Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Agora sim, temos adversários ao nosso nível

O sorteio da Liga dos Campeões realizou-se ontem e, como se esperava, o Sporting foi a fava do pote 4. Nenhuma equipa dos potes anteriores quereria calhar connosco e, assim, entre Juventus, Barcelona ou Olympiacos, um irá para casa e outro para a Liga Europa.

 

Fora de brincadeiras, tal como seria previsível, só com muita sorte (algo que não nos costuma sorrir) o Sporting evitaria a presença de dois dos chamados "tubarões" no grupo.

Calhou-nos a Juventus, finalista em duas das últimas três edições da prova, uma delas na temporada passada e o Barcelona, crónico candidato ao título e vencedor de duas Champions desde 2010, período no qual foi por cinco vezes semi-finalista em oito edições da prova.

 

O Olympiacos está perfeitamente ao nosso alcance mas...o Legia também estava.

É aqui que incide a maior parte das minha preocupações nos embates do nosso grupo. É onde jogaremos a continuidade nas provas europeias, para depois tentarmos fazer algo mais em jogos onde a "responsabilidade" não está do nosso lado.

No ano passado, os gregos foram surpreendentemente eliminados na 3ª pré-eliminatória pelos israelitas o Be'er Sheva mas é comum vê-los a discutir o apuramento para os oitavos-de-final com equipas como o Arsenal, a Juventus, o Borussia Dortmund ou o Marselha, tendo mesmo passado à fase seguinte em 2013/14, num grupo com Paris SG, Benfica e Anderlecht.

A verdade é que é raro ver o campeão grego falhar a continuidade nas provas europeias, assegurando sempre 8/9 pontos na fase de grupos da Champions, garantindo o terceiro lugar.

 

Pede-se humildade nos jogos com os gregos e superação nos restantes encontros. Se tudo isto acontecer, podemos até estar a falar numa surpresa no início de Dezembro, de preferência com a Liga Europa garantida a uma jornada do final.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Playoff da Champions: SPORTING CP vs Steaua Bucareste

O "brinde" deste sorteio (sem qualquer menosprezo) eram os romenos e os suíços. Claramente as duas equipas com o plantel mais modesto.

Calhou o Steaua que, não podemos esquecer, é um histórico do futebol europeu e ex-vencedor da antiga Taça dos Campeões Europeus mas está hoje longe desse estatuto.

Têm entre o seu plantel alguns jovens romenos de elevada qualidade, sobretudo do meio campo para a frente e vêm de uma eliminatória em que golearam fora o Viktoria Plzen.

 

Este foi o percurso nas últimas 5 épocas nas competições europeias:
2012/13 - oitavos-de-final da Liga Europa
2013/14 - fase de grupos da Liga dos Campeões, vindos do playoff
2014/15 - fase de grupos da Liga Europa, após eliminação no playoff da Champions
2015/16 - eliminados no playoff de acesso à Liga Europa
2016/17 - fase de grupos da Liga Europa, após eliminação no playoff da Champions

 

Nas últimas três participações no playoff de acesso à Liga dos Campeões (todas nas últimas 5 épocas), o Steaua só por uma vez atingiu a fase de grupos, após eliminar o Legia de Varsóvia, por vantagem nos golos fora. Nas duas restantes participações recentes foram eliminados pelo Ludogorets nas grandes penalidades e pelo Manchester City na temporada passada, com um agregado de 6-0.

 

Acho que fica evidente que temos tudo para estar na fase de grupos da Liga dos Campeões deste ano.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

E o milagre aconteceu

Tudo o que tinha de correr bem para que o Sporting fosse cabeça-de-série no sorteio de amanhã do playoff da Liga dos Campeões, correu.

 

Em Março de 2011, Luís Godinho Lopes herdava um Sporting europeu. 17º do ranking de clubes da UEFA, o Sporting não era temido mas gozava de respeito na Europa do futebol. O mandato anterior, de José Eduardo Bettencourt, já havia sido conturbado mas era raro ver o Sporting ficar pelas primeiras fases das provas europeias.

As meias-finais da Liga Europa, em 2011/12 haveriam de ser o início do fim do respeito pelo Sporting na Europa. A queda livre no ranking levou-nos ao actual 53º lugar e, com Bruno de Carvalho, conseguimos perder 20 lugares em apenas 4 anos (éramos 33º quando tomou posse pela primeira vez).

 

As promessas de um Sporting europeu sucedem-se mas tardam em concretizar-se. De tal forma que damos connosco a encarar qualquer eliminatória como difícil, mesmo sabendo que o actual ranking não reflecte o real valor do nosso plantel. Plantel esse que parece valer mais que um 53º lugar europeu mas que continua a adiar uma afirmação clara de que vale mais do que isso.

 

A sorte que tivemos ontem não acontece todos os dias. Se queremos recuperar estatuto, devemos encarar este playoff como aquilo que verdadeiramente somos; cabeças-de-série, mesmo que com um ranking modesto e quase que por milagre.

 

Enfrentaremos boas equipas mas há que assumir que o nosso nível de investimento não se compadece com desculpas esfarrapadas.

Jorge Jesus ganha ao nível da elite europeia e teve no seu plantel um investimento mais do que suficiente para que encaremos este playoff com exigência máxima.

Steaua Bucareste, Young Boys, Hoffenheim, Nice ou İstanbul Başakşehir têm valor mas, calhe quem calhar, não há desculpas para não ver o Sporting na Champions.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Os primeiros indicadores para o sorteio do playoff da Champions

Dínamo de Kiev 3-1 Young Boys
 Nice 1-1 Ajax 
 Steaua Bucareste 2-2 Viktoria Plzen
AEK 0-2 CSKA Moscovo 
 Club Brugge 3-3 Instambul Basaksehir

 

Foram estes os resultados de ontem dos adversários que poderão cair no nosso caminho no sorteio do playoff da Liga dos Campeões do próximo dia 4 de agosto.

Dínamo de Kiev, Ajax, Viktoria Plzen, CSKA de Moscovo e Club Brugge, para além de três dos quatro clubes que entrarão connosco directamente no playoff têm melhor ranking que nós.

 

Como já foi explicado na semana passada, apenas um dos cinco clubes acima citados e cujos resultados de ontem e anteontem partilhei no início do post pode passar à fase seguinte para que possamos ser cabeças-de-série no sorteio.

 

Posto isto, com uma vitória fora frente àquela que deve ser a pior das equipas do lote, o CSKA de Moscovo estará praticamente apurado para o playoff.

Isto significa que teremos de esperar pela eliminação de Dínamo de Kiev, Ajax, Viktoria Plzen e Club Brugge.

 

A eliminação do Ajax, Plzen e Brugge não me parece algo impossível mas, em todo o caso, dos três, apenas o Brugge está em desvantagem na eliminatória. O caso do Dínamo de Kiev parece-me o mais complicado para o nosso lado e teríamos de esperar por uma noite quase perfeita dos suíços para ficarmos mais optimistas para o sorteio da próxima semana.

 

O mais provável é que acabemos por ter pela frente Sevilha, Nápoles, Liverpool, Dínamo de Kiev ou CSKA de Moscovo.

Com a sorte que nós temos calha o Liverpool e lá teremos de aviar o Klopp...ou não. A ver vamos.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

O Sporting CP e o sorteio do playoff da Champions

Este é o sorteio da 3ª pré-eliminatória (que antecede o playoff):   

 

 Dínamo de Kiev vs Young Boys
 Ajax vs Nice
 Steaua Bucareste vs Viktoria Plzen
 CSKA Moscovo vs AEK
 Club Brugge vs Instambul Basaksehir


 

Partimos para este playoff com 30.783 pontos, atrás de Sevilha (109.799), Nápoles (80.049) e Liverpool (44.363). Ou seja, das equipas que estão neste sorteio, só uma poderia ficar à nossa frente para podermos ser cabeças de série.

 

No jogo Steaua de Bucareste vs Viktoria Plzen é-nos completamente indiferente quem passa pois têm as 2 ranking inferior a nós. Nos restantes jogos, só seremos cabeças de série se apenas uma das seguintes equipas se qualificar: Dínamo de Kiev, Ajax, CSKA de Moscovo e Club Brugge. Se duas destas se qualificarem, não seremos cabeças de série.

 

(Lamentação: Estamos por muito pouco atrás de CSKA de Moscovo e Club Brugge, se estivéssemos à frente deles bastava Dínamo de Kiev ou Ajax escorregarem).

 

Apesar de coisas estranhas acontecerem no futebol, muito, muito (!) dificilmente seremos cabeças de série no playoff da Champions.

 

Não sendo cabeças de série significa que muito provavelmente vamos jogar o playoff contra Sevilha, Nápoles, Liverpool, Dínamo de Kiev ou Ajax. CSKA de Moscovo e Club Brugge também são hipóteses potenciais neste momento.

 

Obrigado, RR! 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje há sorteio

Às 15 horas, no auditório 1 da Cidade do Futebol, serão sorteados os oitavos-de-final da Taça de Portugal.

Surpreendentemente, são tantos os clubes da 1ª Liga como os dos escalões inferiores. Sporting, Benfica, Estoril, Chaves, Braga, Tondela, Vitória FC e Vitória SC são os representantes do principal escalão. Académica, Leixões, Penafiel e Covilhã são os militantes na 2ª Liga e Real, Sanjoanense, Torreense e Vilafranquense são os clubes resistentes do 3ª escalão nacional.

 

Colocado entre a ida ao Estádio da Luz e a recepção ao Braga, espero que tenhamos a sorte de jogar em casa frente a um adversário o mais fácil possível. Permitirá rodar a equipa e manter os principais jogadores a cem por cento para os jogos do campeonato.

 

Esta é, portanto, a eliminatória ideal para o "sistema" colocar a bola quente do nosso lado. Espero receber a Sanjoanense mas quase aposto numa ida a Guimarães ou Tondela.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Amanhã é dia de sorteios

Amanhã, ao meio-dia, sorteia-se a 4ª eliminatória da Taça de Portugal enquanto que, meia hora mais tarde, se define o emparelhamento para os jogos da Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup, que o Sporting jogará em casa.

Eis os qualificados na Taça de Portugal:

Liga NOS: Sporting CP, FC Porto, Benfica, Nacional, Vitória FC, Paços de Ferreira, Tondela, Estoril, SC Braga, Boavista, Vitória SC, Marítimo, Feirense e Chaves;

Ledman LigaPro: Penafiel, Sp. Covilhã, Olhanense, Santa Clara, Cova da Piedade, Vizela, Varzim, Leixões, Académica e Gil Vicente;

Campeonato de Portugal: Torreense, Aljustrense, Real, Benfica de Castelo Branco, Praiense, Vilafranquense, Oriental e Sanjoanense.

A minha veia de Zandinga diz-me que jogaremos em casa com uma equipa da 2ª Liga. Qual? Arrisco no Penafiel.

 

Quanto à UEFA Futsal Cup, depois de seleccionados os clubes anfitriões, é certo que o Sporting evitará o Kairat Almaty (KAZ), o Nacional Zagreb (CRO), o Brezje Maribor (SVN) e o Real Rieti (ITA). Os primeiros três organizarão os restantes grupos da ronda de elite e os italianos não nos poderão defrontar novamente.

Estes são os clubes apurados e o seu estatuto no sorteio, que serão emparelhados em quatro grupos, dois com um cabeça-de-série, dois vencedores dos grupos e um segundo classificado e os outros dois com um cabeça-de-série, um vencedor dos grupos e dois segundos classificados (os anfitriões manterão o seu estatuto no sorteio):

Cabeças-de-série: Ugra Yugorsk (RUS, detentor do troféu), Kairat Almaty (KAZ)*, Inter FS (ESP), FC Dynamo (RUS)

Vencedores dos grupos na fase principal: Győri ETO (Grupo 1, HUN), Araz Naxçıvan (2, AZE), Nikars Riga (3, LVA), Ekonomac Kragujevac (4, SRB), Sporting CP (5, POR)*, EP Chrudim (6, CZE)

Segundos classificados na fase principal: Brezje Maribor (1, SVN)*, FC Feniks (2, KOS), Hamburg Panthers (3, GER), Nacional Zagreb (4, CRO)*, Real Rieti (5, ITA), City'US Târgu Mureş (6, ROU)

Assim sendo, volto a soltar o Zandinga que há em mim e, desta vez, é mais um desejo que uma premonição: Ugra Yugorsk (RUS), Sporting CP (POR), FC Feniks (KOS) e Hamburg Panthers (GER).

 

Quentes ou não, saltem as bolas e revelem os nossos adversários.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting em Famalicão para a Taça

O que é certo é que será um jogo com um grande ambiente e com uma casa a meio, entre Famalicenses e Sportinguistas. O jogo vai realizar-se no fim-de-semana de 15 e 16 de Outubro e só com seriedade e empenho máximos passaremos à 4ª Eliminatória.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting no grupo F da Champions

Só falhei o Leverkusen, que foi trocado por outro alemão (Borussia Dortmund). Quase merecia um prémio. Grandes jogos em perspectiva e talvez ainda se vendam mais umas Gameboxes.

Segue o calendário completo:

14/09 Real Madrid (F)  
27/09 Legia(C)  
18/10 BVB (C)  
02/11 BVB (F)  
22/11 Real Madrid (C)
07/12 Legia (F)

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

É hoje, às 17 horas

UCL Potes.png

Finalmente estão definidas as 32 equipas que disputarão a fase de grupos da Liga dos Campeões e, sabendo-se já a respectiva distribuição pelos potes, podemos passar o dia a discutir quem queríamos ou quem achamos que nos vai calhar em sorte. Afinal, sempre é melhor que a tarefa de adivinhar quem sai e entra no plantel.

 

Vou mandar o meu bitaite...

O QUE EU QUERO: Leicester / Sevilha / SPORTING CP / Celtic

O QUE EU ACHO QUE SAI: Real Madrid / Leverkusen / SPORTING CP / Légia

 

Veremos mais logo se acertei alguma coisa. Deixem os vossos bitaites na caixa de comentários.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

O sorteio da Champions

O exercício faz mais sentido agora que quase todos os campeonatos estão encerrados. Entre os campeonatos do top 15, onde se encontram as equipas que podem rivalizar connosco em termos de ranking, apenas na Grécia o campeonato não está terminado, jogando-se ainda uma fase final que dará acesso à 3ª fase de qualificação (que antecede o playoff de acesso à fase de grupos). O resultado final desta poule é-nos indiferente, visto que todas as equipas estão abaixo de nós no ranking. Neste momento é o PAOK que se encontra em posição de qualificação.

Assim sendo, e caso os favoritos justifiquem o seu ranking nos playoff, o Sporting será a terceira equipa melhor posicionada no pote 4. Há ainda a possibilidade de integrarmos o pote 3 mas é algo improvável.

Há 6 equipas que jogam playoff que têm melhor ranking que nós. Caso passem todas, ficaremos mesmo no último pote. É mesmo necessário que três entre Porto, Manchester City, Sevilha, Shakhtar, Ajax e Villarreal fiquem pelo caminho para que integremos o pote 3.

O Olympiakos dificilmente não estará na fase de grupos, visto que joga o playoff dos campeões nacionais (este playoff é diferente daquele onde integram os restantes e bem mais acessível para os campeões gregos).

A verdade é que os playoff serão bastante disputados e os seis acima mencionados (que serão todos cabeças de série, caso integrem o playoff) terão pela frente nomes como a Roma, o Borussia Monchengladbach, o Mónaco, o Rostov ou o Fenerbahçe, apenas para citar os mais reputados.

A imagem seguinte ajuda a perceber a nossa posição na hierarquia europeia, bem como a dos nossos possíveis adversários. Vai ser precisa sorte para fazer um brilharete e competência para, pelo menos, garantir a passagem para a Liga Europa. Adivinham-se jogos muito competitivos em Alvalade.

Champions 16-17.png

O post foi editado, pois tinha alguns erros. Peço desculpa e agradeço ao Ricardo Rodrigues pelas questões e os alertas que levaram à detecção dos mesmos.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

 

Gosto! E faz-me lembrar isto.

O sorteio da 4ª eliminatória ditou mais um derby, a jogar no fim-de-semana de 20/21/22 de Novembro, no Estádio José Alvalade. Eu vou lá estar!

Hora de cerrar fileiras

Na ressaca do sorteio da Liga Europa, que ditou confrontos com o Besiktas (Turquia), Lokomotiv de Moscovo (Rússia) e Skenderbeu (Albânia) e ainda sem grande vontade de abordar o que aí vem, sinto que, ainda assim, preciso de virar a página. Eu e todos os Sportinguistas.

O sorteio foi o que foi. Não foi o pior que podia ter sido nem o melhor.

Vale o que vale mas, o Besiktas, apesar da grande valia individual do seu plantel era, dos adversários possíveis do pote 2, um dos que tem menor coeficiente europeu. Claro indicador que as últimas prestações europeias não têm sido as melhores e, esta época, com Quaresma e Mario Gómez quererão mudar o passado recente. A defesa parece-me fraca e espero que o inferno de Istambul acabe por sê-lo para os da casa.

O Lokomotiv vem de uma época desastrosa na liga russa, apenas salva pela vitória na taça. Já esta temporada, perdeu a Supertaça frente ao Zenit, após desempate através de pontapés da marca de grande penalidade. São uma equipa experiente mas sem grandes estrelas e talvez o português Manuel Fernandes e o defesa Vedran Ćorluka sejam os mas conhecidos para a generalidade dos adeptos.

Os albaneses são completos desconhecidos e não acredito que venham a causar dificuldades a nenhuma das outras equipas do grupo.

Entretanto, há que fazer incidir o foco sobre o jogo do próximo domingo, em Coimbra,  frente a uma Académica onde já correm rumores de chicotada psicológica.

Os 'estudantes' são os últimos da classificação geral e, em apenas dois jogos, nem um golo marcaram.

Espero uma equipa recuperada física e animicamente para trazer de Coimbra os três pontos.

Neste momento, nem só a equipa tem de recuperar. Os adeptos deverão também recompor-se do verdadeiro murro no estômago que foi esta eliminação da Champions. É importantíssimo vestir de verde e branco o Estádio Cidade de Coimbra e demonstrar todo o apoio possível aos jogadores e treinador.

Perdemos um objectivo importante mas a época está ainda no início, com muito para vencer e o principal objectivo intacto.

Falemos do inevitável

No ano passado, quando nos ficámos pelo 3º ligar na fase de grupos da Liga dos Campeões e fomos relegados (injustamente) para a Liga Europa, assumi-me revoltado, triste e pouco entusiasmado com a participação forçada na Liga Europa.

Este ano, após mais um roubo (desta vez em dose dupla), o sentimento é o mesmo mas agravado por uma série de acontecimentos que deixam a certeza de que coincidências não existem.

Hoje há sorteio da fase de grupos da Liga Europa e, mais uma vez, o meu entusiasmo é pouco, para não dizer nenhum.

É sobejamente sabido para quem me segue que acho a Liga Europa a segunda divisão da Europa. A competição não é atraente, nem em termos competitivos nem financeiros, quando comparada com a Champions e não tem metade da visibilidade da maior prova de clubes europeia.

É um mal menor, dirão alguns.

Mas não deixa de ser um mal, respondo eu.

Claro que posso ver o copo meio cheio. É uma competição mais à medida do nosso nível competitivo e onde temos possibilidades de ser bem sucedidos.

Por outro lado e, assumo, é mais este o prisma pelo qual vejo esta situação, é uma competição menos atractiva para os jogadores e mais propensa a algum relaxamento competitivo pois não tem a pressão mediática e competitiva da Liga dos Campeões.

Não há um jogador no mundo que prefira jogar a Liga Europa em detrimento da Champions.

Mas, lá vai ter de ser.

Já disse ontem, em jeito de desabafo, que por mim até podíamos jogar sob protesto, com os juniores ou deixando-nos golear propositadamente. Certamente teria visibilidade e passaria a mensagem de que a falta de respeito não seria paga com profissionalismo.

Adiante...certamente iremos jogar com os melhores e fazer o melhor possível.

A Liga Europa, sendo para mim secundária, relativamente às competições nacionais (deixo de fora, por razões óbvias, a Taça da Liga) pode até ser benéfica para a nossa temporada.

Se na Champions teríamos de defrontar adversários mais fortes e não poderíamos deixar de o fazer sempre na máxima força, na Liga Europa podemos gerir melhor o plantel e o desgaste de alguns jogadores, promovendo alguma rotatividade.

Isto deixaria todo o plantel pronto para jogar em qualquer momento e evitaria a sobrecarga física que temos verificado em alguns jogadores.

E isto nada tem de desrespeitoso para com os adversários que teremos pela frente nesta Liga Europa. Há que assumir que, apesar de alguns terem valor semelhante ao nosso, a maioria está num patamar inferior e isso pode facilitar na gestão do plantel para o objectivo principal, o campeonato nacional.

O sorteio realiza-se hoje, ao meio-dia e nem sei se o acompanharei. Já agora, espero que tenhamos sorte e nos guardem os ossos mais duros para uma fase mais adiantada da prova.

É tempo de um ajuste de contas

Tudo parece alinhar-se para um ajuste de contas com o passado.

Se por cá os adversários são os do costume, que têm arrecadado os títulos que não temos conseguido alcançar, na Liga dos Campeões, ajustaremos contas com o CSKA de Moscovo.

Desde 2005, quando os russos nos tiraram a possibilidade de vencer o segundo título europeu, que são uma espinha encravada na nossa garganta.

É tempo de finalmente a extrair e ajustar contas com o passado.

Só a longa viagem à Rússia me desagradava. Agora que temos de viajar, há que vir de lá com a eliminatória no ‘bolso’.

A verdade é que qualquer dos adversários que nos calhasse, sendo difícil (uns mais do que outros), estaria ao nosso alcance.

Havemos de jogar primeiro em casa e tentaremos fechar contas em Moscovo.

Estou confiante e expectante, pois o jogo da Champions será o meu primeiro da temporada em Alvalade. Espero vencer, se possível por mais do que um golo de diferença.

Antes disso, há duas finais para ganhar. A de domingo, com o Benfica e a da próxima sexta-feira, em Aveiro, na estreia do Tondela no primeiro escalão nacional.

Boas notícias

É inegável que escapar a adversários fortes como o Manchester United, Arsenal, Bayer Leverkusen ou Sevilha, tendo pela frente um conjunto de equipas onde a teoricamente mais complicada é o Mónaco de Leonardo Jardim são, sem dúvida, boas notícias.

 

Taça de Portugal de Futsal - Sorteios

Realizaram-se hoje os sorteios da Taça de Portugal masculina e feminina.

Os bi-campeões nacionais deslocam-se ao norte do país, mais concretamente a Valbom, para defrontar o Unidos Pinheirense.

UP - SCP.png

 As leoas recebem o Santa Clara, equipa da cidade de Coimbra.

SCP - SC.png

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal