Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grande Artista e Goleador

Hoje joga o Sporting

#DiaDeSporting cheio de duelos emocionantes.

Depois do derby em ténis de mesa temos o sempre difícil embate com o OC Barcelos, em hóquei em patins. Numa jornada em que os rivais têm recepções teoricamente mais acessíveis que a nossa, não podemos deixar de somar os três pontos se ainda queremos ter uma palavra a dizer na luta pelo título.

Os jogos com o Barcelos são sempre renhidos e adivinha-se um grande encontro de hóquei em patins, uma modalidade que carece de mais e melhores meios que potenciem o espectáculo televisionado (a isso não são alheias as limitações da maioria dos pavilhões nacionais e espero que o Pavilhão João Rocha e a Sporting TV marquem a diferença).

 

Segue-se um sempre excitante derby em futsal. Depois de uma primeira fase fraquíssima e nada condizente com a exigência da secção liderada por Miguel Albuquerque, os sub-20 deslocam-se à Luz com a liderança no horizonte. Uma vitória é importantíssima numa fase final que tem sido disputada taco-a-taco com outras três equipas. O jogo promete, sendo que não perder nos dará vantagem também no confronto directo.

 

A emoção segue em Alvalade, onde o regresso de Adrien Silva anima ainda mais um início de noite que se espera de vitórias.

A recepção ao Boavista serve de antecâmara àquele que, na minha opinião, é o mais importante desafio do dia. O andebol desloca-se ao Dragão Caixa para defrontar um Porto invicto até à passada quarta-feira, onde perdeu em Braga (frente ao ABC, actual campeão nacional) e nos deu ainda mais força na luta pelo título.

Uma vitória no futebol, sobre os axadrezados, pode aproximar-nos ainda mais de algum dos rivais (pensamento positivo), enquanto que arrecadar os três pontos no Porto nos deixarão na liderança do Campeonato Andebol 1.

 

Vamos, Sporting!

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Tudo a postos para a fase final de Andebol

Andebol 1.png

Andebol 3.png

Andebol 4.png

Acredito que a fase final poderá apresentar mais surpresas do que as que se esperam. Jogar na Madeira ou em Águas Santas é muito difícil e o confronto directo entre os favoritos pode cair para qualquer dos lados. Madeirenses e Maiatos lutarão certamente por uma qualificação europeia e, se queremos atacar o título que há tantos anos nos foge, teremos de ser muito fortes, coesos e determinados. Eu acredito!

Sigam-me no facebook e no twitter.

Sporting vence na Luz a mantém distância para a frente

O Sporting foi para o intervalo a vencer por três golos de diferença e esperava-se para ver como seria uma segunda parte, agora que Zupo já cá não mora.

Chegámos a estar em desvantagem, mas a equipa reagiu muito bem e recuperou, tendo tido o sangue frio para "matar" o jogo nos minutos finais, momentos em que antes baqueávamos.

Para quem quiser ver os minutos finais e desfrutar também de um bom momento de humor, pode e deve consultar O Artista do Dia (LINK), pois complementa bem o que se segue.

 

Ouvi a conferência de imprensa de Hugo Canela e, se já antes tinha a ideia que o nosso actual treinador mais não era do que um mero "tarefeiro" de Zupo, sem voz activa para o espanhol (por culpa de Zupo, que se acharia algo mais que hierarquicamente acima do português), depois de ouvir a explicação de Canela acerca das diferenças entre ambos, fica óbvio que não havia "química" nem sintonia de ideias entre ambos. A ideia com que Hugo Canela ficou de Zupo é, para mim, bem clara. Tirem as vossas conclusões:

Aproveito para dizer que, apesar dos rumores que dão Carlos Resende como o mais que provável treinador do Sporting na próxima época, tenho gostado muito da postura de Hugo Canela e que desejo fortemente que ele faça história nestes meses que faltam até que termine a temporada. Eu acredito nele e na equipa!

Sigam-me no facebook e no twitter.

Um mês de reflexão

Começando na remodelação do plantel principal de futebol, passando pela alteração do comando técnico no andebol e terminando nas saídas de ontem, de João de Deus na equipa B e de José Trindade, no comando da secção de hóquei em patins, tivemos neste início de ano um período de análise interna.

 

Parece-me óbvio que esta inflexão é o assumir do falhanço dos projectos em três das principais modalidades e, porque não, um sinal de uma certa tentativa de mostrar, em período pré-eleitoral, que não se anda a "dormir" em Alvalade e se está atento àquilo que tem corrido bem e menos bem.

Quando falo em falhanço, não o considero na totalidade. Concordo com o investimento feito nas diversas modalidades, em todos os casos dotando as equipas de grandes executantes mas o falhanço numa das pedras base de cada projecto é, por vezes, o suficiente para que jogadores de inegável qualidade não consigam suplantar expectativas e obter os resultados desejados.

 

O futebol foi vítima de uma época mal preparada e sobretudo de uma política de contratações totalmente falhada. Não se reforçaram posições prioritárias e falharam a maioria dos reforços, não correspondendo ao aumento de qualidade que o aumento do investimento fazia prever. Aguardo pela política de contratações do próximo verão e pela preparação da próxima época para tirar conclusões definitivas sobre o caminho a seguir daqui para a frente.

 

O andebol, embora estruturalmente não tenha sido alvo de mudanças profundas nos últimos anos, apostou num treinador caro e com currículo, que não justificou minimamente a aposta, chegando mesmo ao cúmulo de, com um orçamento substancialmente superior e jogadores com grande currículo internacional não conseguir elevar o projecto para outros patamares. Falhámos na escolha do treinador e teremos agora de corrigir isso. Se o Professor Hugo Canela, que tem aqui uma oportunidade de ouro mas, ao mesmo tempo, um presente envenenado, se mostrar competente, pode mesmo estar encontrada a solução mas confesso que o nome de Carlos Resende me agrada. Há três títulos para vencer e só um deles (o mais importante, eu sei) parece verdadeiramente difícil, embora a diferença pontual não seja irrecuperável. Boa sorte ao Hugo Canela e à sua equipa técnica!

 

No hóquei, parece-me que José Trindade é vítima óbvia do erro colossal de secretaria que nos tirou três pontos após um jogo ganho. Acertou-se no treinador, deu-se-lhe um plantel equilibrado e de qualidade, mas parece faltar algo na estrutura, onde agora se mexe, ainda sem saber o que o futuro nos reserva. Será que Gilberto Borges, depois de ter perdido poder na estrutura, volta a assumir a sua direcção?

 

O problema da equipa B é mais complexo e tem várias motivações, desde logo as limitações impostas pelas dificuldades em formar um plantel de futuro e com qualidade, tendo em conta que os mais dotados das épocas anteriores precisavam de respirar um ar diferente do da Academia e que a própria Academia não tinha conseguido trazer ao mais alto patamar de formação uma quantidade suficiente de jogadores com qualidade e capacidade para enfrentar o salto para o profissionalismo. Isto, aliado a apostas completamente falhadas no mercado de verão, deram a João de Deus um plantel totalmente novo, frágil, fraco e, desde o início, sem a química que só uma base da nossa formação lhe dá. Não desresponsabilizo João de Deus, que podia ter feito melhor, mas entendo que era uma tarefa muito complicada e acabo por compreender a sua saída, tendo em conta que não estava a conseguir lidar da melhor forma com o problema. Com tudo isto, acho essencial que agradeçamos a João de Deus (eu agradeço), pois acho que foi peça fundamental na subida ao mais alto patamar de jogadores como Gelson Martins, ou os mais recentemente promovidos, Podence, Palhinha e Francisco Geraldes.

Para salvar esta época e manter a esperança no projecto, que acredito que ganhará nova vida com as gerações que aí vêm da equipa de juniores, acho que até seria benéfico fazer alinhar já pela equipa B a maior parte daqueles que acabarão por fazer parte do plantel em 2017/18, mesmo sabendo que isso poderá pôr em risco o sucesso desportivo da equipa de Tiago Fernandes. É mais importante salvar a B da descida do que vencer um campeonato de juniores.

 

Como é óbvio, escapa o futsal, que mantém todos os objectivos intactos (excepto a Supertaça, perdida para o principal rival) e uma estrutura forte, sólida e ganhadora e se mantém um exemplo a seguir em todas as estruturas do Clube.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

11 pecados mortais (como perder uma vantagem de 7 golos em 12 minutos)

Depois de 48 minutos de grande nível, onde nos destacámos com uma vantagem de 7 golos, nem a arbitragem nem o azar explicam o terror que foram os últimos 12 minutos. 11 possibilidades de golo desperdiçadas.

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

A Golden Cup de Judo terá transmissão em directo via streaming no canal de youtube da European Judo Union (LINK)

Os resultados dos campeonatos nacionais de clubes em natação podem ser acompanhados em directo (LINK) e, embora não confirmado, é expectável que haja transmissão via streaming no canal da FP Natação (LINK).

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting (com Agenda Leonina)

Dois dias muito importantes antes de mais um fim-de-semana verde e branco.

Hoje, a equipa de Jorge Jesus desloca-se a Setúbal para discutir a passagem aos quartos-de-final da Taça de Portugal. Depois da eliminação europeia, o jogo de hoje reveste-se de uma importância maior e pode inclusive travar a vontade/necessidade do nosso treinador rodar a equipa.

O jogo é importantíssimo e encará-lo como tal é fundamental. Estar no Jamor, mais do que um desejo, é um objectivo e, para além disso, não convém dar mais uma machadada na moral da equipa e adeptos antes de um difícil jogo com o Braga para a Liga.

 

Em Fafe, o andebol tem um jogo mais importante do que à partida parece. Com as lesões a complicarem a vida a Zupo, convém não facilitar e trazer os três pontos de Fafe. Espero que o que se passou em Avanca esteja bem presente, por forma a evitar algum tipo de relaxamento. 

Dizia eu que o jogo era importante porque temos hoje uma boa possibilidade de, em vésperas de receber o ABC, colar ao líder do campeonato. O Porto desloca-se à Luz e, coisa estranha, espero que os encarnados vençam. O clássico entre rivais começa às 21.30h e tem transmissão em simultâneo na BTV e Porto Canal (sim, é só para zapping).

 

Amanhã o Sporting de Nuno Dias desloca-se a um dos mais difíceis pavilhões da Liga SportZone para defrontar o Braga, uma das melhores equipas do campeonato e das que mais dificuldades nos pode criar.

A liderança não está em perigo mas um resultado negativo deixa o Benfica (e o próprio Braga) a distância suficiente para voltar a depender de si próprio na luta pela liderança da fase regular.

Um bom jogo em perspectiva.

Agenda Leonina.png

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

Agenda 6.png

Agenda 7.png

Agenda 8.png

Agenda 9.png

Agenda 10.png

Agenda 11.png

 

RUGBY

SÁBADO: 
Seniores femininos (Campeonato Nacional Tens) Benfica vs SPORTING CP (Sonreda da Caparica) 13:00h
Sub-18 M (Campeonato Nacional) Loulé vs SPORTING CP (Loulé) 13:00h
Sub-14 M
(Campeonato Regional Sevens) SPORTING CP (Colégio Pedro Arupe) 13:30h
Sub-16 M (Campeonato Nacional Sevens) SPORTING CP (Sintra) 14:00h

Sigam-me no facebook e no twitter.

Futsal e Andebol não facilitam

Tinha dito ontem que o segredo para arrecadar duas vitórias estaria na defesa e se, no futsal, o ataque foi tão demolidor que a defesa até podia ter dado umas abébias, no andebol foi a chave do sucesso.

 

Em Odivelas os leões cedo se adiantaram no marcador e o avolumar do resultado fez perceber que o Fundão não tinha andamento para este Sporting. Os 6-1 ao intervalo deixavam os adeptos descansados, já mais a pensar no andebol do que no futsal. Com Varela e Fortino em grande destaque, até Marcão fez o gosto ao pé, no jogo que coloca o Sporting na liderança isolada da Liga SportZone, com o registo impressionante de 38 golos marcados e 5 sofridos em 6 jogos.

Segue-se a visita ao CDR Os Vinhais, uma equipa que vem em crescendo, após 3 vitórias nos últimos 4 jogos, tendo apenas perdido nesse período com o Benfica, em casa.

Só depois atacaremos de novo o sonho da UEFA Futsal Cup.

 

No Casal Vistoso, o Sporting dominou por completo o rival da Luz e segue isolado no segundo posto do campeonato, a 2 pontos do líder, Porto e, agora, com mais 2 que o Benfica.

Depois de uma primeira parte exemplar do ponto de vista defensivo (com apenas 11 golos sofridos), o Sporting foi para o intervalo com 6 golos de vantagem e acabou por geri-la bem durante o segundo tempo, mesmo tendo estado mal ofensivamente.

A barreira defensiva sustentada em Cláudio Pedroso, Michal Kopco e Bosko Bjelanovic deixou pouca margem para Matej Asanin brilhar na primeira parte. Ainda assim, o gigante croata, de 2.03 metros, brilhou com um punhado de defesas em momentos-chave.

Na segunda parte, mesmo com a subida de forma do adversário, o Sporting manteve um bom registo defensivo, mais uma vez com Asanin a ser decisivo. O nosso guarda-redes não defendeu muitas bolas porque a defesa foi eficaz a filtrar o jogo dos encarnados mas as 8 defesas efectuadas foram muito importantes para manter o Benfica a uma distância segura.

Em termos ofensivos, os protagonistas mudaram da primeira para a segunda parte. Nos primeiros 30 minutos foram Cláudio Pedroso, Frankis Carol e Michal Kopco a dar nas vistas e no segundo tempo foi a vez Carlos Ruesga e Janko Bozovic se mostrarem. O espanhol foi importantíssimo a gerir os tempos de jogo e, se há coisa que se nota este ano, é que a equipa é mais madura e experiente e, por isso, treme menos em momentos de maior pressão.

É inegável o upgrade dado por todos os reforços e ontem Ivan Nikcevic, um dos nossos melhores marcadores, nem jogou.

 

Hoje é dia de futebol e falarei disso mais logo. Agora, fiquem com os resumos dos jogos de ontem:

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

Adoro dias em que só joguem as modalidades. Nem tanto por mim, que gosto de ver tudo e raramente perco alguma coisa mas sobretudo pelos adeptos que, não jogando o futebol, têm a oportunidade de se focar verdadeiramente no que se faz nas nossas modalidades. Elas que, para mim, não sendo o motor, são a alma do Sporting e expressam da forma mais fiel aquilo que é a nossa identidade.

 

Hoje é dia de futsal e andebol. Dia de acertar calendário e de jogo antecipado. Uma noite com dois grandes jogos em perspectiva e duas vitórias no horizonte, saibamos nós persegui-las como verdadeiros leões.

 

Às 19 horas, em Odivelas, a equipa de futsal recebe o Fundão para acertar calendário na Liga SportZone. Uma vitória dará a liderança isolada e, num jogo em que se espera que o Fundão venda cara a derrota, vai ser muito importante manter o foco no campeonato, até porque ainda falta muito para a UEFA Futsal Cup.

Espera-se, como habitualmente, uma boa casa no Multiusos de Odivelas, onde se podem adquirir os bilhetes para a Ronda de Elite da UEFA e, quem o fizer, ganha um bilhete para o jogo de hoje.

Acredito num jogo muito difícil em que a defesa será o ponto mais importante para o alcançar da vitória. O Fundão tem excelentes jogadores (alguns formados no Sporting) e, se não marcar, certamente avançaremos para Vinhais com três pontos e a liderança isolada no "bolso".

 

Duas horas depois, no Pavilhão Municipal do Casal Vistoso, é dia de derby, com Sporting e Benfica empatados no segundo lugar. Depois de, ontem, o Porto ter vencido fora o Madeira SAD, a vitória ganha uma importância ainda maior. Ganhar permite manter a distância de três pontos para o líder e aumentar também para três a vantagem para o rival de Lisboa. O ABC também joga hoje, mas leva ainda mais dois jogos de atraso.

A equipa de Zupo conta por vitórias todos os jogos, excepto aquele que, no Dragão Caixa, fez o Porto descolar para a frente do campeonato. O Benfica, tal como nós, só perdeu no Porto e acaba de quebrar a malapata que vinha da época passada com o ABC.

Será também um jogo muito competitivo que exige um pavilhão cheio e fervoroso no apoio ao Sporting pois, como se sabe, é nestes jogos que, muitas vezes, fazemos a diferença. 

Uma intensidade alta na defesa será meio caminho andado para a vitória, sabendo que os remates de 2ª linha poderão ser decisivos para ambas as partes. Muita atenção na defesa e perspicácia e eficácia no ataque. Se tivermos os nossos melhores jogadores ao seu nível mais elevado, não tenho dúvidas que venceremos. Só a vitória continuará a deixar-nos dependentes de nós próprios para chegar à fase final na frente, com o ascendente psicológico que isso nos pode dar.

 

Um grande #DiaDeSporting que se espera de alegria e sem incidentes nas bancadas do Casal Vistoso.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Hoje joga o Sporting

O jogo de hoje é especial. Será a minha estreia em jogos oficiais esta época e será bom voltar a casa, onde não vou há dois meses. A vitória fará com que o dia termine em beleza. Vai ser especial e amanhã prometo contar-vos porquê.

 

Para já, foco no essencial: o hóquei procurará hoje a terceira vitória em três jogos, o futsal estreia-se em Belém, para a Liga SportZone e o andebol, mesmo "em cima" do futebol (aposto que foi o Porto que escolheu o horário) jogará um importantíssimo clássico a norte, que ganha ainda maior preponderância agora que não se define o campeonato em playoff.

 

Espero um bom apoio em Alverca (quem não puder, pode ver, às 15 horas, na SportingTV) e em Belém (os nossos rapazes, depois do apuramento para a ronda de elite da UEFA, não merecem estrear-se na Liga com um pavilhão às moscas), a presença dos "malucos" no Dragão Caixa (também dá no Porto Canal e na Andebol TV) e mais uma casa certamente acima dos 40 mil em Alvalade, num dia que se espera de "festa".

 

Reforço a importância do público, para já, sobretudo no hóquei e no andebol. São campeonatos que se disputam ao ponto e cada jogo vale preciosos três. Queremos somá-los todos a cada jogo e, para isso, é importantíssimo ter uma massa adepta presente, para vibrar com os bons momentos e puxar para cima os nossos rapazes nos maus.

 

Quanto ao futebol, teremos o Tondela de Petit no José Alvalade (sim, JJ, o mesmo Petit que no ano passado nos "comeu" 4 pontos, embora com alguma ajuda externa em ambos os casos) e é caso para entrar forte, porque todo o cuidado é pouco.

Será necessária uma grande dinâmica para desposicionar o bloco compacto vindo de Tondela. Será o típico jogo contra um autocarro, que só um golo cedo ajudará a marcar posição e resolver o jogo a nosso favor.

 

Espero algumas mexidas no onze, relativamente ao jogo da Champions, com o Borussia Dortmund. João Pereira deve voltar à direita e fica a dúvida sobre quem ocupará a esquerda (Marvin, Jeff ou Bruno César).

Na frente, algumas dúvidas acerca do companheiro de Dost no ataque, sendo certo que Gelson será um dos principais desequilibradores (da equipa adversária, pois claro).

 

Não se admite outro resultado que não a vitória e eu estou printo para ir à luta.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Asanin pode ser a chave do nosso sucesso

Deixei a meio a edição de um vídeo com a fantástica exibição de Matej Asanin mas, as exigências da vida familiar fizeram com que o não terminasse antes de me deitar para dormir um par de horas.

De manhã, assim que consegui, retomei a tarefa enquanto fazia uma breve visita aos meus blogs de referência. Ao passar n'O Artista do Dia vejo que me havia sido poupado o trabalho.

Sugiro a visita (AQUI) e acrescento que, a demonstrar este nível nos jogos de maior dificuldade, teremos meio caminho andado para sermos bem sucedidos.

Foi o segundo jogo que vi esta época e é claro o aumento da competitividade, intensidade e concentração, ao longo de todo o jogo.

A competência de Asanin, aliada à eficácia defensiva e ofensiva da equipa, poderá dar-nos muitas alegrias este ano. Os jogadores que transitam da época passada, sendo já de grande nível, transportam-se para um patamar superior na companhia de craques com a qualidade e experiência de Ruesga, Nikcevic, Bozovic, Zabic e Kopco.

Agora é esperar que mantenhamos o nível no próximo mês, período em que a equipa será posta à prova, com duelos frente ao Porto (fora), Belenenses (casa), ISMAI (fora) e Benfica (casa), tudo isto antes da primeira eliminatória da Taça Challenge, onde defrontaremos o Romagna Handball, de Itália, actual líder do grupo B da Serie A, com 4 vitória nos 4 jogos disputados.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

O Campeonato Nacional Absoluto de Xadrez pode ser acompanhado vis streaming em http://www.fpx.pt/provas/livestreaming.htm

Vasco Pascoal jogará o primeiro jogo à data e hora assinalada mas, em caso de passagem, jogará mais jogos ainda na 2ª feira. Podem acompanhar tudo AQUI

Sigam-me no facebook e no twitter.

Agenda Leonina

Agenda 1.png

Agenda 2.png

Agenda 3.png

Agenda 4.png

Agenda 5.png

O campeonato nacional de Padel pode ser acompanhado via streaming (AQUI) e podem consultar a grelha competitiva masculina e feminina nos respectivos links.

 

O jogo da equipa B pode ser acompanhado via rádio, na Estação Diária (AQUI).

 

É provável que, caso atinja a final da Taça de Honra, o jogo das seniores femininas de futsal tenha transmissão em directo na Sporting TV.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal