Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

SPORTING CP 3-1 Olympiacos: Está garantido o mal menor

"A Liga Europa, para nós, é um mal menor."

 

As palavras são de Jorge Jesus, no final do encontro de ontem e, ao contrário do que muitos possam pensar, não exprimem qualquer desânimo ou desilusão.

Esta frase exprime uma ambição que há mais tempo eu esperava ter visto no Sporting de Jorge Jesus. Já havíamos jogado antes olhos nos olhos com outros tubarões mas nunca se tinha vislumbrado em Jesus esta ambição.

Talvez o tenha dito porque conseguimos ontem o que falhámos no passado. Porque fizemos a nossa obrigação ao garantir seis pontos com a equipa "do nosso campeonato", coisa que não havíamos feito no passado e nos acabou por custar caro. Talvez o tenha dito porque não havia nada a desculpar e porque daqui para a frente o que vier é ganho mas, não posso negar, esta ambição agrada-me. É isto que eu quero continuar a ver no meu Sporting.

Cumprimos o nosso dever com entrega, rigor, determinação e qualidade. Tal como em Atenas foi com naturalidade que chegámos ao 3-0, resultado depois nivelado pelos gregos para números mais coincidentes com aquilo que é a real diferença entre os dois conjuntos.

O Sporting é melhor equipa e mostrou-o ontem, como já havia feito em Atenas. Os três pontos (seis, no confronto directo) são merecidos e, no mínimo, continuaremos a competir na Liga Europa, onde poderemos restituir algum do nosso prestígio e, tão ou mais importante, refazer o nosso ranking, recolocando-nos onde merecemos e queremos estar.

Só assim se evitam equipas como as que temos apanhado nos últimos anos e que tanto nos complicam a vida.

Inevitavelmente é Bas Dost o homem do jogo mas, no geral, todos se exibiram a um nível interessante. Curiosamente, um dos que mais me tem feito suspirar pelo seu regresso terá sido um dos menos bons. William não teve a noite mais feliz, mas não deixou de dar, aqui e ali, um cheirinho da sua qualidade.

Piccini, por tudo o que acrescenta ao nosso jogo na ala e pela segurança que transmite (tal como Coentrão) mas sobretudo por ter iniciado o lance que desbloqueia o jogo, merece-me uma atenção especial, tal como Bruno César, que surpreende nestes jogos europeus pela sua fiabilidade e efectividade que, curiosamente nem sempre revela nos jogos das competições internas.

Gelson e Bruno Fernandes voltaram a assistir colegas para os golos e continuam a ser os principais municiadores da equipa. Com maior eficácia, os números de ambos podiam até ter sido mais relevantes.

O 12º jogador voltou a dizer "presente" e foram mais de 42500 os espectadores no Estádio José Alvalade, num dia cheio e em cheio para o Sporting, que assegurou a presença no playoff de acesso aos oitavos-de-final da Youth League, venceu o primeiro encontro da ronda de elite da UEFA Futsal Cup e acabou o dia a regressar ao primeiro lugar do campeonato nacional de andebol, após vitória tranquila em Águas Santas, com o regresso de Pedro Solha à competição.

 

A publicidade neste blog destina-se apenas a fins solidários.
Sigam-me no facebook e no twitter.

Bora lá puxar dos galões, Tiago

Há pouco mais de um mês atrás, Tiago Fernandes cometeu o excesso (ou o erro, se assim preferirem) de se dizer ao nível dos melhores treinadores, alegando mesmo que nenhum outro teria nada para lhe ensinar.

Disse isto depois de afirmar que há um Sporting antes e depois dele e que, na Youth League, onde antes o Sporting era goleado, agora se bate cara a cara com qualquer adversário.

 

Assumo que gosto do Tiago Fernandes enquanto treinador e não são estas declarações que me farão duvidar do seu valor mas elas trazem a si alocadas uma responsabilidade extra. 

Como técnico competente e de grande potencial, é altura de Tiago Fernandes colocar o Sporting a ganhar na Youth League.

 

É que, se antes de Tiago Fernandes o Sporting era goleado, depois de Tiago Fernandes o Sporting praticamente não sabe o que é ganhar.

Antes, em seis jogos, pese embora as goleadas, o Sporting venceu dois jogos. 

Depois disto são oito jogos e apenas uma vitória para amostra.

 

É tempo de puxar dos galões e fazer aquilo que os nossos rivais, sem o selo de qualidade da nossa Academia fazem; ganhar!

Força, Tiago! Acredito em ti e na capacidade dos nossos miúdos.

 

NOTA: O jogo é agora, às 15 horas, e tem transmissão em directo na SportTV1.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Não é o mais importante mas vai saber bem

Cristiano Ronaldo, Hugo Viana e Silvestre Varela são três exemplos de jogadores que não venceram o campeonato nacional de juniores mas vingaram e fizeram carreiras ao mais alto nível, chegando a patamares elevados, de selecção nacional, no caso de Ronaldo a um nível estratosférico e dificilmente igualável por outro "produto" da formação do Sporting.

 

Isto para dizer que o campeonato que estão prestes a vencer, poderá um dia não passar de uma memória de tempos que não voltam.

Não vou fazer de conta que há um longo caminho a trilhar. Tenho a certeza que esta equipa de juniores será campeã nacional, mas tenho ainda mais certezas que a aventura começará depois.

 

Aproveitem estes exemplos e trabalhem, empenhem-se, esforcem-se para ser como eles pois este campeonato nada vos vai garantir no futuro.

É uma vitória que saberá bem mas que será também a última (para alguns) na redoma dos jogos entre malta da mesma idade.

 

Daqui para a frente, parte de vocês vai passar a enfrentar adversários com mais de 10 anos de idade, experientes e "sabidos". Aproveitem para aprender e crescer depressa. Lembrem-se que o que ganharão hoje (sim, vai ser hoje) de nada vos servirá nos desafios de amanhã.

 

Hoje, vençam (ou façam pelo menos um ponto) e festejem. Depois, cerrem os punhos e lutem. Vocês têm qualidade e é só uma questão de dedicação até ganharem o vosso espaço. São parte de uma geração muito talentosa que todos queremos que vingue e deixe a sua marca no mundo do futebol.

 

Sejam felizes!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Corrida que está a 2ª etapa da Volta ao Concelho de Loulé (Afonso Silva foi o melhor leão em prova e é 19º, a 5 segundos do líder da prova), consolidada a liderança dos nossos juniores em futebol (0-3 em Braga, com golos de Miguel Luís e Rafael Leão) e selada a quinta vitória em cinco jogos da equipa sénior de futsal feminino (6-1 e nova liderança), é tempo de olhar para o que falta no dia de hoje (Gastão Elias seguiu para as meias-finais em Barletta).

 

Em futsal, os sub-20 não podem perder pontos se querem revalidar o título. O jogo é às 18h, à mesma hora que arranca o contra-relógio por equipas da Volta ao Concelho de Loulé, em juniores.

O futsal terá transmissão em directo na Sporting TV e servirá de "aperitivo" para o prato forte deste feriado, a deslocação da equipa de Jorge Jesus ao Bonfim.

 

O Sporting procura alargar a melhor série de vitórias da época para cinco e, para isso, contará com o aliciante extra de ver Ryan Gauld entre os escolhidos.

O escocês voltará a Setúbal e, desta vez com a camisola do Sporting, espero que volte a mostrar-se e possa ter alguns minutos.

 

Tomara que vençamos e que Bas Dost possa somar mais uns golinhos na luta pela Bota de Ouro.

VAMOS, SPORTING!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Dia de fazer "cheque" ao dragão

Temos por hábito dizer que no Sporting é preciso fazer mais do que o habitual para se ser bem sucedido. Em juniores, o campeão com mais pontos dos últimos 5 anos é precisamente o Sporting, com 32 pontos. Benfica, Braga e Porto (por duas vezes) foram campeões nos últimos quatro anos sem que nunca tenham ultrapassado os 31 pontos (Braga, em 13/14 e Porto, em 14/15).

 

Em qualquer das últimas duas temporadas entrámos na derradeira jornada com hipóteses de sermos campeões, mas sempre dependentes de terceiros (no caso, do Porto). Este ano, se queremos voltar a ser bem sucedidos, teremos de chegar à "recta da meta" em vantagem e vencer hoje o Porto é fundamental para atingir esse objectivo, sobretudo porque deixaria os dragões a 7 pontos de distancia, numa semana em que o líder (Belenenses) se desloca ao Seixal (o Benfica é penúltimo e, caso não vença, ficará definitivamente "arrumado").

 

Em qualquer das últimas duas épocas o confronto directo com os dragões encerrou numa divisão de pontos (três para cada lado) pelo que o foco deve estar nos tais 32 pontos. Para que isso aconteça, só podemos perder mais 5 pontos até final do campeonato. Ainda faltam 9 jogos e, de todos eles, 7 terão obrigatoriamente de acabar em vitória, sendo que podemos fazer melhor que isso.

Porque temos qualidade, porque somos a equipa que bateu todos os recordes do escalão, porque somos o Sporting!

 

Pedro Marques nunca esteve 3 jogos sem marcar e enfrenta hoje essa barreira. O jovem avançado resgatado ao Belenenses é o melhor marcador da competição e não marcou nos últimos dois jogos (não faz o gosto ao pé há 207 minutos).

Hoje é dia de dar mais um passo rumo ao título de campeão nacional de juniores.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina de fim de ano

Agenda 2.png

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

A Golden Cup de Judo terá transmissão em directo via streaming no canal de youtube da European Judo Union (LINK)

Os resultados dos campeonatos nacionais de clubes em natação podem ser acompanhados em directo (LINK) e, embora não confirmado, é expectável que haja transmissão via streaming no canal da FP Natação (LINK).

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Começo pelos mais novos, que jogam em Varsóvia a passagem ao playoff de acesso aos oitavos-de-final da Youth League (a competição tem um formato ligeiramente diferente da Champions para permitir aos campeões dos respectivos países lutar por um título a que outros têm acesso "por decreto").

Importante dizer que PSG, Dínamo Kiev, Barcelona, PSV e Real Madrid já estão apurados para os oitavos-de-final, fase para onde, entre os portugueses, só o Porto se pode apurar.

No playoff que antecede os oitavos, em caso de apuramento, o Sporting defrontará uma das seguintes equipas: Ajax, Roma, Midjyylland, Rosenborg, Altinordu, Constanta, M. Haifa ou Salzburg.

Hoje basta fazer o mesmo resultado que fizer o Dortmund. O nosso jogo, para além de difícil, terá a dificuldade adicional do frio e da neve.

 

Quanto aos comandados de Jorge Jesus, deslocam-se a Varsóvia com a mesma responsabilidade dos mais novos. Vencer para passar, mesmo que o empate chegue. E porquê vencer? Porque só a vitória nos coloca no pote dos cabeças-de-série no sorteio da Liga Europa. E todos sabemos como um sorteio favorável pode ser fundamental para a passagem à eliminatória seguinte da prova, bem como para rodar a equipa com menor risco de surpresas.

Também os mais velhos encontrarão a dificuldade da neve e do frio, embora com a vantagem de, previsivelmente, jogarem num relvado em melhores condições do que os juniores.

Estou curioso para ver quantas alterações fará Jorge Jesus, sabendo qual é o próximo jogo do campeonato. Será que Dost descansa (a minha Fantasy espera que não)? Quem jogará na frente? Bryan ou Bruno César? Será que não abdica de William e Adrien? 

Mais logo saberemos as respostas mas, o que é certo, é que o Sporting tem mais do que qualidade para vencer os polacos e tem obrigação de o fazer. É que se as condições climatéricas podem ser um factor adverso, o público entusiasta não pode nunca entrar na categoria das dificuldades. Haja no Sporting um único jogador que se intimide em ambientes adversos e podem assinar-lhe a guia de marcha.

 

Quero duas vitórias! Vamos, Sporting!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

Agenda 10.png

Agenda 11.png

 

RUGBY

SÁBADO: 
Seniores femininos (Campeonato Nacional Tens) Benfica vs SPORTING CP (Sonreda da Caparica) 13:00h
Sub-18 M (Campeonato Nacional) Loulé vs SPORTING CP (Loulé) 13:00h
Sub-14 M
(Campeonato Regional Sevens) SPORTING CP (Colégio Pedro Arupe) 13:30h
Sub-16 M (Campeonato Nacional Sevens) SPORTING CP (Sintra) 14:00h

Sigam-me no facebook e no twitter.

Dia de assegurar a qualificação

Só há seis equipas sem derrotas na fase de grupos da Youth League e nós somos uma delas. Apenas um grupo conta com duas equipas nesta condição (o nosso) e somos a única equipa portuguesa que ainda não teve o amargo sabor da derrota (embora não sejamos a que mais pontuou - Porto).

 

Hoje, frente ao Real Madrid, podemos assegurar a passagem à fase seguinte da Youth League, "cheirando" assim a liderança do grupo, que pode ficar a apenas um ponto.

Fomos até ao momento a única equipa a roubar pontos aos espanhóis e podemos não só aproximar-nos deles como garantir vantagem no confronto directo, que pode mesmo ser decisivo para o fecho das contas do grupo.

 

É natural que Tiago Fernandes não abdique dos 3 sub-21 que pode chamar para ajudar a equipa de sub-19. As escolhas têm caído sobre Bubacar Djaló (3 jogos), Pedro Silva (2 jogos) e Pedro Empis (1 jogo) e é provável que seja este o trio a voltar a ajudar a nossa equipa de juniores, depois de terem sido muito importantes na Alemanha.

 

Como vem sendo habitual, mais uma vez, os holofotes estarão em cima de Pedro Marques e muitos dos problemas ofensivos poderão mesmo ser resolvidos por ele mas são vários os jogadores que me têm enchido as medidas, não só nesta competição mas em toda a temporada. 

No sector defensivo, Pedro Silva, João Ricciuli e Abdu Conté. O Sporting apresentou três duplas de centrais diferentes nos jogos anteriores e Ricciuli é o único denominador comum em todas elas. Abdu Conté é um lateral de grande qualidade mas já mostrou grande competência como defesa-central, algo cada vez mais raro nos jogadores de hoje. Pedro Silva é um guarda-redes de grande qualidade que tem crescido imenso desde a sua integração da equipa B, onde poderá cometer os erros que Rui Patrício teve de dar na equipa principal.

No meio-campo a qualidade é tanta que quase me vejo forçado a nomear todos. Bubacar é fortíssimo defensivamente, tanto no posicionamento como nos duelos, Enquanto têm frescura física, Bruno Paz e Pedro Ferreira chamam a si quase todas as responsabilidades do jogo e Daniel Bragança e Miguel Luís emprestam ao jogo uma disponibilidade física e mental impressionante, juntando a isto uma meia-distância interessante, sobretudo o segundo.

Na frente, temos um matador e dois agitadores, um deles com um faro pelo golo assinalável. Pedro Marques é o "matador", Elves Baldé o agitador e Rafael Leão a arma-secreta.

 

Pelas suas características e por ser um jogador que entusiasma, tanto a partir da ala como num sistema de dois avançados, confesso especial atenção da minha parte em Rafael Leão. Não é dos mais falados mas parece-me dos que mais potencial apresenta. Estampa física, velocidade, técnica e boa finalização, tanto pelo ar como pelo chão. "Afinado", pode vir a ser "máquina".

 

Só a vitória interessa, mesmo sabendo que o empate nos coloca igualmente na fase seguinte da competição. O jogo é às 13 horas, na Academia, com transmissão em directo na SportTV 1.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting (com vídeo do golo de Rafael Leão)

Depois da excelente exibição com uma importante vitória da equipa de juniores para a Youth League, pede-se aos comandados de Jorge Jesus a receita implementada por Tiago Fernandes.

Os juniores leoninos apresentaram-se em Dortmund com grande personalidade, sem medo de assumir o jogo, com grande entrega e espírito de entreajuda, sentido táctico e matreirice.

O golo de Rafel Leão resolveu o jogo e deu uma escassa vitória por 0-1, que merecia mais golos da nossa parte, tal foram o domínio e as oportunidades desperdiçadas.

Pedro Silva praticamente não se viu no jogo, fruto de uma coesão fantástica de toda a equipa, que não deixou que os alemães se acercassem da nossa área.

Impossível destacar alguma individualidade e é tão bom que assim seja. Nem pela negativa se pode apontar um nome que estivesse num patamar abaixo dos restantes.

Esta é a lista de convocados de Jorge Jesus. Dos 23, Pedro Silva, um defesa central, um lateral, um avançado e talvez Alan Ruiz, ficarão na bancada.

Como tive oportunidade de dizer mais acima, pede-se a coragem, a dinâmica e a intensidade que os juniores demonstraram.

Acreditando que está apto, espero Adrien como titular, num onze muito perto daquele que jogou em Madrid.

A vitória seria excelente mas, mais importantes, serão os sinais de retoma deixados pela equipa. Um bom resultado seria excelente tónico para a recepção ao Arouca.

Ontem, na conferência de imprensa, um jornalista indagou Jorge Jesus acerca do seu ar que, nas suas leitura, lhe parecia resignado e pouco confiante na passagem à fase seguinte da Champions. A mim, pareceu-me um certo bluff, pois tenho a certeza que nos apresentaremos "com tudo" em solo alemão.

 

Fiquem com o golo que deu a vitória dos juniores há pouco.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Há vários pontos de contacto entre Sporting e Borussia de Dortmund. Ambos têm uma massa adepta fiel e apaixonada, ambos são dos clubes mais titulados do seu país, ambos venceram uma Taça das Taças na década de 60 e ambos têm uma ligação à Bola de Ouro, o Sporting com dois formados em sua casa (Figo e Ronaldo), o Borussia com um vencedor em sua representação (Sammer).

 

Na maior competição de clubes da Europa nem há comparação. Embora o Sporting tenha mais participações em ambos os formatos da prova (16 vs 14), tem muito menos jogos (68 vs 110) e a história dos alemães na prova é incomparavelmente mais bem sucedida. O melhor que o Sporting fez foi uma presença nos 1/4 no formato antigo e nos 1/8 no formato actual, enquanto que os germânicos levam já cinco 1/2 finais e duas finais (uma delas coroada com o título, em 1996/97).

 

Curioso que nunca antes Sporting e Borussia se defrontaram. O histórico do Sporting não é positivo frente a clubes alemães. Em 12 recepções a equipas germânicas apenas vencemos duas vezes (Hertha, em 2009/10 e Schalke em 2014/15), tendo empatado cinco e perdido outros tantos. Curiosamente, em Portugal, o Borussia perdeu 3 dos 4 confrontos. Esperemos que seja para manter o registo negativo, até porque há indicadores positivos para o nosso lado. Há nove jogos que o Sporting vence sempre em casa e segue com uma série de 3 vitórias consecutivas em casa para a Champions. Quanto aos momentos actuais de ambas as equipas, o Sporting segue há 4 jogos sem perder, enquanto que o Borussia não vence há 3.

 

Abandonando os factos históricos e abordando o jogo em si e as expectativas por nós criadas, é impossível negar que só a vitória nos interessa. Depois do jogo em Madrid todos nos convencemos de vez que podemos fazer frente a qualquer equipa da Europa, sabendo que não bastará anular o colectivo de uma grande equipa mas também sabendo condicionar as individualidades, sob pena delas nos fazerem sofrer, como acabou por acontecer no Santiago Bernabéu.

 

Ao que parece, Rúben Semedo estará apto, facto que me parece fundamental para o equilíbrio defensivo, ainda mais num momento em que as laterais (sobretudo a esquerda) não nos dão a segurança desejada. Espero o quarteto defensivo que defrontou o Real e um onze muito próximo do desse jogo.

Pese embora as baixas da parte do Borussia, não podemos ignorar o poderio do trio de ataque, formado por Götze, Aubameyang e Dembélé, bem como a profundidade das laterais.

 

Só um jogo perto da perfeição nos dará os tão preciosos três pontos que alimentarão as nossas expectativas de estar presentes na fase a eliminar.

Eu acredito!

SPOOOOOOOOOOOOORTING!

 

NOTA: Não esquecer que antes, às 15 horas (directo SportTV 1), jogam os juniores para a Youth League, onde o Sporting procura a primeira vitória e a possibilidade de se estabelecer nos lugares de acesso à fase seguinte.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal