Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Hoje joga o Sporting

Depois de um desaire, haviam poucos campos piores para visitar que a Mata Real. Excluindo o Dragão e a Luz, só há mais três estádios entre os clubes da Liga NOS onde o Sporting vence menos que em Paços de Ferreira (Bessa, Belém e União da Madeira).

Só em Belém e no Bessa o nosso goal average é mais equilibrado do que na Capital do Móvel, onde apenas três vezes (em sete) vencemos por mais do que a margem mínima.

As vitórias mais dilatadas aconteceram em 92/93 (3-0, com bis de Balakov e um golo de Yordanov) e em 2001/02 (6-0, com bis de Super Mário e Niculae e golos de Beto e Sá Pinto).

Depois da retrospectiva, relembro que o Sporting é líder, estatuto com que nunca se apresentou em 17 deslocações a Paços de Ferreira.

Fibra de campeão, é o que se precisa e tem de se demonstrar.

O Paços é das melhores equipas desta Liga e averbou 5 das suas 8 vitórias em casa. Ainda não recebeu nenhum dos grandes e só perdeu com rivais directos na luta pela Europa (Rio Ave e Vit. Guimarães).

Jorge Simão é um dos jovens treinadores mais promissores do nosso futebol, privilegia um futebol positivo e é, de todas as equipas que apostam e apostarão no contra-ataque contra nós, das mais efectivas.

Vai ser necessária especial atenção às subidas de Hélder Lopes, à velocidade e qualidade individual de Diogo Jota e à capacidade de finalização de Bruno Moreira.

Da nossa parte, será importantíssimo saber variar o centro de jogo, sendo imprevisível e entrando a todo o gás, com a linha defensiva subida e a pressão alta. Aumenta-nos as probabilidades de êxito e, em caso de sermos surpreendidos, teremos muito tempo para reagir.

Veremos se Jorge Jesus aposta no onze habitual ou prepara alguma surpresa.

A defesa será a que se tem apresentado mais forte, com Patrício, Pereira, Oliveira, Naldo e Jeff. Duvido que o aparente mau momento de forma de William o retire do onze e acredito que a surpresa pode ser Gelson, no lugar de Bruno César embora, em campos de dimensões mais reduzidas, a sua meia-distância seja muito importante.

Independentemente dos onze que entrarão em campo, será necessária uma exibição assertiva para levar de vencidos os 'castores', num sábado onde não faltará a já habitual onda verde.

Eu quero o Sporting campeão!

SPOOOOOOOOOOOORTING!

Caiu a máscara

Vitó.png

Ver Vítor Pereira tomar partido publicamente é deveras revelador.

COLINHO AO BENFICA "serve para justificar insucessos";
DENÚNCIA DAS PRENDAS "é estratégia para ganhar o campeonato";
PRESSÕES "existem sobre árbitros, assistentes, observadores e dirigentes".

Quem o ler diz que se trata de apenas mais um benfiquista a replicar a missiva da comunicação social, totalmente amarrada pela máquina de propaganda vermelha.
Terá mesmo de ser contra tudo e todos!

Passou a azia...é dia de Sporting!

Mesmo numa competição secundária, custou a digerir o resultado de Portimão. Tinha dito que só hoje me passava a azia mas, na verdade, ontem já nem me lembrava do jogo.

Sendo assim, hoje é dia de vestir a camisola, levantar cedo (também para dar algum apoio moral ao vimaranense João Sousa, no Open da Austrália) e estagiar todo o dia à espera do prato forte.

Pelo meio, jogo de juniores na Academia, frente ao Belenenses (às 15 horas), derby na Luz em futsal (juniores), às 16 horas, andebol e hóquei (ambos às 18 horas), mais um derby de iniciados em futsal (também às 18 horas) e depois vou jantar, na esperança de fazer boa digestão.

Que seja um dia de leão! Mais logo falamos do jogo da Capital do Móvel.

A sorte protege os audazes...e dá muito trabalho

Já todos leram (ou quase todos) através d'A Tasca do Cherba ou d'O Artista do Dia e volto a trazer à baila o assunto.

Normalmente, o adepto vai à bola para se divertir, vibrar ou simplesmente apoiar o seu clube. Fa-lo-ão a maioria de forma desprendida de análises técnico-tácticas. Identificarão facilmente quem jogou bem ou mal mas ignorarão pormenores que, convenhamos, nem sempre são visíveis ao vivo, sobretudo porque a emoção sobrepõe-se à razão.

Quero com isto dizer que é essencial que os adeptos do Sporting (e do futebol em geral) percebam qual a estratégia e modelo de jogo de Jorge Jesus para que possam fazer uma melhor análise do rendimento da equipa.

É fácil estar no estádio e mandar o Patrício bater a bola rapidamente, pedir ao Slimani para correr para a área ou vociferar a cada troca de bola entre os centrais.

O artigo do blog francês "premièretouche" ajuda a perceber o risco a que a estratégia adoptada por Jorge Jesus expõe a equipa. Basta um erro mínimo para que possamos sofrer um golo e a exigência mental daqueles 90 minutos são um factor que deve nortear a nossa tolerância ao erro e reforçar o nosso apoio.

Por querer fazer mais e melhor, de forma ousada e eficaz, este Sporting merece o nosso apoio e alguma tolerância.

A sorte, diz-se, protege os audazes mas, diz-se também, dá muito trabalho. Até ver, não nos podemos queixar daquilo que tem sido esta temporada.

Amanhã há mais e aposto que depois desta leitura (e sobretudo do visionamento dos vídeos) nunca mais verão um jogo do Sporting de Jesus com os mesmos olhos. Se, como eu, gostam de viver o jogo no estádio, revejam-no em casa sempre que possam.

A cultura futebolística refina a cultura de adepto.

NOTA NEGATIVA PARA O ÁRBITRO DO SPORTING-TONDELA

"Luís Ferreira teve nota negativa, embora alta, no Sporting-Tondela, realizado na última sexta-feira e que resultou em muitas críticas por parte do clube leonino, nomeadamente o presidente Bruno de Carvalho. A notícia é avançada pela TSF.

O árbitro foi penalizado por causa do lance com Tikito aos 56'. O jogador do Tondela afastou a bola com a cabeça e Luís Ferreira assinalou penálti. Só depois de alertado pelo árbitro auxiliar para o erro é que voltou atrás e seguiu o jogo com bola ao solo."

Está dado mais um aviso à 'navegação'. As notas negativas não são dadas apenas por razões que supostamente beneficiem o Sporting (mesmo que ignorem todos os lances que o prejudicam). A partir de agora, tomar decisões correctas mas tardias merece um aviso negativo para que, para a próxima, roube sem contemplações.

Uma vergonha!

Manobras de diversão

Fosse o Sporting o de antigamente e a estratégia funcionaria em pleno. Mas não é!

Sabendo da pressão do jogo de sábado, a máquina de propaganda ataca novamente, desta vez sob forma de tentativa de desestabilização do plantel, anunciando tudo o que é jogador como opção para o Clube.

Damião, Pato, Diagne, tudo com a premissa de que Teo Gutiérrez está de malas aviadas, ele que ainda agora acabou de aterrar.

Realismo, jornalismo, seriedade...ZERO!

Tudo manobras de diversão para fazer os possíveis para que haja um novo líder este fim-de-semana.

Felizmente, acredito que hajam poucos dentro do Sporting (fora ainda há muitos) que acreditem nestas palhaçadas com segundas intenções.

Já basta o adversário mais directo jogar primeiro para nos pressionar...

Não entremos na cantiga.

União, espírito de sacrifício e luta...dentro e fora do campo. Há uma liderança para segurar.

O trio maravilha

É um facto indesmentível: Rui Patrício, Adrien e Slimani são a alma e o coração da equipa do Sporting.

Há outros jogadores importantes e até determinantes mas são estes que elevam os níveis de superação e entrega ao limite.

Curiosamente (ou não), nenhum deles esteve ontem em campo. O resultado, já todos sabemos qual foi.

São eles que, quando as coisas não correm bem, levantam a moral da equipa e a trazem do inferno ao céu.

Ontem foi sobretudo isso que faltou. Faltaram em campo as alavancas anímicas que fazem com que toda a equipa acredite sempre.

Sábado, certamente estarão lá os três e espero que nem seja necessário que coloquem em prática os seus 'dotes'.

Um a um

MARCELO

Está a léguas de Rui Patrício e isso voltou a ser evidente. O jogo começou com uma saída de olhos fechados em que acabou por não tocar na bola e derrubar Ewerton e acabou com um penalti ridículo e desnecessário. Estou em pulgas para ver o que vale Jug.

SCHELOTTO

Foi um pouco melhor que a estreia mas continua a parecer insuficiente. Mostrou-se mais ofensivamente e cruzou no lance que deu origem à grande penalidade. É cedo para tirar conclusões definitivas mas arrisco dizer que Esgaio tem razões para estar bastante insatisfeito. O italo-argentino parece-me um extremo mediano que nunca dará um bom lateral.

PAULO OLIVEIRA

Sofreu com toda a revolução no sector defensivo e acabou por errar mais do que lhe é habitual.

EWERTON

Continua a denotar falhas de posicionamento nada normais nele. O lance do primeiro golo nasce porque uma indecisão sua permite que se abra um buraco na zona central, onde acaba por aparecer o marcador do golo.

ZEEGELAAR

É difícil analisar a sua estreia num jogo em que, globalmente, a equipa não funcionou. Mostrou-se solto para apoiar o ataque e fartou-se de fazer 'piscinas'. Será necessário ver mais e incluído numa defesa com mais rotinas.

WILLIAM

Reparte responsabilidades com Ewerton no primeiro golo. Se é verdade que Ewerton deveria ter esperado a movimentação do médio, não é menos verdade que William respondeu tarde à incursão do jogador do Portimonense. Parece andar a 'dormir na forma' e a precisar de sentar no banco uns jogos. O penalti, embora não seja mal marcado, é denunciado mas, aqui, a culpa é de quem o incumbiu para uma tarefa na qual não é especialista.

AQUILANI

Foi o único no qual denotei entrega total ao jogo e dos poucos a receber nota positiva. Enviou uma bola à trave e merecia mais sorte nesse lance, que poderia ter mudado o rumo do encontro. Por mim, jogava na Mata Real.

MANÉ

Não sei onde anda o verdadeiro Mané mas se o encontrarem, tragam-no de volta. Bem sei que vem de lesão e que estes foram os seus primeiros minutos após a paragem (aqueles com o Tondela nem contam) mas...tão pouca vontade, Mané. Bora lá acordar, puto! Assim, arriscas-te a ter poucas oportunidades.

BRUNO CÉSAR

Foi, a seguir a Aquilani, o menos mau. Correu, trocou de flanco e rematou. Não foi feliz mas fez por procurar a felicidade e, num dos seus remates, a bola ainda 'beijou' o poste.

MONTERO

A mesma intensidade de sempre (baixa) mas pareceu pouco concentrado e focado no jogo. Notei-lhe demasiada descontracção, nada compatível com a competição. Não gostei.

TEO GUTIÉRREZ

Teo teve um pouco de Montero mas denotei nele algo ainda menos agradável. A sua displicência roçou o desrespeito e a insolência. É bom que se lembre que os dias de praia já lá vão e que é hora de trabalhar.

MATHEUS PEREIRA

Tentou agitar o jogo, dar velocidade e imprevisibilidade. Em certa medida conseguiu-o mas faltou-lhe companhia para que fosse mais efectivo nas suas acções.

JOÃO MÁRIO

Acho que entrou bem, embora tenha sofrido com o mesmo que Matheus. O jogo apoiado que tanto preconiza não teve em Montero e Teo os parceiros ideais e acabou por ser, algumas vezes, inconsequente.

TANAKA

Cinco minutos para a estatística. Assim é difícil motivar o japonês, sobretudo quando tivemos em campo dois avançados inertes durante 90 minutos.

Portimonense 2-0 SPORTING CP: Não ignoremos os sinais

Desprezo por completo a Taça da Liga. Não é uma competição relevante no panorama nacional e desde a mão que foi peito ao dolo sem intenção, tudo nos têm feito para que a não respeitemos. Curiosamente, uma competição que só o Sporting começou por respeitar a sério entre os ditos "grandes".

Adiante...

Feita que está a nota introdutória, em cada jogo da Taça da Liga, não deixa de ser o Sporting a entrar em campo e, como tal, há deveres a cumprir por quem o representa que nunca podem faltar: esforço, dedicação e devoção...entrega e empenho.

Não vi disto ontem em muitos dos nossos jogadores e é apenas e só isso que me revolta na derrota (justa) perante o Portimonense.

Vi displicência, desde o treinador aos jogadores. A forma leviana como se encarou o jogo não é digna de quem representa uma instituição como o Sporting Clube de Portugal que, sempre que entra em campo, deve entrega e lealdade para com os milhões que o seguem em todo o Mundo.

Sim, o Sporting já não está amorfo...e ainda bem!

Sim, o Sporting vive num clima de exigência máxima...graças a Deus (ou a Bruno de Carvalho)!

Sim, os adeptos devem criticar e exigir de quem não achem que tenha dado tudo.

E isto não é dar armas aos rivais ou vir atacar o Clube. 

É exigir! Apenas e só exigir a quem nos representa o retorno do esforço, dedicação e devoção dos que enchem estádios (e ontem nem isso faltou).

Só para que fique claro, nunca o orgulho em ser do Sporting estará em causa. Não esteve quando terminámos em 7º e muito menos estaria quando somos 1ºs.

Posto isto, o que lá vai, lá vai.

Venha o Paços de Ferreira que a minha fé permanece inabalável mas...que ninguém ignore os sinais de alerta!

Hoje, o rampante andará junto ao coração e sábado jogamos uma final e não apenas mais um jogo.

Hoje joga o Sporting

Se a prova em si não for suficientemente motivadora, que o sejam as bancadas, previsivelmente cheias do Estádio do Portimonense. Espera-se lotação esgotada para receber o Sporting no Algarve, coisa rara nos tempos que correm, onde as equipas do sul do país se encontram arredadas do principal escalão do futebol nacional. A onda verde estará certamente em maioria.

Na 1ª jornada o Portimonense surpreendeu ao golear em casa o Arouca e parte para esta jornada em pé de igualdade com o Sporting. Quem vencer, dará um passo importante rumo às meias-finais.

No Sporting há uma certeza: Marvin Zeegelaar vai estrear-se e será titular na lateral esquerda.

Como é natural, temos do nosso lado a obrigação de averbar três pontos, frente a uma equipa que tem feito uma boa campanha na 2ª Liga, onde se encontra a apenas 1 ponto dos lugares de subida, gozando do estatuto de 2º melhor ataque da prova, apenas superado pelo líder, Porto B.

É previsível que Jorge Jesus faça algumas alterações na equipa, afim de manter toda a gente em forma, sem comprometer os objectivos do Clube na prova.

Espero um regresso de Mané à titularidade e anseio por mais golos de Fredy Montero. Aquilani deverá voltar à titularidade e é de esperar que Matheus também integre o onze.

Será mais fácil manter o foco depois de um resultado negativo e tenho a certeza que os rapazes de verde-e-branco não facilitarão a tarefa aos de Portimão.

Vamos lá levantar a moral antes da deslocação a Paços de Ferreira.

SPOOOOOOOOOOOOOORTING!

O que andam eles a fazer?

André Geraldes Belenenses.png

ANDRÉ GERALDES (Belenenses) - 1991-05-02 (24 anos) - Lateral Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

17/01/2016 (Liga NOS) - Rio Ave - BELENENSES (1-2) André Geraldes foi titular como ala direito e voltou a jogar os 90 minutos. O esquema de três centrais veio para ficar e, assim, Geraldes tem mais liberdade para subir em apoio ao ataque. Ainda assim, voltou a evidenciar-se mais no capítulo defgensivo do que no apoio ao ataque.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 5/10
(O Jogo) Nota 5/10
(Mais Futebol) Nota 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 24

Minutos - 2115

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 11º na Liga NOS / Eliminado da Liga Europa / Eliminado da Taça de Portugal / 4º na fase de grupos da Taça da Liga

Heldon Rio Ave.png

HELDON (Rio Ave) - 1988-11-14 (27 anos) - Extremo Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

17/01/2016 (Liga NOS) - RIO AVE - Belenenses (1-2) Ainda lesionado, Heldon não foi opção para este jogo.
Resumo do Jogo

Jogos - 14

Minutos - 929

Golos - 4

Assistências - 2

Classificação - 7º na Liga NOS / Apurado para os quartos-de-final da Taça de Portugal / 1º na fase de grupos da Taça da Liga

Miguel Lopes Granada.png

MIGUEL LOPES (Granada) - 1986-12-19 (29 anos) - Defesa Direito / Esquerdo

Contrato (Junho 2018)

18/01/2016 (Liga BBVA) - Eibar - GRANADA (5-1) Mais uma vez suplente, Miguel Lopes entrou incompreensivelmente aos 86 minutos para o lugar de um dos homens da frente de ataque. Nem chegou a tocar na bola.
Resumo do Jogo

Jogos - 14

Minutos - 1017

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 17º na Liga BBVA / Quartos-de-Final da Taça do Rey

Simeon Slavchev Apollon Limassol.png

SIMEON SLAVCHEV (Apollon Limassol) - 1993-09-25 (22 anos) - Médio Centro

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

16/01/2016 (A Kategoria) - APOLLON LIMASSOL - Omonia (0-0) Salvchev voltou a sentar-se no banco de suplentes. Foi chamado a 10 minutos do final e trouxe algum ímpeto ao meio-campo do Apollon. Não esteve muito melhor que os restantes médios mas parece sempre que se jogar mais tempo pode pegar de estaca, pois demonstra qualidade na maior parte das acções.
Resumo do Jogo

Jogos - 13

Minutos - 573

Golos - 2

Assistências - 0

Classificação - 4º na A Kategoria / Eliminado na 3ª pré-eliminatória da Liga Europa / Apurado para os oitavos-de-final da Taça do Chipre

João Palhinha Moreirense.png

JOÃO PALHINHA (Moreirense) - 1995-07-09 (20 anos) - Médio defensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

17/01/2016 (Liga NOS) - Arouca - MOREIRENSE (1-2) Palhinha voltou a ser um dos esteios da segurança defensiva dos cónegos. Actuando como vértice mais defensivo do triângulo do meio campo, foi mais uma vez determinante para um resultado positivo da sua equipa. Omnipresente, tem energia que nunca mais acaba e quase marcou na sequência de um canto cobrado por Iuri Medeiros.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) Nota 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 15

Minutos - 1221

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / 1º na fase de grupos da Taça da Liga

Iuri Medeiros Moreirense.png

IURI MEDEIROS (Moreirense) - 1994-07-10 (21 anos) - Extremo Esquerdo/Direito

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

17/01/2016 (Liga NOS) - Arouca - MOREIRENSE (1-2) O suspeito do costume. Iuri eleva a equipa de Miguel Leal para patamares superiores. De regresso a uma casa onde foi muito feliz na época passada, o extremo cedido pelo Sporting aos minhotos mostrou porque deixou tantas saudades em Arouca. Tanto à esquerda como à direita, as suas arrancadas criaram sempre perigo para a defensiva contrária. Foi dele o cruzamento teleguiado, que permitiu a Sagna fazer o 1-1. Na segunda parte perdeu algum fulgor mas não deixou de mostrar apontamentos de classe e acabou por ser substituído a cerca de 15 minutos do fim. No momento da saída, o público de Arouca não se esqueceu de tudo o que o jovem fez pela equipa na temporada passada, e aplaudiu de forma bem audível.
(Record) Nota 3/5
(A Bola) Nota 6/10
(O Jogo) Nota 6/10
(Mais Futebol) Nota 3/5
Resumo do Jogo

Jogos - 18

Minutos - 1265

Golos - 6

Assistências - 5

Classificação - 14º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / 1º na fase de grupos da Taça da Liga

Wallyson Nice.png

WALLYSON (Nice) - 1994-02-16 (21 anos) - Médio Centro / Ofensivo

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão 45M€

15/01/2016 (Ligue 1) - NICE - Angers (2-1) Wallyson fez parte da lista de 20 convocados por Claude Puel mas acabou por ver o jogo da bancada.
Resumo do Jogo

Jogos - 16

Minutos - 895

Golos - 0

Assistências - 2

Classificação - 4º na Ligue 1 / Eliminado da Taça de França / Eliminado da Taça da Liga

Rúben Semedo Vitória FC.png

RÚBEN SEMEDO (Vitória FC) - 1994-04-04 (21 anos) - Defesa Central / Médio defensivo

Contrato (Junho 2018) Cl. Rescisão 45M€

18/01/2016 (Liga NOS) - Boavista - VITÓRIA FC (4-0) A cumprir castigo após mais uma expulsão, Semedo não foi opção para este jogo.
Resumo do Jogo

Jogos - 18

Minutos - 1543

Golos - 0

Assistências - 0

Classificação - 9º na Liga NOS / Eliminado da Taça de Portugal / Eliminado da Taça da Liga

Chaby - U. Madeira.png

FILIPE CHABY (União da Madeira) - 1994-01-22 (21 anos) - Médio Atacante Centro/Direita

Contrato (Junho 2019) Cl. Rescisão 45M€

Assumido o fracasso do empréstimo à União da Madeira, Chaby foi 'devolvido' pelos insulares ao Sporting.

Jogos - 2

Minutos - 98

Golos - 0

Assistências - 0

O que eu gosto de ouvir isto

"Há jogadores que têm muita qualidade e mostram isso, não só o Rúben Semedo como também os dois miúdos no Moreirense. São dois jogadores que têm mostrado muita qualidade. Estamos atentos a todos os jogadores jovens que estão a rodar na primeira divisão, o que faz com que possam chegar à equipa-mãe com mais qualidade, intensidade e conhecimento de jogo.»

Jorge Jesus

Isto vem dar aos três motivação e um sentido enorme de responsabilização para o que falta da época. As possibilidades de um futuro no Sporting são reais e espero que este trio agarre a oportunidade.

 

Gelson "Fenómeno" Martins

A época de estreia de Gelson Martins está a ser qualquer coisa de extraordinário e não encontra paralelo nem em nenhuma das grandes estrelas saídas da nossa Academia.

Comparando com a primeira época completa na equipa sénior do Sporting de 6 dos maiores craques da nossa formação, é caso para dizer que Gelson tem tudo para vir a ser um fenómeno em Portugal e, fosse ele formado noutro clube e nem imagino quantas capas não se tinham já feito.

A época vai a pouco mais do que a metade e Gelson já participou em mais jogos do que Simão Sabrosa na sua época de estreia. Já ultrapassou o total de golos de Figo, Simão e Futre, igualou o máximo atingido por Ronaldo e Quaresma e está a apenas um golo de Nani, que marcou 6 golos em 36 jogos.

Indo mais ao pormenor, Gelson tem entre todos a melhor média de golos por jogo e é aquele que menos minutos precisa de jogar para marcar um golo.

Mas não são só os números que impressionam. É notória a evolução que tem demonstrado nos últimos jogos. Está mais objectivo e mais 'solto'. Perdeu a vergonha e a segunda metade da época promete colocar a fasquia num patamar não muito fácil de igualar.

Podia ter colocado aqui os números de Matheus Pereira mas o brasileiro participou apenas em 14 jogos, a maior parte deles com grau de dificuldade inferior (o que não invalida que os seus números impressionem - ainda mais que os de Gelson).

Gelson vs os outros.png

 

Claro que isto não quer dizer nada, muito menos que atingirá patamares que outros conseguiram, mas não deixam de ser indicadores que nos fazem acreditar que mais uma estrela à escala mundial poderá estar prestes a emergir da Academia do Sporting.

Para já, deixemos que faça o seu caminho e atinja aquilo que só Ricardo Quaresma conseguiu: ser campeão nacional no Clube que o formou.

Em que lugar está o Sporting?

FUTEBOL - SENIORES A

Liga NOS.png

Um fim-de-semana que quase podia ter sido uma tragédia, acabou por ser melhor do que se esperava, graças à derrota do Porto em Guimarães. Ainda assim, vemos agora o 2º classificado mais próximo, num momento em que se seguem jogos fora, em Portimão, para a Taça da Liga e em Paços de Ferreira, para a Liga Portuguesa. 2 jogos consecutivos a sofrer golos, algo anormal esta época. São mais 6 pontos do que os que tínhamos à 18ª jornada da época passada.

FUTEBOL - SENIORES B

Equipa B.png

5º jogo sem vencer para a equipa de João de Deus mas, pelo menos, interromperam-se as séries de derrotas consecutivas e jogos sem marcar. João de Deus tem neste momento a árdua tarefa de fazer igual ou melhor que no ano passado, num momento em que amealha exactamente os mesmos pontos que a equipa tinha em 2014/2015.

FUTEBOL - JUNIORES

Juniores.png

Regresso às vitórias e a vantagem sobre o 2º aumentou. O Benfica empatou e são já 10 os pontos de vantagem. Continuamos sem perder numa época que cilindra os resultados do ano passado (mais 17 pontos somados).

FUTEBOL - JUVENIS

Juvenis.png

O campeonato continua parado mas já saiu o calendário para a 2ª Fase do Campeonato Nacional. O primeiro adversário será o Belenenses.

FUTEBOL - INICIADOS

Iniciados.png

Mais um campeonato que se encontra parado, ainda à espera de calendarização para a fase seguinte.

FUTSAL - SENIORES

Futsal.png

A eliminatória da Taça desviada pela FPF para o Fundão não trouxe ao Sporting dificuldades esperadas. Nova vitória sem sofrer golos sobre o mesmo adversário e passaporte carimbado para a próxima fase da Taça de Portugal. Segue-se o Europeu de Futsal, de 2 a 13 de Fevereiro, na Sérvia. Portugal terá oposição das selecções da Sérvia e Eslovénia e contará com a presença de 5 atletas do Sporting: Djô, Fábio Lima, João Matos, Paulinho e Pedro Cary.

ANDEBOL - SENIORES

Andebol.png

Segunda derrota consecutiva e nem os reforços nos 'salvaram'. O desaire frente ao Madeira SAD deixa-nos em 3º, com os mesmos pontos de Benfica e ABC. Segue-se viagem aos Açores e recepção ao ABC para a Taça de Portugal. Zupo faz neste momento menos um ponto do que tinha Frederico Santos no ano passado.

HÓQUEI EM PATINS - SENIORES

Hóquei.png

5ª vitória consecutiva, passaporte carimbado para os 1/4 de final da Taça CERS e caminho aberto para a recuperação no campeonato nacional.

TÉNIS DE MESA - SENIORES

Ténis de Mesa.png

Objectivo cumprido com duas vitórias pela margem máxima. O Juncal continua com vários jogos em atraso e conta por vitórias todos os que já disputou.

POLO AQUÁTICO - SENIORES

Polo Aquático.png

Semana de descanso para os nossos atletas do Polo Aquático. A competição regressa no fim-de-semana com um embate para a Taça de Portugal.

RÂGUEBI - SENIORES

Râguebi.png

3ª derrota consecutiva, embora novamente dando boa réplica a um adversário que se tem revelado mais forte esta época. O próximo jogo é para somar pontos, frente ao último classificado.

FUTSAL FEMININO - SENIORES

Futsal Feminino.png

As 'meninas' não deixaram também de vencer e, assim, marcar presença na próxima fase da Taça de Portugal. O Restauradores Avintenses, tal como no ano passado, 'caiu' na Taça aos pés das nossas leoas e mantêm-se vivo o sonho de conquistar o troféu.

BASQUETEBOL FEMININO - SENIORES

Basquetebol Feminino.png

Tendência de derrota invertida e primeira vitória sob o comando do novo treinador. Bineta Ndoye guiou as leoas a mais uma vitória na Liga e segue-se o sempre escaldante derby de Lisboa.

Mais sobre mim

imagem de perfil