Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grande Artista e Goleador

Vitória FC 0-1 SPORTING CP: Taça é RUUUUUUUUUUI, Rui é Taça

São três, as taças de Portugal que Rui Patrício venceu ao serviço do Sporting e, como um dos mais titulados jogadores de sempre do Sporting nesta competição (admito que possa haver um ou outro com quatro, dada a proximidade das vitórias nas décadas de 40 e 70), não deixou os créditos por mãos alheias e fechou a baliza ainda antes de Bas Dost carimbar o passaporte para os quartos-de-final.

 

O jogo foi difícil, como se esperava e o Vitória Futebol Clube vendeu cara a passagem à fase seguinte da prova. 

Os sadinos entraram bem no jogo, com o nosso Ryan Gauld em grande evidência. Grande qualidade do escocês, a mostrar a Jorge Jesus que podia perfeitamente fazer parte do plantel às suas ordens. Pena os comentários que o nosso treinador fez sobre o escocês no final do jogo, pouco ou nada encorajadores ao seu regresso.

Quem também entrou bem ao serviço dos sadinos (talvez enganado pelos tempos que passou ao serviço do Vitória) foi Rúben Semedo que, de forma algo "dormente" começou por ameaçar que estava "naqueles dias" e mais tarde ofereceu ao adversário a sua primeira oportunidade do jogo.

 

RUUUUUUUUUUUUUI!...ouviu-se no Estádio do Bonfim. Patrício estava lá para se assegurar que o #RumoAoJamor é para levar a sério.

 

Aos 15 minutos, penalti por assinalar a favor do Sporting. Mais uma braço na bola, dentro da grande área que não é sancionado e já perdi a conta aos penaltis por assinalar esta temporada em lances de mão/braço na bola.

Cinco minutos volvidos e mais um penalti, desta vez assinalado, sobre Bas Dost. Chamado à conversão, Adrien não bateu Trigueira e na recarga, com a baliza escancarada, acertou em cheio no redes sadino. Inacreditável!

 

Adrien ensaia remate ao ângulo mas Trigueira volta a dizer "presente" com uma bela defesa para a fotografia. 

Quem voltou a ficar bem na foto foi o nosso Rei; Gauld ganha uma segunda bola à entrada da nossa grande área, aparece frente a Rui Patrício e, adivinhem...

 

RUUUUUUUUUUUUUI!...parecia ainda o eco da primeira defesa. Patrício segura o nulo e volta a avisar que o jogo é para ganhar.

 

Intervalo e o Sporting regressa para o segundo tempo mais decidido, focado e concentrado.

Não foi um jogo com muitas oportunidades claras criadas mas felizmente Bas Dost teve a eficácia que faltou no último jogo.

O Sporting controlou muito melhor o jogo a meio campo e dominou o encontro nos segundos 45 minutos. Vitória justa e parabéns ao Vitória, que foi um digno vencido. Pena a lesão de Gauld, que forçou a sua substituição. Espero que não seja nada de grave.

O caminho para o Jamor continua e espero receber o Benfica em Alvalade na próxima eliminatória.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal