Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

SPORTING CP 1-0 Arouca: entrada com o pé esquerdo (de Alan Ruiz) na Taça da Liga

Quando as expectativas são baixas a análise tende a ser positiva. Como disse Jesus, era arriscado juntar para um jogo 11 jogadores que normalmente jogam menos. Ainda assim, quando o adversário roda também a sua equipa, o risco tende a diminuir.

Com o Arouca a encarar o jogo para o pontinho (algo que me espanta numa competição tão curta), tornava-se mais difícil penetrar em zonas mais avançadas, por forma a concretizar situações de golo. Ainda assim, nem foi por falta de oportunidades que o resultado se cifrou num tangencial 1-0.

 

O jogo começa com uma oportunidade desperdiçada por Elias que, tendo desperdiçado mais um par delas, formou com Petrovic uma dupla competente. Não me deixando "descansado", gostei de ver algo mais em Petrovic que ele ainda não tinha mostrado. Sem deslumbrar, não teve medo de assumir o jogo e construir, muitas vezes arriscando no passe. Foi assim que descobriu André que, de calcanhar, serviu Alan Ruiz para o único golo do jogo.

O argentino, ainda demasiado em ritmo de futebol das pampas, tirou um adversário do caminho e com um remate pleno de intencionalidade cifrou o resultado final a um minuto do intervalo. Bom golo em mais uma exibição pouco convincente de Alan Ruiz que, acredito, continua em fase de adaptação.

 

Quem voltou a desiludir foi Markovic. Corrida a mais e trabalho mental a menos. Demasiadas acções inconsequentes e más decisões, erros que partilha com Campbell, que tem a seu favor um rácio maior de decisões acertadas, a maior parte delas fruto de um maior empenho e entrega ao jogo.

No fim, o objectivo de vencer foi alcançado com os menos utilizados a acumular minutos que podem revelar-se fundamentais daqui a 1/2 meses.

 

Hoje é dia de modalidades, com destaque para o futsal. Consultem a Agenda para este feriado, AQUI.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal