Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grande Artista e Goleador

Que a Senhora da Graça nos sorria

Com Alejandro Marque a 6 e Rinaldo Nocentini a 16 segundos, partimos hoje para uma das etapas mais decisivas da Volta a Portugal com a ambição de "roubar" a Amarela a Raul Alarcón, da W52/FCPorto.

A etapa parte de Macedo de Cavaleiros às 13:20h e terá a primeira montanha do dia no Alto do Pópulo (quilómetro 64, com passagem prevista para pouco depois das 15h).

A passagem por Vila Real terá o segundo sprint do dia, graças à meta volante instalada na cidade. Pouco mais de 20 quilómetros depois segue-se a subida ao Alto do Velão, onde se prevê que o primeiro ciclista chegue às 16:25h.

A última meta volante do dia, em Mondim de Basto, antecede a mítica subida ao Alto da Senhora da Graça, onde se espera que, pelas 17:30h, chegue alguém de camisola listada de verde-e-branco.

 

Gustavo Veloso (W52/FCPorto) tem sido o "rei" da Senhora da Graça. Foi lá que, em 2015 reforçou a liderança da prova que viria a vencer pela segunda vez e, no ano passado, venceu isolado a etapa em Mondim de Basto.

 

Em 1985 Marco Chagas venceu no alto da Senhora da Graça, sendo assim o último e único ciclista leonino a vencer esta etapa.

 

Hoje, os olhos dos adeptos do Sporting estarão em cima de Alejandro Marque e Rinaldo Nocentini, os principais candidatos a vencer a prova, ambos fortes a subir, embora o espanhol seja mais competente em subidas mais longas.

 

Que as camisolas, cachecóis, bandeiras e gritos de incentivo leoninos os motivem a superar-se, voltando a pintar de verde-e-branco a Senhora da Graça.

 

Sigam-me no facebook e no twitter.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal