª não foi utilizado em ambos os jogos. Miguel Veloso precisou de quase o dobro dos jogos pelo Sporting do que os que Sanches fez pelo Benfica. Yannick era no mínimo idêntico a Licá, Cavaleiro ou Guedes e basta ver as diferenças nos números apresentados. Procurem quanto precisou de jogar Anthony Lopes para se estrear e comparem com Rui Patrício.

Sim, em jeito de conclusão (até porque isto já vai mais longo do que esperava) parece-me óbvio que é mais difícil ser chamado à selecção jogando no Sporting ou não sendo agenciado pelo Mendes.

No país do futebol

Sempre acompanhei as mais importantes competições onde entre a selecção portuguesa, nas várias modalidades.

Não sou especialista em hóquei em patins mas aquela equipa leonina do ano passado fez nascer em mim um gosto especial pela modalidade.

Sempre acompanhei as prestações em campeonatos da Europa e do Mundo e, com muita pena, ainda não consegui ver nenhum dos jogos da nossa selecção na Taça Latina.

Sim, está a decorrer uma competição internacional à qual ninguém liga mas que já foi importantíssima entre o povo, sobretudo por via das transmissões televisivas e da atenção por parte da imprensa.

Hoje passa-se o oposto.

Aqui, no país do futebol, os destaques do dia vão para um jogo que não se venceu, uma "estrela interplanetária" a quem se faz propaganda diária, um guarda-redes búlgaro ou goleadores argelinos.

Sim, ninguém fala de um feito que há 55 anos não se alcançava, muito menos com a categoria e 'limpeza' com que ontem fechámos a conquista de mais uma Taça Latina.

Depois de anteontem termos vencido a Itália por 4-3, foi a vez de, ontem, a Espanha ter sido categoricamente 'despachada' por 5-1. Hoje ainda há um jogo, com a França, o adversário menos 'cotado', mas nem uma derrota nos tirará o título.

Há 55 anos que Portugal não vencia uma Taça Latina disputada fora de Portugal e, em Follonica, é em Português que se vai festejar. Será a 14ª Taça Latina, competição em que Portugal é o máximo vencedor.

Espero que o facto de todos os desportivos terem ignorado a equipa nacional sub-23 de hóquei, onde despontam grandes talentos, seja por estarem a guardar as chamadas de capa para amanhã.

Sem me querer alongar, é também por isto que a modalidade não evolui, não capta mais público nem chama mais à atenção... porque a comunicação social portuguesa, sobretudo a imprensa desportiva, está mais interessada em fazer propaganda em vez de jornalismo, 'jornalixo' em vez de aproximar o público de outras modalidades que não o futebol, algumas delas em que somos muito bem sucedidos.

Parabéns à selecção nacional que, agora bicampeã da Taça Latina, não tenho dúvidas festejará hoje com nova vitória.

Pode ser que assim mereçam alguma tinta.

Entre a vergonha e mais um título Mundial

O dia 26 de Março está marcado pelo mais triste acto eleitoral da nossa história. Não pelo pesar do momento mas sim pela vergonha que o mesmo encerrou.

Há 5 anos, Godinho Lopes era eleito, depois de ter sido anunciado Bruno de Carvalho como vencedor, nas mais controversas eleições da nossa centenária história.

 

Também a 26 de Março, mas de 1994, Fernando Fernandes sagrou-se campeão Mundial de Kickboxing na categoria -76kg, depois de se ter sagrado bicampeão Europeu no ano anterior e de juntar ao título Mundial o Nacional e um Prémio Stromp na categoria Especial Mundial.

Bonjour

Mais uma hora com o Presidente

Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting, marcou hoje presença nas obras do Pavilhão João Rocha para mais um ‘A Hora do Presidente’, desta feita, num sítio especial e simbólico para a Direcção. Ao longo de pouco menos de uma hora, o líder ‘leonino’ abordou diversos temas do quotidiano ‘verde e branco’, nacional e internacional, desde a reestruturação financeira do Clube, à renovação daquela que é a base da equipa de futebol para a próxima época, passando pela morte de Johan Cruijff ou o lançamento do quarto ano de mandato da actual Direcção. No final da entrevista, Bruno de Carvalho anunciou ainda uma surpresa para os Sócios.

 

Três anos de mandato

“Estamos aqui num local que é emblemático e importante e que era um objectivo desta Direcção e de todos os Sportinguistas. Vamos conseguir iniciar o Pavilhão João Rocha neste mandato, vamos conseguir completá-lo e é das coisas mais importantes porque se nota a alegria e o sentimento de realização dos Sportinguistas. É algo que marca a história do Sporting CP, os Sportinguistas e o orgulho que temos em servir o Sporting CP e conseguir esta obra, que daqui a um ano estará pronta. Se olharmos para trás, temos conseguido várias coisas muito importantes para o Clube, começando pela sustentabilidade financeira, muito importante para traçarmos um caminho de crescimento. A restruturação financeira foi um documento, depois é o dia-a-dia a aplicação dos nossos rumos e políticas que vão determinar essa sustentabilidade. Temos a noção clara do que queremos fazer para que a reestruturação funcione e estejamos numa situação de sustentabilidade financeira. Houve necessidade de cortes nas modalidades, infelizmente. Agora, aumentámos, para o ano vamos voltar a aumentar e fizemos coisas como o regresso do hóquei a modalidade oficial, logo com a conquista da Taça CERS, fizemos o mesmo com o ciclismo e estamos a ser a melhor equipa portuguesa em cada prova e demonstramos que quando se arranja parceiros certos e acredita num projecto que vale a pena ficamos na frente. É muito importante porque isso é que é o Sporting e os pergaminhos do CC Tavira, que tem sido um parceiro tremendo”.

“A criação da base do futebol tem sido muito importante, a consolidação dos atletas formados em Alcochete, as renovações, as recuperações de passe. Isso leva os os jogadores a sentirem-se mais confiantes. Planeámos uma equipa para o futuro e já não estamos numa política de deixar sair os activos de qualquer forma e negligenciando os objectivos de ser campeão. Foram três anos muito complicados, mas muito prazerosos, com coisas como estar aqui, olhar e ver a obra feita”.

 

Reestruturação financeira

“Tenho lido algumas pessoas a dizerem que se tem trilhado um caminho mas falta a independência da banca. Explicar que temos uma dívida bancária, muito mais diminuída, mas uma dívida bancária. Isto não significa estar dependente da banca, só que temos de pagar a dívida. Ate já pagamos mais do que estava previsto no acordo porque temos tido resultados e receitas superiores ao que estava previsto. Não temos tido nenhum apoio adicional. Explicar que há vários actos, fizemos uma reestruturação pesada ate 2022, há uma serie de actos que vão ser feitos ao longo do tempo, não significa alteração nenhuma, está tudo planeado. A reestruturação tem mapeamento e cronograma que está a ser cumprido. Algumas pessoas utilizam estes resultados como uma prova de que o Sporting CP precisa de apoio. Não, não precisamos de apoio absolutamente nenhum. É um resultado que reflecte a primeira decisão sobre a Doyen, 14 milhões, um processo que já fizemos recurso e temos toda a esperança de que se faça justiça. E reflecte, e verifiquem com tem sido bem gerida a situação financeira do Sporting CP, a não entrada na Liga dos Campeões, com arbitragens para esquecer. Recuperámos oito milhões desses 12 que não entraram. O Sporting não precisa de nenhum apoio adicional e antes de começarmos a próxima época tudo estará resolvido porque é para isso que cá estamos. O Sporting CP não tem nenhuma dependência da banca”.

“O Sporting CP não está a ficar igual ao que encontrei porque o que temos feito tem sido tudo apresentado. Mas da forma como fomos afastados da Liga dos Campeões, tem de se arranjar soluções e temos arranjado. Temos a Doyen, que vamos recorrer e isto pode inverter-se de um momento para o outro. Éramos os que mais devíamos dos três grandes, agora somos o que menos deve, somos o que mais amortiza a dívida e temos um crescimento de receitas importante”.

 

Jogadores, renovações, equipa de futebol

“O Sporting CP vai manter a base da sua equipa de futebol. Apostamos muito na estabilidade e temos dois objectivos a nível desportivo: voltar a ser campeão de futebol de forma regular e conquistar títulos europeus a nível de Clube, o que já começámos com a Taça CERS. Voltámos a ser campeões nacionais de corta-mato longo masculino e vamos participar na Taça dos Clubes Campeões Europeus. É um objectivo que esta a ser trilhado e o investimento nas modalidades cumpre estes dois objectivos. No futebol, a maior parte dos jogadores com quem renovámos não tinham contratos a acabar. Estamos a passar uma mensagem clara para os atletas de que o Sporting CP conta com eles de forma a conseguirmos títulos de forma regular. Não estamos a renovar e recuperar passe para vender. Queremos estabilizar para poder dar as alegrias que todos nós merecemos. É necessário que o Estádio se estreie a comemorar um título nacional”.

 

Open Day do Pavilhão João Rocha

“Foi um dia muito especial para toda a Direcção e todos os Órgãos Sociais. Nós sabemos o que custa estar a reerguer este Clube e foi um motivo de orgulho e satisfação para todos nós. Foi magnífico, mais de 1.300 pessoas estiveram aqui, num local onde vão comemorar muitos títulos e passar muitas alegrias como se passaram na Nave e ver aquela alegria nos olhos foi a melhor prenda. Vale a pena porque o orgulho dos Sportinguistas está em cima. De repente, o sonho tornou-se realidade. Isto não é uma apresentação bonita numa Assembleia Geral; está aqui, existe e vamos poder estar cá dentro a gritar pelas nossas equipas”.

 

Processos a ex-dirigentes

“Os Sportinguistas ficaram satisfeitos e não vejo aquele sentimento de obscuridade que o Sporting CP vivia, num clima de suspeição constante e acusação constante. O que ficou definido foi que era exigida a auditoria, levou-se a Assembleia Geral. Foi quem quis, falou quem quis a foi aprovado por larga maioria. Os processos estão feitos e nós não escolhemos os prazos legais das coisas. Mas o mais importante é que neste momento está nos tribunais, o local certo para tirar as dúvidas. Demore cinco ou dez anos, saber-se-á se fizeram mal ou não. Não posso aceitar o argumento de que as pessoas pelo processo vão estar sob um foco: as pessoas já estavam, há vinte anos, com esse rótulo no Sporting CP. Vamos dar hipóteses às pessoas de um dia este rótulo terminar, ou para o bem ou para o mal, quando a justiça decidir. Temos de confiar na justiça”.

 

Futebol português

“A juventude que tenho permite-me ter memória elevada e no pouco tempo que tenho para descansar, recordo o que ouvi sobra as campanhas eleitorais, os fundos, os vídeo-árbitros… É engraçado porque o futebol dá uma volta a gostava de relembrar às pessoas que as grandes transformações no Mundo foram sempre feitas de forma abrupta, de um dia para o outro. Se as pessoas virem a história, o importante nunca foi feito aos bocadinhos. E o futebol é igual. Deu-se uma machadada, o futebol mudou e o meu discurso agora é o politicamente correcto que todos usam. É um orgulho ver o ‘NY Times’ entrevistar o Presidente do Sporting CP, a ‘France Football’, a ‘BBC’, o ‘The Guardian’, o ‘World Soccer’. Porque de repente se aperceberam, todos menos Portugal, de que as coisas são assim. E quem luta por princípios e valores é porque os tem e porque é firme no seu raciocínio. O Sporting CP definiu rumos e tarefas como a de acabar com fundos e introduzir novas tecnologias. Porque o Sporting CP é um exemplo claro de que os fundos não resolvem problemas nenhuns”.

 

Base da equipa na próxima época

“Conseguimos fazer renovações extremamente importantes, algumas que ninguém esperaria. O Sporting CP não quer voltar à fase de ganhar uma vez e ter de esperar muitos anos outra vez, não queremos deixar isso para o futuro. Estamos a garantir a base estrutural da equipa para a próxima época e isso é determinante para cumprirmos a promessa que fizemos para deixar o Sporting CP preparado para regularmente vencer e para isso precisa de estabilidade, manter os melhores com sentimento de reconhecimento. O Sporting CP olhava para o produto das Academias e achava que esses eram os jogadores que tinham de ganhar pouco, mas não, têm de ser olhados pelo valor que têm”.

 

Academia e expansão da marca Sporting

“É muito importante termos aberto uma série de Academias. Já temos vários atletas na formação que vêm dessas Academias espalhadas um pouco por todo o lado. As pessoas não têm a real noção da dimensão do Sporting CP e a noção que fisicamente temos mais de 400 núcleos espalhados pelo Mundo todo. Estamos presentes em todos os continentes, no mínimo, há 80 anos de forma sólida e consistente. Filiais que existem e têm força, que praticam desporto. A expansão do Sporting em primeiro lugar está ali. Vou a sítios onde já não iam presidentes há 45 anos. Não sei se há no Mundo um Clube que fisicamente tenha esta implantação ao nível mundial. Estamos a ir ao encontro deles, a expandir as nossas Academias e a voltar a dar-lhes orgulho porque a casa-mãe voltou a olhar para eles e reconheceu a importância que têm”.

 

Falecimento de Johan Cruijff

“O futebol está sempre associado à corrupção, a pessoas que se querem promover e tirar dinheiro. É importante relembrar os bons exemplos e Johan Cruijff era um belíssimo exemplo enquanto pessoa, jogador e treinador. É triste quando pessoas deste importância desaparecem, mas é bom relembrar que o futebol também tem príncipes, boas pessoas, bons exemplos. Temos de começar uma nova era onde as pessoas olhem para nós e voltem a ver um desporto que promove valores, princípios e Johan Cruijff conseguiu passar isso. A morte de Joaquim Campos a nós também nos marcou; era um senhor da arbitragem”.

 

Quarto ano de mandato

Quero acabar o nosso programa eleitoral, mas isso é curto porque das 120 medidas faltam dez ou 12, só temos falhado com a sustentabilidade ecológica. Mas queremos fazê-lo. Queremos continuar este caminho de aposta nas modalidades e de conquista, nacional e europeia, e acho que o vamos conseguir fazer. Queremos cimentar o futebol e criar as condições para sermos campeões. Isso é absolutamente fundamental. Olhamos para o ano que falta com o mesmo olhar do primeiro dia, vontade de fazer mais e melhor, não achar que chega o que fizemos. Queremos fazer muito mais”.

 

Ranking de Sócios

“É fundamental subir mais um patamar. Por isso somos um Clube fantástico, fomos eleitos os melhores adeptos da Europa, entrámos pela primeira vez no Top-10 dos clubes com mais Associados do Mundo, em sétimo lugar. Estamos a 30 mil sócios do quarto lugar e o pódio é uma meta muito importante que todos temos de cumprir. Não podemos ser apenas o clube com mais títulos a nível global nem o terceiro a nível europeu nem um dos que mais forneceu atletas olímpicos, o único com dois melhores do Mundo, uma das melhores Academias do Mundo. Também o temos de ser enquanto Associados e criámos facilidades para isso. É uma meta importantíssima de atingir na próxima época, mais 35 mil sócios pelo menos, para subirmos o nosso ranking que é importante para a nossa imagem mas também porque, desde que entrámos, as quotas vão 100% para as modalidades. Quanto mais Sócios, mais podemos reforçar as modalidades. Façam-se Sócios e os que querem regressar podem fazê-lo de forma gratuita, manter o número e pagar daqui para a frente. A dimensão do Clube e este Pavilhão necessita de mais Sócios”

 

Dá-me a tua camisola

“A partir de agora os Sócios vão começar a contribuir para a camisola alternativa Podem desenhar a sua camisola e fazer as propostas para a época 2017/18”.

 

Fonte: Site Oficial do Sporting Clube de Portugal

Aproveita e deixa a tua marca

Primeiro pensei: "Isto é mais para a malta do design". Mas depois dei por mim, que não percebo nada do assunto, em pulgas por experimentar fazer a minha camisola para o nosso Sporting.

Aventura-te e sê tu próprio a desenhar a nossa 2ª pele.

Se não és sócio, está na hora, pois só os sócios terão este privilégio.

Em que lugar está o Sporting?

 Futebol (Equipa principal).png

O líder abanou mas ainda não foi desta que caiu. Nós não vacilámos e mantemos a distância para a liderança. Depois das selecções, segue-se novo 'assalto' ao 1º lugar.

Futebol (Equipa B).png

Fim-de-semana com mais 3 pontos e goleada que finalmente coloca o goal-average no positivo. O Porto continua líder e o Benfica mantêm-se em zona de despromoção.

Futebol (Juniores).png

Com a qualificação para o Europeu de sub-19 em curso, o campeonato encontra-se ainda parado.

Futebol (Juvenis).png

Também em juvenis o campeonato tem estado parado devido aos compromissos da selecção de sub-17, que também enfrentam a fase de qualificação para o Europeu da categoria.

Futebol (Iniciados).png

Com o apuramento mais do que resolvido, resta uma jornada para cumprir calendário. Venha a fase final onde podemos revalidar o título de campeões nacionais.

Futsal (Seniores).png

Depois da vitória no derby de sábado, o Sporting está agora no 1º lugar com um jogo a menos que o rival. O impressionante registo da equipa de Nuno Dias acumula neste momento mais 6 pontos do que na temporada passada e, para além de líder, acumula os 'títulos' de melhor ataque e melhor defesa da competição.

Futsal (Juniores).png

O empate com o Benfica no passado fim-de-semana mantêm a equipa tranquilamente na liderança desta fase final.

Futsal (Juvenis).png

Na 1ª jornada da Taça Nacional, os campeões distritais não facilitaram e venceram por 9 golos de diferença.

Futsal (Iniciados).png

Na última jornada da fase regular, o Sporting segurou o 1º lugar quer lhe permite jogar o acesso à final distrital com o Belenenses, 4º classificado.

Andebol (Seniores).png

 

No primeiro jogo da meia-final, o Sporting foi ao pavilhão do ABC vencer por um golo de diferença no prolongamento e, assim, pode fechar o apuramento para a final ganhando os dois jogos a disputar em casa. O próximo jogo será já no próximo fim-de-semana.

Andebol (Juniores).png

Início anormal da nossa equipa de juniores na fase final. 2 jogos, 2 derrotas e teremos de correr agora atrás do prejuízo.

Andebol (Juvenis).png

Mais uma vitória e liderança consolidada, aproveitando a derrota do Sismaria (anterior 2º classificado).

Andebol (Iniciados).png

Sporting e Benavente mantêm-se 'de mãos dadas' na liderança. No próximo fim-de-semana há paragem no campeonato.

Hóquei (Seniores).png

A derrota deste fim-de-semana fez com que desperdiçássemos a hipótese de subir na classificação, após a derrota do Barcelos.

Hóquei (Juniores).png

A vitória em Oeiras selou o apuramento para a fase seguinte, ainda com duas jornadas por disputar.

Hóquei (Juvenis).png

O campeonato esteve parado e regressa no próximo fim-de-semana.

Hóquei (Iniciados).png

Tal como o campeonato de juvenis, também o de iniciados parou. 

Hóquei (Infantis).png

Em infantis também não se jogou no fim-de-semana passado e mantêm-se assim tudo na mesma.

Ténis Mesa (Seniores).png

O campeonato manteve-se parado no fim-de-semana em que se disputou o campeonato nacional individual. Diogo Chen não deu hipóteses à concorrência e é o novo campeão nacional. Mais uma mesa-tenista português que se prepara para conquistar a Europa e o Mundo e que, infelizmente, veremos por pouco tempo de leão ao peito.

Ténis Mesa (Seniores Fem).png

Também não se jogou no campeonato nacional feminino.

Polo Aquático (Seniores).png

Com uma jornada por disputar, o Sporting usará o jogo para se preparar para a final-eight da Taça de Portugal. Esta semana é a vez do Sporting folgar, depois do campeonato ter estado parado na semana passada.

Râguebi (Seniores).png

A derrota em Évora nada teve de surpreendente e o Sporting mantêm assim o 9º lugar. O Caldas (10º) perdeu e mantêm-se tudo igual na cauda da tabela.

Basket (Seniores Fem).png

A derrota do passado fim-de-semana com o Boa Viagem pode pôr em risco a presença no playoff. Faltam dois jogos e a tarefa não se adivinha fácil. Segue-se um jogo com um dos líderes (GDESSA).

O que andam eles a fazer?

ANDRÉ GERALDES (Belenenses) - 1991-05-02 (24 anos) - Lateral Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Liga NOS) - Tondela - BELENENSES (2-2) Geraldes está a poucos minutos de atingir os 3 milhares. Voltou a jogar na direita da defesa, cumpriu na 1ª parte e teve mais dificuldades na 2ª, onde o Tondela cresceu e conseguiu o (merecido) empate.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 5/10
(O Jogo) Nota 5/10
(Mais Futebol) Nota 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 33

Minutos - 2925

Golos - 0

Assistências - 1

Classificação - 11º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

HELDON (Rio Ave) - 1988-11-14 (27 anos) - Extremo Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

18/03/2016 (Liga NOS) - RIO AVE - Marítimo (1-0) Heldon voltou à titularidade e jogou sobre a direita do ataque. Foi o mais inspirado na equipa do Rio Ave, a aproveitar também o menor fulgor do veterano Briguel. Boas acções no segundo tempo, a sair sempre bem do um para um. No cruzamento nem sempre acertou, também por culpa da falta de movimentação dos colegas na área insular. Saiu aos 85 minutos.
(Record) Nota 2/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) Nota 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 20

Minutos - 1229

Golos - 4

Assistências - 2

Classificação - 6º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

MIGUEL LOPES (Granada) - 1986-12-19 (29 anos) - Defesa Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2018)

19/03/2016 (Liga BBVA) - GRANADA - Rayo Vallecano (2-2) Miguel Lopes não foi convocado por ter contraído uma lesão muscular que pode afastá-lo dos relvados duas semanas.
Resumo do Jogo

Jogos - 23

Minutos - 1710

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 18º na Liga BBVA / Eliminado da Taça do Rey

 * * *

SIMEON SLAVCHEV (Apollon Limassol) - 1993-09-25 (22 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

19/03/2016 (A Kategoria) - APOLLON LIMASSOL - Anorthosis (4-1) Ainda limitado fisicamente, Slavchev não integrou a convocatória.
Resumo do Jogo

Jogos - 24

Minutos - 1474

Golos - 3

Assistências - 0

Classificação - 3º na A Kategoria / Eliminado na 3ª pré-eliminatória da Liga Europa / Nas meias-finais da Taça do Chipre

 * * *

JOÃO PALHINHA (Moreirense) - 1995-07-09 (20 anos) - Médio defensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Liga NOS) - P. Ferreira - MOREIRENSE (0-0) Como sempre, a disponibilidade de Palhinha foi aquilo que lhe permitiu ter controle total das operações a meio campo. Aos 55' teve nos pés a melhor oportunidade, mas com a baliza escancarada atirou por cima. Jogou os 90 minutos.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 5/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) Nota 4/5
Resumo do Jogo

Jogos - 23

Minutos - 1937

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

IURI MEDEIROS (Moreirense) - 1994-07-10 (21 anos) - Extremo Esquerdo/Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Liga NOS) - P. Ferreira - MOREIRENSE (0-0) Iuri Medeiros foi o maestro de uma equipa bem organizada, mas que falhou na hora de atirar ao golo. Jogou sobre a direita do ataque e sempre a equipa de Moreira de Cónegos criava perigo, ele vinha dos seus pés. Com passes milimétricos, fintas desconcertantes e remates colocados, mostrou que tem andamento para outros palcos. O jogador emprestado pelo Sporting merecia mais neste encontro e acrescentou mais 90' à sua conta pessoal.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) Nota 4/5
Resumo do Jogo

Jogos - 29

Minutos - 2097

Golos - 9

Assistências - 9

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

WALLYSON (Nice) - 1994-02-16 (21 anos) - Médio Centro / Ofensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Ligue 1) - NICE - Ajaccio (3-0) Apesar de convocado, Wallyson não saiu do banco de suplentes.
Resumo do Jogo

Jogos - 17

Minutos - 903

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 3º na Ligue 1 / Eliminado da Taça de França / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

LABYAD (Fulham) - 1993-03-09 (22 anos) - Médio Ofensivo / Extremo

Contrato (Junho 2017) Cl. Rescisão 50M€

19/03/2016 (Championship) - Birmingham - FULHAM (1-1) Labyad continua a não transmitir confiança a Slavisa Jokanovic e voltou a ficar de fora dos convocados.
Resumo do Jogo

Jogos - 2

Minutos - 54

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 21º no Championship / Eliminado da Taça de Inglaterra / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

ROSELL (Vitória SC) - 1992-07-07 (23 anos) - Médio Centro / Defensivo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Liga NOS) - Nacional - VITÓRIA SC (3-2) Rosell manteve a titularidade na equipa de Sérgio Conceição e fez aquilo que normalmente chamamos de trabalho 'invisível'. Recuperou imensas bolas, travou inúmeros ataques e entregou quase sempre bem e de forma simples a bola aos companheiros. Cumpriu os 90 minutos.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 4

Minutos - 284

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 10º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga / Eliminado da Liga Europa

 * * *

JONATHAN SILVA (Boca Juniors) - 1994-06-29 (21 anos) - Defesa / Ala Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (Primera División Gr.B) - Lanús - BOCA JUNIORS (2-0) Início de época difícil para o campeão argentino. Jonathan foi titular na lateral esquerda e assinou uma das piores exibições do Boca. Sofreu imenso com Mouche e Acosta e terminou pessimamente todas as investidas atacantes. Foram 90 minutos de pesadelo.
(Canchallena) Nota 3/10
Resumo do Jogo

Jogos - 9

Minutos - 810

Golos - 1 

Assistências - 0

Classificação - 8º na Primera División (Grupo B) / 3º na Fase de Grupos da Copa Libertadores

 * * *

LUÍS RIBEIRO (Feirense) - 1992-04-19 (21 anos) - Guarda-Redes

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

16/03/2016 (2ª Liga) - Santa Clara - FEIRENSE (0-0) Num jogo muito intenso que merecia golos de ambas as partes, Luís Ribeiro foi um dos responsáveis pelo nulo que se registou no final do encontro. Mais uma boa exibição do guardião emprestado pelo Sporting.
(Record) Nota 4/5

20/03/2016 (2ª Liga) - FEIRENSE - Freamunde (0-2) Dois erros defensivos colocaram o Freamunde duas vezes na cara de Luís Ribeiro. Desta vez o guardião leonino não conseguiu evitar a derrota e o Feirense não comemorou da melhor forma os 98 anos de vida.
(Record) Nota 3/5

Jogos - 9

Minutos - 810

Golos sofridos - 7

Assistências - 0

Classificação - 4º na 2ª Liga / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

* * * 

SALIM CISSÉ (Vitória FC) - 1992-12-24 (23 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 60M€

19/03/2016 (Liga NOS) - VITÓRIA FC - Porto (0-1) Algo surpreendentemente, Cissé ficou de fora da convocatória.
Resumo do Jogo

Jogos - 6

Minutos - 408

Golos - 1

Assistências - 0

Classificação - 13º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

HADI SACKO (Sochaux) - 1994-03-24 (21 anos) - Extremo Direito / Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2020) Cl. Rescisão 60M€

18/02/2016 (Ligue 2) - Évian - SOCHAUX (0-0) Sacko foi suplente e entrou a apenas 5 minutos do final do encontro, já sem tempo para fazer a diferença.

Jogos - 6

Minutos - 437

Golos - 1

Assistências - 1

Classificação - 18º na Ligue 2 / Nas meias-finais da Taça de França / Eliminado da Taça da Liga

 * * *

TANAKA (Kashiwa Reysol) - 1987-07-15 (28 anos) - Avançado / Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 60M€

19/03/2016 (J-League) - Albirex Niigata - KASHIWA REYSOL (2-2) Titular num esquema de dois avançados, Tanaka não teve influência directa nos golos mas soube abrir o espaço para os companheiros. Depois de virar o resultado, o Kashiwa deixou-se empatar nos descontos num lance ridículo.
Resumo do Jogo

23/03/2016 (J-League Cup) - Avispa Fukuoka - KASHIWA REYSOL (2-2) Terceiro empate consecutivo a duas bolas. O jogo realizou-se esta manhã e a única coisa que consegui apurar é que Tanaka marcou o segundo golo dos forasteiros, que estiveram a perder por 2-0.
Resumo do Jogo

Jogos - 5

Minutos - 284

Golos - 2

Assistências - 0

Classificação - 17º na J-League / 3º no Grupo B da J-League Cup

 * * *

SAMBINHA (New England Revolution) - 1992-09-23 (23 anos) - Defesa Central

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

20/03/2016 (MLS) - Philadelphia Union - NEW ENGLAND REVOLUTION (3-0) Sambinha não foi convocado.
Resumo do Jogo

Jogos - 0

Minutos - 0

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 8º na Conferência Este da MLS / Ainda não participou na MLS Cup

This is football

Ver isto acontecer e sentir que, em Portugal, não veremos nada do género nos próximos anos, é triste.

Em Portugal os sonhos são controlados e os sonhadores limitam os seus sonhos vendendo-se a quem os impede de sonhar mais além.

Não, nada disto tem paralelo com o Sporting que, felizmente, é um Clube enorme e carregado de sucessos.

Isto é futebol...e dá que pensar.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal