Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Glória no feminino!

É um campeonato pouco competitivo? Verdade.

Temos uma excelente equipa à qual demos condições de excelência? Verdade.

Foi fácil (como agora, a muitos, parece)? Mentira.

 

Digam-me uma equipa que consiga suplantar um rival que, até ao momento, conquistou 90% dos pontos em disputa, tem o melhor ataque e a melhor defesa do país e que, inclusive, tem jogadoras internacionais brasileiras ou espanholas (países bem mais cotados que Portugal no futebol feminino)?

 

Eu respondo. O Sporting Clube de Portugal fê-lo. Com um plantel composto apenas por jogadoras portuguesas, com uma equipa técnica excelente, liderada por um treinador muito experiente, secundadas por todo um staff que lhes deu condições de topo e uma massa adepta que bateu todos os recordes de apoio e promete não ficar por aqui.

 

Nós, adeptos, não ficaremos por aqui porque há Alvalade para encher para a semana e o Jamor para lotar no dia 4 de Junho. Sim, ouviram bem...é para meter 30 mil a apoiar quem merece em ambos os fins-de-semana. E ficarei frustrado se assim não for.

 

Voltando a quem verdadeiramente merece... Que época fantástica! 94% dos pontos conquistados até ao momento, zero derrotas, união à prova de bala, paixão desmedida e entrega total ao nosso símbolo, a nós.

Elas merecem tudo! Que nos envolvamos ainda mais, que sejamos mais a marcar presença, que façamos a elas o que lhes fazemos a eles. É tudo futebol e, mais importante, é tudo Sporting. Se enchemos estádios e pavilhões para ver os homens, porque não fazer o mesmo com elas? Logo elas (futebol, futsal, rugby...) que tão bem nos representam e que elevam ao mais alto patamar o nome do Sporting. A mentalidade está a mudar. Os Sportinguistas estão mais uma vez na vanguarda.

 

E, de repente, cheira mesmo a Champions. Seremos mais um clube a fazer-se representar na mais importante prova de clubes a nível europeu, no masculino e no feminino e nem imaginam o quanto isto me entusiasma. 

A Europa e o Mundo já ouviu falar das nossas leoas. Pela qualidade delas e pela multidão que conseguem movimentar em seu torno. O Sporting é um dos grandes da Europa e cá estaremos para alargar o leque de modalidades ou géneros em que nos faremos notar fora de portas.

 

A todo o staff directivo, ao Professor Nuno Cristóvão e restante equipa técnica e a vocês, "miúdas", o meu MUITO OBRIGADO!

Patrícia, Inês, Fontemanha, Marchão, Bruna, Catarina, Tânia, Matilde, Viegas, Tatiana, Fátima, Elsa, Nadine, Gouveia, Granja, Amélia, Bárbara, Filipa, Constança, Capeta, Solange, Borges e Diana (é assim que trato cada uma), vocês foram INEXCEDÍVEIS na entrega ao Sporting e a nós, adeptos. Mostraram que num ano é possível apaixonarem-se por um clube ou deixar que a paixão por ele mova montanhas.

Fizeram história porque não se contentaram em chegar ao melhor Clube do Mundo (eu ouvi, Fontemanha), mas sim se empenharam em fazer dele o melhor de Portugal na vossa modalidade e isso, para já, não é pouco. O céu é o limite!

Mais do que as palavras que nos possam dirigir agora (e é difícil exprimir sentimentos publicamente) fico com a serenidade da Solange, o fernesim da Marchão (já te disse que és a minha favorita?), a sagacidade da Diana, a velocidade da Ana Borges, a delícia que é o pézinho direito da Fontemanha (põe mesmo a bola onde quer, ó Marchão), a segurança da Patrícia (ter a Inês como colega de sector, ajuda) ou aquele eixo central de luxo (Matilde, Bruna, Fátima, Tatiana e Granja, é para vocês). Isto podia continuar, mas fico-me por aqui, não vão vocês ganhar "vaidade".

 

E vaidade é tudo o que não precisamos ter agora. Faltam dois jogos, duas finais (gostei de ver a Solange a manter o foco - o Fofó é mesmo para ganhar) e eu quero ver Alvalade (tenho a certeza que será lá) e o Jamor pintados de verde-e-branco.

 

Por fim, gostei de ouvir Nuno Cristóvão afirmar que, para o ano, as melhorias na estrutura continuarão, que o profissionalismo aumentará e que estarão reunidas as condições para fazer mais e melhor. Como? Ganhando tudo internamente e suplantando a melhor campanha de sempre de um clube português na Champions. Eu acredito!

 

Nota final (e sei que as meninas do futebol não vão levar a mal) para as leoas do rugby, que juntaram ao campeonato nacional de sevens, conquistado na semana passada, a Taça de Portugal, com uma recuperação épica na final onde, depois de terem estado a perder 0-19, deram a volta e venceram categoricamente por 36-19. Obrigado pelo presente oval e por tão bem representarem e dignificarem a nossa camisola!

 

O Mundo Leonino é das mulheres!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Râguebi feminino carimba título com mais uma vitória

Muitos parabéns às nossas leoas, à equipa técnica e a toda a secção de râguebi pelo título nacional de sevens!
Este é mesmo um fim-de-semana para as mulheres, depois da qualificação para a final do campeonato nacional por parte da equipa júnior feminina de futebol.
Fiquem com os vídeos dos jogos de hoje, das reacções e dos festejos pela conquista de mais um título para o Sporting Clube de Portugal.

Sigam-me no facebook e no twitter.

100º título para o futsal do Sporting

Não há muitas palavras para descrever a qualidade e natural sucesso do nosso futsal. É ver os melhores momentos dos últimos quatro dias e desfrutar. Segunda Taça da Liga em duas possíveis e 100 títulos no Museu.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Noite de campeões

Discutiam-se ontem, no Curigym, em Malapata, um título mundial júnior e um título europeu profissional. Os atletas do Sporting e irmãos, Tiago Santos e André Santos lutavam por cada um deles, nas categorias de 63.5kg.

Resultado: ambos levaram para casa o cinturão. 

 

Tiago Santos, 17 anos, é o novo Campeão do Mundo 63,5kg da ISKA (júnior) ... já são 6 Títulos do Mundo em várias categorias e peso.

André Santos, 19 anos, é o novo Campeão da Europa ISKA (profissional) 63,5Kg. KO ao 4 assalto (tal como nos últimos 6 combates). Importa dizer que no início do mês o André foi campeão do Mundo da WFK em representação da selecção nacional.

Parabéns aos manos Santos e obrigado por elevarem o nome do Sporting!

Aproveitem para seguir o André (AQUI) e o Tiago (AQUI) no facebook.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

No futsal, vencer é palavra de ordem

Mesmo sem os jogadores que se encontram no Mundial, ao serviço das respectivas selecções, a equipa de Nuno Dias não facilitou e venceu por números expressivos os Leões de Porto Salvo, vencendo assim a 3ª em quatro Taças de Honra.

Tudo parece encaminhado para mais uma época de sucesso, em que se espera pela tão desejada UEFA Futsal Cup.

Fiquem com o resumo da final e as reacções de Miguel Albuquerque, Nuno Dias, Diogo, Anílton e Deo.

Sigam-me no facebook e no twitter.

O tão ansiado salto qualitativo do nosso hóquei

Não vi os jogos da Elite Cup mas, quem vence o campeão europeu, o vencedor da Taça CERS e o segundo classificado da melhor Liga do Mundo, a portuguesa, pode aspirar a ser bem sucedido.

Parece que o salto qualitativo necessário e pelo qual esperávamos está aí e, finalmente, seremos aspirantes a candidatos, correndo por fora frente a Benfica, Porto e Oliveirense.

Agora é esperar pela confirmação desse estatuto e pela luta até ao fim.

Fiquem com o resumo da final e as reacções dos intervenientes.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting é o novo campeão nacional de futebol de praia

Sporting campeão Fut Praia.png

Os golos leoninos foram apontados por Datinha (5), Rui Coimbra e Nelito foram os obreiros da reviravolta no marcador que põe cobro à hegemonia do Braga no futebol de praia e faz do Sporting o novo campeão nacional.

Deixo-vos os últimos minutos do encontro, onde com o jogo em 4-4, só deu Sporting.

 Sigam-me no facebook e no twitter.

Os nossos medalhados olímpicos: Francis Obikwelu

A incrível história de Francis Obikwelu, medalhado de prata em Atenas 2004, no Reverso da Medalha.

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Os nossos medalhados olímpicos: Rui Silva

Infelizmente não consegui reunir todos os programas em que participaram atletas do Sporting medalhados em Jogos Olímpicos, mas tenho o programa de Rui Silva e Francis Obikwelu que partilharei convosco entre hoje e amanhã.

Nada mais conveniente, numa noite em que se realiza a Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Vejam ou revejam:

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Sai um hexa para as campeãs europeias

A equipa feminina do Sporting é hexa-campeã nacional de atletismo. O domínio total ao longo de toda a competição não deixou dúvidas do poderio da equipa actual campeã da Europa e que conta com duas recentes campeãs europeias individuais (Sara Moreira e Patrícia Mamona).

Foi o 21º título feminino nos últimos 22 anos e o 46º da nossa história. O domínio na modalidade é avassalador. As duas equipas com mais títulos a seguir ao Sporting têm pouco mais de metade dos títulos (27).

 

No que toca à vertente masculina, expectavelmente, o Benfica revalidou o título (o sexto consecutivo). O Sporting tinha como principal objectivo atrapalhar o rival e dificultar a obtenção de mais um título mas isso acabou por não ser totalmente conseguido.

A diferença de 10 pontos demonstra um maior equilíbrio do que o que se verificou na vertente feminina (45) e acho um indicador que podemos estar no bom caminho para atacar o domínio encarnado nos últimos anos. O 2º lugar não satisfaz mas deixa alguns indicadores positivos para o futuro.

 

Para os mais optimistas, ressalvo que o Sporting tem 48 títulos masculinos e 46 femininos. Um domínio claro da modalidade em Portugal.

Para os mais pessimistas com aquilo que tem sido a prestação masculina nos últimos anos, acredito que as coisas estão a melhorar e, embora tenhamos ainda atletas com marcas muito modestas, há que olhar para o futuro com optimismo. Tenho a certeza que o Sporting saberá trabalhar no campo do recrutamento, assim como fará evoluir os atletas presentes nos seus quadros. Relembro também que o Sporting já passou por 'secas' idênticas por duas vezes no passado e conseguiu sempre recuperar, sendo 6 anos o limite máximo em que não ganhámos o título (entre 89 e 94 e 2011 e 2016.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Rinaldo Nocentini vence Troféu Joaquim Agostinho

Foi uma etapa muito difícil. Tive uma grande equipa, que trabalhou muito e bem. A dada altura fiquei sozinho, mas já perto da subida final dois colegas juntaram-se à frente e puderam ajudar. Esta vitória é muito importante para mim, por que é a primeira em seis anos, e é muito importante para a equipa, por ser a primeira da época. Tem sabor especial vencer a prova que lembra Joaquim Agostinho, que era um símbolo do Sporting”, afirmou Nocentini após a vitória no 39º Troféu Joaquim Agostinho.

 

Não podia ter sido de outra forma. Muito esforço, dedicação e devoção, antes da merecida glória.

 

Rinaldo Nocentini, numa demonstração de classe e sangue frio, controlou os adversários, sendo o sétimo classificado tirada, um resultado suficiente para ganhar a corrida. O torriense Hernãni Broco (LA Alumínios-Antarte) foi o segundo classificado, a 24 segundos, e o espanhol Raul Alarcón (W52-FC Porto) fechou o pódio, a 26 segundos.

 

Seguem as classificações da etapa e da geral individual, que actualizarei mais tarde com os restantes atletas do Sporting:

 

ETAPA

1.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), 3h48m41s (Média: 38,569 km/h)
2.º Guillaume Almeida (Rádio Popular-Boavista), +00'05''
3.º Aldemar Reyes (Manzana Postobon), +00'07''
4.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), +00'07''
5.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'07''
6.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'09''
7.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), +00'09''
8.º Thomas Lebas (Bridgestone Anchor), +00'11''
9.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), +00'11''
10.º Henrique Casimiro (Efapel), +00'14''

 

GERAL INDIVIDUAL

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 13h00m18s
2.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), +00'24''
3.º Raul Alarcón (W52-FC Porto), +00'26''
4.º João Benta (Louletano-Hospital de Loulé), +00'26''
5.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), +00'54''
6.º Mikel Bizkarra (Euskadi Basque Country-Murias), +00'59''
7.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), +00'59''
8.º Henrique Casimiro (Efapel), +01'01''
9.º José de Segóvia (Louletano-Hospital de Loulé), +01'02''
10.º Aldemar Reyes (Manzana Postobon), +01'54''

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Formar a ganhar

Parabéns aos novos campeões nacionais de juvenis. Após uma época praticamente irrepreensível e de domínio total, chegaram os merecidos festejos.

Depois de uma primeira fase sem derrotas, seguiu-se uma segunda fase em que voltamos a ser líderes com apenas uma derrota. Na terceira fase, voltámos a perder apenas um jogo (o primeiro) e corremos atrás do título, sempre firmes e com qualidade.

Grande trabalho de João Couto e deste fantástico plantel, recheado de talento individual e espírito colectivo.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Obrigado, Nuno!

Nuno Dias, treinador de futsal do Sporting, é um case study no desporto português. Mais um auto-didacta que criou o seu próprio método de treino que, comprovadamente, dá resultados quando aplicado na prática.

 

Quando com pouco mais de 30 anos deixou de ser jogador para orientar a equipa do Instituto D. João V, nada fazia prever o sucesso alcançado hoje.

Em quatro épocas, Nuno Dias conduziu o Instituto a quatro presenças no playoff. Fez 7º (34 pontos) na primeira época, 8º (36 pontos) na segunda, 4º (45 pontos, com presença nas meias-finais do playoff) na terceira e 5º (47 pontos e nova presença nas meias do playoff) na quarta e última época.

Um percurso crescente, melhorando sempre a pontuação da sua equipa e durante o qual atingiu por uma vez as meias-finais da Taça de Portugal, tendo sido afastado nos restantes anos em prolongamentos ou diferenças tangenciais.

 

O Sporting e os responsáveis da secção souberam ler os sinais e, após uma aventura de um ano na Rússia como adjunto de Paulo Tavares (actual técnico do Braga/AAUM), chegou ao Sporting com ambição mas sem currículo.

Aquilo que a início poderia parecer uma aposta de risco, foi uma aposta ganha e tem hoje como resultado um treinador de futsal de topo. Na minha opinião, um dos melhores do Mundo, dos mais meticulosos e dos que melhor trabalha a componente motivacional e emocional do jogo.

 

Nuno Dias não demorou a mostrar serviço. Campeão em época de estreia e vencedor da Taça de Portugal, cilindrou a concorrência e, em 39 jogos, o Sporting apenas empatou um e perdeu outro. Foram 213 golos marcados e 58 sofridos. 100% de aproveitamento nas competições em que participou.

 

Na segunda época, a criação da Taça de Honra da AFL veio proporcionar um arranque de época com um título, a que se seguiu a Supertaça. 2 títulos, e ainda só estávamos na pré-época. A UEFA Futsal Cup não correu como pretendido e não passámos da ronda de Elite, organizada por nós. A Taça de Portugal não foi revalidada, após eliminação na primeira ronda, por penaltis, com o Fundão mas o bi-campeonato viria a coroar mais uma época de sucesso. 229-87 em golos. Apenas 3 derrotas em toda a época e 60% de aproveitamento nas competições em que participou.

 

A terceira temporada trazia o foco natural na UEFA Futsal Cup. Um sonho antigo ainda por concretizar. Depois de perdermos a Taça de Honra nas penalidades, vencemos a Supertaça por contundentes 7-0 ao Fundão. A memorável final-four da UEFA Futsal Cup, jogada num Meo Arena que mais parecia Alvalade, voltou a não acabar como queríamos. Derrota com o Barcelona nas meias-finais e 3º lugar final, após goleada no jogo em que ninguém quer participar. Não sei se isso acabou por afectar o resto da temporada mas, o que é certo, é que acabámos em 2º na Liga e eliminados nas meias-finais da Taça. 197-87 em golos, revelava que faltava poder de fogo no ataque. Anormal, o Sporting de Nuno Dias só vencer 20% das competições e logo a menos importante das 5 em que participou.

 

Havia que dar a volta e regressar com mais força. Nuno Dias havia renovado o seu contrato a meio da época anterior e, depois de identificadas as lacunas da equipa, vieram reforços de peso que pretendiam dar esse poder de fogo que havia faltado no ataque. O resultado foi o que todos facilmente relembramos e que culminou com a recuperação do título de campeão nacional, esta semana. Foram 4 vitórias em outras tantas competições (Taça de Honra, Taça da Liga, Taça de Portugal e Liga SportZone), apenas duas derrotas em toda a época e 222-50 em golos. 100% de aproveitamento em dois dos quatro anos em que orientou a equipa leonina.

 

Claro que tudo isto apenas foi possível com profissionais de topo que, em campo, não deixaram os créditos em mãos alheias e trabalharam muito para personificar a ideia do treinador e restante equipa técnica, com vista ao sucesso do Clube e a alegria dos seus adeptos.

 

Para o ano, atacaremos a UEFA Futsal Cup com outra força, com um plantel mais forte e equilibrado e mantendo o foco na revalidação do título de campeão português.

 

Até ver, em quatro épocas, 10 títulos em 16 possíveis. Hegemonia em Portugal, 3 títulos de campeão nacional, 2 taças de Portugal, 2 Supertaças, 1 taça da Liga e 2 taças de Honra da AFL.

 

Falta a conquista Europeia. Eu acredito. Obrigado, Nuno, por tão bem servires o Sporting Clube de Portugal.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Rescaldo da época do ténis de mesa

São 5 os principais nomes que devemos enaltecer...o treinador, Chen Shi Chao e os jogadores, Diogo Chen, Bode Abiodun, Aruna Quadri e João Sedúvem.

O último título datava de 2011/12 e o Sporting havia disputado (embora perdendo) os seguintes. Este ano, a contratação de Aruna Quadri (nº 37 do ranking mundial e ex-jogador do Toledos, dos Açores) veio subir o nosso nível.

Investimos, passamos a ser mais competitivos e apostámos na formação. Diogo Chen e João Sedúvem são 'produtos' da nossa formação e, juntando Bode Adiodun, que tem muitos anos de Sporting, juntou-se assim o grupo perfeito para atacar o título.

Não só disputamos títulos como os vencemos...a todos. Depois da Supertaça, ganha ao Toledos (campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal do ano anterior), veio o campeonato (ganho ao Juncal) e a Taça de Portugal (levando de vencido o Benfica por claros 3-0).

Um 'triplete' que aumenta a responsabilidade para a próxima época e que fará com que siga com atenção a prestação dos dois nigerianos nos Jogos Olímpicos.

Parabéns a todos!

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Eu tinha avisado que hoje havia mais...

Emanuel Silva voltou a ganhar mais uma medalha de ouro, hoje, em Montemor-o-Velho, desta vez em K2 500metros.

Formando novamente dupla com João Ribeiro, o canoísta do Sporting voltou a ouvir o hino português, vencendo a prova em 1:39:736, com quase dois segundos de vantagem para os segundos classificados.

Parabéns, leão!

 

Para ver a partir do minuto 4:45.

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Anri de ouro

anri egutidze - port.jpg

Anri Egutidze acaba de vencer a medalha de ouro no Open de Madrid.
O judoca do Sporting venceu na final o Belga Casse Matthias por Ippon, em apenas 1.35 minutos.
Parabéns, Anri!

 

Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Grande, Emanuel! Hoje há mais.

Depois de um bronze e uma prata há duas semanas, em Duisburg, foi a vez do ouro em Montemor, em mais uma prova da Taça do Mundo.

Ontem, em 'parelha' com João Ribeiro, Emanuel Silva derrotou a concorrência e venceu o ouro em K2 1000m, com o tempo de 03:20:796, menos 208 milésimos de segundo que a primeira das duplas australianas que lhes seguiram.

A continuar neste momento de forma, não tenho dúvidas que teremos grandes possibilidades de ouvir "A Portuguesa" no Rio, com o orgulho extra de poder ver mais uma vez aliado a esse feito o nome do Sporting Clube de Portugal.

Hoje há mais duas finais (K4 1000m, às 11.10h e K1 5000m, às 16h) e há boas possibilidades de voltar a ouvir falar em Emanuel Silva.

 

Aproveito para acrescentar que também Francisca Laia está presente na competição, tendo alcançado ontem, em conjunto com Márcia Aldeias, um 4º lugar em K2 200m, a escassos 88 milésimos de segundo da medalha de bronze.

Também ela entra hoje em acção em duas finais (K4 500m, às 11.53h e K4 200m, às 14.45h).

O evento decorre entre as 10.50h e as 17h e pode ser acompanhado AQUI.

 

Saibam tudo o que interessa seguir no dia de hoje na Agenda Leonina.

 

 Sigam o GAG no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal